...

Para irmos além das resoluções de ano novo (1)

by user

on
Category: Documents
3

views

Report

Comments

Transcript

Para irmos além das resoluções de ano novo (1)
Domingo 5/1/2014
Para irmos além das
resoluções de ano novo (1)
Imaginemos que alguns tomamos as seguintes decisões
para este ano:
1.
2.
3.
4.
Voltarei a estudar.
Vou ler a Bíblia toda.
Prestarei um concurso.
Vou me envolver no Reino de Deus, oferecendo-me
para um serviço voluntário.
5. Usarei a minha língua para edificar pessoas e para
glorificar a Deus.
6. Prestarei mais atenção às pessoas.
7. Serei uma dizimista.
8. Participarei de um pequeno grupo, para alcançar
meus vizinhos com a graça de Deus e melhorar
minha comunhão com os membros da igreja.
9. Reagirei com menos raiva às situações que me
aborrecem.
10.Serei uma pessoa de oração.
VOLTAR A ESTUDAR é um projeto com o qual todos
podemos nos comprometer. Pode ser um curso superior,
adiado por muito tempo; pode ser a conclusão do
ensino fundamental ou médio; pode ser um curso de
línguas; pode ser um mestrado ou doutorado; pode ser
uma especialização; pode ser um curso técnico.
Ainda dá tempo, não importa a sua idade ou o seu
eventual atraso escolar.
Então, escolha o curso. Veja quanto custa, quais
são os pré-requisitos e horários. Reorganize sua
agenda. Comece. Se encontrar alguma dificuldade,
simplesmente continue.
Como recomendou Paulo ao seu aluno Timóteo:
“Aplica-te à leitura” (1 Timóteo 4.13).
LER A BÍBLIA TODA é um empreendimento para todos
os anos. Não se compare com quem já leu dezenas de
vezes a Palavra de Deus. Eles também tiveram uma
primeira vez. Alguns deles também tentaram e não
continuaram, mas depois prosseguiram e conseguiram.
Reorganize os seus horários, porque a tarefa vai exigir
renúncia. Como você vai precisar de meia hora por dia,
de onde vai tirá-la?
Marque a hora do dia em que se assentará, recursos
de anotação a mão, diante do tesouro de Deus
(Deuteronômio 33.4) colocado à sua inspiração.
Escolha um plano de leitura, para que possa anotar os
avanços e perceber os atrasos.
Escolha uma versão de que goste.
Saboreie cada capítulo. Agradeça a Deus pela etapa
vencida.
PRESTAR UM CONCURSO é um desejo de valor.
A primeira tarefa é, precisamente, consolidar o desejo.
Depois, faça um inventário sobre as suas características
como estudante: capacidade de concentração e de
aprendizagem. Note suas dificuldades. Observe seus
pontos fortes. Planeje fazer o melhor.
Avise à família e/ou os amigos que você vai se
concentrar nos estudos. Peça o apoio deles. Peça as
orações deles por você.
Então, escolha o âmbito do concurso (federal, estadual
ou municipal). Em seguida, veja em que áreas há
ofertas. Escolha o concurso. Verifique as datas previstas
e o locais onde será realizado.
Organize sua agenda. Escolha um lugar próprio para
estudar (em sua casa ou numa biblioteca, por exemplo).
Reúna os recursos necessários (livros, sites, etc.) e
estude. Estude muito. Prepare-se. Prepare-se muito.
Prestar um concurso é como construir uma torre,
segundo o ensino de Jesus (Lucas 14.28). (CONTINUA)
ISRAEL BELO DE AZEVEDO
[email protected]
www.prazerdapalavra.com.br
ATIVIDADES PERMANENTES
Domingo
7h- Programa de rádio
Momentos com Cristo
8h- Hora de Oração 1
9h- EBD e Culto 1
11h- Culto 2, EBT e Culto Infantil
17h- Hora de Oração 2
17h30 - Culto 3
18h- União de Adolescentes
19h30 - União de Juniores
19h30 - Culto 4
Segunda
8h- Hora de Oração 3
19h- Culto 5
19h- Musicalização para crianças
Terça
19h- Hora de Oração, 4 (Jovens)
Quarta
8h- Hora de Oração 5
9h- Ginástica para Terceira Idade
9h30 - Hora de Oração 6 (Missões)
10h30 - Ginástica para Terceira Idade
16h- Leitura da Bíblia em grupo
18h- Escola Bíblica de Quarta
19h- Culto 6
20h- Reunião de líderes de GF
Quinta
15h- Reunião da MCA
19h50 - Hora de Oração 7
Sexta
8h- Hora de Oração 8
19h- Culto dos Adolescentes
ENSAIOS ABERTOS
DOMINGO
17h- Coro Novo Canto
17h30 - Coro Jovem
TERÇA
19h30 - Coro da Igreja
QUINTA
17h- Coro Otília Galvão
19h30 - Cantares
19h30 - Orquestra ITA
20h30 - Coro Masculino
HOJE VEJA O AMANHÃ (1)
(1Reis 17.1; 18.1-2a; 18.41-46)
Quem tem fé vê o que as pessoas normalmente
não veem.
Este é o caso de Elias, um profeta do norte de
Israel, que obedeceu a Deus no século 9, antes
de Cristo, tendo que enfrentar um rei que decidira seguir a um deus fenício da fertilidade,
chamado Baal. O preço que pagou foi alto, por
ficar ao lado de Deus.
Elias foi tão marcante na história bíblica que
Jesus se comparou a ele, quando disse, metaforicamente: “Elias já veio, e eles não o reconheceram, mas fizeram com ele tudo o que
quiseram. Da mesma forma, o Filho do homem
será maltratado por eles” (Mateus 17.12).
Somos apresentados ao profeta no contexto de
uma seca, que Elias garantiu que duraria alguns anos. Nesse período duro, nada lhe faltou,
nem água, nem comida.
O cronista conta assim a história:
– Vá dizer a Acabe: “Prepare o seu carro e desça, antes que a chuva o impeça”.
Enquanto isso, nuvens escuras apareceram no
céu, começou a ventar e a chover forte, e Acabe
partiu de carro para Jezreel.
O poder do Senhor veio sobre Elias, e ele, prendendo a capa com o cinto,
correu à frente de Acabe por todo o caminho
até Jezreel”. (1 Reis 18.41-46)
“Ora, Elias, de Tisbe, em Gileade, disse a Acabe:
– Juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel,
a quem sirvo, que não cairá orvalho nem chuva
nos anos seguintes, exceto mediante a minha
palavra”. (1Reis 17.1)
Precisamos saber que Deus é o Senhor da chuva e do sol, fenômenos naturais que ocorrem
por razões naturais. Atrás da natureza das coisas, está, no entanto, o Senhor Deus. Quando
as coisas naturais acontecem naturalmente, é
por causa da intervenção fundadora de Deus.
Quando as coisas naturais têm seu funcionamento alterado, é por causa da intervenção
realizadora de Deus, seja por sua vontade permissiva ou por sua vontade proativa.
A natureza não é divina, nem Deus se esgota nela. Contudo, Deus fala através dela, e as
chamadas leis naturais foram dadas por Deus.
Devemos respeitar essas leis como mandamentos fixos de Deus. Quando pedimos a Deus um
milagre, devemos saber que estamos rogando
que Ele quebre as leis que criou. Devemos ser
parcimoniosos nesse tipo de pedido. Devemos
até verificar se não infringimos, conscientemente, as leis. Devemos aceitar quando Deus decide deixar as leis livres para produzir as suas
consequências. Devemos pensar nas leis como
coisas boas de Deus, logo, como manifestações
do seu amor para conosco.
Elias sabia que a chuva caía sobre a terra por
causa dessa vontade de Deus, mesmo que invisível, mesmo que funcionando sob leis espirituais, embora aparentemente naturais. Elias
confiava inteiramente no poder desse Deus soberano e sábio.
“Depois de um longo tempo, no terceiro ano da
seca, a palavra do Senhor veio a Elias.
– Vá apresentar-se a Acabe, pois enviarei chuva
sobre a terra.
E Elias foi”. (1Reis 18.1-2a)
Pouco depois,
“Elias disse a Acabe:
– Vá comer e beber, pois já ouço o barulho de
chuva pesada.
Então, Acabe foi comer e beber, mas Elias subiu
até o alto do Carmelo,
dobrou-se até o chão e pôs o rosto entre os joelhos.
– Vá e olhe na direção do mar –, disse ao seu
servo. E ele foi e olhou.
– Não há nada lá –, disse ele.
Sete vezes Elias mandou:
– Volte para ver.
Na sétima vez, o servo disse:
– Uma nuvem tão pequena quanto a mão de
um homem está se levantando do mar.
Então, Elias disse:
1. Com Elias, aprendemos que podemos viver
pela fé, que nos faz ver além do que os olhos
naturais enxergam.
“Ora, Elias, de Tisbe, em Gileade, disse a Acabe:
– Juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel,
a quem sirvo, que não cairá orvalho nem chuva
nos anos seguintes, exceto mediante a minha
palavra”. (1Reis 17.1)
O rei de Israel, Acabe, acreditava no seu próprio
poder, a ponto de acreditar que havia deuses
a seu serviço, os quais ele controlava. Acabe
é o protótipo daqueles que acham que seguem
os padrões vigentes, como se fossem certos,
só porque todos acham certo. Diferentemente,
Elias não segue a multidão; Elias segue a Deus.
Ele buscou, como ensinaria Jesus, o reino de
Deus em primeiro lugar (Mateus 6.33).
Acabe é o protótipo daqueles que acham que
as soluções para seus problemas, sejam quais
forem, estão na manipulação de pessoas e
coisas. Para isto, ele mantinha um séquito de
profetas, que se diziam capazes de fazer os
deuses estrangeiros, Baal e Asera, agirem conforme a vontade do rei de Israel. Esses assessores montavam a 850, coordenados por sua
própria esposa, a fenícia Jezabel. Elias acreditava que só podia contar com o Senhor Deus,
único e imanipulável. Elias acreditava que as
soluções para os seus problemas, e os da nação, vinham do Deus único, a quem pedia e
em quem esperava, confiando que agiria em
seu favor, pela fé.
Na verdade, os dois estilos de vida nos mostram
que “temos que escolher, todos os dias, se queremos seguir a Acabe ou a Elias”. 1
Acabe achava que podia fazer chover. Elias
acreditava que Deus podia fazer chover, mandando ou retendo a chuva.
Acabe se comunicava com seus deuses por
meio de profetas e artifícios. Acabe é o protótipo
das pessoas amarradas à superstição, da qual
dependia. Elias se comunicava com Deus, por
meio da oração, e se submetia a Deus.
Quando o autor do primeiro livro de Reis apresenta sua biografia de Elias, ele começa por
mostrar que era um homem de oração. Esse
homem de oração foi comissionado por Deus
para trazer o povo de Israel ao bom caminho
de novo, do qual estava afastado por escolha
própria e pela influência do sistema comandado
por Acabe e Jezabel.
O autor deixa implícito que Deus ia usar as
condições naturais para fazer o povo refletir e
se arrepender. O povo estava satisfeito com seu
sistema, sistema que dizia quando ia chover
e quando não ia chover, esquecido de que era
Deus quem controlava a natureza. Deus disse a
Elias que não iria chover, por três anos seguidos.
Por sua comunhão com Deus, Elias sabia e revelou ao povo a vontade de Deus.
Todos duvidaram. Acabe duvidou de Elias. Jezabel duvidou do profeta de Deus. Os
850 profetas do seu palácio duvidaram dos minguados profetas fiéis a Deus, entre os
quais Elias. Eles garantiam que, ao seu grito, ao seu comando de ordem, os deuses
estrangeiros da fertilidade fariam a chuva regar a terra.
Elias não duvidou de Deus. Elias acreditava que a chuva era uma realidade, embora
ninguém a notasse ainda. Elias acreditava que a estação da seca acabaria quando
Deus assim o determinasse. Elias acreditava que a vontade de Deus lhe seria revelada
e, por seu intermédio, todos saberiam que Deus é Deus e que os deuses são invenções
surdas e mudas dos seres humanos.
Elias faz uma notável declaração de fé.
– Juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel, a quem sirvo, que não cairá orvalho nem
chuva nos anos seguintes, exceto mediante a minha palavra.
Elias servia (obedecia, seguia, amava) o Senhor Deus, revelado na história do povo de
Israel. Sua confissão nos convida a pensar em quem servimos: é mesmo ao Deus da
Bíblia, a quem também conhecemos como o Pai de Jesus Cristo? Com quem temos assinado nossas alianças: com o deus do consumo, com o deus do egoísmo, com o deus
da corrupção, com o deus do prazer a qualquer preço, com o deus do sucesso, com o
deus da fama? Estamos prontos a ficar sozinhos, quando todos louvam a esses deuses,
perigosos porque não se apresentam como deuses, embora nos exijam fidelidade?
A vida de Elias mostra que sua confissão estava entranhada no seu coração. Não
vinha de algum interesse. Vinha do seu amor por ele. Não vinha por causa de algum
benefício esperado. Vinha do seu amor para com ele. Era um amor disposto a pagar
o preço da obediência, mesmo que custoso. Era um amor a toda prova. Era um amor
confiante, mesmo quando tudo parecia conspirar, mesmo quando Deus parecia inerte.
Sua aliança era com Deus, mesmo que Este parecesse falhar.
Olhamos para um gigante da fé, como Elias, e dizemos: não conseguimos ser como
ele. Contudo, Tiago nos lembra de que o profeta “era humano como nós”. O que ele fez
foi orar “fervorosamente, para que não chovesse”. Nossa causa pode ser outra, mas
aprendemos com ele que podemos orar ao mesmo poderoso Deus, que nos responde
(Tiago 5.17).
2. Com Elias, precisamos aprender que a fé em Deus nos nutre de coragem.
“Depois de um longo tempo, no terceiro ano da seca, a palavra do Senhor veio a Elias.
– Vá apresentar-se a Acabe, pois enviarei chuva sobre a terra.
E Elias foi”. (1 Reis 18.1-2a)
O amor de Elias por Deus era de um tipo pronto a obedecer.
Deus era poderoso, mas invisível.
Acabe era visível e poderoso.
Acabe não amava a Deus e lhe declarou guerra. Elias era o representante do Deus
ameaçado. Elias seria a vítima. Punindo Elias, Acabe puniria a Deus. Punindo Deus,
Baal e Aserá seriam reconhecidos como deuses absolutos.
Quando a chuva não veio e a seca chegou até ao palácio real, Acabe não reconheceu
que Deus é o Deus da chuva. Acabe não admitiu que estivesse errado. Acabe não
aprendeu nada. Ele era rei, pronto para ensinar, nunca para aprender.
Diz a sabedoria popular cristã que quem não vem a Deus pelo amor vem pela dor. Devemos tomar cuidado para não confundir as coisas e imaginar que Deus fique urdindo
coisas para nos convencer a amá-lo. Devemos estar atentos para fazer da vida uma
escola: quando estamos cheios de nós mesmos e Deus permite que sejamos humilhados, devemos agradecer a Deus por ter permitido que a tempestade nos encurralasse,
e, devemos mudar os nossos corações. (CONTINUA)
1 CARMICHAEL, Amy. Citado por WIERSBE, W.W. Be responsible: 1Kings. Colorado Springs: David,
2002, p. 169.
Período de 6 a 13 de janeiro de 2014
Leitura da semana: Deuteronômio 11 a 13; Salmo 86; Deuteronômio 19 e
21; Salmo 27; Deuteronômio 24 a 25; Salmo 119.73-80; Deuteronômio 26;
Salmo 119.89-96
VERSÍCULO DA SEMANA: “Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, e observarás
sempre o que ele te ordena, suas leis, seus preceitos e seus mandamentos”.
(Deuteronômio 11.1 - VC)
PENSAMENTO DA SEMANA: Uma família cristã ou a empresa de um cristão não
explora seus empregados. Ainda melhor: uma família cristã ou a empresa de um
cristão não pode explorar seus empregados.
Segunda (6)
Refletindo: Deuteronômio 12.8 – OS “NÃOS” DA VIDA
O modo como vivemos hoje tem a ver com o modo como fomos tratados na
infância.
Por alguma razão, algumas pessoas têm as suas vontades sempre atendidas por
seus pais ou responsáveis, o que lhes leva a pensar que, adultos, nada lhes pode
ser negado.
Há adultos, então, que acham que todos os seus desejos devem ser atendidos,
como se pudessem fazer tudo o que quiserem.
O vocabulário popular chama a essas pessoas de “mimadas”.
Como pais, devemos dizer “não” a nossos filhos.
Como adultos, precisamos saber que nem sempre podemos fazer o que queremos
ou ter o que desejamos.
Aceitar que a vida é feita de “nãos” é um sinal de maturidade.
Orando: por nossa diretoria.
Cumprimentando as aniversariantes: Antônia Lúcia Farias Matos, Cristiane dos
S. do Valle Andrade, Elza Maria de Paula Vieira.
Terça (7)
Refletindo: Deuteronômio 19.2-3 – ESTÁ COM RAIVA?
Não tem jeito: a raiva, às vezes, vem.
Está com raiva? Não responda. Faça perguntas. Talvez não precise falar, depois
de ouvir todas as respostas.
Está com raiva? Duvide da sua certeza de que estão tentando lhe atingir. Pode ser que
a outra pessoa apenas pense diferente, mas quer a mesma coisa que você deseja.
Está com raiva? Não escreva uma carta ou email mostrando com força a sua
indignação. Muito provavelmente você distribuirá cotoveladas até contra pessoas
que sequer conhecem você.
Está com raiva? Não telefone de volta, nervos à flor, para despejar suas verdades
nos ouvidos dos outros. Nem todos digerem facilmente os desabafos dos outros.
Está com raiva? Não devolva a ofensa, imaginária ou real. Ofensa devolvida é
candidata a ofensa devolvida, numa espiral cujo fim não se pode prever, mas se
pode prevenir.
Está com raiva? Guarde suas razões. Guarde suas palavras. Guarde suas armas.
Você não precisa desabafar. Afinal, você não gosta de ser o alvo dos desabafos
dos outros.
Você não precisa revidar. Os que promovem a paz é que são felizes.
Orando: pelos telespectadores do nosso Convite à Vida.
Cumprimentando os aniversariantes: Elton Charles Galgoul, Leda M. Gurgel Mainhard, Roberson Siqueira da Silva, Thiago de Souza Bruno.
Quarta (8)
Refletindo: Deuteronômio 21.1 – EM DEFESA DOS INOCENTES
Em torno de um problema ainda hoje comum (um corpo não identificado, encontrado na rua ou no campo), Moisés nos ensina um princípio: só os condenados,
com todas as provas, devem merecer a punição. Enquanto isso não ocorrer, os
possíveis suspeitos são apenas suspeitos.
Muitas vezes, tão logo aparece uma evidência, declaramos culpada uma pessoa.
Devemos ser cuidadosos, porque, às vezes, não há como reparar um dano causado a um inocente.
O cuidado se aplica a todos nós, quando nos juntamos aos que condenam sem
provas, quando passamos à frente a nossa impressão sobre algo ocorrido que não
presenciamos.
Nossas palavras podem magoar e matar.
Orando: por nossos enfermos.
Cumprimentando os aniversariantes: Caio Pereira Inácio, Cristina Maria M. da
Veiga Martins, Flávio Araújo de Mattos, Vicente Pinto de Souza.
Quinta (9)
Refletindo: Deuteronômio 24.14 – UM PESO, UMA MEDIDA
Como empregados, queremos salários dignos, tratamento respeitoso, observância
das leis trabalhistas.
E, quando nos encontramos na condição de patrões, valem as leis que queremos
aplicadas a nós? Achamos elevados os salários que pagamos? Tratamos nossos
colaboradores como gostaríamos de ser tratados?
Uma família cristã que tem empregados tem que ser uma família cristã.
A empresa de um cristão deve ser uma empresa de um cristão.
Uma família cristã ou a empresa de um cristão não explora seus empregados.
Ainda melhor: uma família cristã ou a empresa de um cristão não pode explorar
seus empregados.
Orando: pela assembleia da Convenção Batista Brasileira.
Cumprimentando os aniversariantes: Pr. David Milheiros Matheus, Derly Percílio
Teixeira, Margareth Ferreira Catalão, Rafael Gama, Vinícius G. Barros Ramos.
Sexta (10)
Refletindo: Deuteronômio 25.13-16 – A TENTAÇÃO DA GANÂNCIA
Vale tudo para vencer. Esta é uma regra difundida, mas ela não pode ser a regra
de um leitor da Bíblia.
Num tempo em que o comércio se assemelhava às feiras-livres de hoje, nas pequenas e grandes cidades, o peso que fazia a balança funcionar ficava nas mãos
do vendedor. O vendedor podia fraudar, na hora de pesar.
Mudou a tecnologia, mas não mudou a ganância. Ficamos indignados quando,
por exemplo, pagamos por um quilo e recebemos 959 gramas.
É justa a nossa indignação.
Ficamos, justamente, indignados, quando nos enganam no troco.
Podem surgir situações em que nos vejamos tentados a levar “na bolsa dois pesos
diferentes”. Se trabalhamos no comércio, somos tentados a cobrar por um produto um preço exorbitante ou usar argumentos falsos para vender, por exemplo.
Mesmo que não atuemos no comércio, não estamos longe de ser tentados. Se
temos um carro e queremos vendê-lo, podemos ser tentados a mentir sobre a sua
qualidade. Se nos deram troco a mais, somos tentados a ficar com ele. Se achamos uma carteira, somos tentados a retê-la. Se nosso filho encontrou um dinheiro
na escola, podemos ser tentados a deixar que se aproprie dele como se fosse seu.
Deus detesta a desonestidade.
Orando: pela assembleia da nossa igreja, no final do mês.
Cumprimentando os aniversariantes: Dorângela M. Miranda Rodrigues, Hélio Gomes da Silva, Normeire Monteiro Pinheiro, Rosenilde Cavalcante Barbosa.
Sábado (11)
Refletindo: Deuteronômio 26.19 – JÁ DÁ PARA VER CANAÃ
Olhando hoje para trás, podemos ver onde estávamos e como avançamos.
Avançamos porque olhamos para frente.
Eis o que devemos fazer hoje.
Ainda não chegamos aonde podemos chegar.
Sim, podemos realizar. Podemos chegar.
A uma ideia que ainda não elaboramos.
A uma viagem que ainda não percorremos.
A um curso que ainda não fizemos.
A um concurso que ainda não prestamos.
A um livro que ainda não escrevemos.
A um filho que ainda não fizemos nascer.
A um amor que ainda não vivemos.
A um abraço que ainda não demos.
A um projeto que ainda não acabamos.
A erradicar um ódio que ainda não arrancamos.
A um perdão que ainda não concedemos.
Orando: por nossos adolescentes, indo para Barreiras.
Cumprimentando os aniversariantes: Jeferson Ribeiro Gonçalves, Lucimar Fernandes Lobo.
Domingo (12)
Refletindo: Deuteronômio 11.1 – AMOR E OBEDIÊNCIA
“Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, e observarás sempre o que ele te ordena, suas
leis, seus preceitos e seus mandamentos”. (Deuteronômio 11.1 - VC)
Há uma relação visceral entre amor a Deus e obediência aos seus preceitos, assim como há uma vinculação essencial entre uma declaração de amor e a prática
desse amor. A primeira sem a segunda é uma farsa ou, se não quisermos ser tão
duros, uma boa, porém inútil, afirmação de propósitos.
Quando amamos a Deus, estamos respondendo ao seu amor por nós. Quando
nos amou, Ele nos amou de formas concretas (e a lista seria longa, se fôssemos
enunciá-las). Quando nós O amamos, devemos ir além das frases (proferidas em
nossas orações e em nossas canções).
Ele mesmo nos dá o guia para as expressões concretas desse nosso amor por
Ele. Esse guia está em suas leis (preceitos ou mandamentos). Essas leis estão em
toda a Bíblia, em forma de preceitos, ou mesmo em forma de histórias, em forma de mandamentos, em forma de exemplos. Se lemos essas orientações e não
nos pomos a caminho para segui-las, não amamos a Deus. Quando nos pomos
a caminho, com a intenção de obedecer a Deus por amor, ocorre de falharmos,
mas Ele vê o nosso coração.
Orando: por nossos enlutados.
Cumprimentando os aniversariantes: Antônio Gomes de Almeida, Carlos Henrique C. de Castro e Silva, Izidoro Jadson Rangel, Jiseli Giordani Hespanhol, José
Orlando Torea Otero, Márcia Lopes Machado Ribeiro, Regina Cecília Pinto Pires.
Ministério Diaconal (Coordenador: Almir dos S. Gonçalves Jr.)
•Plantão Diaconal
hoje: cultos 1 e 2: Edmilson e Sílvia; cultos 3 e 4: Josinaldo e Dione.
Próxima semana: cultos 1 e 2: Almir e Alcaly; cultos 3 e 4: Sérgio Paulo e Oscarina.
•Escala de diáconos para a ceia - Culto 1 (9h): Alcaly, Denise, Oscarina, Antônio,
Valéria, Leonardo, Marta, Elza e Rodrigo; culto 2 (11h): Paulo Parente, Sérgio Paulo, Itamar,
Almir Valdir, Maria Helena, Jurjus e Flávia.
ACESSO DE VEÍCULOS
Em função do início das obras no túnel de
acesso ao pátio do Colégio Batista, que
estará fechado a partir de hoje (5/1/2014),
teremos duas entradas de veículos pelo
Colégio, de veículos para uso dos nossos
irmãos, como expomos:
a) está mantida a atual (pela Rua José
Higino, 416) para entrada e saída;
b) outra, nova (pela praça Barão de
Corumbá, entrada e saída. ao lado da
igreja)
1.Pela Rua José Higino, 416: enquanto
não iniciamos a construção do novo
Templo, quem entrar pela Rua José Higino,
416, continuará a estacionar no terreno
da igreja. Como o acesso pelo túnel estará
fechado, os motoristas devem entrar no
portão à direita, que dá acesso à nossa
propriedade. Retornarão pelo mesmo local.
Estamos projetando a construção
de um acesso novo pela Rua José
Higino, independente do acesso pelo
416, de modo a não precisarmos usar a
entrada do Colégio Batista.
2.Pela Praça Barão de Corumbá: quem
entrar pela Praça Barão de Corumbá
deverá estacionar no pátio do Colégio
Batista, ao lado de nosso atual templo.
O retorno se dará pelo mesmo acesso.
Como o espaço é pequeno, os motoristas
deverão estacionar seu carro de modo
que permitam outros usuários pararem
também seus veículos. Não será
permitido estacionar no meio (centro) do
pátio, que será destinado a circulação/
movimentação/manobras dos veículos.
Estamos projetando a construção de
um gradil divisório, ao longo do pátio
do Colégio, que permitirá o acesso
motorizado até o nosso terreno.
3.Pedestres: o acesso de pedestres
sofrerá uma pequena alteração para
os que entram pela Rua José Higino.
Ao se aproximarem do túnel, terão
que adentrar à nossa propriedade,
contornando o ginásio de esportes.
Estas alterações nos prepararam para a
construção do novo templo e permitem ao
Colégio Batista ampliar suas atividades,
com mais segurança para os seus alunos. O
crescimento do Colégio é bom para o Reino
de Deus.
Contamos com o apoio de todos.
BOM DIA AMIGO
Temos recebido vários pedidos do livro BOM
DIA AMIGO, vindos também de fora da nossa
igreja. A resposta é a mesma: o livro está
esgotado e não há previsão de reimpressão.
Demoraria semanas e sairia caro, porque
seria uma tiragem pequena.
Pretendemos, se Deus nos permitir, preparar
um volume com novas meditações para
2015.
Somos gratos a todos quantos tornaram
vitorioso este projeto.
Pedimos as orações para que Deus abençoe
os leitores, levando muitos deles a confessar
que Jesus Cristo é o seu Salvador e Senhor.
CULTO DOS FORMANDOS
Pretendemos celebrar nosso culto anual em gratidão a Deus por nossos formandos.
Aguardamos sugestões para fazermos melhor este culto, neste ano.
PLAMOR
Os novos valores, a partir deste ano, são os seguintes: para os que pagavam R$5,00,
passarão a pagar R$6,00 e para o que pagavam R$8,00, passarão a pagar R$9,00.
O telefone atual do Plamor, em caso de falecimento é: 08000-224-225.
Obs.: Ao preencher o envelope, procure escrever seu nome e/ou de seus dependentes em
letra legível e sem abreviaturas, com os valores correspondentes de cada um.
CORO MASCULINO
Estará em recesso de suas atividades até o mês de fevereiro/2014 e aproveita para
convidar membros ou congregados, de 15 a 90 anos, para participar do seu ministério
coral, no próximo ano. Mais informações com Nélio (Regente), Paulão (Presidente) ou
Matheus (Vice-presidente). ATENDIMENTO PASTORAL
Você pode marcar para atendimento com pastores específicos. Ligue para a secretaria da
igreja e marque o seu atendimento (3344-9700). Eis as escalas deles:
•Israel Belo de Azevedo: Terça (10h-11h); quinta (15h e 16h e 19h - 21h);
•Roberto Abreu da Costa: segunda (18h - 20h);
•Alcenir Ancelmé da Mota: quinta (14h -17h);
•Cleudair Godói: quarta (14h-17h);
TELEFONES DA IGREJA
Informamos os números diretos dos setores da igreja:
• Ação Social (Marta): 3344-9715
• Administração (Tânia/Genilse): 3344-9709
• Crescimento (Pr. Cleudair): 3344-9706
• Contabilidade (Valéria): 3344-9705
• Vídeo (Neto): 3344-9702
NEI DE OLIVEIRA
Faleceu no dia 27 de dezembro de 2013 o irmão Nei Oliveira. Ele foi sepultado no
Jardim da Saudade de Sulacap, no dia 28, na presença de sua esposa, Vastir, dos filhos
Rafael, Claudio e Ana Cláudia e de vários irmãos das igrejas em que atuou: Fundação,
Boas Novas e Itacuruçá. Deixou os netos Cláudio Jr e José Augusto Teodoro.
Sobre ele escreveu a irmã Edna Moraes dos Santos: “Na sua juventude, foi líder dos
Embaixadores do Rei. Foi fiel a Des por toda a sua vida. Enfermo nos dois últimos anos,
hoje encontra-se nos braços do seu Senhor, a quem amou e serviu.
Para a família, o conforto da Palavra de Deus, que nos diz em Provérbios 4.18: ‘A vereda
dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito’”.
PEDRAS VIVAS EM ATIVIDADE
AULA DE ALONGAMENTO – Retorno no
dia 15/1 (quarta-feira), às 10h30.
DANÇA SENIOR – Reunião do grupo
dia 16/1(quinta-feira), às 10h30 –
decidiremos o melhor dia e horário para
as aulas.
CARAVANA PEDRAS VIVAS – 8 A 13
DE ABRIL – VIDA RADIANTE 2014
– A acolhedora e tradicional cidade
de Poços de Caldas, na Região Sul do
Estado de Minas Gerais, é o próximo
destino do Congresso da Terceira Idade
– Vida Radiante. Para as atividades do
Congresso, usaremos as magníficas
acomodações do Palace Hotel, onde
estaremos muito bem acomodados.
Venha viver dias de muito enlevo,
inspiração, alegria e motivação. E,
aproveite para descobrir e fazer novas
e boas amizades!Inscrições abertas apenas 42 vagas.
Oradores do congresso: Pr. Oliveira de
Araújo (orador oficial) - PIB de Vitória,
ES; Rev. Hernandes Dias Lopes - PIP de
Vitória, ES, Pr. João Roberto Roque de
Moraes - PIB de Poços de Caldas, MG.
Preço Individual: Apartamento duplo:
4 x R$ 370,00; Apartamento triplo:
4 x R$ 350,00.
Forma de pagamento: sinal, a vista, ou
cheque pré-datado para: 30/12, e as
demais parcelas para: 30, 60 e 90 dias.
Incluso: além da hospedagem com
pensão completa, passeio turístico.
PALAVRA DA VIDA – ATIBAIA CLUBE ÁGUIA – de 20 a 23 de
outubro/2013 – A ênfase principal
desse evento é equipar a Terceira
Idade para evangelizar, fornecendo,
através desse encontro, ferramentas e
treinamentos na área.
A programação básica desse evento é:
passeios evangelísticos, encontros com
grupos não evangélicos, noites especiais
e muita interação entre os participantes.
Investimento: pagamento em 10 vezes,
através da Organização Palavra da Vida.
Inscrições e informações: no balcão de
recepção da igreja ou pelos telefones:
3344-9715 ou 99737-4638, com
Margaret.
OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO
Venha estudar e crescer no conhecimento da Palavra de Deus
Estudos da nossa Escola Bíblica Dominical para todas as idades
PAUSA NO CULTO INFANTIL
DAS 11 horas
Nosso culto infantil das 11h retornará
apenas no dia 12 de janeiro. Da mesma
forma, as atividades noturnas dos
juniores, às 19h30m, só retornarão no
próximo dia 12. Nossa equipe precisa
de tempo e descanso, para recomeçar,
com ânimo novo, em 2014, e repensar
algumas abordagens. Então, pais,
aproveitem para cultuar junto com seus
filhos, nas celebrações de domingo. Os outros horários de EBD, aos
domingos, seguem com programação
normal. Oremos pelo ministério infantil. Em Cristo, e pelas crianças, Pr. André
Lisboa.
EBD INFANTIL E PRIMÁRIOS (9h) Estudos bíblicos para crianças de 3 a 8
anos, às 9 horas.
EBD JUNIORES E ADOLESCENTES
(9h) – Estudo bíblico para meninos e
meninas de 9 a 11anos e adolescentes
de 12 a 17 anos.
EBD JOVEM – Iniciamos dois novos
estudos na EBD Jovem: Filipenses e
estudo do livro “Ouvindo Deus”, que foi
o mais votado na pesquisa. Sempre aos
domingos, às 11h. Participe!
GROUPE D’ETUDES BIBLIQUES
EN FRANÇAIS - Gostaríamos de
compartilhar o seguinte testemunho
a respeito do “Culte Franco-Brésilien
de Noël” no dia 2/12, de Gérard et
Rosie Siogli (Igreja Protestante Batista
de Nice, França): “Foi com alegria que
acompanhamos o culto de Natal em sua
igreja do RJ e constatamos com que
entusiasmo e fervor os membros que
participavam desta celebração.”
Agradecemos ao nosso Deus por este
testemunho. EBD ADULTOS, 1 (9h) – Ambiente
acolhedor, grupo envolvente,
oportunidade de participação, com
comentários e considerações individuais.
EBD ADULTOS, 2 (9h) – No salão Allen,
com o Diácono Almir Gonçalves Jr.
CICLOS DE VIDA DO CRISTÃO 1 e 2 –
Estudos na EBD sobre discipulado.
•Ciclo (1) 9h – Revista “Quem é
discípulo?” (Pr. Israel Belo) - com o
Pastor José Maurício;
•Ciclo (2) 11h – com o Pastor Marcos
Lima.
Estudos bíblicos para seu
crescimento espiritual
LEITURA DA BÍBLIA (10ª Jornada) –
Toda quarta-feira, às 16h, fazemos a
leitura dos textos bíblicos, oralmente.
Você é nosso convidado em mais esta
Jornada.
ATIVIDADES DA MCA
Durante o mês de janeiro, as Mulheres Cristãs em Ação continuam suas
atividades junto com o grupo Pedras Vivas, em outras promoções da nossa
igreja. • Cine Debate – Exibição do filme “Cartas a Deus”, sexta-feira (17), às
16 horas. Venha assistir a esta linda história, baseada em história
verídica, de um menino que escreve cartas a Deus e sensibiliza toda a
comunidade em que vive.
• Oraremos por nossas associadas enfermas e por aquelas que não têm
comparecido, por vários motivos. (Airse de Sousa, Ester Kelles Abreu, o
casal Rutter, e outras irmãs), pelos nossos missionários, por seu trabalho
em prol da expansão do Evangelho no Brasil e por todo o mundo.
Retornaremos com nossas reuniões semanais no dia 6 de fevereiro, às 15
horas, sempre às quintas-feiras.
C U LT O S M AT U T I N O S
Oração
Processional, instrumental
Ita em ação
Prelúdio, instrumental
Momento de gratidão e fidelidade, instrumental
“... todas as coisas lhes eram comuns ...”
... na certeza da fé em Cristo
(Atos 4.32)
Momento de intercessão
...no louvor ao Filho de Deus
Canto 228 HCC
A Deus Demos Glória
(Crosby/Doane)
Leitura bíblica: 1 Pedro 2. 21, 24
(…) Cristo sofreu no lugar de vocês(....). Ele mesmo levou em seu corpo os nossos
pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados.”
A Deus demos glória, com grande fervor;
seu Filho bendito por nós todos deu.
A graça concede a qualquer pecador,
abrindo-lhe a porta de entrada no céu.
Canto
Exultai! Exultai! Vinde todos louvar
a Jesus, Salvador, a Jesus, Redentor.
A Deus demos glória, porquanto do céu
seu filho bendito por nós todos deu.
Quanto Amor
(Lenny Leblanc/ Paul Baloche)
És soberano e Teu poder está acima de toda a criação.
Não há caminhos mais reto que os Teus,
desde a eternidade Tu és Deus.
Não há império e não há rei,
Nem maravilhas pra Ti se comparar.
Não há valor, tesouro real,
pra Tua grandeza expressar.
Oh! Graça real! Foi assim que Jesus,
morrendo, seu sangue por nós derramou.
Herança nos céus, com os santos em luz,
comprou-nos Jesus, pois o preço pagou.
Numa cruz vieste pra morrer
em solidão vieste pra viver
como a flor que é pisada ao chão
sofreste a dor pensando em mim.
Quanto amor!
A crer nos convida tal prova de amor
nos merecimentos do Filho de Deus.
E, quem, pois, confia em Jesus, Salvador,
vai vê-lo exaltado na glória dos céus.
Oração
Leitura bíblica: João 6.29, 33, 40; 1,12-13
Dirigente: Jesus respondeu: “A obra de Deus é esta: crer naquele que ele enviou. O pão
de Deus é aquele que desceu do céu e dá vida ao mundo.
Congreg.: A vontade de meu Pai é que todo aquele que olhar para o Filho e nele crer
tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”
Homens: Aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se
tornarem filhos de Deus,
Mulheres: os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne
nem pela vontade de algum homem,
Todos: mas nasceram de Deus.
Canto
Super Abundante Graça
Somos filhos da graça divina e sem par
frutos do amor que nos veio alcançar.
Graça que livra da morte e pecado,
por ela nós somos reconciliados.
Por ela nós somos reconciliados.
Graça, graça, super abundante graça,
super abundante graça.
Somos filhos da graça de Cristo Jesus,
tirados das trevas pra o reino da luz.
Assim somos santos, justificados
e um dia seremos glorificados.
E um dia seremos glorificados.
(Asaph Borba)
Mensagem Um corpo no Corpo – 1Coríntios 11. 23-34 – Pr Israel Belo de Azevedo
Celebração da Ceia do Senhor
...na comunhão com os irmãos
Canto 564 HCC
Pai, Faz-nos Um
Pai, faz-nos um, Pai, faz-nos um,
pra que o mundo saiba que enviaste Jesus.
Pai, faz-nos um.
Oh, como é bom! Oh, como é bom
nós vivermos todos irmanados em paz!
Oh, como é bom!
Oração e bênção
Poslúdio, instrumental
Recessional, instrumental
AO TÉRMINO DO CULTO, VISITE A SALA DE ACOLHIMENTO.
(Rick Ridings)
C U LT O S V E S P E RT I N O S
Processional, instrumental
Ita em ação
Prelúdio, instrumental
Canto 422 HCC
Saudação
A Deus demos glória, a Deus demos glória,
a Deus demos glória pelas bênçãos sem fim.
Com seu sangue salvou-me, seu poder transformou-me.
A Deus demos glória pelas bênçãos sem fim.
(J. Diener/desconhecido)
Saudamo-vos, irmãos, em Cristo,
lembrando do que temos visto.
Nesses anos, pelas lutas, tentações,
foram atendidas nossas petições.
Toda glória seja ao nome do Senhor.
Vinde a ele, todos, entoar louvor!
Oração
Momento de intercessão
Canto 212 HCC, 1 est
Bem alto agora vamos nós cantar,
que a terra e os céus virão nos ajudar.
Até aqui Deus mesmo nos guiou,
e com a sua mão nos ajudou.
(Jilton Moraes/Ralph Manuel)
Ó Senhor, vem me dirigir!
Com fervor quero te seguir.
Para hoje e sempre te honrar
e teu amor ao mundo mostrar.
Oração
Alegres, hoje jubilemos,
ao nosso Salvador cantemos.
Ele como filhos seus nos escolheu,
ricas bênçãos ele já nos concedeu.
Seja “Avante!” o nosso lema triunfal,
pois seguimos para o lar celestial.
Mensagem: Lembre-se – Dt 11.1-7 – Pr Israel Belo de Azevedo
Canto
Leitura bíblica: Isaías 63.7
“Celebrarei as benignidades do Senhor e os seus atos gloriosos, segundo tudo o
que o Senhor nos concedeu.”
Amigo de Deus
Ó Senhor, Vem Me Dirigir!
Quero buscar e pedir ao Senhor
do seu Espírito e seu amor;
e na Palavra vou refletir,
pois suas ordens eu quero cumprir.
Um dia tão glorioso temos
e ao nosso Pai agradecemos
pois é ele quem nos dá real prazer
e é fiel em nos guardar e proteger.
Vinde vós, irmãos, conosco a Deus cantar;
deste gozo vinde, pois, participar!
Canto
(Andraé Crouch)
Como agradecer a Jesus o que fez por mim?
Bênçãos sem medida vêm provar o seu amor sem fim.
Nem anjos podem expressar a minha eterna gratidão.
Tudo o que sou e o que vier a ser eu ofereço a Deus.
A BONDADE DO SENHOR PERMANECE
DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO
Canto 566 CC
Como Agradecer a Jesus?
Vem derrama a paz
Vem, derrama a paz,
vem, derrama as bênçãos
sobre este povo que se chama povo Teu.
Dá-nos Teu amor,
dá-nos Tua força
pra que tentações não venham a nos desviar.
(Adhemar de Campos)
Não existe nada melhor
do que amigo de Deus.
Caminhar seguro na luz,
desfrutar do seu amor.
Ter a paz no coração,
viver sempre em comunhão.
E assim perceber a grandeza do poder
de Jesus, meu bom Pastor.
E a glória seja dada a Ti
Pelo que tens feito, pelo que tens sido,
pelo que farás em nós.
Temos visto a paz,
temos visto as bênçãos,
sendo deste povo transformado em povo Teu.
Dá-nos mais fervor,
dá-nos mais Tua força
pra que gerações Teu nome possam encontrar.
Oração
Oração e bênção
Momento de gratidão e fidelidade, instrumental
Poslúdio, instrumental
Leitura bíblica: Salmo 147.7-9, 3, 5, 20
Recessional, instrumental
Dirigente: Cantai ao Senhor com ações de graças; entoai louvores ao nosso Deus,
Congreg.: que cobre de nuvens os céus, prepara a chuva para a terra,
Mulheres: faz brotar nos montes a erva e dá alimento aos animais.
Homens: Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas.
Todos: Grande é o Senhor nosso e mui poderoso; o seu entendimento não se pode
medir. Louvai ao Senhor.
AO TÉRMINO DO CULTO, VISITE A SALA DE ACOLHIMENTO.
(Carlos Sider)
UNIÃO DE ADOLESCENTE DE ITA
Coral da UAI - Ensaios todos os domingos, 17h30m, na sala da UAI.
Teatro da UAI - Ensaios todos os domingos, 11h, 4º andar.
Culto da UAI - Toda sexta-feira, às 20h.
Grupo de dança da UAI - Para garotas com idade de 12 a 18. Quer participar?
Envie uma mensagem para [email protected]
Jovens em Ação
ACAMPAMENTO JOVEM 2014 - O Acampamento da Juventude 2014 será nos
dias 1, 2, 3 e 4 de maio, no sítio Juvak, em Tanguá, RJ. As inscrições começaram
em agosto deste ano. Você pode fazer sua inscrição com Carolina Defáveri. O
investimento é de 5 x R$ 48,00.
GF JOVENS PROFISSIONAIS - A juventude iniciou mais um Grupo Familiar: é o
GF Jovens Profissionais, que é formado por rapazes e moças que já concluíram sua
faculdade. Lembramos que também há a sugestão de iniciarmos um GF somente
com os jovens casais: caso você seja um jovem casado e tenha interesse, fale com o
Pastor Carlos Daniel.
ATIVIDADE DA VISÃO MINISTERIAL DE JUSTIÇA
Ginecologia e Nutrição.
Para marcar uma consulta, fale
pessoalmente com Marta, ou pelo
telefone 3344-9715.
ORIENTAÇÃO JURÍDICA
BANCO DE PERUCAS – O BAPITA
(banco de empréstimo de perucas para
mulheres em tratamento quimioterápico),
precisa, com urgência, de um armário
aéreo para guardar as perucas. Os que
puderem doar falem com as irmãs Marta
Mariano ou Yone Mota.
MÉDICO CLÍNICO – Se você tem
algumas horas disponíveis e deseja nos
ajudar, ligue para 3344-9715 (Marta).
AULAS E CURSOS VARIADOS – As
atividades retornarão em março.
ATENDIMENTO NA ÁREA DE SAÚDE –
Oferecemos atendimento nas seguintes
áreas: Fisioterapia, Dermatologia,
Psicoterapia, Fisioterapia, Terapia
Integrativa (auriculoterapia), Otorrino,
Endocrinologia, Fonoaudiologia,
•Terça-feira (16h – 18h): Drª Hélida
(Direito Civil/Família).
•Terça-feira (18h – 21h): Dr. Marco
Cerva (Direito da Saúde - Planos de
Saúde)
•Quinta-feira (18h - 21h): Dr. Roberto
Costa (Direito Previdenciário - INSS)
Para agendar uma consulta, ligue para
o número: 3344-9715, de segunda a
sexta, de 9h às 12h e de 13h às 17h.
BANCO DE OPORTUNIDADES –
Estamos cadastrando candidatos para
serviços domésticos, cuidadores de
idosos, secretárias, recepcionistas e
outros. Utilize nosso correio eletrônico:
[email protected]
Horário de atendimento: segunda-feira
(9h-12h), com a irmã Genilse.
BOLETIM DA IGREJA BATISTA ITACURUÇÁ
Praça Barão de Corumbá, 49 – 20510-170
Rua José Higino, 416 – Tijuca
20510-412 – Rio de Janeiro – RJ
Tel: 21 - 3344-9700 / Fax: 3344-9714
[email protected]
www.itacuruca.org.br
NOSSOS MISSIONÁRIOS
MINISTÉRIO
Pastor titular
ISRAEL BELO DE AZEVEDO
Dawei e Mali – China
([email protected])
Pastores in memoriam
W.E. Allen (1936-1962)
Hélcio da Silva Lessa (1962-1992)
Darci Dusilek (1995-1998)
A e M – Afeganistão
Ana Regina Wanderley - Suíça
Cesar e Deise Queiroz – Chile
([email protected])
David e Camila Matheus – Rio, RJ
([email protected])
Eliel e Haydee – BA
([email protected])
([email protected])
AGENDA DE ORAÇÃO
Abaixo, segue a lista de irmãos e amigos que solicitam as orações da igreja:
Aitamara Neira Macedo
Ângela Lyra
Adelir Santos,
Adriana Rebelo,
Ana Carolina Lima
Ana Paula Prazeres,
Angelina Oliveira
Antônia Queiroz
Antônio Cândido de Oliveira
Alzino R. Cardoso
Artur F. de Oliveira
Aurora, Eunice e Hadmeia
Souto Maior
Balbina Lacorte, Belina
Rocha Ribeiro
Carlos Alberto de Cacio
Cacilda Ribeiro
Cenira Fernandes
Cláudia Machado e família
Cristina Barata
Célia Guimarães
Cynthia Regina Menezes
Daniela Souza,
Ed Lúcio Farias
Edna e Elza Kaiser
Ednéa Barreto Nincau
Egnaldo Carneiro
Eliane Medrado e família
Elza Alves de Souza
Eunice e Noemi Aquino
Eunice Souto Maior
Evaldir Marques de Oliveira
Fábio Pereira da Silva
Fabrício Moraes
Fernanda Moraes
Frederico Silva
Geny Vieira de Castro
Geraldo Machado
Glays Fogaça
Gilberto Nascimento
Hélida Monteiro da Costa
Helter Nazareth
Hugo Lara Matos
Ilma Rosa Fabrício
Irineu Kaiser
Israel Moreira
Ivanilde Zaire
Itamar Coelho
Izaura Muniz
Jagô (Jagualiara Carvalho)
Jéssica Angellotti
Joyce Machado Martins
Joelsa Prazeres
Jorge Heuseler
José Gonçalves
Josué Mendes
Juraci de Souza Luz
Juliana Coelho Braga
Júlio César dos Santos
Jurema Fonseca
Laudi Evangelista
Leia Espínola Niera
Leníria Paiva
Liliane e Valentina
Fernandez
Leny Souto Maior
Lucy Pires Santos
Lucy Vidal
Luiz Felipe
Luiz Paulo Campos e Paulo
Campos
Luiz Ribeiro Campos
Luíza de Lima Carvalho
Marcelo Vinícius Terra
Marco Aurélio Braz de Lima
Marcos Paulo Marques
AGENDA DE MENSAGENS
Sexta, 10
19h30m – Culto dos Adolescentes
Domingo, 12
Manhã (9h e 11h)
Lei e graça, 1 (Lv 4.12) – Pr. Israel Belo de Azevedo
Noite (17h30m e 19h30m)
Lei e graça, 2 (Lv 4.12) – Pr. Israel Belo de Azevedo
Fundada em 21 de fevereiro de 1936
Jailson e Rosana Coelho – Rio, RJ
([email protected])
Josué e Kelly Rodrigues – Níger, África
([email protected])
Marlene Tíede – Chile
([email protected])
Regina Borges de Paula – Rio, RJ
([email protected])
Ronilce Ferreira – Itapema, SC
([email protected])
S. e R. – China
([email protected])
Maria Ângela de Souza
Maria Aparecida Alves
Ferreira
Mário de Oliveira Barreto e
Família
Mary Léa Bonfim
Merize Fernandes
Mírian Costa de Jesus
Maria Luísa Bastos e família
Nelson Barbosa
Nelson Lima
Noêmia Buccos
Neuza Faulhaber
Norma Lúcia Ribeiro Lima
Oberdan Mariano
Orlando Augusto da Silva
Pedro Victor Evangelista
Paulo Campos
Raimunda Rocha Ribeiro
Regina Célia Soares
Robson Jorge Pinheiro,
Rogério Bordalo
Rosa Maria V. Bonavita
Rosângela Calixto da Silva
Ricardo Lara
Santiago Ruibal
Pr. Rutter
Shirley Matos
Silas Constantino
Talita Mendes de Medeiros,
Tânia Maria Salema
Tiago Alexandre Castro
Ubirajara Souto Maior
Washington Marques de
Olviera
Vera Lúcia Souza
Vivian Beatriz.
Fly UP