...

Roteiro : Cartela Aula 17

by user

on
Category: Documents
14

views

Report

Comments

Transcript

Roteiro : Cartela Aula 17
Conteúdos:
Figuras de Construção
Habilidades:
Observar técnicas de
elaboração de linguagem
conotativa através da
análise dos mecanismos
das figuras de construção
Exercitar as técnicas de
construção de linguagem
figurada estudadas
PAUTA DO DIA
Acolhida
Memorial/Prazer de casa
Equipes
Problematização
Vídeo
Leitura de imagem
PAUTA DO DIA
Aprofundamento do tema
Atividades complementares
Prazer de Casa
Interatividades
MEMORIAL / PRAZER DE CASA
Leia a tirinha abaixo para responder às
questões 01 e 02:
MEMORIAL / PRAZER DE CASA
Questão 01:
No trecho “Detesto que contem piadas
sujas na minha frente”, a oração em
destaque pode ser classificada como
MEMORIAL / PRAZER DE CASA
A. subordinada substantiva objetiva
indireta.
B. subordinada substantiva objetiva
direta.
C. subordinada substantiva completiva
nominal.
D. subordinada substantiva predicativa.
MEMORIAL / PRAZER DE CASA
Há traço de humor
A. no trecho “Ouvi uma piada ótima”.
B. no fato de Helga não gostar de piadas.
C. no trecho “Detesto que contem piadas
sujas...”.
D. no fato de Hagar contar a piada pelas
costas de Helga.
VIVÊNCIA DAS EQUIPES
Coordenação
Socialização
Síntese
Avaliação
PROBLEMATIZAÇÃO
Desafio!
Analise os dois períodos seguintes.
PROBLEMATIZAÇÃO
Tenho uma filha, três filhos e amo
todos da mesma forma.
Sobre a mesa da cozinha, apenas um
prato de comida e duas bananas.
PROBLEMATIZAÇÃO
Agora responda: Qual termo está faltando
nas orações destacadas dos períodos que
acabamos de observar?
A.
B.
C.
D.
Verbo e complemento verbal.
Complemento Verbal e sujeito.
Sujeito e verbo.
Adjunto Adnominal e verbo.
PROBLEMATIZAÇÃO
Um pouco mais de reflexão
Mesmo com a falta de alguns termos, a
compreensão dos períodos lidos foi
prejudicada? Por quê?
PROBLEMATIZAÇÃO
(Eu)
Tenho uma filha, três filhos e amo
todos da mesma forma.
(tinha)
Sobre a mesa da cozinha,
apenas
um prato de comida e duas bananas.
Letra “C”: Sujeito e verbo
LEITURA DE IMAGEM
Grupo 01
A personagem Marcos diz que pegará o
escriturário “com a boca na botija”. O que
essa expressão significa?
Esta é uma frase feita, frase pronta. Faça
uma lista de outras expressões que você
conhece e seus respectivos significados.
LEITURA DE IMAGEM
Grupo 02
A personagem Marcos “pisa com os
próprios pés”. O que essa expressão
significa?
LEITURA DE IMAGEM
De acordo com o vídeo, esta é uma
expressão pleonástica. O que é uma
expressão pleonástica? Para que são
usadas?
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Sujeito + Verbo + Complemento
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Figura de Construção
Ocorre quando rompemos a sequência
lógica da forma como a Língua
Portuguesa se estrutura com o objetivo de
conferir ao texto maior expressividade
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Pode ocorrer por meio de repetição de
uma palavra ou termo sintático, omissão
de um termo, ou mesmo a inversão da
ordem sintática
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Elipse
Ocorre quando há a omissão de um ou
mais termos da oração que não foram
expressos anteriormente, mas que são
passíveis de serem identificados por
elementos gramaticais expressos na
oração e/ou pelo contexto.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Ex.: Sairei depois do almoço.
Os humildes, mãos estendidas, pediam
ajuda.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Zeugma
Uma variante da Elipse.
Ocorre quando omitimos um termo ou
expressão que já foi mencionado
anteriormente no contexto textual em
questão.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Ex.: “Você me corta um verso, eu escrevo
outro” (Paulo César Pinheiro)
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
“Sei que o tempo passa e a saudade fica /
Será que alguém me explica o sentido da vida
Me aponta uma saída ou me conta um segredo
Me ensina a crescer sem olhar pra trás e sentir
medo
Eu tive sim, mas sei que não ’tou sozinho
Eu sinto que é você que ilumina meu caminho”
(Anjos de Plantão – Paulo Mozart)
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Assíndeto
Esta figura de construção ocorre quando
omitimos a conjunção coordenada
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Ex.:
A tua raça de aventura
quis ter a terra, o céu, o mar.
Na minha, há uma delícia obscura
em não querer, em não ganhar.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
A tua raça quer partir,
guerrear, sofrer, vencer, voltar.
A minha, não quer ir nem vir.
A minha raça quer passar."
(A minha raça – Cecília Meireles)
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Polissíndeto
Ao contrário do assíndeto, esta figura de
construção ocorre quando há a repetição
enfática de conjunção coordenada;
geralmente a repetição acontece com a
conjunção coordenada “e”.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Ex.: “Longe do estéril turbilhão da rua,
Beneditino escreve! No aconchego
Do claustro, na paciência e no sossego,
Trabalha e teima, e lima, e sofre, e sua!”
(A um poeta – Olavo Bilac)
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Pleonasmo
Esta figura se apresenta pela repetição de
um termo ou ideia (com as mesmas
palavras ou não), para dar ênfase à
mensagem, deixando-a mais expressiva.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Ex.: "Eu vivo na espera de poder viver a
vida com você."
(Longe de Você - Charlie Brown Jr)
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Fonte:http://profgraciele.blogspot.com.br/2012/09/vicio
s-de-linguagem.html
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Atividade para todos os alunos
Questão 01
Leia os trechos de texto abaixo e identifique qual
figura de construção aparece no fragmento.
Justifique sua resposta:
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
A. Ela chora e ri e pula e canta de alegria.
B. “Alguns anos vivi em Itabira”
(Carlos Drummond de Andrade)
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
C. Veio à cidade, falou com o gerente,
partiu.
D. Cada criança escolheu um brinquedo;
o menino, uma bola, a menina, uma
boneca.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
Questão 02
Desafio!
Observe e determine a figura de
construção que nela aparece. Justifique
sua resposta.
ATIVIDADE DO LIVRO TEXTO
RESPOSTAS DAS ATIVIDADES
A. Ela chora e ri e pula e canta de alegria.
Polissíndeto
B. “Alguns anos (eu) vivi em Itabira”
(Carlos Drummond de Andrade)
Elipse
RESPOSTAS DAS ATIVIDADES
C. Veio à cidade, falou com o gerente (e)
partiu.
Assíndeto
D. Cada criança escolheu um brinquedo;
o menino (escolheu) uma bola, a
menina (escolheu) uma boneca.
Zeugma
RESPOSTAS DAS ATIVIDADES
Questão 02
Desafio!
Pleonasmo
Ambulante/camelô
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Anáfora
Repetição intencional de palavras ou
expressões no início de vários períodos,
frases ou versos sequenciados.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Ex: “Se você gritasse,
Se você gemesse,
Se você tocasse
a valsa vienense,
Se você dormisse,
Se você cansasse,
Se você morresse...
Mas você não morre,
você é duro, José!”
(José – Carlos Drummond de Andrade)
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Silepse
Nesta figura de construção, a
concordância não acontece de acordo
com as regras gramaticais, mas sim com a
ideia que representam. É o que chamamos
de concordância ideológica.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Silepse de gênero:
Ex.: São Paulo é muito fria.
Silepse de número:
Ex.: O Brasil somos todos nós.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Silepse de pessoa:
Ex.: “Somos trinta meninos
maduros brincando/de bola:
encantamento
puro o sol nos pés.”
(Thiago de Mello)
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Anacoluto
Trata-se de uma figura de construção que
se caracteriza pela interrupção da
sequência lógica daquilo que se estava
falando ou escrevendo, como se houvesse
uma mudança de pensamento.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Ex.: “O relógio da parede eu estou
acostumado com ele, mas você precisa
mais de relógio do que eu”.
(Rubem Braga)
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Hipérbato/Inversão
Como o próprio nome diz, trata-se da
inversão da ordem direta dos termos da
oração.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Ex.: “Como fosse um lar, seu corpo a
valsa triste iluminava
E a noite caminhava assim
E como um par o vento e a madrugada
iluminavam
A fada do meu botequim”
(Bandolins – Oswaldo Montenegro)
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
A ordem direta:
Sujeito + Verbo + Complemento Verbal
Seu corpo iluminava a valsa triste
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Hipérbato da música:
Sujeito + Complemento Verbal + Verbo
Seu corpo a valsa triste iluminava.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Grupo Figura
Escreva uma música na qual utilize as
figuras de construção silepse e anáfora
estudadas na aula de hoje.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
Grupo Construção
Escreva um poema no qual utilize as
figuras de construção silepse e hipérbato
estudadas na aula de hoje.
ATIVIDADES COMPLEMENTARES
No momento da interatividade, os alunos
apresentam suas criações e explicam a
ocorrência das figuras de construção.
PRAZER DE CASA
Leia a música abaixo para responder à
questão 01:
Inútil
A gente não sabemos escolher presidente
A gente não sabemos tomar conta da
gente
PRAZER DE CASA
A gente não sabemos nem escovar os
dentes
Tem gringo pensando que nós é indigente
Inútil
A gente somos inútil [...]
Fonte: MOREIRA,
Roger R. Inútil. In: Ultraje a Rigor – Nós vamos invadir
sua praia. LP WEA BR 28128. L. 2, f. 1.
PRAZER DE CASA
Questão 01:
No trecho “Inútil/A gente somos inútil”, a
oração em destaque apresenta a figura de
construção
PRAZER DE CASA
A.
B.
C.
D.
elipse.
zeugma.
silepse.
anacoluto.
PRAZER DE CASA
Leia a música abaixo para responder à
questão 02:
Não dá mais pra segurar (Explode
coração)
“Chega de temer
Chorar
PRAZER DE CASA
Sofrer
Sorrir
Se dar
E se perder
E se achar [...]”
Fonte: GONZAGA JR., Luís. In: Gonzaguinha da vida.
PRAZER DE CASA
Questão 02:
No trecho “Chega de
temer/Chorar/Sofrer/Sorrir” ocorre
PRAZER DE CASA
A.
B.
C.
D.
polissíndeto.
assíndeto.
anáfora.
hipérbato.
Fly UP