...

professor de língua portuguesa

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

professor de língua portuguesa
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
CARGO: PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA
Texto
Um pé de milho
Os americanos, através do radar, entraram em contato com a lua, o que não deixa de ser emocionante. Mas
o fato mais importante da semana aconteceu com o meu pé de milho.
Aconteceu que no meu quintal, em um monte de terra trazido pelo jardineiro, nasceu alguma coisa que
podia ser um pé de capim – mas descobri que era um pé de milho. Transplantei-o para o exíguo canteiro na frente
da casa. Secaram as pequenas folhas, pensei que fosse morrer. Mas ele reagiu. Quando estava do tamanho de um
palmo veio um amigo e declarou desdenhosamente que na verdade aquilo era capim. Quando estava com dois
palmos veio outro amigo e afirmou que era cana.
Sou um ignorante, um pobre homem de cidade. Mas eu tinha razão. Ele cresceu, está com dois metros, lança
suas folhas além do muro – e é um esplêndido pé de milho. Já viu o leitor um pé de milho? Eu nunca tinha visto.
Tinha visto centenas de milharais – mas é diferente. Um pé de milho sozinho, em um canteiro, espremido, junto
do portão, numa esquina de rua – não é um número numa lavoura, é um ser vivo e independente. Suas raízes
roxas se agarram no chão e suas folhas longas e verdes nunca estão imóveis. Detesto comparações surrealistas –
mas na glória de seu crescimento, tal como o vi em uma noite de luar, o pé de milho parecia um cavalo empinado,
as crinas ao vento – e em outra madrugada parecia um galo cantando.
Anteontem aconteceu o que era inevitável, mas que nos encantou como se fosse inesperado: meu pé de
milho pendoou. Há muitas flores belas no mundo, e a flor de milho não será a mais linda. Mas aquele pendão
firme, vertical, beijado pelo vento do mar, veio enriquecer nosso canteirinho vulgar com uma força e uma alegria
que fazem bem. É alguma coisa de vivo que se afirma com ímpeto e certeza. Meu pé de milho é um belo gesto da
terra. E eu não sou mais um medíocre homem que vive atrás de uma chata máquina de escrever: sou um rico
lavrador da Rua Júlio de Castilhos.
(Braga, Rubem. 1913-1990. 200 cônicas escolhidas. 31ª Ed. – Rio de Janeiro: Record, 2010.)
01
“Transplantei-o para o exíguo canteiro na frente da casa.” (2º§) A palavra que possui o significado oposto de
“exíguo” é
A) amplo.
B) básico.
C) escasso.
D) reduzido.
E) substanciado.
02
Em relação às palavras ou expressões grifadas nas frases e suas funções sintáticas, marque V para a relação
verdadeira e F para a falsa.
( ) “... nasceu alguma coisa...” (2º§) – objeto direto
( ) “Transplantei-o para o exíguo canteiro...” (2º§) – objeto indireto
( ) “Secaram as pequenas folhas,...” (2º§) – sujeito
( ) “Sou um ignorante,...” (3º§) – predicativo
A sequência está correta em
A) F, V, F, V
B) V, F, V, F
C) V, V, F, F
D) F, F, V, V
E) V, F, F, V
03
“Mas o fato mais importante da semana aconteceu com o meu pé de milho.” (1º§) Nesse excerto há um
adjetivo no grau
A) comparativo de igualdade.
D) comparativo de superioridade.
B) superlativo absoluto analítico.
E) superlativo relativo de superioridade .
C) superlativo absoluto sintético.
04
Quanto à classe gramatical das palavras grifadas, tem-se a correspondência correta em
A) “… pensei que fosse morrer.” (2º§) – conjunção
B) “... com uma força e uma alegria...” (4º§) – numeral
C) “... lança suas folhas além do muro...” (3º§) – preposição
D) “E eu não sou mais um medíocre homem...” (4º§) – substantivo
E) “Os americanos, através do radar, entraram em contato…” (1º§) – adjetivo
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-2Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
05
“Quando estava do tamanho de um palmo veio um amigo...” (2º§) A palavra sublinhada na frase anterior tem
valor semântico de
A) modo.
B) tempo.
C) condição.
D) finalidade.
E) concessão.
06
“Eu nunca tinha visto.” (3º§) A forma verbal sublinhada, nessa frase, está no pretérito mais-que-perfeito
composto do indicativo. Se essa frase for passada para o pretérito mais que perfeito simples do indicativo, a
forma verbal será
A) vi.
B) via.
C) vira.
D) viera.
E) vinha.
07
“... entraram em contato com a lua, o que não deixa de ser emocionante.” (1º§) Assinale a alternativa em que a
partícula “o” sublinhada, aparece com o mesmo emprego que se apresenta no excerto anterior.
A) “... tal como o vi...” (3º§)
B) “Já viu o leitor um pé de milho?” (3º§)
C) “Transplantei-o para o exíguo canteiro…” (2º§)
D) “Anteontem aconteceu o que era inevitável,...” (4º§)
E) “... o pé de milho parecia um cavalo empinado,...” (3º§)
08
Um recurso relevante na construção textual é o uso de personificações. Uma dessas personificações verifica-se
em
A) “Quando estava com dois palmos, veio um outro amigo e afirmou que era cana.”
B) “Quando estava do tamanho de um palmo, veio um amigo e daclarou desdenhosamente que aquilo era
capim.”
C) “Anteontem aconteceu o que era inevitável, mas que nos encantou como se fosse inesperado: meu pé de milho
pendoou.”
D) “Aconteceu que, no meu quintal, em um monte de terra trazida pelo jardineiro, nasceu alguma coisa que podia
ser um pé de milho…”
E) “Mas aquele pendão firme, vertical, beijado pelo vento do mar, veio enriquecer nosso canteirinho vulgar com
uma força e uma alegria que me fazem bem.”
09
No segundo parágrafo do texto, os verbos “aconteceu, nasceu, descobri, transplantei, secaram, pensei e
reagiu”
A) marcam uma narrativa atemporal.
B) denotam ações e estados do narrador.
C) denotam uma sucessão cronológica de ações.
D) mostram uma sequência de ações do narrador.
E) marcam ações e estados emocionantes e precisos.
10
Hipálage é uma figura de linguagem que consiste na transferência de um atributo de um ser a outro. Uma
palavra que logicamente deveria qualificar determinado termo, passa a qualificar outro que pode estar
subentendido. Há um exemplo de hipálage em
A) “Secaram as pequenas folhas; pensei que fosse morrer.”
B) “Há muitas flores lindas no mundo, e a flor de milho não será a mais linda.”
C) “... que nos encantou como se fosse inesperado: meu pé de milho pendoou.”
D) “Um pé de milho sozinho, em um canteiro espremido junto do portão, numa esquina…”
E) “Eu não sou mais um medíocre homem que vive atrás de uma chata máquina de escrever...”
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-3Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
CONHECIMENTOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS
11
Considere as afirmativas sobre o Conselho Escolar.
I. É um órgão colegiado de natureza deliberativa, consultiva e fiscal, com caráter político-partidário, religioso,
racial e com fins lucrativos.
II. Tem por finalidade efetivar a gestão escolar, na forma de colegiado, promovendo a articulação entre os
segmentos da comunidade escolar e os setores da escola, constituindo-se no órgão máximo de direção.
III. Sua ação estará articulada com a ação dos profissionais que atuam na escola, preservada a especificidade de
cada área de atuação.
Está(ão) INCORRETA(s) a(s) afirmativa(s)
A) I, II e III.
B) I, apenas.
C) II, apenas.
D) III, apenas.
E) II e III, apenas.
12
Sobre as tendências pedagógicas é correto afirmar que, EXCETO:
A) A pedagogia tradicional e a tecnicista são mais convencionais e politicamente conservadoras.
B) A pedagogia sociocrítica está também associada à transmissão de conteúdos, mas põe um peso forte no
desenvolvimento de habilidades práticas, no saber fazer.
C) As pedagogias sociocríticas propõem associar ao ensino-aprendizagem a responsabilidade da escola perante às
desigualdades econômicas e sociais, ajudando os alunos em sua preparação intelectual e em sua inserção
crítica e participativa na sociedade.
D) A pedagogia da Escola Nova, hoje representada principalmente por escolas e professores que adotam uma
visão construtivista, é preferida por pais preocupados com a formação humana de seus filhos, baseada na
confiança na natureza infantil, em seus interesses e ritmo de aprendizagem.
E) No âmbito da prática escolar, as escolas continuam direcionadas para quatro tipos de pedagogia: a tradicional,
a tecnicista, a nova ou ativa e a sociocrítica, esta assumida por várias correntes, entre elas a pedagogia críticosocial, a teoria curricular crítica, a perspectiva do conhecimento em rede.
13
Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais – Temas Transversais – é correto afirmar que, EXCETO:
A) As áreas convencionais devem acolher questões dos Temas Transversais de forma que seus conteúdos as
explicitem e que seus objetivos sejam contemplados.
B) Na prática pedagógica, interdisciplinaridade e transversalidade alimentam-se mutuamente, pois o tratamento
das questões trazidas pelos Temas Transversais expõe as inter-relações entre os objetos de conhecimento.
C) O trabalho com os temas sociais se concretizará nas diversas decisões tomadas pela comunidade escolar, o que
aponta a necessidade de envolvimento de todos no processo de definição do trabalho e das prioridades a serem
eleitas.
D) A inclusão dos Temas Transversais exige uma tomada de posição diante de problemas fundamentais e urgentes
da vida social, o que requer uma reflexão sobre o ensino e a aprendizagem de seus conteúdos: valores,
procedimentos e concepções a eles relacionados.
E) A interdisciplinaridade diz respeito à possibilidade de se estabelecer, na prática educativa, uma relação entre
aprender conhecimentos teoricamente sistematizados (aprender sobre a realidade) e as questões da vida real e
de sua transformação (aprender na realidade e da realidade).
14
Sobre a educação básica é correto afirmar que, EXCETO:
A) O ensino fundamental é a etapa obrigatória da educação básica.
B) A avaliação, na educação infantil, destina-se ao acompanhamento e ao registro do desenvolvimento da criança.
C) As crianças de seis anos passaram a ser matriculadas no ensino fundamental de nove anos por força da Lei
nº 11.274/2006.
D) O ensino fundamental, como primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento
integral da criança em todos os seus aspectos.
E) A educação infantil deve ser oferecida em creches, ou entidades equivalentes, para crianças até três anos de
idade, e em pré-escolas, para crianças de quatro a cinco anos de idade.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-4Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
15
Sobre as concepções de organização e gestão escolar, relacione corretamente as colunas a seguir.
1. Concepção técnico-científica.
( ) Definição explícita, por parte da equipe escolar, de objetivos
sociopolíticos e pedagógicos da escola. Ênfase tanto nas tarefas,
2. Concepção interpretativa.
quanto nas relações.
( ) Privilegia menos o ato de organizar e mais a “ação organiza3. Concepção autogestionária.
dora”, com valores e práticas compartilhados.
( ) Poder centralizado no diretor, destacando-se as relações de
4. Concepção democrático-participativa.
subordinação, em que uns têm mais autoridade do que outros.
( ) Ênfase nas inter-relações, mais do que nas tarefas.
A sequência está correta em
A) 2, 1, 3, 4
B) 1, 2, 3, 4
C) 4, 1, 3, 2
D) 4, 2, 1, 3
E) 1, 3, 2, 4
16
Conforme a LDB (Art. 35) de 1996, o ensino médio tem algumas finalidades. Assinale a INCORRETA.
A) O desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno desenvolvimento da
leitura, da escrita e do cálculo.
B) A consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos adquiridos no ensino fundamental, possibilitando o
prosseguimento de estudos.
C) A compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com
a prática, no ensino de cada disciplina.
D) O aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da
autonomia intelectual e do pensamento crítico.
E) A preparação básica para o trabalho e a cidadania do educando, para continuar aprendendo, de modo a ser
capaz de se adaptar com flexibilidade a novas condições de ocupação ou aperfeiçoamentos posteriores.
17
De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o ensino fundamental de nove anos, marque o INCORRETO.
A) Os dois anos iniciais do ensino fundamental devem assegurar somente a alfabetização, foco primordial desta
etapa. (Art. 30)
B) É dever do Estado garantir a oferta do ensino fundamental público, gratuito e de qualidade, sem requisito de
seleção. (Art. 4º)
C) O atendimento educacional especializado aos alunos da educação especial será promovido e expandido com o
apoio dos órgãos competentes. (Art. 42)
D) A necessária integração dos conhecimentos escolares no currículo favorece a sua contextualização e aproxima
o processo educativo das experiências dos alunos. (Art. 24)
E) Considera-se período integral a jornada escolar que se organiza em sete horas diárias, no mínimo, perfazendo
uma carga horária anual de, pelo menos, mil e duzentas horas. (Art. 36)
18
De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s) – Temas Transversais – Meio Ambiente, marque o
INCORRETO.
A) No que se refere à área ambiental, a escola é o único agente educativo que exerce influência sobre os
adolescentes e jovens.
B) A perspectiva ambiental deve remeter os alunos à reflexão sobre os problemas que afetam a sua vida, a de sua
comunidade, a de seu país e a do planeta.
C) O trabalho pedagógico com a questão ambiental centra-se no desenvolvimento de atitudes e posturas éticas e
no domínio de procedimentos, mais do que na aprendizagem estrita de conceitos.
D) Para que os alunos possam compreender a complexidade e a amplitude das questões ambientais, é
fundamental oferecer-lhes a maior diversidade possível de experiências e contato com diferentes realidades.
E) A principal função do trabalho com o tema “meio ambiente” é contribuir para a formação de cidadãos
conscientes, aptos a decidir e atuar na realidade socioambiental de um modo comprometido com a vida, com
o bem-estar de cada um e da sociedade, local e global.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-5Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
19
As propostas pedagógicas de educação infantil devem respeitar alguns princípios. Diante do exposto, relacione
corretamente as colunas.
1. Éticos.
( ) Direitos de cidadania, do exercício da criticidade e do respeito à ordem democrática.
( ) Autonomia, responsabilidade, solidariedade e respeito ao bem comum, ao meio ambiente
2. Políticos.
e às diferentes culturas, identidades e singularidades.
3. Estéticos.
( ) Sensibilidade, criatividade, ludicidade e liberdade de expressão nas diferentes manifestações artísticas e culturais.
A sequência está correta em
A) 3, 1, 2
B) 1, 2, 3
C) 1, 3, 2
D) 3, 2, 1
E) 2, 1, 3
20
As práticas pedagógicas da educação infantil devem garantir experiências que, EXCETO:
A) Ampliem a confiança e a participação das crianças nas atividades individuais e coletivas.
B) Propiciem a interação e o conhecimento das crianças acerca das manifestações e tradições culturais brasileiras.
C) Recriem, em contextos significativos para as crianças, relações quantitativas, medidas, formas e orientações
espaço-temporais.
D) Favoreçam a imersão das crianças na linguagem escrita e expressão verbal, evitando o contato com outras
linguagens e/ou formas de expressão.
E) Possibilitem vivências éticas e estéticas com outras crianças e grupos culturais, que alarguem seus padrões de
referência e de identidade no diálogo e no conhecimento da diversidade.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Texto para responder às questões de 21 a 25.
O professor de português vive hoje um grande dilema: continuar a prática secular do ensino da gramática
normativa ou modificar sua prática a partir da contribuição da linguística. A primeira opção ainda predomina no
Brasil; aumenta, no entanto, o número de adeptos de um ensino menos centrado na dicotomia certo x errado.
Na década de 90, lançaram-se propostas mais radicais como a de não ensinar gramática na escola. No
mesmo período, em contrapartida, surgiram, nos meios de comunicação, colunas de jornais e programas de TV
privilegiando a questão normativa. Se a mídia valoriza tal aspecto, temos razões de sobra para acreditarmos que
existe uma demanda da sociedade em relação ao uso “correto” da língua.
A variedade das práticas pedagógicas dos professores de língua portuguesa tende a enriquecer o debate
sobre o dilema. Além dos “conservadores” ou “progressistas”, existem aqueles que, dialeticamente, combatem
essa divisão e não consideram excludentes as duas disciplinas: a Gramática e a Linguística. Há, também, os que
acrescem à interação das duas uma terceira disciplina: a Literatura. Ultimamente, vem ganhando importância a
visão integradora das três disciplinas, com docentes que se intitulam professores de linguagem e cuja prática
incorpora textos literários e não-literários. Busca-se uma sintonia com os novos tempos em que a multiplicidade
linguística – a pluralidade dos discursos – faz parte do cotidiano dos discentes. Destes, a linguagem, lato sensu,
deve estar a serviço para ajudá-los a encarar a realidade que os cerca.
Assim, pode-se afirmar que há uma visão mais holística do fenômeno da linguagem e das questões próprias
da língua, principalmente do ensino da nossa querida Língua Portuguesa na realidade brasileira. [...]
(Valente, André Crim. in Língua Portuguesa em debate: conhecimento e ensino / José Carlos de Azeredo (organizador) 4ª ed.
Petrópolis/RJ: Vozes, 2007.)
21
De acordo com as estruturas e ideias apresentadas no texto, pode-se afirmar que ocorre, predominantemente,
A) interpretação e análise, através de conceitos abstratos.
B) exposição implícita de ideias através das ações descritas.
C) argumentação e refutação de ideias de maneira objetiva.
D) relato de fatos concretos que acontecem de forma simultânea.
E) relato de fatos concretos demonstrando uma progressão temporal.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-6Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
22
Considerando as informações do texto e o tratamento dado a elas, pode-se afirmar que o texto tem como tema
A) a evolução do ensino através dos tempos.
B) o atual ensino de língua portuguesa no Brasil.
C) a importância do ensino da Língua Portuguesa.
D) a mídia e a valorização do uso “correto” da língua.
E) o papel do professor de português na educação brasileira.
23
“Além dos ‘conservadores’ ou ‘progressistas’, existem aqueles que, dialeticamente, combatem essa divisão e
não consideram excludentes as duas disciplinas: a Gramática e a Linguística.” (3º§) Acerca da pontuação do
trecho em destaque é correto afirmar que
A) os dois-pontos foram utilizados com o objetivo de anunciar um aposto.
B) o vocábulo “excludentes” deve ser separado por vírgulas, assim como “dialeticamente”.
C) os vocábulos “conservadores” e “progressistas” aparecem entre aspas para indicar uma citação.
D) a palavra “dialeticamente” aparece entre vírgulas para separar o aposto do termo fundamental.
E) a vírgula antes de “existem” deve ser eliminada, pois, separa o sujeito do verbo indevidamente.
24
“[...] existem aqueles que, dialeticamente, combatem essa divisão [...] No trecho anterior, a palavra destacada
produz, no texto, um sentido
A) negativo, fazendo referência a um discurso vazio do ponto de vista argumentativo.
B) contrário ao ponto de vista defendido por conservadores e progressistas, mencionado no texto.
C) irônico, pois, demonstra a discussão incoerente entre especialistas do assunto discutido no texto.
D) positivo, confirmando o ponto de vista dos conservadores que não admitem divisão no ensino da língua.
E) complementar aos vocábulos “conservadores” e “progressistas”, estabelecendo uma analogia entre os dois
grupos.
25
Em “Há, também, os que acrescem à interação das duas uma terceira disciplina: a Literatura.” (3º§) o sinal
grave, indicativo de crase, ocorre devido à
A) regência do substantivo “interação” que admite o uso do artigo “a”.
B) exigência da preposição “a” diante de palavra que admite o artigo “a”.
C) exigência da formalidade da norma padrão no tipo de texto apresentado.
D) regência do verbo “acrescer” e seu complemento “uma terceira disciplina”.
E) relação estabelecida entre o termo regente “os que” e o termo regido “interação”.
Texto para responder à questão 26.
Porque sou inimiga pessoal da tal ortografia velha coroca que complica a vida da gente com coisas inúteis...
Não entendo essas viscondadas, não... Queremos estilo de clara de ovo bem transparentinho, que não dê
trabalho para ser entendido.
(Emília, em A Reforma da Natureza, de Monteiro Lobato.)
26
A argumentação na fala de Emília, personagem de Monteiro Lobato, é construída a partir de uma
A) consideração seguida de refutação.
D) afirmativa de teor essencialmente objetivo.
B) justificativa seguida de reivindicação.
E) exemplificação baseada em dados da realidade.
C) intolerância sem justificativa coerente.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-7Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
Texto para responder às questões 27 e 28.
(Quino, Toda Mafalda.)
27
No 3º quadrinho, o personagem dá sequência à sua argumentação através da expressão de uma
A) condição necessária que combateria a atitude da professora.
B) hipótese para que ele não se sentisse reprovado pela professora.
C) causa que levou a professora a agir daquela determinada maneira.
D) alternativa para que ele fosse livre daquela situação constrangedora.
E) condição que faria com que a atitude da professora pudesse ser aceita.
28
Considerando a norma padrão da língua, assinale a alternativa que NÃO exemplifica tal modalidade.
A) “[…] todo dia à escola?”
D) “A professora me deu […]”
B) “[…] com um freguês?”
E) “Se eu viesse de vez em quando, […]”
C) “[…] ‘péssimo’ outra vez!”
29
Acerca do que dispõe as normas gerais dispostas na Lei Orgânica sobre os serviços públicos municipais, analise
as afirmativas e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.
( ) As obras públicas deverão ser executadas pela Prefeitura, por entidades públicas estaduais, federais,
mediante convênio, ou através de contratação direta, por terceiros.
( ) O município poderá retomar, sem qualquer indenização, os serviços permitidos ou concedidos, nos casos
previstos na Lei Orgânica.
( ) As tarifas dos serviços públicos deverão ser fixadas pelo Prefeito, tendo em vista a prestação do serviço pelo
custo.
( ) É vedada a realização, pelo município, de obras e serviços de interesse comum, mediante convênios.
A sequência está correta em
A) F, V, V, F
B) V, F, F, V
C) F, F, V, V
D) V, V, F, F
E) F, V, F, V
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-8Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
30
De acordo com as normas básicas da Lei Orgânica sobre os servidores públicos municipais, analise as afirmativas a
seguir.
I. Os cargos públicos serão criados por Lei, que fixará sua denominação, padrão de vencimento, atribuições,
condições de proventos e os recursos necessários ao atendimento das respectivas despesas.
II. O servidor municipal será civil, criminal e administrativamente responsável pelos atos que praticar no
exercício do cargo ou função, ou a pretexto de exercê-los.
III. Os editais de concurso público deverão prever isonomia de vencimentos entre cargos de atribuições iguais ou
assemelhadas do mesmo Poder ou entre servidores dos Poderes Executivo e Legislativo, ressalvadas as
vantagens de caráter individual e as relativas à natureza ou ao local do trabalho.
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)
A) I, II e III.
B) II, apenas.
C) III, apenas.
D) I e II, apenas.
E) II e III, apenas.
CONHECIMENTOS LOCAIS
31
São atribuições do Sr. Leôncio Lino de Souza Neto, prefeito de Lagoa da Confusão, EXCETO:
A) Afastar de suas atribuições vereador denunciado por práticas criminosas.
B) Expedir decretos, portarias e outros atos administrativos a nível municipal.
C) Apresentar à Câmara, projetos de lei sobre as matérias de sua competência.
D) Solicitar a convocação extraordinária da Câmara Municipal de Lagoa da Confusão.
E) Firmar contratos e convênios, respeitando a legislação e as dotações orçamentárias.
32
“A emancipação política de Lagoa da Confusão ocorreu após ________________ realizado(a) em ______________
de 1991, que resultou em seu desmembramento de Cristalândia.” Assinale a alternativa que completa correta e
sequencialmente a afirmativa anterior.
A) eleição /outubro
D) plebiscito / fevereiro
B) referendo / junho
E) decisão estadual / dezembro
C) legislação / agosto
33
A formação do povoado, que deu origem à Lagoa da Confusão, foi impulsionada por interesses econômicos a
partir da década de 1950 com a exploração de jazidas de
A) ouro.
D) manganês.
B) bauxita.
E) minério de ferro.
C) calcário.
34
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, qual é o produto de maior produção
agrícola do município de Lagoa da Confusão?
A) Soja.
B) Arroz.
C) Milho.
D) Feijão.
E) Algodão.
35
Sobre os investimentos e gestão pública na área de educação, no município de Lagoa da Confusão, é correto
afirmar que
I. o ensino na rede pública municipal deverá ser ministrado baseado em princípios, como a liberdade de
aprendizagem, gratuidade, valorização dos profissionais etc;
II. o ensino religioso, a educação de trânsito e a educação ambiental são disciplinas de matrícula obrigatória nas
escolas públicas municipais de Lagoa da Confusão;
III. no mínimo, 25% da receita do município deverá ser aplicada anualmente na área de educação, mediante
planejamento da Secretaria Municipal de Educação.
É correto o que se afirma em
A) I, II e III.
B) I, apenas.
C) II, apenas.
D III, apenas.
E) I e II, apenas.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
-9Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
CONHECIMENTOS GERAIS
Leia o texto e responda às questões referentes aos temas tratados nesta reportagem.
Junho de 2013 já fez história. É provável que, daqui a algumas décadas, brasileiros que tomaram as ruas do País
no final do outono deste ano reúnam num café, num boteco ou mais possivelmente na timeline de uma rede
social para recordarem, cheios de orgulho, “daquele junho de 2013”. Quando se formaram multidões que, de um
modo contraditório, pareciam gigantescas afirmações de individualidades. Com seus rostos únicos, bandeiras
variadas, gritos independentes e gestos singulares. A completa expressão do novo. Daquilo que ninguém ousou
prever e do futuro que ninguém assegurou adivinhar. Esses brasileiros se sentirão como a geração de 1968, que
ainda cultiva as lembranças das heroicas passeatas contra a ditadura, como os manifestantes de 1984, que se
emocionam com as imagens dos comícios das Diretas Já, e como os Caras Pintadas de 1992, que decretaram o fim
de um governo corrupto.
(Revista IstoÉ – nº 2275 – em 26/06/2013, p. 50.)
36
A afirmação “Quando se formaram multidões que, de um modo contraditório, pareciam gigantescas afirmações
de individualidades”, expressa o fato das manifestações por todo o Brasil possuírem, principalmente,
A) diversos líderes fortes engajados politicamente em questões distintas.
B) objetivos particulares específicos que não representam causas públicas.
C) um caráter multipartidário em que todos se uniram contra o governo federal.
D) um objetivo específico amplo, relacionado à moralidade do sistema público no Brasil.
E) várias bandeiras distintas que expressavam as insatisfações individuais de cada brasileiro.
37
O movimento que eclodiu em todo o Brasil, com milhões de brasileiros nas ruas, teve início em São Paulo,
quando a Polícia Militar reprimiu uma grande manifestação contra o(a)(s)
A) realização da Copa das Confederações.
B) aumento das tarifas de transporte coletivo.
C) violência e a impunidade na capital paulista.
D) reajuste salarial do prefeito, vice e secretários.
E) gastos com obras para a Copa do Mundo, no Brasil.
38
Após a histórica quinta-feira, dia 20 de julho, quando mais de 1 milhão de brasileiros foram às ruas, tanto nas
capitais quanto no interior do Brasil, a presidente Dilma Rousseff fez um pronunciamento (21/06/2013), na
televisão aberta, e se comprometeu a
A) destituir Feliciano da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.
B) punir todos os envolvidos no caso mensalão, destituindo-os de seus cargos no Congresso.
C) mandar arquivar a PEC 37, que retira o poder de investigação criminal de alguns órgãos, como o Ministério
Público.
D) receber os líderes das manifestações pacíficas, os representantes das organizações de jovens, entidades
sindicais, movimentos de trabalhadores, associações populares etc.
E) revogar os reajustes nas tarifas dos transportes públicos em todo o Brasil, congelando os valores até o próximo
ano, quando cada município deverá apresentar um plano de investimento na área.
39
A primeira conquista significativa e concreta das manifestações ocorridas no mês de junho de 2013, no Brasil,
foi o(a)
A) redução das tarifas do transporte público em várias cidades que já haviam implantado reajuste.
B) renúncia do deputado Marcos Feliciano da presidência da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara.
C) instituição de um movimento único e amplo em todo o país, formado por todos os partidos políticos de
oposição.
D) arquivamento da Proposta de Emenda Constitucional nº 37/2011, que negava o poder de investigação ao
Ministério Público.
E) cancelamento da realização da Copa do Mundo de Futebol, no Brasil, em 2014, com a transferência da
competição para a Inglaterra.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
- 10 Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
CONCURSO PÚBLICO – PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DA CONFUSÃO/TO
40
Sobre os movimentos citados no final do texto, é correto complementar que
I. em 1992, o movimento dos “Caras Pintadas” alçou sucesso em seu objetivo, que foi tirar do poder o presidente
eleito, Fernando Collor de Mello;
II. entre os movimentos que marcaram 1968, teve a passeata dos 100 mil, no Rio de Janeiro, quando a Igreja
Católica se engajou no movimento;
III. o movimento “Diretas Já” resultou no fim da Ditadura Militar, no Brasil, e as eleições diretas com a eleição de
Tancredo Neves, em 1985.
É correto o que se afirma apenas em
A) I.
B) II.
C) III.
D) I e II.
E) II e III.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA (21-M)
- 11 Prova aplicada em 25/08/2013 – Disponível no site www.idecan.org.br a partir do dia 26/08/2013
INSTRUÇÕES
1. Material a ser utilizado: caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Os objetos restantes devem ser colocados
em local indicado pelo fiscal da sala, inclusive aparelho celular desligado e devidamente identificado.
2. Não é permitida, durante a realização das provas, a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros,
anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta, protetor auricular, lápis, borracha, corretivo.
Especificamente, não é permitido que o candidato ingresse na sala de provas sem o devido recolhimento, com
respectiva identificação, dos seguintes equipamentos: bip, telefone celular, agenda eletrônica, notebook,
palmtop, ipad, ipod, tablet, smartphones, receptor, gravador, calculadora, máquina fotográfica, controle de
alarme de carro, relógio digital etc.
3. Durante a prova, o candidato não deve levantar-se, comunicar-se com outros candidatos e nem fumar.
4. A duração da prova é de 03 (três) horas, já incluindo o tempo destinado à entrega do Caderno de Provas e à
identificação – que será feita no decorrer da prova – e ao preenchimento do Cartão de Respostas (Gabarito).
5. Somente em caso de urgência pedir ao fiscal para ir ao sanitário, devendo no percurso permanecer
absolutamente calado, podendo antes e depois da entrada sofrer revista através de detector de metais. Ao
sair da sala no término da prova, o candidato não poderá utilizar o sanitário. Caso ocorra uma emergência, o
fiscal deverá ser comunicado.
6. O Caderno de Provas consta de 40 (quarenta) questões de múltipla escolha para os cargos de nível superior,
médio técnico, médio e fundamental e de 30 (trinta) questões para os cargos de nível fundamental
incompleto. Leia-o atentamente.
7. As questões das provas objetivas são do tipo múltipla escolha, com 05 (cinco) alternativas (A a E) e uma
única resposta correta.
8. Ao receber o material de realização das provas, o candidato deverá conferir atentamente se o Caderno de
Provas corresponde ao cargo a que está concorrendo, bem como se os dados constantes no Cartão de
Respostas (Gabarito) que lhe foi fornecido estão corretos. Caso os dados estejam incorretos, ou o material
esteja incompleto ou tenha qualquer imperfeição, o candidato deverá informar tal ocorrência ao fiscal.
9. Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião e prestar esclarecimentos sobre o conteúdo das provas. Cabe
única e exclusivamente ao candidato interpretar e decidir.
10. O candidato poderá retirar-se do local de provas somente a partir dos 90 (noventa) minutos após o início de
sua realização, contudo não poderá levar consigo o Caderno de Provas, sendo permitida essa conduta apenas
no decurso dos últimos 30 (trinta) minutos anteriores ao horário previsto para o seu término.
11. Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala somente poderão sair juntos. Caso o candidato insista em sair do
local de aplicação das provas, deverá assinar um termo desistindo do Concurso Público e, caso se negue,
deverá ser lavrado Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros candidatos, pelo fiscal da sala e
pelo coordenador da unidade.
RESULTADOS E RECURSOS
- As provas aplicadas, assim como os gabaritos preliminares das provas objetivas serão divulgados na Internet, no
endereço eletrônico www.idecan.org.br, a partir das 16h00min do dia subsequente ao da realização da prova
escrita.
- O candidato que desejar interpor recursos contra os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas disporá
de 02 (dois) dias úteis, a partir do dia subsequente à divulgação, em requerimento próprio disponibilizado no link
correlato ao Concurso Público no site www.idecan.org.br.
- A interposição de recursos poderá ser feita somente via Internet, através do Sistema Eletrônico de Interposição
de Recursos, com acesso pelo candidato ao fornecer dados referentes à sua inscrição apenas no prazo recursal, ao
IDECAN, conforme disposições contidas no endereço eletrônico www.idecan.org.br, no link correspondente ao
Concurso Público.
Fly UP