...

Orçamento Básico - Pathfinder International

by user

on
Category: Documents
2

views

Report

Comments

Transcript

Orçamento Básico - Pathfinder International
Orçamento Básico
Tomando em consideração os limites de tempo e recursos dos implementadores, as
ferramentas da série Straight to the Point (Directo ao Ponto), da Pathfinder International,
oferecem-lhe uma orientação clara e concisa sobre uma série de questões relacionadas
com o design, implementação e avaliação de programas.
O Que é um Orçamento?
Um orçamento é um instrumento que demonstra as
actividades em termos financeiros.
Um orçamento mostra o dinheiro que você precisa utilizar
para realizar uma actividade planeada. O dinheiro que você
gasta é denominado despesa ou custo. O dinheiro que você
gera/recebe é denominado renda.
Por Que o Orçamento é Importante?
• Um orçamento faz você pensar especificamente sobre
quanto uma actividade planeada vai custar versus quanto
de recursos realmente existe. O processo de se fazer um
orçamento faz você perceber se os seus planos são realistas
ou não. Isso lhe dá a oportunidade de repensar suas
actividades e evitar problemas financeiros no futuro.
• Um orçamento lhe mostra quando você precisará de uma
determinada quantia de dinheiro para implementar suas
actividades.
• Um orçamento permite comparar o quanto você imagina
que vai gastar (custo projectado) e o quanto você
realmente gasta (custo real).
• Um orçamento promove honestidade, responsabilidade
e transparência financeira. Um orçamento permite que
todos vejam quanto dinheiro foi recebido, quanto dinheiro
foi gasto e comparar isso com os planos originais. Pode-se
então questionar sobre diferenças entre os dois valores de
maneira mais informada.
• Você não pode arrecadar fundos de doadores sem um
orçamento. Doadores usam orçamentos para avaliar se o
que você esta pedindo é razoável e bem planeado.
Características de um
Bom Orçamento
• Orçamentos cobrem um conjunto definido de actividades.
Isso significa que cada projecto deve ter seu próprio
orçamento. No entanto, você também deve combinar todos
os orçamentos em um orçamento geral – isto é importante
para se ter uma visão global.
• Orçamentos reflectem o período de cobertura. Você
deve fazer um orçamento anual e um orçamento que cubra
todo o período do projecto. No entanto, dividir o orçamento
em meses ou trimestres pode facilitar o monitoramento
do orçamento.
• Os orçamentos são realistas sobre o rendimento e custos
esperados. Os gestores frequentemente subestimam
ou superestimam os custos. Os problemas financeiros
que daí resultam podem ter um efeito negativo sobre
a implementação do programa, os beneficiários e a
motivação do pessoal.
• Orçamentos incluem custos indirectos. Além de incluir
os custos directos (por exemplo, salários, suprimentos
etc.), o orçamento deve incluir os custos indirectos. Estes
podem incluir custos como seguros e despesas gerais (por
exemplo, administração, serviços compartilhados entre
vários programas como internet, telefone, aluguer etc.).
• Orçamentos devem ser feitas na moeda do doador e
depois convertidas para a moeda local. Isto tornará o
seguimento e a implementação mais fáceis.
• Deve sempre haver mais de uma pessoa a fazer e
monitorar o orçamento para garantir a exactidão,
transparência e responsabilização.
Como Fazer um Orçamento – Passo a Passo
1.Examine o seu contracto com o financiador
cuidadosamente. Os doadores costumam ter exigências
específicas sobre quando o dinheiro deve ser gasto e em
que deve ser gasto.
2. Revise sua planificação. Revise as actividades que você
vai implementar, quando vai executá-las e quais recursos
irá precisar (humanos, financeiros etc.). As equipas
programáticas e financeiras devem trabalhar juntas
neste processo. O orçamento e a planificação de suas
actividades devem estar perfeitamente harmonizadas –
tudo o que é planeado deve aparecer no orçamento.
3. Reúna as informações que você precisa e certifique-se
que estão actualizadas. Você vai precisar de informações
sobre todos os tipos de rendas e gastos (por exemplo,
salários de funcionários, aluguer, doações, subvenções,
custos anteriores). Você precisa obter informações em
relação aos gastos de toda a equipa financeira e gestores
de projecto.
4. Crie seu orçamento. Siga as orientações abaixo. Veja
também um exemplo de orçamento na página 3.
• Siga as orientações dos doadores. Doadores geralmente
solicitam que o orçamento seja apresentado em um
formato específico. Se você não fizer isso, pode perder a
oportunidade de financiamento.
• Envolva outros membros da equipa no processo
de fazer o orçamento. (ex. equipas programática,
administrativa e financeira).
• Apresente o seu orçamento de forma clara, de modo
que seja fácil para que todos o entendam.
• Especifique as datas abrangidas pelo orçamento.
• Inclua notas que expliquem itens ou cálculos, quando
necessário. Por exemplo, se houver algum fundo que
ainda não foi recebido, faça uma anotação sobre isso.
• Se você tiver acesso a um computador, fazer e
monitorar o orçamento será mais fácil, mas mesmo
sem o computador você poderá fazer um orçamento
de forma eficaz. Se não tiver um computador, deverá
prestar mais atenção ao conferir seus cálculos.
5.Confira os seus cálculos. Certifique-se de que seus
dados estão correctos, fazendo com que uma ou duas
outras pessoas revisem seus cálculos.
6. Compare sua renda com os seus gastos. Se eles não estão
harmonizados, você precisa refazer sua planificação.
7. Quando o orçamento estiver finalizado, compartilhe com
a sua equipa. Oriente-os sobre o que eles têm que fazer
para respeitar o orçamento.
o seu orçamento terá 3 partes:
1. Planilha de orçamento detalhado (uma tabela com os gastos
divididos por categoria de despesa, incluindo itens menores que se
enquadram em cada categoria)
• Faça uma lista de cada categoria (por exemplo,
Administração Geral) em uma coluna e da quantidade
de dinheiro orçado para essa categoria em uma segunda
coluna. Veja página 4 para sugestões de custos por
categoria que podem ser incluídos no seu orçamento. Se o
doador exigir determinadas categorias de despesa, use-as.
• Descreva os itens específicos de cada uma das grandes
categorias e da quantidade de dinheiro orçado para
cada um deles (por exemplo, internet é incluída em
Administração Geral). Calcule os sub-totais somando os
custos de cada categoria.
• Some todos os sub-totais. O resultado será o total do
seu orçamento.
2. Planilha de Orçamento resumida (uma tabela com os gastos
apenas por categoria, sem incluir os itens menores)
• Faça uma lista de cada categoria (por exemplo,
Administração Geral) em uma coluna e da quantidade
de dinheiro orçado para essa categoria em uma
segunda coluna.
• Some todas as categorias de custos. O resultado será o
total do seu orçamento.
3. Narrativa (um texto)
• Escreva um texto explicando cada elemento do orçamento,
justificando por que cada despesa é necessária para
implementar o seu projecto. Juntos – a planilha e narrativa
– darão uma visão completa das necessidades financeiras
associadas à realização das actividades planeadas.
Directo ao Ponto: Orçamento Básico
1Pathfinder International | www.pathfinder.org
2
Exemplo de Orçamento
Encontre abaixo um exemplo de orçamento anual de um projecto. Ele não pretende ser um orçamento completo ou real, mas sim
oferecer uma ideia aproximada de como pode ser o seu orçamento.
Orçamento do projecto Aliança de HIV – Esperança e Saúde
Período: Janeiro 1, 2013 – Dezembro 31, 2013 | Cambio: 1 US$ = 85 Kenyan shillings (Ksh.)
categorias de despesas
salários
Director do projecto (20% tempo) @ Ksh. 3,450/mês x 12 meses
2 coordenadores de projecto (40% tempo) cada @ Ksh. 2,760/mês x 12 meses
Contabilista do projecto (20% tempo) @ Ksh. 2,760/mês x 12 meses
ksh
us$
41,400
66,240
33,120
484
775
387
Sub-total – Salários
140,760
1,646
honorários
6 facilitadores para treinar educadores de pares (EPs) @ Ksh. 10,000/semana x 6 semanas
60,000
702
Sub-total – Honorários
60,000
702
administração geral
Internet @ Ksh. 2,900/mês x 12 meses
Telefone @ Ksh. 2,500/mês x 12 meses
34,800
30,000
408
350
Sub-total – Administração Geral
64,800
758
provisões e equipamentos
Materiais de escritório e papelaria @ Ksh. 6,000/mês x 12 meses
1 laptop novo
2 bicicletas novas @ 4,200 x 2
72,000
44,000
8,400
842
515
98
Sub-total – Provisões e Equipamentos
124,400
1,455
formação
10-dias de formação inicial para novos EPs:
• Transporte e almoço para 2 facilitadores internos @ Ksh. 1,000/dia x 10 dias
• Alimentação e acomodação para 30 EPs @ Ksh. 1,000/dia x 10 dias
20,000
300,000
234
3,510
20,000
50,000
234
585
390,000
4,563
Salários
Honorários
Administração Geral
Provisões e Equipamentos
Formação
140,760
60,000
64,800
124,400
390,000
1,646
702
758
1,455
4,563
custo total
779,960
9,124
5-dias formação de reciclagem para EPs antigos:
• Transporte e almoço para 2 facilitadores internos @ Ksh. 1,000/dia x 5 dias
• Alimentação e acomodação para 10 EPs @ Ksh. 1,000/dia x 5 dias
Sub-total – Formação
resumo
Directo ao Ponto: Orçamento Básico
1Pathfinder International | www.pathfinder.org
3
Categorias de Despesa e Descrição
Abaixo são sugeridas categorias de despesas e itens de menor custo que você pode incluir em seu orçamento para organizar seus
gastos. Estes são apenas exemplos, você deve fazer ajustes para adequar à situação e necessidades específicas da sua organização.
Seu doador pode exigir que você divida o orçamento em um determinado conjunto de categorias de despesas, que pode ser
diferente deste aqui apresentado. Em cada categoria de despesa, inclua os itens de menor custo que estão sob aquela categoria.
• Salários: Salários pagos aos empregados a tempo integral
ou parcial (incluindo o pessoal de campo ou trabalhadores
de base comunitária).
• Benefícios: Seguro, aposentadoria, planos de saúde,
subsídios, pensões e todos os demais benefícios exigidos
por lei. Esses benefícios são normalmente pagos apenas
para os funcionários a tempo integral (ou seja, não se paga
para consultores, voluntários ou trabalhadores temporários).
• Honorários: Estes são honorários por serviços pagos a
profissionais como consultores, formadores, advogados
ou outros trabalhadores temporários. Eles também podem
ser pagos a pessoas que prestam um serviço especial (por
exemplo, fazendo uma apresentação).
• Administração Geral: Todas as despesas necessárias para
manter um escritório a funcionar (por exemplo, correio,
telefone, fax, internet, despesas bancárias, serviços públicos,
aluguer, fotocópia, custos de recrutamento de pessoal).
• Viagens: Viagem de supervisão, viagens ao campo, reuniões
de equipa, despesas com combustível e custos de viagens
(ex: bilhetes aéreos, ónibus ou trem, táxis), per diem e
pequenas despesas. Nota: É melhor não incluir aqui custos de
viagens relacionados com formação.
• Suprimentos e Equipamentos: Materiais de escritório,
suprimentos clínicos, mobília e equipamento de escritório,
computadores, impressoras, bicicletas, carros, materiais de
limpeza, equipamentos para agentes comunitários de saúde
(uniformes, pastas, registos).
• Formação: Despesas de viagens, per diem e pequenas
despesas para todos os participantes, facilitadores e equipas
que participam de uma conferência ou seminário; despesas
com o local (salas e hotel), aluguer de equipamentos,
material de treinamento, taxas de inscrição, alimentação
(lanches e almoço), eventos especiais (recepções
de abertura).
Monitorando Seu Orçamento
Fazer o seu orçamento é o primeiro passo e monitorá-lo é
o segundo. Mantenha um registo de todas as suas rendas
e gastos correntes. Use documentos como recibos, livros
de caixa, facturas, fotocópias de cheques e planilhas de
pessoal para monitorar seus gastos. Toda despesa deve ter uma
documentação que a comprove.
comparações vão lhe ajudar a ver se o projecto está no
caminho certo em relação aos gastos. Se não, você precisa
saber o porquê. Você tem que determinar se é necessário
gastar mais, gastar menos ou mudar de gastos. Você pode
fazer isso tanto para categorias de despesas individuais ou
para os gastos em geral.
A cada mês compare os registos do que você está recebendo
e gastando com seu orçamento original planeado. Isso irá
ajudá-lo a ver se você está gastando mais ou menos do que
o planeado nas categorias de despesa. Deve-se evitar tanto
o gasto maior quanto a sub-utilização dos fundos. Estas
Se precisar fazer mudanças no seu orçamento, consulte
primeiro o seu financiador e explique o que está a acontecer.
Garanta que todas as mudanças sejam discutidas com a
equipa também.
www.pathfinder.org
Directo ao Ponto: Orçamento Básico
Agosto de 2013
Esta ferramenta foi criada pela Pathfinder International,
com o apoio parcial do Positive Action for Children Fund.
Fly UP