...

ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO ENGENHEIRO

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO ENGENHEIRO
HU-UFS - HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
CONCURSO PÚBLICO 9/2013 - EBSERH/HU-UFS
EDITAL N° 4 - EBSERH - ÁREA ADMINISTRATIVA
Concurso Público
REF. EDITAL N° 4/2013
Cargo
NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ
ENGENHEIRO DE SEGURANÇA
DO TRABALHO
ATENÇÃO
O Caderno de questões possui 50
(cinquenta)
questões
objetivas,
numeradas sequencialmente, de acordo
com o exposto no quadro a seguir:
MATÉRIA
QUESTÕES
Língua Portuguesa
01 a 10
Raciocínio Lógico e Matemático
11 a 15
Legislação Aplicada à EBSERH
16 a 20
Legislação Aplicada ao SUS
21 a 25
Conhecimentos Específicos
26 a 50
INSTRUÇÕES
1. Na sua Folha de Respostas, confira seu nome, o número do seu
documento e o número de sua inscrição. Além disso, não se esqueça
de conferir seu Caderno de Questões quanto a falhas de impressão e
de numeração, e se o cargo corresponde àquele para o qual você se
inscreveu. Qualquer divergência comunique ao fiscal.
2. O único documento válido para avaliação da prova é a Folha de
Respostas. Só é permitido o uso de caneta esferográfica transparente
de cor azul ou preta para o preenchimento da Folha de Respostas, que
deve ser realizado da seguinte maneira:
3. O prazo de realização da prova é de 4 (quatro) horas, incluindo a
marcação da Folha de Respostas. Após 60 (minutos) do início da
prova, o candidato estará liberado para utilizar o sanitário ou deixar
definitivamente o local de aplicação. A retirada da sala de prova dos 3
(três) últimos candidatos só ocorrerá conjuntamente.
4. Ao término de sua prova, comunique ao fiscal, devolvendo-lhe a Folha
de Respostas devidamente preenchida e assinada. O candidato poderá
levar consigo o Caderno de Questões, desde que aguarde em sala o
término da aplicação.
5. As provas e os gabaritos preliminares estarão disponíveis no site do
Instituto AOCP - www.institutoaocp.org.br - no dia posterior à aplicação
da prova.
6.Implicará na eliminação do candidato, caso, durante a realização
das provas, qualquer equipamento eletrônico venha emitir ruidos,
mesmo que devidamente acondicionado no envelope de guarda de
pertences. O NÃO cumprimento a qualquer uma das determinações
constantes em Edital, no presente Caderno ou na Folha de Respostas,
incorrerá na eliminação do candidato.
Informações Adicionais
0(xx)44 3344-4242 / www.institutoaocp.org.br / [email protected]
------------------------------------------------------------------------------------(destaque aqui)--------------------------------------------------------------------------------
FOLHA PARA ANOTAÇÃO DAS RESPOSTAS DO CANDIDATO
Questão
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
Resp.
Questão
Resp.
O gabarito oficial preliminar e o caderno de questões da prova objetiva estarão disponíveis no
endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br no dia seguinte à aplicação da prova.
incorpórea após a morte. De minha parte, sabendo desse
fracasso inevitável, me apego ao seu irmão mais palatável,
o que vem das várias tentativas de viver a vida o mais
intensamente possível. O fracasso tem gosto de vida.
LÍNGUA PORTUGUESA
Homenagem ao fracasso
http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marcelogleiser/2013/12/
1388789-homenagem-ao-fracasso.shtml
Marcelo Gleiser
Numa sociedade em que o sucesso é almejado e
festejado acima de tudo, onde estrelas, milionários e
campeões são os ídolos de todos, o fracasso é visto como
algo embaraçoso e constrangedor, que a gente evita a todo
custo e, quando não tem jeito, esconde dos outros. Talvez
não devesse ser assim.
Semana passada, li um ensaio sobre o fracasso no
“New York Times” de autoria de Costica Bradatan, que
ensina religião comparada em uma universidade nos EUA.
Inspirado por Bradatan, resolvi apresentar minha própria
homenagem ao fracasso.
Fracassamos quando tentamos fazer algo. Só isso já
mostra o valor do fracasso, representando nosso esforço.
Não fracassar é bem pior, pois representa a inércia ou, pior,
o medo de tentar. Na ciência ou nas artes, não fracassar
significa não criar. Todo poeta, todo pintor, todo cientista
coleciona um número bem maior de fracassos do que
de sucessos. São frases que não funcionam, traços que
não convencem, hipóteses que falham. O físico Richard
Feynman famosamente disse que cientistas passam a
maior parte de seu tempo enchendo a lata de lixo com ideias
erradas. Pois é. Mas sem os erros não vamos em frente. O
sucesso é filho do fracasso.
Tem gente que acha que gênio é aquele cara que nunca
fracassa, para quem tudo dá certo, meio que magicamente.
Nada disso. Todo gênio passa pelas dores do processo
criativo, pelos inevitáveis fracassos e becos sem saída, até
chegar a uma solução que funcione. Talvez seja por isso
que o autor Irving Stone tenha chamado seu romance sobre
a vida de Michelangelo de “A Agonia e o Êxtase”. Ambos
são partes do processo criativo, a agonia vinda do fracasso,
o êxtase do senso de alcançar um objetivo, de ter criado
algo que ninguém criou, algo de novo.
O fracasso garante nossa humildade ao confrontarmos
os desafios da vida. Se tivéssemos sempre sucesso, como
entender os que fracassam? Nisso, o fracasso é essencial
para a empatia, tão importante na convivência social.
Gosto sempre de dizer que os melhores professores
são os que tiveram que trabalhar mais quando alunos. Esse
esforço extra dimensiona a dificuldade que as pessoas
podem ter quando tentam aprender algo de novo, fazendo
do professor uma pessoa mais empática e, assim, mais
eficiente. Sem o fracasso, teríamos apenas os vencedores,
impacientes em ensinar os menos habilidosos o que para
eles foi tão fácil de entender ou atingir.
Claro, sendo os humanos do jeito que são, a vaidade
pessoal muitas vezes obscurece a memória dos fracassos
passados; isso é típico daqueles mais arrogantes, que
escondem seus fracassos e dificuldades por trás de uma
máscara de sucesso. Se o fracasso fosse mais aceito
socialmente, existiriam menos pessoas arrogantes no
mundo.
Não poderia terminar sem mencionar o fracasso final
a que todos nos submetemos, a falha do nosso corpo ao
encontrarmos a morte.
Desse fracasso ninguém escapa, mesmo que existam
muitos que acreditem numa espécie de permanência
QUESTÃO 01
A expressão sublinhada que NÃO faz referência a
uma expressão ou conteúdo mencionado é
(A)“São frases que não funcionam...”
(B)“...traços que não convencem...”
(C) “Mas sem os erros não vamos em frente.”
(D)“...hipóteses que falham.”
(E)“...apresentar minha própria homenagem ao fracasso.”
QUESTÃO 02
Assinale a alternativa INCORRETA quanto à função
sintática das expressões em destaque.
(A)“O fracasso garante nossa humildade...” (sujeito)
(B) “...própria homenagem ao fracasso.” (complemento
nominal)
(C)“Sem o fracasso, teríamos apenas...” (adjunto adnominal)
(D)“Desse fracasso ninguém escapa...” (objeto indireto)
(E)“...escondem seus fracassos e dificuldades...” (objeto
direto)
QUESTÃO 03
A expressão destacada que NÃO se classifica como
pronome indefinido é
(A)
“...isso é típico daqueles mais arrogantes...”
(B)
“Desse fracasso ninguém escapa...”
(C) “...o fracasso é visto como algo embaraçoso...”
(D)“Todo gênio passa pelas dores do processo...”
(E)
“...para quem tudo dá certo...”
QUESTÃO 04
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
3
A oração “...mesmo que existam muitos que
acreditem numa espécie de permanência incorpórea
após a morte.”, pode ser reescrita, sem prejuízo
sintático-semântico para o fragmento, por
...apesar de existirem muitos que acreditem numa
espécie de permanência incorpórea após a morte.
...ainda que existem muitos que acreditem numa espécie
de permanência incorpórea após a morte.
...embora existem muitos que acreditem numa espécie
de permanência incorpórea após a morte.
...conquanto que existem muitos que acreditem numa
espécie de permanência incorpórea após a morte.
...porquanto que existem muitos que acreditem numa
espécie de permanência incorpórea após a morte.
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E M AT E M Á T I C O
QUESTÃO 05
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
“Não poderia terminar sem mencionar o fracasso
final a que todos nos submetemos...”
A próclise do pronome destacado ocorre pela atração
da forma verbal submetemos.
do pronome indefinido todos.
da locução verbal poderia terminar.
do substantivo fracasso.
do advérbio de negação não.
QUESTÃO
QUESTÃO 06
Em “O sucesso é filho do fracasso.”, a expressão
destacada funciona como
(A)
objeto indireto.
(B)
complemento nominal.
(C) objeto direto.
(D)predicativo.
(E)
adjunto adnominal.
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
QUESTÃO 12
QUESTÃO 07
Um aluno levou 1 hora e 40 minutos ininterruptos para
Todas as expressões destacadas a seguir funcionam
como artigo definido, EXCETO
(A)“...sendo os humanos do jeito que são...”
(B)“...confrontarmos os desafios da vida...”
(C)“...são os que tiveram que trabalhar...”
(D)“...ensinar os menos habilidosos...”
(E)“...são os ídolos de todos...”
fazer um trabalho de matemática. Se ele concluiu o
trabalho depois de decorrer
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
QUESTÃO 08
Em “O fracasso garante nossa humildade ao
confrontarmos os desafios da vida.”, a oração
destacada expressa
(A)condição.
(B)tempo.
(C)concessão.
(D)consecução.
(E)proporção.
de um dia, então
que horas ele iniciou o trabalho?
14 horas.
14 horas e 10 minutos.
14 horas e 20 minutos.
14 horas e 40 minutos.
14 horas e 50 minutos.
QUESTÃO 13
Em uma pequena cidade, circulam apenas dois
jornais diferentes. O jornal A e o jornal B. Uma
pesquisa realizada com os moradores dessa cidade
mostrou que 33% lê o jornal A, 45% lê o jornal B, e
7% leem os jornais A e B. Sendo assim, quantos por
cento não leem nenhum dos dois jornais?
(A)15%
(B)25%
(C)27%
(D)29%
(E)35%
QUESTÃO 09
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
11
As esposas de César, Fernando e Vinícius são, uma
loira, uma ruiva e uma morena, não necessariamente
nesta ordem. Uma se chama Daniela, outra Bruna e a
outra Rafaela. A esposa de César se chama Daniela. A
esposa de Vinícius é morena. A esposa de Fernando
não se chama Bruna e não é loira. Os nomes das
esposas loira, ruiva e morena são, respectivamente:
Daniela, Rafaela e Bruna.
Daniela, Bruna e Rafaela.
Bruna, Daniela e Rafaela.
Bruna, Rafaela e Daniela.
Rafaela, Bruna e Daniela.
Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao que se
afirma a respeito das expressões destacadas.
Em “Se tivéssemos sempre sucesso...”, indica tempo.
Em “Se tivéssemos sempre sucesso...”, indica condição.
Em “...muitas vezes obscurece...”, indica modo.
Em “Semana passada, li um ensaio...”, indica tempo.
Em “Talvez não devesse ser assim.”, indica modo.
QUESTÃO 14
Observe o quadrado a seguir, suas linhas, colunas e
diagonais mantêm um padrão:
QUESTÃO 10
Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao que se
afirma a seguir.
(A) Em “...inevitável, me apego...”, a colocação pronominal
está de acordo com a norma padrão.
(B) Em “...tudo dá certo, meio que magicamente.”, a
expressão destacada indica o modo de dar certo.
(C) Em “...seu romance sobre a vida...”, a expressão
destacada pode ser substituída por a respeito da.
(D) Em “...meio que magicamente.”, a expressão destacada
pode ser substituída por mais ou menos.
(E) Em “...sociedade em que o sucesso...”, a preposição
destacada não pode ser retirada do fragmento.
4
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
Quais são os valores de A, B e C respectivamente
para que o quadrado mantenha o padrão?
5, 13 e 6.
6, 5 e 13.
13, 26 e 27.
34, 5 e 6.
4, 7 e 14.
QUESTÃO 18
(A)
(B)
QUESTÃO 15
Assinale a alternativa que apresenta a negação da
proposição:
“Mauro gosta de rock ou João gosta de samba”.
(A)
Mauro gosta de rock ou João não gosta de rock.
(B)
Mauro gosta de rock se João não gosta de samba.
(C) Mauro não gosta de rock ou João não gosta de samba.
(D) Mauro não gosta de rock se, e somente se João não
gosta de samba.
(E)
Mauro não gosta de rock e João não gosta de samba.
(C)
(D)
(E)
QUESTÃO 19
(A)
(B)
LEGISLAÇÃO APLICADA À EBSERH
(C)
(D)
QUESTÃO 16
De acordo com o que dispõe o Estatuto Social
da EBSERH, analise as assertivas e assinale a
alternativa que aponta as corretas.
I.
A EBSERH fica sujeita à supervisão do
Ministro da Saúde.
II.
A EBSERH tem sede e foro no Rio de Janeiro,
e atuação em todo o território nacional,
podendo criar subsidiárias, sucursais, filiais
ou escritórios e representações no país.
III. O prazo de
indeterminado.
IV.
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
duração
da
EBSERH
Conforme o Regimento Interno, o corpo diretivo da
EBSERH é constituído
pelo Presidente e pelos membros do Conselho de
Administração.
pelo Presidente e pelos Diretores que compõem a
Diretoria Executiva.
pelo Presidente e pelos Conselheiros e Diretores.
somente pelos membros do Conselho de Administração.
somente pelos Diretores que compõem a Diretoria
Executiva.
(E)
De acordo com o Regimento Interno, o contrato
de adesão das instituições federais de ensino ou
instituições congêneres com a EBSERH será
proposto pelo Presidente e aprovado pelo Conselho de
Administração.
proposto pelo Conselho de Administração e aprovado
pelo Presidente.
proposto pelo Conselho de Administração e aprovado
pela Diretoria Executiva.
proposto pela Diretoria Executiva e aprovado pelo
Conselho de Administração.
proposto pela Diretoria Executiva e aprovado pelo
Presidente.
QUESTÃO 20
(A)
é
(B)
(C)
A EBSERH sujeitar-se-á ao regime jurídico
próprio das empresas privadas, inclusive
quanto aos direitos e obrigações civis,
comerciais, trabalhistas e tributários.
(D)
(E)
Apenas I, II e IV.
Apenas I, III e IV.
Apenas I e IV.
Apenas III e IV.
I, II, III e IV.
Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta.
As instituições congêneres, conforme a Lei
12.550/2011, são instituições _______________
que
desenvolvam
atividades
de
___________________________ na área da saúde e
que prestem serviços no âmbito ________________.
Públicas / assistência / do Sistema Único de Saúde –
SUS
Privadas / ensino e de pesquisa / da rede hospitalar
privada
Públicas / ensino e de pesquisa / do Sistema Único de
Saúde – SUS
Públicas ou privadas / ensino e de pesquisa / da rede
hospitalar privada
Públicas ou privadas / ensino e de pesquisa / do Sistema
Único de Saúde – SUS
QUESTÃO 17
Os contratos que a EBSERH celebrar ou em que
vier a intervir e os atos que envolvam obrigações
ou responsabilidades por parte da empresa serão
assinados
(A)
pelo Presidente, em conjunto com um Diretor.
(B)
pelo Presidente, em conjunto com um Conselheiro.
(C) somente pelo Presidente.
(D) pelos membros do Conselho de Administração,
conjuntamente.
(E)
pelos membros da Diretoria Executiva, conjuntamente.
5
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
II.
LEGISLAÇÃO APLICADA AO SUS
III. O SUS promoverá a articulação do
Subsistema de Atenção à Saúde Indígena
com os órgãos responsáveis pela Política
Indígena do País.
QUESTÃO 21
Sobre a Seguridade Social, analise as assertivas e
assinale a alternativa que aponta as corretas.
I.
As receitas dos Estados, do Distrito Federal
e dos Municípios destinadas à seguridade
social
constarão
dos
respectivos
orçamentos, os quais integrarão o
orçamento da União.
II.
A pessoa jurídica em débito com o sistema
da seguridade social, como estabelecido em
lei, poderá contratar com o Poder Público,
mas não poderá dele receber benefícios ou
incentivos fiscais ou creditícios.
III.
Nenhum benefício ou serviço da seguridade
social poderá ser criado, majorado ou
estendido sem a correspondente fonte de
custeio total.
IV.
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
(A)
(B)
Apenas I, III e IV.
Apenas I, II e IV.
Apenas I e II.
Apenas III e IV.
I, II, III e IV.
(C)
QUESTÃO 22
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
O conjunto de ações que proporcionam o
conhecimento, a detecção ou prevenção de
qualquer mudança nos fatores determinantes e
condicionantes de saúde individual ou coletiva,
com a finalidade de recomendar e adotar as
medidas de prevenção e controle das doenças ou
agravos é o que se entende por
vigilância sanitária.
vigilância epidemiológica
saúde do trabalhador.
assistência terapêutica integral.
assistência social.
(D)
(E)
QUESTÃO 23
Em relação ao Subsistema de Atenção à Saúde
Indígena, analise as assertivas e assinale a
alternativa que aponta as corretas.
I.
Os Estados, Municípios, outras instituições
governamentais e não-governamentais
poderão atuar complementarmente no
custeio e execução das ações.
Apenas I, II e III.
Apenas I, III e IV.
Apenas II e III.
Apenas I e IV.
I, II, III e IV.
QUESTÃO 24
IV. São isentas de contribuição para a
seguridade social as entidades beneficentes
de assistência social que atendam às
exigências estabelecidas em lei.
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
Caberá à União, com seus recursos
próprios, financiar o Subsistema de
Atenção à Saúde Indígena.
De acordo com a organização do SUS estabelecida
no Decreto 7.508/2011, é possível afirmar que
o SUS é constituído pela conjugação das ações e
serviços de promoção, proteção e recuperação da
saúde executados apenas pela União, de forma direta
ou indireta, mediante a participação complementar
da iniciativa privada, sendo organizado de forma
hierarquizada.
o SUS é constituído pela conjugação das ações e
serviços de promoção, proteção e recuperação da
saúde executados apenas pelos Estados e Distrito
Federal, de forma direta ou indireta, mediante a
participação complementar da iniciativa privada,
sendo organizado de forma regionalizada e não
hierarquizada.
o SUS é constituído pela conjugação das ações
e serviços de promoção, proteção e recuperação
da saúde executados pelos entes federativos, de
forma direta ou indireta, mediante a participação
complementar da iniciativa privada, sendo organizado
de forma regionalizada e hierarquizada.
o SUS é constituído pela conjugação das ações
e serviços de promoção, proteção e recuperação
da saúde executados apenas pelos Municípios, de
forma direta ou indireta, mediante a participação
complementar da iniciativa privada, sendo organizado
de forma não hierarquizada.
o SUS é constituído pela conjugação das ações e
serviços de promoção, proteção e recuperação da
saúde executados pelos entes federativos e pela
iniciativa privada, de forma direta ou indireta, sendo
organizado de forma regionalizada e hierarquizada.
QUESTÃO 25
As ações e serviços de saúde voltados para
o atendimento das populações indígenas,
em todo o território nacional, coletiva ou
individualmente, obedecerão ao disposto
na Lei 8.080/1990.
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
6
De acordo com o Decreto 7.508/2011, os serviços
de atendimento inicial à saúde do usuário no SUS
são considerados
Serviços Especiais de Acesso Aberto.
Portas de Entrada.
Serviços Especiais de Acesso Primário.
Portas Iniciais do SUS.
Serviços de Atenção Primária.
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
QUESTÃO 30
Depois de inúmeras reclamações de vizinhos
por causa do barulho contínuo e excessivo de
uma empresa especializada em fundição, você
foi convocado para participar de uma perícia
no ambiente fabril. Ao fazer uma APR (Análise
Preliminar de Risco) na atividade do soldador (MIG
e oxi-corte), você identificou os seguintes riscos:
(A)
físico: ruído, calor; químico: hidrocarbonetos.
(B) físico: ruído, radiação não ionizante; químico: fumos
metálicos.
(C) físico: ruído; químico: radiação ionizante; fumos
metálicos.
(D) físico: calor, radiação não ionizante; químico: ruído,
radiação ionizante.
(E) físico: radiação ionizante; químico: fumos metálicos,
hidrocarbonetos.
QUESTÃO 31
Na Seção III, do Capítulo V, do Título II, da CLT,
encontramos o embasamento jurídico para os
órgãos de segurança e de medicina do trabalho
nas empresas. Os artigos 162 a 165 estabelecem a
fundamentação legal para
(A)
NR-07: PCMSO; e NR-09: PPRA.
(B)
NR-07: PCMSO; NR-09: PPRA; e NR-18: PCMAT.
(C) NR-04: SEESMT; e NR-05: CIPA.
(D)
NR-15:
INSALUBRIDADE;
e
NR-16:
PERICULOSIDADE.
(E)
NR-05: CIPA; NR-18: CIPACC; NR21: CIPAMIN.
QUESTÃO 32
QUESTÃO 26
A NR-17 estabelece diferentes parâmetros
de conforto, segurança e desempenho aos
trabalhadores. Segundo o item 17.5.2.1, um destes
parâmetros é o nível de ruído aceitável para efeito
de conforto que será
(A)
de até 80 dB(A) e curva de avaliação de ruído (NC) de
valor não superior a 65 dB.
(B)
de até 65 dB(A) e curva de avaliação de ruído (NC) de
valor não superior a 60 dB.
(C) de até 85 dB(A) e curva de avaliação de ruído (NC) de
valor não superior a 60 dB.
(D) de até 65 db(A) e curva de avaliação de ruído (NC) de
valor não superior a 85 dB.
(E)
de até 85 dB(A) e curva de avaliação de ruído (NC) de
valor não superior a 80 dB.
QUESTÃO 27
Segundo o item 17.2.1.3.da NR-17, trabalhador
jovem designa todo trabalhador com idade
(A)
inferior a vinte e um anos e maior de quatorze anos.
(B)
inferior a dezoito anos e maior de doze anos.
(C) inferior a vinte e um anos e maior de dezoito anos.
(D) inferior a dezesseis anos e maior de quatorze anos.
(E)
inferior a dezoito anos e maior de quatorze anos.
QUESTÃO 28
Complete o texto em conformidade com o item
17.6.1. da NR-17: “A organização do trabalho
deve ser adequada às características “I”
dos trabalhadores e à “II” do trabalho a ser
executado.” Segundo a NR-17, os números “I” e
“II”, respectivamente, são:
(A)
“I” = psicofisiológicas; “II” = natureza.
(B)
“I” = sociais; “II” = natureza.
(C) “I” = ergométricas; “II” = precisão.
(D) “I” = ergométricas; “II” = força.
(E)
“I” = antropométricas; “II” = força.
QUESTÃO 29
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
Ruído é um agente físico representado através
de energia transmitida por vibração no ar e que
causa uma sensação ao nosso sistema auditivo.
Segundo o item 2 do anexo 1 da NR-15, qual é
o equipamento de avaliação do ruído e qual é a
sua unidade de medida adotada pela legislação
brasileira vigente?
(A)
Audiômetro; décima parte do N/m².
(B)
Dosíbelímetro; dB.
(C) Decibelímetro; Pascal.
(D) Dosímetro; décima parte do N/m².
(E)
Decibelímetro; décima parte do bel.
QUESTÃO 33
Conhecendo o incremento de dose e os parâmetros
básicos da tabela de limites de tolerância para
ruído contínuo ou intermitente do anexo 1 da NR15, calcule o tempo máximo de exposição diária
permitida para o nível de ruído: i = 97 dB(A); e ii =
101 dB(A).
(A)
i = 96 minutos; ii = 54 minutos.
(B)
i = 108 minutos; ii = 48 minutos.
(C) i = 84 minutos; ii = 54 minutos.
(D) i = 108 minutos; ii = 60 minutos.
(E)
i = 96 minutos; ii = 48 minutos.
Atualmente para gerenciar o risco de acidente, as
empresas monitoram o FAP (Fator Acidentário de
Prevenção) anualmente emitido pelo Ministério
da Previdência Social. O FAP consiste em um
multiplicador variável em um intervalo contínuo
que varia de: “X” a “Y” aplicado sobre a alíquota
RAT (Riscos Ambientais do Trabalho). Quais os
valores (mínimo e máximo) deste intervalo?
“X” = 2,0; e “Y” = 6,0.
“X” = 1,5; e “Y” = 4,0.
“X” = 1,0; e “Y” = 1,0.
“X” = 0,5; e “Y” = 2,0.
“X” = 0,1; e “Y” = 0,2.
7
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
são os valores que diferenciam estas faixas de
temperatura para zona climática: i) mesotérmica;
ii) quente; e iii) sub-quente?
(A)
i = +15ºC; ii = +12ºC; iii = +10ºC.
(B)
i = -10ºC; ii = -12ºC; iii = -15ºC.
(C) i = +15ºC; ii = +10ºC; iii = +8ºC.
(D) i = -15ºC; ii = -18ºC; iii = -34ºC.
(E)
i = +10ºC; ii = +15ºC; iii = +12ºC.
QUESTÃO 39
QUESTÃO 34
No dia 18/12/2013 foi publicado no Diário Oficial da
União a Portaria nº 413 do Ministério do Trabalho e
Emprego disponibilizando para consulta pública o
texto técnico básico de revisão de um dos anexos
Norma Regulamentadora n.º 15. Qual foi este
anexo disponibilizado para consulta pública?
(A)
Anexo nº 3 (calor).
(B)
Anexo nº 7 (radiações não ionizantes).
(C) Anexo nº 8 (vibração).
(D) Anexo nº 10 (umidade).
(E)
Anexo nº 9 (ar comprimido).
QUESTÃO 35
Os mecanismos de termorregulação do organismo
têm como finalidade manter a temperatura interna
do corpo constante, conforme nossa necessidade.
Este balanço térmico é representado pela equação
de equilíbrio: M ± C ± R – E = S; onde M = calor
produzido pelo Metabolismo; C = calor ganho ou
perdido por condução-convecção; R = calor ganho
ou perdido por radiação; E = calor perdido por
evaporação; e S = calor acumulado no organismo
(Sobrecarga térmica). Quando o organismo
encontra-se em equilíbrio térmico, o valor de “S”
será obrigatoriamente
(A)
S = 1.
(B)
S > 1.
(C) S < -1.
(D) S = 0.
(E)
S > 0.
QUESTÃO 40
Sabendo que o texto: “é uma câmara através
da qual o trabalhador passa do ar livre para a
câmara do tubulão” está baseado no item 1.2 das
definições do anexo nº 6 da NR-15, assinale a
alternativa correta.
(A)
O texto refere-se à definição de “câmara de trabalho”.
(B)
O texto refere-se à definição de “campânula”.
(C) O texto refere-se à definição de “câmara de
recompressão”.
(D) O texto refere-se à definição de “eclusa de pessoal”.
(E)
O texto refere-se à definição de “eclusa de
recompressão”.
QUESTÃO 41
Segundo o item 1.3.2 do anexo nº 6 da NR-15, qual
é o limite de horas que um trabalhador não poderá
sofrer mais que uma compressão?
(A) Não poderá sofrer mais que uma compressão num
período de 08 (oito) horas trabalhadas.
(B) Não poderá sofrer mais que uma compressão num
período de 08 (oito) horas.
(C) Não poderá sofrer mais que uma compressão num
período de 24 (vinte e quatro) horas.
(D) Não poderá sofrer mais que uma compressão num
período de 12 (doze) horas trabalhadas.
(E) Não poderá sofrer mais que uma compressão num
período de 12 (doze) horas.
Sabendo que T representa a máxima exposição
diária permissível de um nível de ruído; e C
representa o tempo real de exposição de um
determinado nível de ruído; pergunta-se como
será calculada a insalubridade (DOSE) no caso do
trabalhador que durante a sua jornada de trabalho
se expõe a 02 (dois) diferentes níveis de pressão
sonora, segundo o anexo 1 da NR-15?
(A)
C1 + T1/C2 +T2.
(B)
(C1/T1) + (C2/T2).
(C) (C1+T1) / (C2/T2).
(D) (C1/T1) / (C2+T2).
(E)
(T1+C1) / (T2+C2).
QUESTÃO 36
Qual é o anexo da NR-15 em que a perícia
comprovará a exposição à insalubridade, adotando
por base os limites de tolerância definidos pela
Organização Internacional para a Normalização
(ISO)?
(A)
Anexo nº 1 (ruído contínuo ou intermitente).
(B)
Anexo nº 4 (níveis de iluminamento).
(C) Anexo nº 7 (radiações ionizantes).
(D) Anexo nº 8 (vibrações).
(E)
Anexo nº 11 (agentes químicos).
QUESTÃO 37
Segundo o anexo nº 3 da NR-15, a exposição ao
calor deve ser avaliada através do “índice de bulbo
úmido – termômetro de globo” (IBTUG) definido
por duas equações distintas. Qual a fórmula
correta da equação para ambientes externos com
carga solar?
(A)
IBUTG = (0,7 x tbn) + (0,1 x tbs) + (0,2 x tg).
(B)
IBUTG = (0,1 x tbn) + (0,2 x tbs) + (0,7 x tg).
(C) IBUTG = (0,2 x tbn) + (0,7 x tbs) + (0,1 x tg).
(D) IBUTG = (0,7 x tg) + (0,1 x tbs) + (0,2 x tbn).
(E)
IBUTG = (0,1 x tg) + (0,2 x tbs) + (0,7 x tbn).
QUESTÃO 38
Para exposição ao frio artificial, as normas
regulamentadores
estabelecem
uma
faixa
de temperatura válida para os trabalhos nas
zonas climáticas; as quais são tecnicamente
estabelecidas no mapa oficial do IBGE. Quais
8
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
Analisando as diferentes substâncias químicas constantes na tabela a seguir, que é baseada no anexo nº 11 da
NR-15, responda as questões de nº 42 a nº 45 identificando a quais grupos as substâncias podem compor.
QUESTÃO 42
Quais as substâncias desta tabela que podem ser agrupadas como asfixiantes simples?
(A)
Apenas III e VI.
(B)
Apenas IV e V.
(C) Apenas VIII e II.
(D) Apenas I, III, VI e VII.
(E)
Apenas I, II, III, VI, VII e VIII.
QUESTÃO 43
Quais as substâncias que podem ser agrupadas como substância de efeito rápido sem serem absorvidas pela pele
(por via cutânea)?
(A)
Apenas II, IV, V e VIII.
(B)
Apenas I, II, III, VI, VII e VIII.
(C) Apenas IV e V.
(D) Apenas II e VIII.
(E)
Todas com grau de insalubridade máximo.
QUESTÃO 44
Quais as substâncias que podem ser agrupadas como substância de efeito rápido e que podem ser absorvidas
pela pele (por via cutânea)?
(A)
Apenas I, III, VI e VIII.
(B)
Todas com grau de insalubridade máximo.
(C) Apenas VII e III.
(D) Apenas II, IV, V e VII.
(E)
Apenas IV e V.
QUESTÃO 45
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
Quais as substâncias de ação generalizada sobre o organismo e que podem ser absorvidas por via cutânea?
Todas com grau de insalubridade máximo.
Apenas I, II, III, VI, VII e VIII.
Apenas II, IV, VI e VIII.
Apenas I, III, V e VII.
Apenas I e VI.
9
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
(D)
(E)
NR-7; NR-9.
NR-7; NR-8.
QUESTÃO 50
As convenções internacionais têm por finalidade
traçar uma diretriz (“uma norma”) de caráter
generalista a ser seguida pelos países membros.
No Brasil, estas “normas” passam a integrar
nosso ordenamento jurídico após aprovação
do Congresso Nacional. Quais as Convenções
aprovadas por Decreto que traçam diretrizes
sobre: “a prevenção e controle de riscos
profissionais causados pelas substâncias ou
agentes cancerígenos”; e “a segurança e saúde
dos trabalhadores e o meio ambiente de trabalho”?
(A)
Convenção OIT nº 119; Convenção OIT nº 170.
(B)
Convenção OIT nº 126; Convenção OIT nº 166.
(C) Convenção OIT nº 133; Convenção OIT nº 163.
(D) Convenção OIT nº 152; Convenção OIT nº 161.
(E)
Convenção OIT nº 139; Convenção OIT nº 155.
Responda as questões de nº 46 e 47 interpretando
as seguintes informações:
Sabe-se que em indústrias químicas pode-se
trabalhar com uma ou várias substâncias ao
mesmo tempo em seu processo fabril. Em uma
determinada avaliação de campo, você encontrou
os seguintes agentes e suas respectivas
concentrações:
QUESTÃO 46
Verifique de forma individual os agentes X1, X2
e X3 e calcule o índice de exposição de cada um
deles respondendo se a exposição individual é
insalubre ou não.
(A)
X1 = insalubre; X2 = insalubre; X3 = insalubre.
(B)
X1 = salubre; X2 = salubre; X3 = insalubre.
(C) X1 = insalubre; X2 = insalubre; X3 = salubre.
(D) X1 = salubre; X2 = salubre; X3 = salubre.
(E)
X1 = salubre; X2 = insalubre; X3 = insalubre.
QUESTÃO 47
Ainda verificando cada agente de forma individual;
determine para qual(is) dele(s) o nível de ação foi
ultrapassado conforme orienta o item 9.3.6.2 da
NR-09.
Somente para o agente X3.
Somente para o agente X2.
Para os agentes X2 e X3.
Para os agentes X1 e X2.
Para os agentes X1 e X3.
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
QUESTÃO 48
Considerando agora os efeitos combinados
dos agentes X1 e X2; calcule o valor da dose
combinada (D), verifique se este composto X1X2
é salubre ou insalubre, e se seu nível de ação (NA)
foi ultrapassado (sim ou não).
(A)
D = 1,20; X1X2 = salubre; NA = não.
(B)
D > 1; X1X2 = insalubre; NA = não.
(C) D > 1; X1X2 = salubre; NA = não.
(D) D = 1,2; X1X2 = insalubre; NA = sim.
(E)
D < 1; X1X2 = salubre; NA = não.
QUESTÃO 49
Quais as Normas Regulamentadoras que estão
diretamente relacionadas ao “programa de controle
médico de saúde ocupacional”; e “programa de
prevenção de riscos ambientais” vigentes em
nossa legislação trabalhista?
(A)
NR-6; NR-9.
(B)
NR-8; NR-9.
(C) NR-7; NR-10.
10
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
11
Cargo: Engenheiro de Segurança do Trabalho
Fly UP