...

redação - Nacional Online

by user

on
Category: Documents
7

views

Report

Comments

Transcript

redação - Nacional Online
Redação
ORIENTAÇÃO GERAL
Leia com atenção todas as instruções.
A)
Você encontrará três situações para fazer sua redação. Leia as situações propostas
até o fim e escolha a proposta com a qual que você tenha maior afinidade.
B)
Após a escolha de um dos gêneros, assinale sua opção no alto da Folha de Resposta e, ao redigir seu texto, obedeça às normas do gênero.
C)
Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação escolhida que você pretende abordar. Escreva o título no lugar
apropriado na folha de prova.
D)
Se a estrutura do gênero selecionado exigir assinatura, escreva, no lugar da
assinatura: JOSÉ ou JOSEFA.
E)
Em hipótese alguma escreva seu nome, pseudônimo, apelido, etc. na folha de
prova.
F) Utilize trechos dos textos motivadores, parafraseando-os.
G) Não copie trechos dos textos motivadores, ao fazer sua redação.
ATENÇÃO: se você não seguir as instruções da orientação geral e as relativas ao tema
que escolheu, sua redação será penalizada.
Situação A
A computação está evoluindo rápido, e cada vez se acelera mais – isso é pratica-
mente um consenso entre especialistas. Mas essa celeridade, defendem alguns deles,
pode nos fazer perder o controle sobre as máquinas.
O primeiro computador Macintosh, que completou 30 anos na semana passada,
tinha memória 8,4 milhões de vezes menor e um processador que rodava em frequência
163 milhões de vezes inferior em relação ao iPhone 5s, da mesma Apple. Adicione outros
30 anos e estaremos vivendo a “singularidade tecnológica”, o momento em que computadores superarão o cérebro humano de tal forma que é impossível prever que rumo a
civilização tomará, dizem futurólogos.
A chamada singularidade tecnológica é uma tese defendida por acadêmicos, mais
notadamente Raymond Kurzweil, desde 2012 um dos diretores de engenharia do Google, empresa que está investindo agressivamente em inteligência artificial. Autor de “The
Singularity Is Near” (“A singularidade está próxima”, sem edição no Brasil), Kurzweil diz
que poderíamos dominar a ciência a ponto de copiar o conteúdo de nosso cérebro (e com
isso nossa personalidade) para implantá-Io em super-humanos – e viver para sempre.
Outro pregador da singularidade, Vernor Vinge questiona se a existência de seres
humanos faria sentido se todo ato, inclusive experiências sentimentais, pudesse ser melhor replicado por máquinas.
Paul Allen, que fundou com Gates a Microsoft, escreveu um artigo na “MIT Tech-
nology Review” arqumentando que, de fato, a evolução da parte física da computação
(hardware) pode ter crescimento exponencial indefinido, mas que há gargalos no software. “Não bastaria rodar programas de hoje mais rápido”, diz. “Criar esse tipo de coisa
requer um conhecimento ‘científico prévio dos fundamentos da cognição humana, área
cuja superfície apenas arranhamos.”
GONZAGA, Yuri. Folha de S. Paulo 3 fev. 2014 (adaptado).
Com base no texto, redija uma CARTA ARGUMENTATIVA a Raymond Kurzweil
argumentando contra a sua ideia de que “poderíamos dominar a ciência a ponto de copiar o conteúdo, de nosso cérebro (e com isso nossa personalidade) para implantá-Io em
super-humanos – e viver para sempre”.
Comentário
A prova de redação do vestibular UFU julho 2014 pode ser caracterizada pela
inovação dos temas e pela abordagem de três gêneros argumentativos, o Editorial, a
Carta Argumentativa e o Texto de Opinião. A parte inicial, referente à orientação geral,
se manteve nos moldes tradicionais, apontado diretamente o que o aluno deveria fazer
para melhor produzir seu texto.
A situação A exigiu do aluno a produção de uma Carta Argumentativa para Raymond
Kurzweil, diretor de engenharia do Google, “argumentando contra a sua ideia de que
‘poderíamos dominar a ciência a ponto de copiar o conteúdo de nosso cérebro (e com
isso nossa personalidade) para implantá-lo em super-humanos – e viver para sempre.’”
Uma proposta com um comando claro – ser contrário às ideias do interlocutor – em que o
aluno poderia direcionar a argumentação e aplicar suas ideias de forma clara, em busca
da defesa de sua tese.
O candidato deveria se preocupar com o foco da argumentação e com a estrutura
do gênero solicitado – Data, Vocativo, Despedida, Assinatura. A 1ª pessoa do singular,
assim como a interlocução, são características estruturais da carta e deveriam estar
presentes a cada parágrafo. Além disso, o cuidado com a formalidade ao se dirigir ao
interlocutor deveria ser um detalhe observado. Por fim, a paráfrase, elemento primordial
na prova de redação da UFU, poderia aparecer a partir da evocação das ideias de Kurzweil, confrontando-as. A máscara deveria ser escolhida conforme a argumentação do
aluno, de forma que valorizasse a discussão feita. Se o candidato seguiu a estrutura do
gênero e seguiu atentamente a proposta, conseguiu produzir um ótimo texto.
Fly UP