...

espaços e actores da ciência em portugal (xviii-xx)

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

espaços e actores da ciência em portugal (xviii-xx)
ESPAÇOS
E ACTORES
DA CIÊNCIA
EM PORTUGAL
(XVIII-XX)
COORDENAÇÃO
Maria Fernanda Rollo
Maria de Fátima Nunes
Madalena Esperança Pina
Maria Inês Queiroz
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO
7
ESPAÇOS E ACTORES: LUGARES DA CIÊNCIA
A criação do Observatório Astronómico da Universidade de Coimbra (1799)
e o estabelecimento do seu programa científico
11
Fernando B. Figueiredo
Espaços e actores do ensino da electricidade em Portugal (1850-1911)
33
Ana Cardoso de Matos
A Imprensa Científica Militar (1851-1918):
Trocas e circulação de saberes entre Portugal e a Europa
51
José Luís Assis
Laboratórios universitários – espaços de ciência
na transição da Monarquia para a República
65
Ângela Salgueiro
O Hospital de Santa Marta no Nascimento da Psicocirurgia:
espaços, ideias e atores
Manuel Correia e Célia Pilão
Casa de Saúde do Telhal na História da Psicocirurgia:
Ideias, Espaços, Práticas e Protagonistas
75
79
Aires Gameiro, Manuel Correia e Augusto Moutinho Borges
ORGANIZAÇÃO DA CIÊNCIA: PROMOTORES E ORGANISMOS
Ciencia y modernidad:
La Junta para Ampliación de Estudios y sus protagonistas
91
José María López Sánchez
Instituto Nacional de Investigação Industrial:
a investigação científica aplicada ao desenvolvimento industrial
111
Ana Carina Azevedo
A Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (JNICT, 1967-1974)
Numa ‘esquina da história’...
125
Tiago Brandão
Escolas médicas e tuberculose:
um olhar sobre as dissertações médicas em tisiologia em Portugal (sécs. XIX – XX)
147
Ismael Cerqueira Vieira
O internacionalismo científico no âmbito das origens da INVOTAN
Paulo Vicente
167
ESPAÇOS E ACTORES: PROTAGONISTAS DA CIÊNCIA
A ciência e a criação de um «homem novo» português.
O pensamento de Barahona Fernandes e a influência das teorias eugénicas alemãs
191
Cláudia Ninhos
Agustín Pascual (1818-1884).
El modelo alemán y la primera enseñanza forestal en España
209
Ignacio García-Pereda, Inés González-Doncel, Luis Gil
Apontamentos para a História da contenda entre António Sérgio
e Abel Salazar sobre a “Falência da Metafísica”
241
António Mota Aguiar
Dr. Costa Sacadura (1872-1966) e a sua obra científica:
os seus contributos para a higiene e construção escolar em Portugal
na transição do século XIX para o séc. XX
251
Sofia Fernandes
Mulheres cientistas e os Trópicos:
(in)visibilidades da primeira metade do novecentos português
269
Ana Cristina Martins
António Oliveira Pinto S.J. e as primeiras experiências com Radioactividade
em Portugal
291
Francisco Romeiras
Combatendo epidemias: Bernardino António Gomes, Sousa Martins,
Ricardo Jorge, Câmara Pestana, Almeida Garrett, Fernando da Silva Correia
309
Maria Antónia Pires de Almeida
PATRIMÓNIO MUSEOLÓGICO E ARQUIVOS DE CIÊNCIA
O Instituto Industrial do Porto
e a divulgação da Ciência na segunda metade do séc. XIX
329
Patrícia Costa, Helder I. Chaminé e Pedro M. Callapez
Um projecto de musealização para o Gabinete de História Natural da Ajuda
(1768-1836). História, Colecções, Espaços
343
João Brigola e Luís Ceríaco
Os acervos do Arquivo de Ciência e Tecnologia
Madalena Ribeiro e Paula Meireles
363
Espaços e Actores da Ciência
em Portugal (XVIII-XX)
INTRODUÇÃO
O Encontro Internacional Espaços e Actores da Ciência em Portugal (XVIII-XX),
foi realizado no contexto das actividades desenvolvidas pelo HetSci | Grupo de
Estudos em História e Ciência, que reúne investigadores ligados à História da
Ciência, com origem em duas Unidades de Investigação avaliadas e financiadas
pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT): o Instituto de História Contemporânea, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de
Lisboa e o Centro de Estudos de História e Filosofia da Ciência, da Universidade
de Évora.
O HetSci, como se tem reflectido pelo conjunto de actividades desenvolvidas,
tem como objectivo promover e desenvolver a investigação em História da Ciência em Portugal, no período compreendido entre os séculos XVIII e XX.
Neste sentido, e tendo presentes as linhas de acção traçadas no âmbito desta
rede, o seu primeiro Encontro internacional realizou-se nos dias 24 e 25 de Fevereiro de 2012, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova
de Lisboa, pretendendo reflectir sobre a dinâmica dos protagonistas da Ciência
em diversos patamares e esferas de actividade e vivência. Procurou-se deste modo
dar expressão aos construtores/actores da ciência (pessoas, instituições e mesmo
lugares) e dar a conhecer o perfil, a natureza, os motivos e percursos desses agentes
que construíram ciência em Portugal.
O encontro compreendeu reflexões sobre as transformações ocorridas desde o
século XVIII e a sua repercussão em matéria de arranque/desenvolvimento científico verificado até ao século XX, observando o papel dos espaços, instituições e
cientistas enquanto actores de ciência, não só no que diz respeito à crescente valorização do conhecimento científico mas também no que se refere ao quadro de
organização da ciência, processos de internacionalização e dinâmicas associadas.
Permitiu ainda cruzar várias perspectivas e metodologias de trabalho, linguagens
7
da História enquanto ciência social e linguagens científicas oriundas de vários
saberes da Ciência, com a carga de um tempo histórico incorporado.
Tendo presentes as diversas linhas de investigação e a actualidade destas questões, o encontro reuniu também reflexões sobre metodologias de investigação em
História da Ciência e arquivos de ciência (também eles espaços de ciência), associando questões mais intimamente ligadas ao património científico museológico,
identificando protagonistas, espaços de desenvolvimento e produção científica e o
modo como participaram na construção de agendas de investigação e ciência.
Os dois dias de trabalhos foram organizados nos seguintes paineis temáticos:
Painel 1 – Espaços e Actores: lugares da Ciência
Painel 2 – Organização da ciência: promotores e organismos
Painel 3 - Internacionalização científica em Portugal: agentes e dinâmicas
Painel 4 - Espaços e actores: protagonistas da Ciência
Painel 5 - Património museológico e arquivos de Ciência
Os contributos dos conferencistas do Brasil e de Espanha, convidados a integrar
estas sessões, suscitaram novas linhas de abordagem e estudo para a história comparada da Ciência, dos seus principais agentes e promotores, promovendo mesmo
a projecção de novas iniciativas conjuntas, de carácter internacional.
Tendo presentes os objectivos gerais e as linhas de acção propostas pelo HetSci,
a realização deste Encontro permitiu assim cruzar perspectivas e abordagens de
natureza diversificada, tendo em consideração os painéis temáticos propostos, estimulando desta forma a interdisciplinaridade e o debate.
O livro que agora se publica reproduz uma parte significativa das comunicações
apresentadas aos diferentes painéis temáticos, assinalando precisamente a primeira
iniciativa organizada pelo Hetsci.
COORDENAÇÃO
Maria Fernanda Rollo (IHC-FCSH/UNL)
Maria de Fátima Nunes (FCM-UNL CEHFCi-U.Evora)
Madalena Esperança Pina (CEFHCi-U.Evora) †
Maria Inês Queiroz (CEHFCi)
8
Fly UP