...

MÓDULO 1

by user

on
Category: Documents
31

views

Report

Comments

Description

Transcript

MÓDULO 1
3º Ano
9- CORRENTE ELÉTRICA
9.1- CONCEITO
É o movimento ordenado de cargas elétricas de um
condutor.
9.4- EFEITOS DA CORRENTE ELÉTRICA
 Efeito térmico (Joule): qualquer condutor sofre um
aquecimento ao ser percorrido por uma corrente elétrica.
 Efeito luminoso: em determinadas condições a passagem da
corrente elétrica através de um gás rarefeito faz com que ele
emita luz.
 Condutor Metálico: os portadores de carga são os elétrons
 Efeito magnético: um condutor, percorrido por corrente
livres (metais e grafite).
 Condutor Líquido: os portadores de carga são os íons
positivos e negativos (soluções eletolíticas).
 Condutor Gasoso: os portadores de cargas podem ser íons
positivos, íons negativos e elétrons livres (gases ionizados).
elétrica, cria, na região próxima a ele, um campo magnético.
9.2 - SENTIDO DA CORRENTE ELÉTRICA (CONVENCIONAL)
Convencionou-se para o sentido da corrente elétrica o
sentido contrário ao do movimento das cargas negativas livres.
É no sentido do campo elétrico
 Efeito químico: uma solução eletrolítica sofre decomposição,
quando atravessada por uma corrente elétrica.
 Efeito fisiológico: consiste na ação da corrente elétrica sobre
o corpo humano (animal), causando sensações dolorosas e
contrações musculares.

E.
EXERCÍCIOS DE AULA
5
+
1. (VUNESP) Mediante estímulo, 2 . 10 íons de K
atravessam a membrana de uma célula nervosa em 1,0 milisegundo. Calcule a intensidade dessa corrente elétrica,
-19
sabendo-se que a carga elementar é 1,6 . 10 C.
2. (IME-RJ) A intensidade da corrente elétrica em um condutor
metálico varia, com o tempo, de acordo com o gráfico a seguir.
9.3 - INTENSIDADE DA CORRENTE ELÉTRICA (i)
A intensidade da corrente média, im, através de uma
secção A do condutor, é definida pela relação:
im 
q
t
ou
im 
n.e
t
Sendo o módulo da carga elementar e = 1,6 . 10
determine:
Unidade no SI: Ampère (A)
Quando a corrente elétrica mantém sentido invariável ela é
denominada corrente contínua (CC). Se a corrente elétrica
apresentar sentido e intensidade invariáveis ela é chamada
corrente contínua constante. Logicamente, numa corrente
contínua constante devemos ter a intensidade da corrente
instantânea igual a intensidade da corrente média, isto é:
i  im 
q
t
-19
C,
a) a carga elétrica que atravessa uma secção do condutor em
8s
b) o número de elétrons que atravessa uma secção do
condutor durante esse mesmo tempo
c) a intensidade média da corrente entre os instantes 0 s e 8 s
3. (PUCSP) Uma lâmpada permanece acesa durante 1 hora,
sendo percorrida por uma corrente elétrica de intensidade
– 19
igual a 0,5 A. (Carga do elétron = – 1,6 . 10
C)
a) Qual a carga elétrica que passou por uma secção de seu
filamento?
A área sombreada do diagrama i  t corresponde ã
carga total Q que atravessa uma secção S do condutor no
intervalo de tempo t.
b) Quantos elétrons passaram?
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
1
3º Ano
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
1. (ACAFE) Os condutores, cuja corrente se deve,
exclusivamente, ao movimento de migração de elétrons livres,
são:
a) mercúrio - água salgada - alumínio.
b) gás néon - cobre - alumínio.
c) gás néon - cobre - água salgada.
d) alumínio - água pura - cobre.
e) mercúrio - cobre - alumínio.
2. (ACAFE) Se uma corrente elétrica de 3A percorre um fio
durante 2 minutos, a carga elétrica, em C, que atravessou a
secção reta neste tempo é:
a) 60
b) 110
c) 360
d) 220
e) 180
3. (UFRS) O gráfico representa a intensidade de corrente de
elétrica i em um fio condutor em função do tempo transcorrido
t.
Qual a carga elétrica que passa por uma seção transversal do
condutor nos cinco primeiros segundos?
a) 2,0 C
b) 2,5 C
c) 4,0 C
d) 7,0 C
e) 10,0 C
4. (UFRS) O gráfico representa a intensidade de corrente
elétrica i em função do tempo t em dois condutores, X e Y.
Sendo qx e qy as cargas elétricas que, durante os quatro
primeiros segundos, passam respectivamente por uma seção
transversal dos condutores X e Y, qual a diferença q x- qy?
a) 1 C
b) 2 C
c) 3 C
d) 6 C
e) 8 C
5. (UFRS) Uma carga elétrica de 120 coulomb passa
uniformemente pela seção transversal de um fio condutor
durante um minuto. Qual a intensidade da corrente elétrica
nesse condutor?
a) (1/30) A
b) (1/2) A
c) 2 A
d) 30 A
e) 120 A
6. (UFSM) Corrente elétrica, em um condutor metálico, é o
movimento.
a) desordenado dos portadores de carga elétrica,
independente do campo elétrico aplicado.
b) ordenado dos portadores de carga elétrica, sendo o fluxo
dos portadores, num determinado sentido espontâneo,
c) ordenado dos portadores de carga elétrica, sendo o fluxo
dos portadores, num determinado sentido independente do
campo elétrico aplicado.
d) ordenado dos portadores de carga elétrica, sendo o fluxo
dos portadores, num determinado sentido, dependente do
campo elétrico aplicado.
2
e) instantâneo dos portadores de carga elétrica, sendo o fluxo
dos portadores, num determinado sentido, dependente do
campo elétrico aplicado.
7. (UFSM) Uma lâmpada permanece acessa durante 5
minutos pôr efeito de uma corrente de 2 A, fornecida por uma
bateria. Nesse intervalo de tempo, a carga total (em C)
liberada é:
a) 0,4
b) 2,5
c) 10
d) 150
e) 600
8. (PUCSP) Uma corrente elétrica de intensidade 11,2 μA
percorre um condutor metálico. A carga elementar é
– 19
e = 1,6 . 10
C. Determine o tipo e o número de partículas
carregadas que atravessam uma seção transversal desse
condutor por segundo.
13
a) prótons; 7,0 . 10 partículas
16
b) íons do metal; 14,0 . 10 partículas
19
c) prótons; 7,0 . 10 partículas
16
d) elétrons; 7,0 . 10 partículas
13
e) elétrons; 7,0 . 10 partículas
9. O gráfico a seguir representa a intensidade de corrente em
um condutor, em função do tempo. Qual é a carga que no
intervalo de tempo de 0 a 20 segundos atravessa o condutor?
a) 200 C
b) 20 C
c) 2 C
d) 0,2 C
e) 0,02 C
10. (PUCRJ) Sabemos que a corrente elétrica é produzida
pelo movimento de cargas elétricas em certos materiais e que
são conhecidos como bons condutores de corrente elétrica.
Das afirmações abaixo apenas uma é verdadeira. Assinale-a.
a) Em um metal a corrente elétrica é produzida pelo
movimento dos prótons e elétrons de seus átomos.
b) Na passagem de corrente elétrica em um metal, os elétrons
se deslocam para a extremidade onde o potencial elétrico é
menor.
c) Na passagem de corrente elétrica em um metal, os elétrons
se deslocam no mesmo sentido que os prótons.
d) Quando as extremidades de um fio metálico ficam sujeitas a
uma diferença de potencial, os elétrons se deslocam para a
extremidade onde a tensão é maior e os íons positivos, em
mesmo número, para a outra extremidade.
e) Em um metal, os elétrons são os únicos responsáveis de
condução de eletricidade.
GABARITO
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
1) E
2) C
3) D
4) A
5) C
6) D
7) E
8) E
9) A
10) E
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
3º Ano
10- RESISTÊNCIA ELÉTRICA – RESISTORES
10.1- RESISTOR
É todo elemento do circuito cuja função exclusiva é
efetuar a conversão de energia elétrica em energia térmica
(efeito Joule).
Nos circuitos elétricos, um resistor pode ser
representado, esquematicamente, pelos símbolos mostrados a
seguir.
N
tg  R
10.4- RESISTIVIDADE
A resistência elétrica de um condutor é função da
substância que o constitui e de suas características
geométricas.
Dado um condutor homogêneo, de comprimento L e
área da secção transversal A, a resistência elétrica entre seus
extremos é calculada por:
L
R
10.2- CONCEITO DE RESISTÊNCIA
É a propriedade que os materiais possuem, de apresentar
oposição à passagem da corrente elétrica.
Define-se a resistência elétrica R de um resistor o
quociente da tensão (U) entre seus terminais pela corrente i
que o atravessa.
R
U
i
Unidade: ohm ()
REOSTATO: resistor de resistência variável
A
Réd
ire
ta
m
e
n
tep
ro
p
o
rc
io
n
a
l a“L
”e
in
v
e
rs
a
m
e
n
tep
ro
p
o
rc
io
n
a
l a“A
”
R
L
A
Nessa expressão,  representa uma característica de
cada material, chamada resistividade elétrica.
OBS.: A resistividade varia de um material para outro e, para
um mesmo material pode variar com a temperatura (resistores
ôhmicos a resistividade é praticamente constante).
Existe também uma grandeza característica de cada
material, chamada condutividade elétrica (), que corresponde
ao inverso da resistividade:

ou
1

10.5- FIO IDEAL
Considera-se um fio ideal, aqueles que conduzem a
energia elétrica sem que haja dissipação de energia no
transporte dos portadores de carga.
ou
Reostato de cursor
10.3- LEI DE OHM
Mantendo a temperatura constante, a intensidade da
corrente elétrica que percorre um resistor é diretamente
proporcional à ddp entre seus terminais.
U1 U2
U

 ...  n  R  CTE  resistor ôhmico
i1
i2
in
Como a resistência é constante, a relação entre a tensão
e a intensidade de corrente (U = R . i) é uma função do
primeiro grau, cuja representação gráfica é uma reta que
passa pela origem.
10.6- CURTO-CIRCUITO
Dados dois pontos quaisquer de um circuito, dizemos
que eles estão em curto–circuito se interligados por um fio
ideal. Todos os pontos interligados por um fio ideal têm o
mesmo potencial elétrico (U=0).
10.7- LEI DOS NÓS
Damos o nome de nó ao ponto de junção de três ou
mais fios.
Pelo princípio da conservação da carga elétrica, o
fluxo de cargas elétricas que adentram o nó deve ser igual ao
fluxo de cargas elétricas que saem do nó. Essa é uma
importante imposição física, que equivale a dizer que um nó
não é uma fonte nem um sumidouro de cargas elétricas.
Assim, devemos ter:
i 1 = i2 + i3
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
3
3º Ano
10.8- POTÊNCIA ELÉTRICA
É o quociente entre a energia elétrica que a carga
que ganha ou perde ao atravessar um bipolo e o tempo.
P
E = energia
E
t
t = tempo
q .U
P

t
3. (UNICAMP) Sabe-se que a resistência elétrica de um fio
cilíndrico é diretamente proporcional ao seu comprimento e
inversamente proporcional a área de sua seção reta?
a) O que acontece com a resistência do fio quando triplicamos
o seu comprimento?
b) O que acontece com a resistência do fio quando duplicamos
o seu raio?
P  U.i
2
U R.i  P  R .i
i
U
R

P
2
U
R
4. (FUVEST-SP) A bateria de um carro, de fem de 12 V, é
usada para acionar um rádio de 12 V, que necessita de 2 A
para o seu funcionamento, e para manter acesas duas
lâmpadas de farol de 12 V e 48 W cada uma.
a) Qual a intensidade de corrente elétrica fornecida pela
bateria para alimentar o rádio e as duas lâmpadas?
10.9- ENERGIA ELÉTRICA
b) Qual a carga, em coulombs, perdida pela bateria em uma
hora?
E  P . t
SI - W . s = J (JOULE)
USUAL - kW . h = kWh
10.10- LEI DE JOULE
A energia elétrica dissipada na forma de calor pela
passagem da corrente elétrica num resistor é diretamente
proporcional ao quadrado da intensidade de corrente elétrica e
ao intervalo de tempo.
E  R.i2 . t
EXERCÍCIOS DE AULA
1. (USP) O gráfico das diferenças de potencial nos extremos
de um dispositivo elétrico, em função das intensidades de
corrente, foi o seguinte:
5. (UFPEL) Uma lâmpada usada normalmente em Pelotas,
onde a voltagem (ddp) é 220 Volts, não queima quando
utilizada em Rio Grande, em que a voltagem da rede elétrica é
110 Volts. No entanto, na situação inversa, queima.
a) O efeito Joule explica por que a lâmpada queima. O que é
Efeito Joule?
b) Compare, qualitativamente, a intensidade da corrente que
circula na lâmpada usada normalmente em Rio Grande, com a
intensidade da corrente nessa lâmpada quando usada em
Pelotas.
c) Explique, com base na análise anterior e no Efeito Joule,
por que a lâmpada queima.
6. (SUPRA) Considere uma residência onde, em média, ficam
acesas 5 lâmpadas de 60w durante 4 horas por noite. Em um
mês de 30 dias o custo da energia elétrica, das 5 lâmpadas,
será de:
Dado: 1kwh = R$ 0,16
a) R$ 5,16.
b) R$ 4,86.
c) R$ 3,96.
d) R$ 6,46.
e) R$ 5,76.
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
a) Qual o tipo de dispositivo elétrico em questão?
b) Qual a resistência elétrica desse dispositivo quando
-3
percorrido por uma corrente de intensidade 2,0 . 10 A?
2. (UCPEL) Na praia do Cassino, em Rio Grande, algumas
residências têm a possibilidade para dois valores de ddp: 110
V e 220V. No mercado encontram-se chuveiros com dados
nominais 110 V – 2200 W e 220 V – 2200 W. Nossa
preferência vai recair:
I - sobre 110 V, porque é mais econômico.
II - sobre 220 V, porque provoca maior aquecimento da
água em um intervalo de tempo menor.
III - sobre o de 110 V, porque o aquecimento produzido é
maior em razão de uma intensidade de corrente maior
através dele.
IV - em qualquer um dos dois, pois o consumo de energia
e o respectivo custo mensal é igual para os dois em um
mesmo intervalo de tempo de uso.
Está(ao) correta(s):
a) I e II
b) III
c) II
d) I
e) IV
4
1. (UFSM) O gráfico representa a diferença de potencial V
entre dois pontos de um fio, em função da corrente i que passa
através dele. A resistência do fio entre os dois pontos
considerados vale, em ,
a) 0,05
b) 4
c) 20
d) 80
e) 160
2. (FURG) Qual a carga elétrica que atravessa durante 10 h
qualquer secção reta de um condutor cuja resistência é de
20 e entre os extremos do qual se aplica uma tensão de
100V?
a) 50 C
b) 100 C
c) 1000 C
d) 180.000 C
e) 90.000 C
3. (UFRS) Selecione a alternativa que apresenta as palavras
que preenchem corretamente as três lacunas nas seguintes
afirmações, respectivamente.
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
3º Ano
I – Corrente elétrica pode ser o resultado do movimento
de ...... .
II – Quanto maior o comprimento de um condutor, tanto
............ a sua resistência elétrica.
III – A corrente elétrica que flui em um circuito elétrico
formado por uma bateria ideal e um resistor de resistência
variável é inversamente proporcional à ............ .
a) elétrons - maior - resistência.
b) nêutrons - menor - resistência.
c) prótons - menor - resistência.
c) nêutrons - maior - diferença de potencial.
e) elétrons - maior - diferença de potencial.
4. (PUC) Um fio condutor elétrico tem comprimento L, diâmetro
D e resistência elétrica R. Se duplicarmos seu comprimento e
diâmetro, sua nova resistência elétrica passará a ser
a) R
b) 2R
c) R/2
c) 4R
e) R/4
5. (FATEC) Uma lâmpada de 60W-220V ligada a uma fonte de
110V tem seu consumo (potência dissipada):
a) inalterado
b) reduzido pela metade
c) duplicado
d) reduzido à quarta parte
e) aumentado 4 vezes
6. (FURG) As especificações de um chuveiro elétrico são 220
V - 4.400 W. Se esse chuveiro for ligado em uma rede de 110
V, ele dissiparia uma potência de
a) 550 W
b) 1.100 W
c) 2.200 W
d) 4.400 W
e) 8.800 W
7. (UFPEL) Em uma residência, permanecem ligados, durante
2 h, um ferro elétrico, com a especificação 1440 W - 120 V, e
duas lâmpadas comuns, com a especificação 60 W - 120 V.
Se a tensão eficaz na rede se mantiver constante e igual a 120
V, a corrente que passa no fusível e a energia elétrica
consumida valem, respectivamente:
a) 16 A e 1,56 kWh.
b) 14 A e 1,56 kWh.
c) 13 A e 3,12 kWh.
d) 13 A e 6,24 kWh.
e) 12 A e 3,12 kWh.
a) 10.
b) 30.
c) 100.
d) 8000.
e) 60000.
10. (UFSM) Um aquecedor doméstico tem uma potência de
1000 watts, quando ligado em uma tomada de 220 volts
efetivos. Se esse mesmo aquecedor for ligado em uma
tomada com 110 volts efetivos, a potência do aparelho, em
watts, será de
a) 250
b) 500
c) 1000
d) 2000
e) 4000
11. (FURG) O custo da energia elétrica para um consumidor
residencial vale R$ 0,25 por kWh. Quanto custa por mês (30
dias) manter acesas durante cinco horas, todos os dias, quatro
lâmpadas de 100W?
a) R$ 72,00
b) R$ 30,00
c) R$ 15,00
d) R$ 18,00
e) R$ 3,75
12. (UNISINOS) Um chuveiro elétrico, com a chave seletora na
posição "verão", funciona com uma resistência elétrica R e
dissipa uma potência P. Com a mudança da temperatura
ambiente, coloca-se o seletor na posição "inverno", passando
a funcionar com resistência elétrica R/2.
Ao realizar essa alteração no chuveiro, verifica-se a corrente
elétrica.....................e a potência dissipada......................
As lacunas são corretamente preenchidas, respectivamente,
por
a) duplicada; duplica
b) duplica; quadruplica
c) não modifica; duplica
d) quadruplica; duplica
e) duplica; triplica
13. (UFPEL)
8. (FURG) No último mês, paguei R$ 80,00 pelo consumo de
200 kWh de energia elétrica. Para calcular o gasto específico
com o chuveiro elétrico de 3000 W de potência, supondo uso
diário de 30 minutos, durante 30 dias, a despesa com a
utilização do chuveiro foi de
a) R$ 4,50
b) R$ 9,00
c) R$ 32,00
d) R$ 18,00
e) R$ 64,00
9. (FATEC) Em um apartamento, há um chuveiro elétrico que
dissipa 6000W de potência quando usado com o seletor de
temperatura na posição inverno e 4000W quando usado com o
seletor de temperatura na posição verão. O casal que reside
nesse apartamento utiliza o chuveiro em média 30 minutos por
dia,sempre com o seletor na posição inverno. Assustado com
o alto valor da conta de luz, o marido informa a sua esposa
que, a partir do dia seguinte, o chuveiro passará a ser utilizado
apenas com o seletor na posição verão.
Com esse procedimento, num mês de 30 dias, a economia de
energia elétrica, em quilowatts-hora, será de:
O consumo mensal de energia elétrica é medido por um
aparelho chamado usualmente de “relógio de luz”. Um dos
modelos de medidores de consumo possui um disco horizontal
de alumínio que gira sob a ação de uma força magnética
devido ao campo magnético gerado pela corrente elétrica que
circula pela residência. Periodicamente a companhia
fornecedora de energia elétrica realiza a medição do consumo,
gerando a conta mensal.
Observe, na conta de luz acima, que o preço do kWh é de
R$ 0,44 e que o total pago foi de R$ 101,64 para o período de
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
5
3º Ano
29 dias, compreendido entre 26/04 e 25/05. Considere que o
consumo de energia elétrica diário de um secador de cabelo
tenha sido 400 Wh, e que esse secador tenha funcionado 30
minutos por dia.
Com base no texto e em seus conhecimentos, é correto
afirmar que a potência do secador de cabelos e seu custo de
energia
elétrica
para
o
referido
período
foram,
respectivamente,
a) 800 W e R$ 5,10.
b) 400 W e R$ 26,36.
c) 200 W e R$ 2,55.
d) 800 W e R$ 23,20.
e) 400 W e R$ 5,10.
ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES
1 - EM SÉRIE
Na associação em série, os resistores são ligados um
em seguida do outro, de modo a serem percorridos pela
mesma corrente elétrica. As lâmpadas de árvore de natal são
um exemplo de associação em série.
14. (UFPEL) Um estudante que morava em Pelotas, onde a
voltagem é 220 V, após concluir seu curso de graduação,
mudou-se para Porto Alegre, onde a voltagem é 110 V.
Modificações deverão ser feitas na resistência do chuveiro –
que ele levou na mudança – para que a potência desse
aparelho não se altere.
Com relação à nova resistência do chuveiro e à corrente
elétrica que passará através dessa resistência, é correto
afirmar que
a) tanto a resistência original quanto a corrente elétrica
quadruplicarão.
b) a resistência original será reduzida à metade e a corrente
elétrica duplicará.
c) tanto a resistência original como a corrente elétrica
duplicarão.
d) a corrente elétrica permanecerá a mesma, não sendo, pois,
necessário modificar a resistência original.
e) a resistência original será reduzida à quarta parte e a
corrente elétrica duplicará.
15. (UEL) Na figura a seguir está esquematizado um trecho de
um circuito elétrico, onde i1, i2, i3 e i4 são as intensidades das
correntes elétricas não nulas que passam pelos fios que se
cruzam no ponto P.
 Todos os resistores são percorridos pela mesma corrente i.
i = i 1 = i2 = i 3
 A tensão total (ddp) U aplicada a associação é a soma das
tensões em cada resistor.
U = U1 + U2 + U3
 Para obter a resistência do resistor equivalente, somam-se
as resistências de cada resistor.
R S  R1  R 2  R 3
 As potências dissipadas são diretamente proporcionais
às respectivas resistências ( P  R.i2 ).
Qual a relação entre as intensidades dessas correntes?
a) i3 + i4 = i1 + i2
b) i3 = i1 + i2 + i4
c) i1 + i4 = i3 + i2
d) i1 = i3 + i4 + i2
e) i1 + i3 = i2 + i4
2 - EM PARALELO
Na associação em paralelo, os resistores são ligados
de tal maneira, que todos ficam submetidos à mesma
diferença de potencial. A corrente total fornecida pelo gerador
é a soma das correntes em cada um dos resistores. A
instalação residencial é um exemplo de associação em
paralelo.
GABARITO
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
6
1) C
2) D
3) A
4) C
5) D
6) B
7) C
8) D
9) B
10) A
11) C
12) A
13) A
14) E
15) A
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
3º Ano
 Todos os resistores são submetidos a ddp U.
c) FUSÍVEL
É um dispositivo associado em série a um circuito com a
finalidade de protegê-lo.
i
R
U = U1 = U2 = U3
F
 A corrente total de intensidade i é a soma das correntes em
cada resistor associado.
i = i1 + i 2 + i3
U
 O inverso da resistência equivalente é a soma dos inversos
das resistências associadas:
1
1
1
1



RP R1 R 2 R 3
 Para dois resistores R P 
EXERCÍCIOS DE AULA
1. É dada a associação de resistores abaixo, submetida à ddp
de 60 V.
R 1.R 2
R1  R 2
 Para resistores iguais R p 
R
onde n é o número de
n
resistores iguais.
 As potências dissipadas são inversamente proporcionais às
respectivas resistências ( P 
U2
).
R
Determine
 A resistência equivalente é menor que a resistência do
menor resistor.
a) a resistência elétrica do resistor equivalente.
b) a intensidade da corrente através dos resistores.
c) as ddps dos resistores da associação.
3 - APARELHOS DE MEDIÇÃO E PROTEÇÃO
a) AMPERÍMETRO
É um instrumento destinado a medir a intensidade da
corrente elétrica. Sua resistência interna é muito pequena. Um
amperímetro é ideal quando sua resistência interna é nula. O
amperímetro deve ser ligado em série com o circuito.
b) VOLTÍMETRO
É um instrumento destinado a medir a tensão elétrica
(ddp), entre dois pontos de um circuito elétrico. A resistência
de um voltímetro é muito grande. Um voltímetro é ideal quando
sua resistência é infinita. O voltímetro deve ser ligado em
paralelo com o circuito.
2. Considere a associação de resistores esquematizados a
seguir, submetida à ddp U = 24 V.
Determine:
a) a corrente em cada resistor.
b) a corrente total.
c) a resistência equivalente.
3. (UFPEL) No circuito esquematizado na figura abaixo, as
lâmpadas são idênticas e a resistência de cada uma vale 120
. A diferença de potencial mantida entre os pontos A e B é
igual a 270 V.
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
7
3º Ano
3,0  ; V3=3,OV;e R3=2,O ,os valores de R1 e V2 são,
respectivamente:
Analisando o circuito, responda às seguintes questões:
a) Qual a resistência equivalente à associação de resistores
formada pelas quatro lâmpadas?
b) Qual a corrente elétrica que passa na lâmpada L3?
c) Se a lâmpada L3 for retirada da associação, o brilho de L4
aumenta, diminui ou não se altera? Justifique sua resposta.
4. (FURG) Para o circuito da figura
Determine:
a) a corrente que passa no resistor de 10.
b) a potência total dissipada pelos três resistores.
5. (PUC) O esquema abaixo representa um circuito elétrico,
composto de uma fonte de tensão, resistores e medidores
ideais.
a) 4,0  e 4,5 V.
b) 4,5  e 5,0 V.
c) 5,5  e 6,0 V.
d) 5,0  e 5,5 V.
e) 6,5  e 7,0 V.
3. (FURG) Uma lâmpada para 5 V tem, normalmente acesa,
uma resistência de 20 Ohms. Com que resistência devemos
conectar em série esta lâmpada para que ela funcione
normalmente com uma fonte de 30 V ?
a) 25 Ohms
b) 20 Ohms
c) 30 Ohms
d) 50 Ohms
e) 100 Ohms
4. (UFRS) Selecione a alternativa que preenche corretamente
as lacunas no parágrafo abaixo.
Para fazer funcionar uma lâmpada de lanterna, que traz as
especificações 0,9W e 6V, dispõe-se, como única fonte de
tensão, de uma bateria de automóvel de 12V. Uma solução
para compatibilizar esses dois elementos de circuito consiste
em ligar a lâmpada à bateria (considerada uma fonte ideal) .....
em
com um resistor cuja resistência elétrica seja no mínimo
de ..... .
a) paralelo - 4 
b) série - 4 
c) paralelo - 40 
d) série - 40 
e) paralelo - 80 
5. (UFRS) No circuito elétrico abaixo, os amperímetros A1, A2,
A3 e A4, a fonte de tensão e os resistores são todos ideais.
Nessas condições, pode-se afirmar que
As medidas indicadas pelos medidores são
a) 2A e 20V
b) 2A e 40V
c) 4A e 16V
d) 4A e 20V
e) 6,6A e 15V
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
1. (UCPEL) Sejam resistores, com resistências R1  R2,
ligados em paralelo. Pode-se afirmar que:
I – a resistência equivalente é menor que qualquer das
resistências.
II – o de menor resistência dissipa a maior potência.
III – a corrente que atravessa os resistores são iguais.
Está(Estão) correta(s):
a) I
b) II
c) III
d) I e III
e) I e II
2. (FURG) Quando uma corrente i passa pelos resistores R1,
R2 e R3 da figura, as tensões nos seus terminais são,
respectivamente, V1, V2 e V3. Sabendo-se que V1= 6,0 V; R2 =
8
a) A1 e A2 registram correntes de mesma intensidade.
b) A1 e A4 registram correntes de mesma intensidade.
c) a corrente em A1 é mais intensa do que a corrente em A4.
d) a corrente em A2 é mais intensa do que a corrente em A3.
e) a corrente em A3 é mais intensa do que a corrente em A4.
5. (FURG) Em uma residência, na qual a voltagem é de 120 V,
é instalado um fusível de 22 A. Se o chuveiro tiver a seguinte
especificação: 2400 W e 120 V, qual o número máximo de
lâmpadas, com a especificação de 60 W e 120 V, que poderá
ser ligado na instalação residencial simultaneamente com o
chuveiro?
a) 2
b) 4
c) 6
c) 8
e) 10
6. (UFRS)Três resistores de 10 , 20  e 30  são ligados em
série. Aplicando-se uma diferença de potencial de 120 V aos
extremos dessa associação, qual a diferença de potencial
entre os extremos do resistor de 10 ?
a) 10V
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
3º Ano
10. (PUC) O circuito abaixo representa um gerador de
resistência interna desprezível, de força eletromotriz 30 V,
duas lâmpadas L iguais e um interruptor aberto.
b) 12V
c) 20V
d) 120V
e) 1200V
7. (FURG) Uma corrente se divide tomando dois caminhos
paralelos cuja resistência equivalente vale 10. Sabendo-se
que as intensidades das correntes nos dois caminhos são
respectivamente 16 A e 4 A, a resistência de cada um destes
respectivos caminhos são:
a) 10 e 40
b) 25 e 100
c) 12,5 e 50
d) 10 e 20
e) 5 e 10
8. (UFRS) A figura representa o circuito elétrico de um
chuveiro que pode ser ligado nas posições A, B ou C,
fornecendo a mesma quantidade de água morna, quente ou
muito quente.
Quando esse chuveiro estiver ligado em
a) B, tem-se água muito quente;
b) C, tem-se água quente;
c) A, tem-se água morna;
d) B, tem-se água morna;
e) A, tem-se água muito quente.
Quando o interruptor é fechado, pode-se afirmar que o valor
a) da corrente que passa pelo gerador não se altera.
b) da corrente que passa pelo gerador dobra.
c) da corrente que passa pelo gerador reduz-se a metade.
d) da tensão aplicada em cada lâmpada passa a ser de 15 V.
e) da tensão aplicada em cada lâmpada passa a ser de 60 V.
11. (FURG) Duas resistências R1 e R2 são ligadas a uma
bateria de resistência interna nula, conforme a figura.
Aumentando-se o valor da resistência R2, considere as
seguintes afirmativas:
I – A resistência total aumenta.
II – A corrente em R1 aumenta.
III – A corrente que a bateria fornece diminui.
9. (UFOP) Três lâmpadas idênticas e de resistência conhecida
foram projetadas e construídas para operar associadas de
maneiras diferentes. Para se ter a maior luminosidade, as
lâmpadas devem ser associadas da maneira apresentada em:
Quais afirmativas estão corretas?
a) Nenhuma.
b) Apenas I e II.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
12. (FURG) O circuito abaixo consiste de duas lâmpadas A e B
idênticas, uma chave interruptora S, uma bateria ideal e fios.
Ao fecharmos a chave S, podemos afirmar que o brilho da
lâmpada B:
a) diminui, porque a corrente que passa por B diminui.
b) diminui, porque a energia fornecida pela bateria vai ser
dividida com A.
c) não se altera, porque o brilho não depende da corrente.
d) não se altera, porque a corrente que passa por B não se
altera.
e) aumenta, porque a resistência equivalente diminui.
13. (UFRGS) No circuito abaixo, todos os resistores têm
resistências idênticas, de valor 10. A corrente elétrica i,
através de R2, é de 500mA. A fonte, os fios e os resistores são
todos ideais.
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
9
3º Ano
Selecione a alternativa que indica o valor correto da diferença
de potencial a que está submetido o resistor R1.
a) 5 V.
b) 7,5 V.
c) 10 V.
d) 15 V.
e) 20 V.
14. (ULBRA) No circuito elétrico abaixo estão associados 4
resistores uma fonte ideal de 12 volts e uma chave C.
A corrente elétrica que percorre o resistor de 1 ohm com a
chave C aberta e com a chave C fechada, é respectivamente,
a) 1,0 A e 1,8 A.
b) 1,5 A e 1,8 A.
c) 1,0 A e 1,5 A.
d) 1,0 A e 2,0 A.
e) 2,0 A e 3,0 A.
15. (UEL) Sobre o funcionamento de voltímetros e o
funcionamento de amperímetros, assinale a alternativa correta:
a) A resistência elétrica interna de um voltímetro deve ser
muito pequena para que, quando ligado em paralelo às
resistências elétricas de um circuito, não altere a tensão
elétrica que se deseja medir.
b) A resistência elétrica interna de um voltímetro deve ser
muito alta para que, quando ligado em série às resistências
elétricas de um circuito, não altere a tensão elétrica que se
deseja medir.
c) A resistência elétrica interna de um amperímetro deve ser
muito pequena para que, quando ligado em paralelo às
resistências elétricas de um circuito, não altere a intensidade
de corrente elétrica que se deseja medir.
d) A resistência elétrica interna de um amperímetro deve ser
muito pequena para que, quando ligado em série às
resistências elétricas de um circuito, não altere a intensidade
de corrente elétrica que se deseja medir.
e) A resistência elétrica interna de um amperímetro deve ser
muito alta para que, quando ligado em série às resistências
elétricas de um circuito, não altere a intensidade de corrente
elétrica que se deseja medir.
GABARITO
EXERCÍCIOS PROPOSTOS
10
1) E
2) A
3) E
4) D
5) B
6) C
7) C
8) E
9) B
10) B
11) C
12) D
13) D
14) C
15) D
IFSul – Cmpus Visconde da Graça
Fly UP