...

Pênfigo Vulgar: Aspectos clínicos e fatores relacionados. Larissa

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

Pênfigo Vulgar: Aspectos clínicos e fatores relacionados. Larissa
1111
Pênfigo Vulgar: Aspectos clínicos e fatores relacionados.
Larissa Araújo Queiroz¹; Maria Emilia Santos Pereira Ramos²
1.Bolsista de PIBITI/CNPq, Graduanda de Odontologia da Universidade Estadual
de Feira de Santana
2.Orientador, Departamento de Saúde,Universidade Estadual de Feira de Santana
Palavras-chave: Lesões Bucais, Pênfigo Vulgar, Fatores Relacionados.
Introdução
O pênfigo vulgar, apesar de sua baixa ocorrência no meio odontológico , é
considerado uma patologia importante, já que pode ser fatal (FERREIRA et al,2009). O
Pênfigo Vulgar é uma doença vesicobolhosa crônica de natureza auto-imune. Acomete
pele e mucosas e caracteriza-se pela presença de auto-anticorpos contra proteínas
desmossômicas encontrado nas junções epiteliais dos tecidos de revestimento
(MIZIARA et al , 2003)
As vesículas são pequenas áreas elevadas da pele ou da mucosa, repletas de
líquido, usualmente ovóides, não medindo mais do que 0,5 cm de diâmetro. Podem
aparecer isoladamente ou em grupos. Dependendo do momento em que são vistas pelo
clínico, as vesículas podem ter se rompido, deixando uma superfície erosada, cruenta.
As bolhas são semelhantes às vesículas, porém, de tamanho maior. Podem ser isoladas
ou coalescer, formando áreas extensas de envolvimento. Quando rompidas, deixam
bordas irregulares que podem ser levantadas do tecido subjacente. Neste caso, são
extremamente dolorosas . As vesículas e bolhas, entretanto, não são patognomônicas,
pois podem aparecer também, em muitas outras doenças ( FERREIRA et al,
2009;SANTOS et al 2009).
As faixa etária mais acometida encontra-se entre a 5a e 6a décadas de vida
(MIZIARA et al , 2003) uma maior incidência da doença ocorre em determinados grupo
étnicos como os judeus asquenazes e grupos familiares de pessoas de origem
mediterrânea (MORELI et al ,2008). Não observou-se predileção por sexo.(SANTOS et
al 2009)
Em geral, a enfermidade tem início com lesões orais, que manifestam-se até dois
anos antes da eclosão sistêmica da doença onde a pele será acometida. (SANTOS et al
2009)
O diagnóstico baseia-se na anamnese, reconhecimento das lesões, sinal de
Nikolsky positivo (descamação epitelial e formação de bolha por fricção próxima às
1112
lesões); embora a precisão esteja nos exames imunológicos e histopatológicos
(ANGELINE et al 2006 ;SOUSA et al, 2005).
O tratamento inclui corticoterapia sistêmica, antibioticoterapia contra infecções
secundárias, e terapia tópica das lesões, justificada pela dor, podendo associar a
imunossupressores. O prognóstico, quando diagnosticado precocemente, torna-se
favorável. (ANGELINI et al ,2006; NUNES et al ,2005; ROBINSON et al,1997)
O cirurgião dentista possui papel decisivo ,no diagnostico precose e no
prognóstico dos pacientes acometidos pelo pênfigo vulgar , já que seus primeiros sinais
clínicos são na cavidade oral e ocorrem com uma certa antecedência aos sinais
sistêmicos. Apesar da baixa prevalência , o estudo sobre pênfigo vulgar torna-se
imprescindível, haja vista que sua complicações podem levar a morte, além de serem
altamente dolorosas.Aspectos que foram constatados por meio do acompanhamento
clinico dos pacientes portadores de lesões de pênfigo vulgar ;
Verificou-se também por meio do trabalho de pesquisa o déficit de estudos
conclusivos acerca de tratamento e características epidemiológicas como prevalência
relacionada a gênero.
Materiais e métodos
As atividades de pesquisa do projeto incluíram além do levantamento epidemiologico,
confecção de material informativo e construção de banco de dados para armazenar as
informações coletadas. Os pacientes que tiveram suas fichas levantadas foram
acompanhados, a fim de avaliar estágios da doença, tais como tratamento, alterações
bucais decorrentes deste e estados de proservação. Posteriormente foi feita a coleta das
fichas clínicas dos pacientes atendidos no Centro de Referência em Lesões Bucais. Em
seguida foram elaborado de material informativo, que foram um folder e um cartaz onde
o público alvo foi o cirurgião dentista.
O projeto será divulgado no CONAO (Congresso Nacional de odontologia da UNIME)
e o JOBA(Jornada de odontologia da Bahiana), através de apresentações em painel e
tema livre.
O estudo foi desenvolvido na cidade de feira de Santana no Centro de
Referência de Lesões Bucais da UEFS com o âmparo do Núcleo de Câncer Oral da
UEFS , onde foi apreciada uma amostra da população da referida cidade, contudo o
1113
estudo contou também com indivíduos das regiões vizinhas, por ser o referido centro de
apoio metodológico referência no diagnostico e tratamento de lesões em boca.
Os instrumento de coleta de dados utilizados para a elaboração da revisão de
literatura basearam-se em bibliografia atual, por meio de uma exaustiva revisão,
através dos bancos de dados disponíveis (CAPES, MEDLINE, PubMed e outros),
levando em consideração todas as questões que envolvem o tema, como, etiologia,
epidemiologia, diagnóstico, tratamento e acompanhamento. Já para o levantamento das
informações epidemiológicas, o instrumento de coleta foram as fichas clínicas dos
pacientes com diagnóstico de pênfigo vulgar , atendidos no CRLB/UEFS, no período de
2005 a 2010.
A partir dos prontuários, também foram obtidos dados sócio demográficos,
referentes à idade, sexo e cor dos pacientes, para possível analise de sua relevância na
analise dos resultados obtidos. Os dados foram analisados, levando-se em conta os
diagnósticos e os fatores relacionados.
Resultados e/ou discussões
A partir dos artigos e levantamento dos prontuários.
Foram encontrados 230 artigos dos quais foram selecionados 53 através da
leitura e avaliação do resumo. Para confecção da revisão de literatura da pesquisa foram
usados 21.
Foi realizado levantamento das informações epidemiológicas, utilizando as
fichas clínicas dos pacientes com diagnóstico de pênfigo vulgar, atendidos no
CRLB/UEFS, no período de 2005 a 2010. Foram constatados nos prontuários, que
haviam 4 casos diagnosticados, sendo que 3 eram mulheres e apenas um homem, com
faixa etária média foi de 52,75 .As lesões localizavam-se por toda a mucosa oral e
lábios em todos os casos, exceto em um onde era localizada no ventre lingual.
Considerações finais
O levantamento clínico-patológico torna-se um instrumento de importância
clínica para detectar os casos de pênfico vulgar, considerada uma patologia que quando
não tratada pode levar a morte. O diagnóstico precose realizado pelos cirurgiõesdentistas assume um importante passo frente a qualidade de vida desses pacientes.
1114
Referencias
Angelini G, Bonamone D, Lucchese A, Favia G, Serpico R, Mittelman A et al. Preliminary data on
Pemphigus vulgaris treatment by a proteomics-defined peptide: a case report. Journal of Translational
Medicine; 2006; 4(43).
Ferreira, F. A.; Filippini, P. A.; Beltrame, M.; Guirra, F. R.; Barreto,M. P. ;Manifestações Bucais dos
Pênfigos Vulgar e Bolhoso. Odontologia. Clín. -Científic., Recife, 8 (4) 293-298, out./ dez., 2009
Miziara I.D., Filho J.A.X., Ribeiro,F. C., Brandão,A. L. Acometimento oral no pênfigo vulgar. Revista
Brasileira De Otorrinolaringologia 69 (3) Parte 1 Maio/Junho 2003
Moleri A.B., Jordão M.B.,. Ribeiro D. M.C.,. Moreira L.C., Lesões Orais Do Pênfigo Vulgar: A
Importância Do Diagnóstico Precoce; Acta Scientiae Medica_On line Vol. 1(2): 72-79; 2008
Nunes LGR, Moresco RV, Marley G, Silva CB, Matesanz PP. Pênfigo vulgar: Caso clínico. Av.
Odontoestomatol.; 2005; 21(4);189-193.
Robinson JC, Lozada-Nur F, Frieden I. Oral pemphigus vulgaris: a review of the literature and a report on
the
Management of 12 cases. Oral Surg Oral Med Oral Pathol; 1997; 84(4):349-55.
Santos T.S., Piva M.R., Kumar P.N., Filho P.R.S.M., Reinheimer D.M., Acevedo C.R., Importância do
cirurgião-dentista no diagnóstico precoce do pênfigo vulgar
;RGO, Porto Alegre, v. 57, n.3, p. 351-355, jul./set. 2009
Sousa FACG, Brandão AAH, Almeida J, Cabral LAG. Importância do conhecimento do pênfigo vulgar
pelo cirurgião-dentista. Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent; 2005; 59(2):122-6.
Moleri A.B., Jordão M.B.,. Ribeiro D. M.C.,. Moreira L.C., Lesões Orais Do Pênfigo Vulgar: A
Importância Do Diagnóstico Precoce; Acta Scientiae Medica_On line Vol. 1(2): 72-79; 2008
Fly UP