...

Buracos, mato, obras em atraso e dívida com a Light

by user

on
Category: Documents
5

views

Report

Comments

Transcript

Buracos, mato, obras em atraso e dívida com a Light
29 de Abril a 6 de Maio de 2016 | Edição 275 | Ano 5 | Distribuição Dirigida
Buracos, mato, obras em
atraso e dívida com a Light
Enviada por internauta
Ônibus fica atolado em buraco no Padre Josimo. A situação da manutenção das ruas de praticamente todos os bairros tem o mesmo retrato
ENQUANTO ISSO...
Neto confirma passeio de cerca de R$ 2,4 milhões
Páginas 6 e 7
Metalúrgico que sofreu acidente no
interior da CSN tem pernas amputadas
Página 5
Atividades mobilizam a população de
Rio Claro para conscientização do autismo
Página 4
2
NOTAS
NOTAS
Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016 | www.folhadoaco.com.br
FERRINHOS
Balela I
O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) insiste na
conversa de que "as obras da
Arena Esportiva estão a todo
vapor". A realidade é que o serviço estava paralisado, mas a
empresa Zaquieu Arquitetura e
Construção acabou cedendo
aos apelos do chefe do Executivo e os trabalhos foram retomados.
Balela II
A prefeitura divulgou que a
pista de atletismo da Arena
Esportiva recebeu modificações e reparos. A verdade é
que a referida pista foi construída no início da obra e teve uso
indevido, causando estragos na
mesma.
Balela III
A projeção da prefeitura é de
que a obra da Arena esteja
pronta entre junho e julho. É
que ela seria usada para atender a uma delegação Paralímpica, que após visita teria demonstrado interesse em utilizar
as instalações para o processo de aclimatação. A verdade é
que a obra anda a passos lentos. Inclusive, a empresa Zaquieu deve se retirar da obra
nos próximos dois meses. O
Palácio 17 de Julho, inclusive,
já teria acertado com outra
empreiteira a conclusão dos
serviços. A data prevista para a
inauguração será antes de o
prefeito Neto deixar o cargo, ou
seja, até o dia 31 de dezembro.
Balela IV
O prefeito Neto afirmou em
um programa de rádio que "a
culpa pelos atrasos são de
empresas que colocam o preço lá embaixo e depois acabam não conseguindo realizar
a obra, pois eles ficam querendo aditivos". A verdade é que a
prefeitura de Volta Redonda dá
aditivo, sim. Outra verdade, é
que o município não comtempla as obras com Benefícios e
Despesas Indiretas (BDI), que
é o elemento orçamentário destinado a cobrir todas as despesas que, num empreendimento (obra ou serviço), segundo
Divulgação
Briga de foice
A vice-prefeita de Pinheiral, Patrícia Rivello Garcia
(PPS), declarou apoio à candidatura de Ednardo Barbosa
(PMDB). Em março, ela anunciou seu rompimento político
com o prefeito José Arimathéa (PSB). A declaração
aconteceu durante uma reunião realizada na noite de
quarta-feira (dia 27). Aliás, subiu para 12 o número de partidos que passaram a apoiar
a pré-candidatura de Ednardo
à prefeitura. O blocão é composto por PMDB, PP, PSD, PV,
DEM, PEN, PSDC, PTB, PSC,
PPS, PDT e PPL.
critérios claramente definidos,
classificam-se como indiretas
(por simplicidade, as que não
expressam diretamente nem o
custeio do material, nem o dos
elementos operativos sobre o
material - mão-de-obra, equipamento-obra, instrumento-obra
etc.) e, também, necessariamente, atender o lucro, jogando o preço para baixo.
Balela V
Como exemplo, o prefeito
Neto usou a obra do Hospital
Regional, que já está atrasada
há mais de três anos e meio.
O valor inicial foi de R$ 49 milhões e a empresa pediu o
boné e foi embora. Atualmente,
o valor do serviço passa de R$
70 milhões, e vários aditivos foram concedidos pelo município.
Aliás I
O prefeito acabou de conceder mais um aditivo, no valor de R$ 115 mil, referente à
construção do Hospital Regional, em favor de uma das empresas contratadas sem licitação. Neto afirmou na mídia que
os serviços serão entregues
em outubro. Funcionar mesmo, só Deus sabe quando.
Eleições I
Para tentar manter parte de
seu grupo no poder, o prefeito
Neto estaria disposto a tentar
fazer uma composição com o
deputado estadual Edson Albertassi, lançando o vice na pro-
vável chapa da vereadora América Tereza (PMDB). Os nomes
mais cotados seriam os do engenheiro Sebastião Faria e do
vereador Neném, ambos do
PSB, além do deputado Deley
de Oliveira (PTB).
Eleições II
O sindicalista Carlinhos
Santana também sonha com a
vaga na chapa de Tereza.
Emenda I
Atendendo a uma solicitação do vereador Jorginho Fuede (PRB), o deputado federal
Hugo Leal (PSB) conseguiu a
liberação de uma emenda no
valor de R$ 299 mil para o município de Volta Redonda. O recurso, já foi liberado pelo governo federal, terá que ser integralmente destinado para a área
de atenção básica à saúde.
Emenda II
Jorginho, inclusive, pretende
trabalhar para que a verba seja
aplicada na construção de uma
Unidade Básica de Saúde da
Família no bairro Limoeiro.
"Existe um terreno do município, nas proximidades das
ruas César Lattes e Dr. Moacir Paula Lobo, que pode ser
utilizado para a construção da
UBSF, que atenderia além dos
moradores do Limoeiro, como
também de toda a região,
como Vila Mury, Retiro e Jardim Primavera", destacou o
parlamentar.
idades serão oferecidas no local. Os eventos serão abertos
ao público e as pré-inscrições
para as palestras do Mapa
Estratégico do Comércio devem ser feitas por meio do site
www.mapadocomerciorj.com.br.
Capacitar I
Mapa I
O Sistema Fecomércio RJ
realiza, nos dias 5 e 6 de
maio, em Volta Redonda, o terceiro encontro regional do
Mapa Estratégico do Comércio, um levantamento que embasa as propostas para o
crescimento sustentável do
setor no Estado do Rio de Janeiro, no período de 2015 a
2020. Esta será a quarta edição dos encontros e a primeira na região do Médio Paraíba.
As conferências começaram
na Costa Verde, em Angra dos
Reis, no final de março, seguiram para Miguel Pereira e Três
Rios, em abril, e irão percorrer
ao longo do ano, as demais
regiões do estado
.
Mapa II
No evento de Volta Redonda serão realizados diversos
painéis com formadores de opinião e jornalistas como Merval
Pereira, Giuliana Morrone, Lília
Teles, George Vidor, Cristiana
Lobo, Sérgio Abranches, Flávia
Oliveira, Marcelo Neri, Sonia
Araripe, Flavio Fachel e Antônio Gois. Junto com o encontro, que acontecerá na no Hotel Bela Vista, o Sistema também levará serviços do Sesc
RJ e do Senac RJ para a população com o evento Base de
Ação Social e Educativa Base S, ao Ciep 299 Julio Caruso, entre os dias 3 e 8 de
maio. Cursos e as atividades
socioculturais para todas as
Pessoas com deficiência
podem se inscrever até 11 de
maio para o processo seletivo do Programa Capacitar
PCD, realizado pela CSN em
parceria com o Senai. São 50
vagas para o curso de operador siderúrgico e 25 para o
curso de auxiliar administrativo. O curso é totalmente gratuito e os candidatos aprovados no processo seletivo recebem bolsa auxílio. Após a conclusão, poderão ser contratados pela CSN. As inscrições
são limitadas e devem ser feitas presencialmente no Senai
do Aero Clube, em Volta Redonda, de segunda à sextafeira, das 9 às 18h. Para realizar o processo é necessário
que os candidatos tenham no
mínimo 18 anos e apresentem
cópia da identidade (RG), do
CPF e laudo médico externo,
contendo o CID, para a comprovação da deficiência.
Capacitar II
O objetivo do curso de Operador Siderúrgico é capacitar
profissionais para atividades de
auxílio e operação nos processos siderúrgicos da CSN. O
curso de Auxiliar Administrativo com Ênfase em Vendas e
Logística prepara profissionais
para atividades de auxílio administrativo, podendo atuar
com vendas e logística na
Companhia.
Capacitar III
A primeira etapa do processo, uma prova escrita (Português/Matemática), será em 14 de
maio, às 9h. O curso tem a
previsão de início no dia 27 de
junho e as aulas acontecerão
durante o dia. As inscrições
podem ser feitas na Rua Pedro
Lima Mendes, 490, no bairro
Aero Clube, pelo telefone (24)
33569300 ou no site da CSN
(www.csn.com.br).
www.folhadoaco.com.br | Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016
GERAL
Projeto “Teatro Itinerante”
realiza apresentações em
Volta Redonda
O município de Volta Redonda recebeu entre os dias 24 de
fevereiro e 5 de abril, a 2ª edição do o projeto “Teatro Itinerante”. Pessoas de diferentes idades tiveram acesso à oficina de
teatro “Confabulando Histórias”
e apresentações do espetáculo
“A Fabulosa Confabulada Fábula”, ambas da Cia Cordão Popular de Barra Mansa.
De acordo com os organizadores, o projeto cumpriu o objetivo principal de oportunizar e
democratizar o acesso ao teatro nos bairros menos favorecidos do município, além de ter
contribuído para despertar no
jovem o interesse pelo teatro,
uma das mais importantes manifestações culturais, capaz de
modificar o indivíduo e o meio
em que vive. A capacitação da
mão-de-obra de educadores, futuros educadores e outros interessados, por meio de oficinas,
é outro a ser destacado.
O “Teatro Itinerante” foi realizado pelo Planeta Show, com
patrocínio da Light, do Ministé-
rio da Cultura e da Lei de incentivo a Cultura. Segundo os organizadores, existe ainda para
este ano a previsão de uma
nova edição do projeto acontecer em Volta Redonda e na região.
Lar Vovó Ássima e Vovô Elias Zarur oferece
atenção e solidariedade aos idosos
A Legião da Boa Vontade
dedica aos idosos uma atenção
especial, trabalhando para que
tenham seus direitos garantidos
e incluindo a família nesse atendimento. No Lar Vovó Ássima e
Vovô Elias Zarur, a LBV, em Volta Redonda, oferece aos atendidos todo o carinho e a atenção que merecem, visando uma
Terceira Idade mais ativa. A Instituição conta com o apoio de
uma equipe multidisciplinar formada por médico, enfermeiros,
nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo, assistente social, educador social, cuidadores, cozinheiros, motoristas, entre outros
profissionais capacitados, que
trabalham diuturnamente para
garantir o bem-estar, a saúde e
a segurança dos idosos amparados.
Na parte nutricional, por
exemplo, a entidade oferece
seis refeições diárias, compostas por alimentos naturais, frutas, legumes e verduras. Além
disso, a maior parte dos alimentos é preparada a vapor
A carta dos artistas
de Volta Redonda
Por Adelson Vidal Alves
Espetáculo teatral fez alegria das crianças
para preservar seus nutrientes
e vitaminas e feitas com pouco sal e açúcar, a fim de combater a hipertensão e diabetes.
Essa atenção redobrada da alimentação contribui para que os
idosos tenham uma boa saúde.
Cardápio saudável aliado à
prática de exercícios físicos,
receita correta para uma boa
qualidade de vida. Assim, os
idosos atendidos pela LBV realizam diariamente exercícios
físicos, a fim de que fortaleçam
a musculatura e os ossos. A
parte preventiva dos idosos é
trabalhada por um fisioterapeuta para evitar quedas e melhorar a autoestima dos mesmos.
Acompanhamento integral
Se o cuidado com a saúde
do corpo é necessário, a LBV
não dispensa ações que beneficiam e estimulam a mente,
possibilitando o bom convívio
entre os participantes. As atividades com artes manuais,
por exemplo, os deixam felizes, além de interagirem em
grupo. Para exercitar o cérebro,
atividades musicais e jogos
como dama, dominó e outros,
também são muito apreciados.
“O tratamento que a LBV oferece é o amor ainda mais voltado para o idoso, alguns muitos dependentes por falta de
convívio dos parentes. Então, a
gente tenta suprir essa carência”, conta Tiago Martins, chefe de enfermagem do Lar Vovó
Ássima e Vovô Elias Zarur.
Em Volta Redonda, o Lar
Vovó Ássima e Vovô Elias Zarur, da Legião da Boa Vontade,
estão localizado na Avenida
Nossa Senhora do Amparo, no
bairro Santa Rita do Zarur. Informações pelo telefone: (24)
3344-2100.
3
Uma carta de artistas de
Volta Redonda e região contra o impeachment, publicada
no último dia 16 de abril em
um jornal de circulação diária
no Sul Fluminense, recebeu
várias críticas, mas também
adesões. O documento acusava um "Golpe do Judiciário"
contra Dilma, e pedia união de
todos pela democracia. O texto é recheado de contradições e equívocos.
A começar pela acusação de "Golpe do Judiciário",
quando o impeachment é
prerrogativa constitucional
do Congresso Nacional, e o
Supremo Tribunal Federal
apenas fez por estabelecer o
rito do julgamento, não tendo poder para reverter a decisão que será sacramentada no Senado. Fala-se ainda em julgamento de exceção, quando todo o caminho
processual respeitou as determinações do STF e da
Carta Magna, com direito a
ampla defesa.
De forma bisonha, ainda,
falam que direitos estão
ameaçados, como o de expressão e organização. Mas
de onde, raios, tiraram isso?
E pior, alardeiam a perda de
direitos sociais em um eventual governo Temer. O que
dizem tais artistas sobre o
retrocesso que o governo Dilma aplicou no seguro-desemprego, no seguro-defeso
e na pensão das viúvas? O
que dizem sobre a redução
de investimentos nas universidades, muitas delas à beira de
fecharem as portas? O que dizem eles sobre a inflação, o
desemprego e a falta de reformas estruturais? Os direitos
que eles reclamam já estão
sob risco em todos os governos petistas, todos eles parceiros de banqueiros, latifundiários e grandes empresários.
O mais absurdo, no entanto, é quando pede-se o fim da
corrupção e acusa-se o juiz
Sérgio Moro de "marionete da
burguesia nacional". Patético.
Só cegos e cínicos não enxergam a importância da Operação Lava-Jato no Brasil, que
colocou na cadeia dezenas de
criminosos de colarinho branco, e que promete reformular
a relação das instituições do
país, a exemplo da Operação
Mãos Limpas, na Itália. Mas
o objetivo da carta não é defender democracia, mas um
governo e um partido, por isso
o ódio a Moro.
A tristeza é saber que homens e mulheres que deveriam prezar pelo bom debate
se prestam ao ridículo de
apresentarem um documento
tão raso politicamente, cheio
de erros grosseiros que põe
a nu a total ignorância no assunto, mais parecendo um
panfleto rascunhado com informações da Wikipédia.
Para mim, fica claro mais
um dos tantos danos petistas
a política nacional: a cooptação de setores inteiros da sociedade para dentro do status quo, transformando-os em
soldados de uma fantasia esdrúxula convertida em narrativa política. Os artistas de
Volta Redonda se prestaram
a esse papel.
Adelson Vidal Alves
é historiador
EXPEDIENTE: C M DE LIMA FILHO
Jornais e Revistas
Inscrição Municipal: 052727009 :: CNPJ: 13.018.923/0001-12
Endereço: Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301, Ed. Maria Yabrudi - Aterrado ::
Telefone: (24) 3338-8341 | E-mail: [email protected]
Diretor: Claro Mariano :: Editor Responsável: Luiz Eduardo Passos.
Gráfica: Diário do Vale. | Tiragem: 5.000. :: Distribuição: Semanal
Os artigos publicados no jornal Folha do Aço não refletem, necessariamente, a opinião do jornal.
4
RIO CLARO
Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016 | www.folhadoaco.com.br
Atividades mobilizam a população de Rio
Claro para conscientização do autismo
Lúcia Teixeira
Uma caminhada e diversas
atividades na Praça Fagundes
Varela marcaram a comemoração do Dia Mundial da Conscientização do Autismo no
município de Rio Claro. O
evento foi realizado no dia 19
de abril pela Associação dos
Direitos da Pessoa com Deficiência de Rio Claro (ADPDRC), com apoio das secretarias municipais de Saúde, por
meio do Serviço de Integração Mental e Social (Simes),
de Assistência Social e Direitos Humanos, de Educação,
de Cultura, do Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente e do
grupo dos Alcoólicos Anônimos de Lídice.
De acordo com a presidente da ADPD-RC, Ioná Sampaio, o objetivo foi mobilizar a
população do município sobre
a questão da pessoa com deficiência e orientar sobre o autismo, que ainda é pouco co-
nhecido. "A Associação ajuda
a esclarecer, integrar e divulgar
que não existe diferença. Somos todos iguais", salientou.
A coordenadora do Simes, Heraika Vargas, informou que a
cada 250 crianças uma pode
desenvolver autismo. "Os pais
precisam estar atentos ao
comportamento da criança,
pois, se o autismo for diagnosticado cedo, a qualidade de
vida da criança melhora muito", destacou Vargas.
Rio Claro conta com equipe multifuncional qualificada
para atender os autistas e trabalha, inclusive, com familiares, por meio da formação de
grupos. Quem quiser conhecer
o trabalho da ADPD-RC pode
procurar a equipe no Espaço
Cultural de Lídice, toda primeira quarta-feira do mês, a partir das 18h. Já o Simes funciona na Avenida João Batista
Portugal, 367, Centro, Rio Claro, de 8h às 17h.
Defesa Civil de Rio Claro
realiza campanha Zika Zero
A Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, órgão da secretaria
estadual de Saúde, divulgou
que no período de 1º de janeiro a 23 de abril de 2016 foram
notificados 49.150 casos suspeitos de dengue no estado
do Rio de Janeiro, com quatro óbitos confirmados. As notificações foram compiladas a
partir de dados inseridos no
sistema pelos municípios de
todo o estado. No mesmo período, no ano passado, foram
registrados 28.606 casos suspeitos de dengue no estado.
No ano inteiro de 2015, foram
71.791 casos suspeitos de
dengue no estado do Rio de
Janeiro, com 23 óbitos.
No município de Rio Claro, a prefeitura segue em alerta no combate ao mosquito
Aedes aegypti. Atividades envolvendo diferentes setores da
administração municipal e da
sociedade estão sendo realizadas periodicamente. No iní-
cio de abril, por exemplo, a
Coordenadoria de Defesa Civil (Comdec) participou das
ações da Campanha Zika
Zero, realizada no Colégio
Estadual Presidente Benes,
em Lídice. A campanha buscou alertar sobre a prevenção
da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.
A iniciativa partiu da Coordenadoria Regional de Defesa
Civil da Região Sul do Estado do Rio de Janeiro (RedecSul), com o enviou de Bombeiros Militares para orientar
os estudantes sobre como eliminar os possíveis focos, limpar o quintal e retirar água
parada, com objetivo de impedir a proliferação do mosquito. A Comdec de Rio Claro foi
representada pelo agente voluntário Ivan Portugal, que auxiliou na condução dos trabalhos. Houve distribuição de
material informativo, com linguagem facilitada, para os alunos do Ensino Fundamental.
Atividades tiveram como objetivo conscientizar a população sobre o autismo
Incra reconhece território
de comunidade quilombola
de Rio Claro
Após o Ministério Público
Federal (MPF) em Volta Redonda expedir recomendação
e propor ação civil pública, o
Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)
editou a Portaria nº 172, de 19
de abril de 2016, que reconhece e declara como terra da
comunidade remanescente do
quilombo Alto da Serra do Mar
uma área de 327,19 hectares
situada no município de Rio
Claro. A portaria foi editada
com base em relatórios da autarquia e assegura o prosseguimento imediato da titulação
de 211 hectares.
A parte restante levará em
consideração a proposta de
gestão compartilhada, junto ao
Instituto Estadual do Ambiente (Inea), de uma área sobreposta ao Parque Estadual do
Cunhambebe. O processo
está sendo acompanhado pelo
MPF em conjunto com os quilombolas. "A medida constitui
um passo importante para a ti-
tulação do território, mas é necessário superar as novas etapas, que são discutidas na
ação civil pública. É preciso
fazer o levantamento fundiário
e promover os atos de desapropriação, culminando com a
concessão do titulo coletivo de
propriedade à comunidade",
disse o procurador da República Julio José Araujo Junior, responsável pela recomendação.
Entenda a ação
O MPF moveu ação civil
pública contra o Incra e a
União Federal, pedindo a conclusão do processo administrativo de regularização fundiária e demarcação do território da comunidade remanescente de quilombo do Alto da
Serra do Mar, localizada em
Lídice, distrito de Rio Claro. A
ação pede que o Incra finalize
a fase de análise de contestações e delibere sobre os recursos apresentados quanto ao
processo referente à comunidade quilombola do Alto da
Serra em 30 dias e que realize, em prazo máximo de um
ano, a conclusão do processo
administrativo de titulação das
terras ocupadas pela comunidade.
O MPF ainda pede que a
União realize, após a conclusão do processo administrativo
pelo Incra, os atos de desapropriação necessários para a
transferência da propriedade à
comunidade em questão. De
acordo com a ação, há demora do Incra e da União em concluir o processo administrativo,
que já perdura há 10 anos, o
que tem causado danos à comunidade. "A cada ano os problemas agravam-se no local,
uma vez que as terras do quilombo vêm sendo alvo também
de suposta venda ilegal de lotes, com iminência de conflito
na região. Pessoas que se dizem proprietárias das terras
têm vendido lotes na área quilombola", descreveu o procurador da República Julio Araujo.
VOLTA REDONDA
www.folhadoaco.com.br | Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016
5
Metalúrgico ferido em incêndio na área da
Zincagem da CSN tem pernas amputadas
Foi confirmada durante a
semana a amputação das
pernas do metalúrgico Renan
Martins de Castro, de 29
anos. Ele foi um dos quatro
trabalhadores da Companhia
Siderúrgica Nacional (CSN)
feridos no incêndio ocorrido
na noite do dia 25 de março,
após explosão da tubulação
de gás do setor de Zincagem
(LCZ 1), na Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda. Renan, que tem 11 anos
de empresa, segue internado
em estado grave no Hospital
Oeste D'Or, na Zona Oeste
do Rio de Janeiro, onde deu
entrada com 28% do corpo
queimado.
Há duas semanas, o metalúrgico sofreu complicações
no pulmão, resultando em
uma embolia pulmonar. Os rins
também foram afetados. O
metalúrgico necessitou receber transfusão de sangue. In-
clusive, uma campanha de doação foi organizada por amigos
e familiares. Um ônibus foi disponibilizado para transportar
até o Rio de Janeiro os interessados em doar. Os outros
dois feridos que permanecem
internados no Hospital Oeste
D'Or são Dênis da Silva, de 38
anos, e Aluenio Francisco Alves, de 32 anos.
A única vítima fatal foi Wanderley Vieira dos Santos, de
38 anos. O metalúrgico, que
teve mais de 70% do corpo
queimado, permaneceu durante 19 dias internado no Hospital Oeste D'Or, onde morreu no
dia 13 de abril. Funcionário da
CSN durante três anos, Wanderley era natural de Guiricena, na Zona da Mata mineira.
Ele deixou mulher e um filho
de 5 anos. As causas do acidente seguem sendo apuradas
pela CSN e o Sindicato dos
Metalúrgicos.
Empresa paga PPR e
negociação salarial deve
começar na próxima semana
Em meio à tensão, em decorrência da sequência de acidentes, uma boa notícia para
os metalúrgicos da CSN. A crise financeira que atingiu o
país não impediu que os trabalhadores recebessem o pagamento do Programa de Participação nos Resultados
(PPR). A liberação do dinheiro
aconteceu na quarta-feira (dia
27). Mas como nem tudo são
flores, os trabalhadores tiveram direito apenas a 50% da
meta. O que significa dizer
que, na prática, a maioria dos
empregados recebeu um salário, em média.
As negociações sobre o
acordo salarial, porém, seguem sem avançar, apesar da
data-base, conforme convenção, encerrar no dia 1º de
maio, ou seja, neste domingo.
Nos últimos dias não houve
reunião de entendimento entre
o Sindicato dos Metalúrgicos
e os representantes da CSN.
A Folha do Aço apurou que
a direção da empresa preferiu
tratar da pauta de reivindicação
da categoria (com dez itens)
somente após o pagamento
da PPR. Agora, com o dinheiro depositado, a expectativa é
que um encontro ocorra na
próxima semana.
Entre os itens da pauta,
estão o reajuste salarial com
base no INPC, mais aumento
real, reajuste no valor do cartão-alimentação e no piso salarial, além de manter cargas
extras no cartão alimentação,
incluir a cobertura de ortodontia no plano odontológico e
mudar os critérios e aumentar
o valor da PLR
Acidente no Alto-Forno 3
Na segunda-feira (dia 25), a
CSN registrou o seu terceiro
acidente em período de um
mês, o quinto em 2016. Dois
trabalhadores ficaram intoxicados ao inalarem fumaça provocada durante o processo de
retomada na Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda,
das operações do Alto-Forno
3, que passava por uma manutenção programada de 10
dias. O operário Erivelton de
Almeida de Araújo, de 38
anos, precisou ser levado para
o Hospital Vita, onde ficou em
observação, sendo liberado no
mesmo dia.
De acordo com um comunicado da assessoria de comunicação da empresa, "ocorreram emissões fugitivas no
equipamento". A CSN informou
ainda que "o problema foi controlado e os órgãos ambientais imediatamente comunicados".
Anterior
Acidentes têm sido frequentes nos últimos quatro meses
na Usina Presidente Vargas.
Um dos casos mais recentes
aconteceu na madrugada do
dia 14 de abril. A vítima foi Tarcísio Pereira, que sofreu queimaduras de primeiro grau, em
Emissões fugitivas no equipamento assusta trabalhadores
consequência de um princípio
de incêndio ocorrido na Coqueria. O metalúrgico foi socorrido e levado para o Hospital
Vita, de onde recebeu alta no
final da manhã do mesmo dia.
No dia 13 de janeiro, os
mecânicos Fernando Moreira e
Nelson Gil Gomes também
sofreram ferimentos quando
estavam em uma ponte que
atende o conversor da Aciaria.
Nove dias depois, um novo acidente. O colaborador da empreiteira RIP Serviços, Thiago
Anacleto Lobão, de 29 anos,
teve o corpo queimado no rosto e nos membros inferiores
quando fazia o reparo de uma
das baterias da Coqueria.
Dia D da vacinação contra Influenza
H1N1 em BM será neste sábado
A secretaria de saúde de
Barra Mansa realiza neste
sábado (dia 30), o Dia D de
vacinação contra a Influenza
H1N1. A expectativa é de
que aproximadamente sete
mil pessoas sejam vacinadas, entre crianças de seis
meses a 4 anos 11 meses
e 29 dias; grávidas em qualquer período gestacional;
mulheres no período pós-
parto; idosos e pacientes renais crônicos. Todos os 44
postos de saúde do município
estarão atendendo os moradores, a partir das 8h.
Segundo a prefeitura, cerca de 200 profissionais da
área da saúde vão atuar durante todo o dia no atendimento à população. "Para receber a dose, o morador precisa apresentar o cartão de
vacinação e, em caso de doentes crônicos, o atestado
médico que comprove a necessidade da vacina. Mães
que deram a luz há menos de
45 dias foram incluídas na
campanha, basta apresentar o
documento que comprove", informou Marlene Fialho, coordenadora da Divisão de Imunização da secretaria municipal de Saúde.
6
VOLTA REDONDA
Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016 | www.folhadoaco.com.br
Dinheiro de viagem da terceira idade daria
para construir mais três UBSF em VR
Com cinco meses de atraso, após ser contratado por R$
18 mil para ser uma das atrações do Réveillon da curva do
Rio Paraíba do Sul, no bairro
Aero Clube, e no final das contas não comparecer, o cantor
Dominguinhos do Estácio finalmente se apresentou em Volta Redonda. O show, promovido na tarde de sexta-feira (dia
29), na Ilha São João, marcou
a retomada oficial do projeto
de viagens dos "velhinhos" do
programa da Melhor Idade,
mantido pela prefeitura. O destino escolhido, conforme a Folha do Aço anunciou em primeira mão, será Teresópolis,
município da Região Serrana
do Rio.
A prática da política populista, aliás, é uma das marcas
da administração do prefeito
Antônio Francisco Neto. Mesmo utilizando a queda nas receitas para justificar a inércia
de sua gestão, o peemedebista segue sem poupar quando
o assunto são eventos e passeios. Com a organização do
Carnaval, por exemplo, o município gastou cerca de meio
milhão de reais. Para a viagem
da terceira idade serão empregados mais R$ 2,4 milhões.
Com esse dinheiro seria possível, por exemplo, construir
No palco do lançamento da viagem da Terceira Idade:
Faria, Munir e Neto
pelo menos mais três Unidades Básicas de Saúde da Família (USBF), nos mesmos
moldes da que está sendo erguida no São Sebastião, bairro da periferia da cidade do
aço. Para variar, a obra, orçada em R$ 753 mil, está parada. Sobraria ainda dinheiro
para cuidar da rede de esgoto
também do bairro São Sebastião, que por falta de investimento, está sendo despejado
in natura em um córrego, causando mau cheiro e colocan-
do em risco a saúde da comunidade.
No caso da viagem da terceira idade, a maior parte do
dinheiro será para o pagamento da empresa prestadora dos serviços de atividade
turística, cultural e de lazer
com hospedagem, alimentação e baile. A G&G Turismo,
nome fantasia da Leal Almeida Turismo, empresa vencedora da licitação, receberá
R$ 1,989 milhão pelo trabalho. Outros R$ 425 mil serão
utilizados para o transporte
dos "turistas". A licitação
para a escolha da empresa
está marcada para o dia 9 de
maio. Segundo consta no edital de licitação, o valor unitário pelo aluguel do ônibus
(que precisa ter no máximo
quatro anos de uso) sairá por
R$ 2.300,00. Estão previstas
185 viagens entre a cidade do
aço e Teresópolis.
O pessoal da melhor idade
será dividido em grupos, que
começarão a viajar no dia 9 de
maio. No Hotel Le Canton, local da hospedagem, os cerca
de 8.500 visitantes serão recebidos com um almoço especial, à noite participaram de um
jantar, seguido de baile com
música ao vivo. Já no segundo dia, após o café da manhã,
realizam atividades, almoçam
e retornam no início da tarde
para Volta Redonda.
Parceiros
Para anemizar as críticas
da opinião pública, o prefeito
Neto divulgou em um programa
de rádio que a viagem está
sendo possível graças a empresas parceiras. A Folha do
Aço apurou que pelo menos
três delas são prestadoras de
serviço para o município. São
elas: a empresa de lixo Green Life, que teve o seu contrato mais uma vez prorrogado
sem licitação; a empresa de
merenda escolar, responsável
pela merenda escolar das escolas da rede pública; e a Haztec, que cuida do tratamento
do lixo urbano recolhido na cidade.
Evandro Freitas
Esgoto é jogado no rio que passa pelo bairro
Por outro lado... ônibus fica atolado em cratera no Padre Josimo
Enquanto a crise financeira parece não ter atingido os
cofres do Palácio 17 de Julho
quando o assunto é investimento na área de eventos, outros setores da municipalidade
sofrem com o abandono. O
desaso do poder público tem
colocado em risco, inclusive a
segurança da população. Na
tarde de terça-feira (dia 26), por
exemplo, um ônibus da Viação
Sul Fluminense ficou atolado
quando passava pela Rua 24,
no Padre Josimo.
Moradores não se conformam com o tratamento dispensado ao bairro pelo governo do prefeito Neto. "Nem varredor de rua tem por aqui. A
gente se sente isolado", afir-
mou a dona de casa Ana Paula
Nascimento. "Pior que na hora
da eleição o prefeito e a sua
turma aparecem por aqui", disse a moradora da Rua 24, próximo do buraco em que o ônibus ficou atolado. Opinião semelhante tem o autônomo
Cosme Batista Feitosa. "Isso
aqui virou uma bagunça. O prefeito acabou. Mas chega a
eleição, e ele aparece novamente", disparou.
As principais reclamações
dos moradores estão relacionadas aos buracos, o forte
cheiro do esgoto, a falta de
conservação das calçadas e
do mato alto que tomou os
fundos da Escola Municipal
Palmares, abrigando possíveis
criadouros do mosquito Aedes
aegypti, transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. "Falam tanto de dengue, mas água acumulada e
matagal provoca doença. Só
que ninguém toma uma providência", disparou o aposentado Natanael Porto Santana.
Na Rua 13 de Novembro o
problema é outro. A população está sendo obrigada a
conviver há dois meses com
o vazamento de água em
dois imensos buracos na altura do número 395. "Tem
hora que isso aqui parece até
um chafariz. Um dia desses,
por exemplo, uma senhora
deficiente, ao tentar desviar
do buraco, caiu no chão.", re-
velou o aposentado Ademir.
"Já liguei várias vezes para o
Saae, eles enviam uma equipe, que mexe na rede, mas
não solucionam o problema de
forma definitiva", completou o
também aposentado José
Luiz de Oliveira.
Evandro Freitas
Morador mostra, indignado, estado de uma das ruas
VOLTA REDONDA
www.folhadoaco.com.br | Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016
7
Com abandono da prefeitura, voluntários
revitalizam calçadão no bairro Santa Cruz
Reprodução do Facebook
Sempre que surge uma oportunidade, o prefeito Antônio Francisco Neto
afirma em seus discursos que seu governo é notabilizado "pelo respeito
com o dinheiro público". O excesso de
zelo com os cofres públicos, se é que
ele existe de fato, acaba expondo outra faceta da gestão do peemedebista: a política do pão e circo. Afinal, não
faltam recursos para promover eventos, como o Carnaval, quando a prefeitura gastou cerca de meio milhão de
reais com estrutura e contratação de
atrações musicais. Já para a manutenção de espaços públicos, a grana
parece escassa.
Com a falta de investimento do poder público municipal na área de conservação, a população tem se virado
como pode para buscar alternativas a
fim de manter praças, áreas de lazer
e até calçadas em condições mínimas de uso. Recentemente a reportagem da Folha do Aço revelou que
moradores do Jardim Normândia, uma
das áreas mais nobres da cidade, se
uniram e promoveram um mutirão de
limpeza da Praça Felipe Name, que
estava tomada pelo matagal.
Há alguns dias, a comunidade do
Santa Cruz seguiu o mesmo caminho.
O alvo foi a revitalização do canteiro
central do bairro, onde há alguns anos
foram instalados equipamentos de ginástica para a Terceira Idade e brinquedos para a criançada. No entanto,
o cenário recente era de total descaso do município. "O calçadão, ou canteiro, como alguns conhecem, estava
abandonado pelo poder público. Cheio
de lixo e mato, com os bancos em
péssimo estado de conservação.
Esse é o local onde as crianças brincam e onde os moradores caminham
e precisava de atenção", disse a advogada Laura Souza Machado, idealizadora do projeto.
Segunda Laura, a ideia do mutirão
foi amadurecendo na medida em que
a prefeitura não se movimentava para
fazer a sua parte. "Acredito muito que
o que é belo e bom pode modificar a
Além da revitalização, voluntários também fizeram a limpeza do local
vida das pessoas. Então, com o pensamento em valorizar o ambiente em
que vivemos, junto com o conceito de
sustentabilidade, surgiu a proposta de
revitalizar o canteiro", explicou. Utilizando tinta, pneus, garrafas pet e caixinhas de leite, entre outros materiais
recicláveis, um grupo de voluntários
começou os trabalhos de limpeza, pintura e plantio de mudas de flores. "Estamos trabalhando com duas frentes:
a limpeza e a revitalização, e o embelezamento do canteiro. Sendo assim, estamos utilizando as tintas,
para dar cara nova aos bancos e ao
meio-fio e utilizando o material reciclado para enfeitar", destacou.
A iniciativa da população do Santa
Cruz tem contemplado até as árvores,
que estão sendo enfeitadas com trabalhos feitos em tricô e crochê. O objetivo agora é expandir o projeto. "Va-
Se você conhece alguma obra
parada em Volta Redonda, denuncie!
[email protected], pelo telefone 24 33388341 ou pelo
Facebook: Jornal Folha do Aço
mos fazer um bosque de ipês e plantar diversas mudas de flores. Como
sozinha não consigo, contamos com
a participação dos voluntários e de vários artesãos do bairro. Com a ajuda
da associação de moradores, que nos
emprestou a sede, estamos conseguindo nos reunir toda semana e,
com isso, o projeto está crescendo",
destacou a advogada.
O grupo de voluntários tenta, agora, uma parceira com a secretaria de
Meio Ambiente e a prefeitura para a
realização de mais atividades no bairro, como a Feira de Artesanato, que
neste sábado (dia 30) chega à sua
segunda edição. "Estamos buscando
parcerias para conseguir realizar o
projeto e outros eventos, como a Feira dos Artesãos do bairro, que gostaríamos que fosse realizada no canteiro e hoje é realizada na sede da
associação. Além disso, queremos
ampliar o projeto e, para isso, precisamos de tintas, mudas, terra, já que
temos pedidos para levar a revitalização a outros pontos e praças do bairro, que também estão precisando de
cuidados", explicou Laura Machado.
Os voluntários querem, também,
iniciar um trabalho de conscientização e valorização do meio ambiente
devido a proximidade do Parque Natural Municipal Fazenda Santa Cecília do Ingá. "Muitos moradores do
bairro desconhecem o fato de termos
uma área de proteção ambiental tão
perto, com grande área de Mata
Atlântica. Queremos promover essa
consciência ambiental, primeiro trabalhando as áreas públicas, como o
canteiro, e depois, quem sabe, promovendo caminhadas ecológicas e visitação na Fazenda do Ingá. A vontade é de construir um mundo melhor", finalizou Laura. A constatação
é que onde o braço do poder público
não chega, a população de Volta Redonda está sendo obrigada a se virar
na busca por alternativas.
8
VOLTA REDONDA
Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016 | www.folhadoaco.com.br
Ação judicial garante restabelecimento do
salário-família de servidor da prefeitura de VR
O Dia do Trabalhador ou
Dia do Trabalho é celebrado
anualmente em 1º de maio em
diversos lugares do mundo. A
data serve como base de diversos segmentos profissionais
para o reajuste salarial. Em
Volta Redonda a data-base
dos servidores municipais
acontece apenas no dia 1º de
julho, conforme acordado em
convenção coletiva. Por se tratar de ano eleitoral, a categoria tentou antecipar as discussões da campanha salarial.
Um ofício contendo a pauta de
reivindicações, com o índice
de reajuste de 18,28%, sendo
o IPCA mais 7% de ganho
real, foi encaminhado à administração municipal. O Palácio
17 de Julho, no entanto, até
agora não se pronunciou sobre
o assunto.
Como é de conhecimento
de grande parte da população,
a relação entre o prefeito Antônio Francisco Neto (PDMB)
não é das melhores. Muito
pelo contrário. O desgaste é
nítido e tem se deteriorado a
cada ano. É que além da baixa remuneração oferecida, o
governo tem se notabilizado
por cortar benefícios garantidos por lei. Nos últimos meses, por exemplo, os trabalhadores tiveram subtraídos dos
contracheques os pagamentos do Salário-Família e do
Auxílio-Educação. “O caminho então tem sido recorrer à
Justiça para restabelecer esses direitos. A primeira derrota do município nos tribunais,
inclusive, já aconteceu. Um
servidor conquistou o direito
do restabelecimento do salário-família”, disse Victor.
A ação foi ajuizada no Fórum de Volta Redonda pelo
departamento jurídico do Sindicato do Funcionalismo Público. "Em dezembro de 2015, o
prefeito cortou o Salário-Família dos servidores sob a alegação de que estava cumprindo
uma Lei Federal, que estipula
como regra para recebimento
do benefício de, no máximo,
um salário de R$ 1.206,00,
sendo que paga valor menor a
esse aos servidores. Assim
que tomamos conhecimento
desta grave violação ao direito
do servidor, começamos a impetrar várias ações contra a
prefeitura com base no Estatuto do Servidor Público, que
garante o pagamento do Salário-Família no valor de 10% do
salário base", explicou o advogado Victor Jácomo, responsável pelo processo.
A gratificação, de até cerca de R$ 70, é amparada pelo
artigo 43 da Lei Municipal
4.963, que trata da reestruturação do Regime Próprio de
Previdência Social do município, o "VR-Previdência". O Palácio 17 de Julho, por sua vez,
alegou que o corte aconteceu
devido a uma determinação do
governo federal, sob pena de
bloqueio no repasse de verbas
da União.
Retorno do pagamento
De acordo com o advogado
Victor Jácomo, com toda documentação que prova que a
retirada desse direito contraria
o estatuto, o sindicato, por
meio da Justiça, está garantindo a retomada do pagamento
do benefício do Salário-Família aos servidores. "Inclusive,
com base neste argumento,
alguns juízes estão deferindo
tutelas de urgência para o restabelecendo o benefício ao servidor. Por exemplo, o juiz da
3ª Vara Cível já deu até sentença favorável a um servidor,
e contamos que os demais
irão acompanhar o entendimento", analisou.
Os funcionários públicos
que quiserem entrar com a
ação devem procurar o departamento jurídico do sindicato,
levando documentos pessoais
e dos dependentes, contracheque (desde novembro de 2015,
mês em que foi feito o último
pagamento do benefício), cartão de vacinação e declaração
escolar (no caso de dependente). "Vamos ajuizar quantas
ações forem necessárias para
restabelecer esse direito dos
servidores e o prefeito terá que
cumprir a determinação judicial", finalizou Victor Jácomo.
Sindicato venceu mais uma batalha contra o chefe do Executivo de VR
www.folhadoaco.com.br | Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016
POLÍCIA
9
Resumo da semana
Assaltada
Por dois homens armados,
uma pizzaria na Rua José Hipólito, no bairro Cotiara, em
Barra Mansa. A dupla levou
dinheiro e celulares dos clientes, além da moto Yamaha
KXP-6291 do motoboy do estabelecimento. De acordo
com o registro policial, a proprietária da pizzaria também
foi roubada. Os suspeitos do
crime foram identificados.
Presos I
Cândido José Alves e Josivaldo Ribeiro Rodrigues de
Freitas, por tráfico de drogas.
A ação aconteceu no Conjunto Novo Horizonte, no bairro
Colônia, em Barra Mansa.
Com eles foram apreendidos
15 trouxinhas de maconha,
uma porção pequena da mesma droga, um tablete de cocaína, além de materiais para
preparar entorpecentes. Segundo a PM, os agentes chegaram até os suspeitos por
meio de uma denúncia anônima. Quatro elementos conseguiram escapar. Também foram recolhidos uma tesoura,
um martelo e uma faca.
Presos II
Flávio Teixeira Moysés, 40
anos, e Dejair de Oliveira
Anastácio, 48 anos, suspeitos
de comandarem uma central
clandestina de TV a cabo. O
flagrante efetuado pela PM
aconteceu em uma residência
localizada na Rua Carlos
Luiz, no bairro Dom Bosco.
No local, foram apreendidos
vários equipamentos, como 17
moduladores de sinal, um
aparelho de TV de 14 polegadas, 28 receptores de vídeo,
dois celulares, além de documentos e peças diversas. Os
suspeitos irão responder pelo
crime de pirataria. Eles foram
levados para a Delegacia da
Polícia Federal, em Volta Redonda, onde foram ouvidos.
Encontrado
O corpo de Tiago da Silva
Almeida, de 31 anos. Ele se
atirou da Ponte Pequetito
Amorim, no Aterrado, no Rio
Paraíba do Sul. O cadáver foi
localizado nas proximidades
da ponte.
do por um morador e levado
para o Hospital do Retiro, sendo transferido depois para o
Hospital São João Batista,
onde passou por cirurgia.
Assassinado
Vítima
A tiros, Tairone da Silva
Cunha, 26 anos. O homicídio
aconteceu na Rua Othon
dos Reis Fernandes, entre os
bairros Retiro e Açude II. A
PM foi acionada pelo Ciosp
e os agentes encontraram a
vítima em um lote, ferido
com pelo menos 10 tiros.
Tairone foi levado para o Hospital São João Batista pela
ambulância do Corpo de
Bombeiros, mas ele não resistiu aos ferimentos.
De tentativa de homicídio,
um adolescente de 16 anos.
Ele foi ferido a tiro. O crime
aconteceu no Condomínio Residencial Ingá 1, na Avenida
Nossa Senhora do Amparo,
no bairro Santa Cruz, em Volta Redonda. O jovem foi socorrido por uma ambulância
do Samu e levado para o Hospital São João Batista, onde
passou por uma cirurgia.
Morreu
Carlos Magno da Silva Genuíno, 16 anos, após se envolver em um acidente automobilístico. O adolescente
conduzia uma moto que colidiu com um ônibus, no KM 5
da estrada que liga Pinheiral
ao distrito de Arrozal, em Piraí. Carlos era morador do
bairro Palmeiras, em Pinheiral.
Vítima
De tentativa de homicídio,
Carlos Eduardo de Melo Oliveira, de 36 anos. Ele foi ferido a tiros quando se encontrava em seu quiosque, na
Avenida dos Trabalhadores,
nas proximidades da Passagem Superior da CSN, na Vila
Santa Cecília. Carlos foi levado para o Hospital São João
Batista, onde passou por cirurgia. A polícia concluiu que
o comerciante foi vítima de
uma tentativa de assalto
Preso I
Claudemir de Araújo Batista, o "Paulista", 36 anos,
suspeito de estupro. A vítima
é uma mulher de 21 anos,
que foi surpreendida quando
chegava em casa, no bairro
Ano Bom, em Barra Mansa.
De acordo com a polícia, o
suspeito teria confessado o
crime, alegando que estava
embriagado. O delegado-adjunto da 90ª DP, Alcidézio
Bispo Júnior, disse que outra
vítima reconheceu Paulista
como autor de uma tentativa
de estupro que ela sofreu. O
preso também foi reconhecido pelo roubo de um carro
também no Ano Bom. O suspeito já cumpriu pena por tráfico e tem passagens na polícia também por porte ilegal
de arma e estupro em São
Paulo.
Preso II
Vagner dos Santos Gregório, por tráfico de drogas. A
ação da PM foi na Avenida
Presidente Kennedy, próximo
ao ginásio do bairro Siderlândia, em Volta Redonda. Ao
ser abordado, o suspeito teria
confessado que ganhava cinco pinos de cocaína para
cada dez vendidos. Ele entregou aos agentes sete pinos
de cocaína que estavam escondidos próximo do local
onde se encontrava.
Preso III
Um homem de 36 anos e
apreendido um menor de 15
anos suspeitos de tráfico de
drogas. Segundo a PM, os
suspeitos estavam em uma
moto quando foram flagrados
com 110 sacolés de cocaína
e quatro buchas de maconha.
A abordagem aconteceu em
um posto de combustíveis, no
quilômetro 237, na Via Dutra,
na altura de Piraí, após agentes em patrulhamento desconfiarem da atitude deles. A dupla tentou fugir do flagrante,
jogando fora um pacote de
biscoitos onde as drogas estavam escondidas. O homem
ficou preso em flagrante, enquanto o adolescente foi apresentado ao Conselho Tutelar
de Piraí.
Apreendidos
Três jovens suspeitos de
tráfico de drogas. O flagrante
aconteceu na Viela Grota da
Loira, localizada na Rua Nova
Friburgo, no bairro Coqueiros,
em Volta Redonda. Antes de
fazer a abordagem, PMs observaram a movimentação típica do tráfico. No local onde
os três estavam sentados foram encontradas duas sacolas com 17 pinos de cocaína,
R$ 30 e 23 trouxinhas de maconha. Dois suspeitos admitiram que estavam traficando,
enquanto o outro foi apresentado como usuário. Ainda de
acordo com o registro policial, um dos rapazes que admitiu estar vendendo maconha,
também é viciado em cocaína
e tinha acabado de consumir
um pino quando ocorreu o flagrante.
Vítima
De tentativa de homicídio,
Renan Paula de Jesus, 19
anos. Ele foi atingido com
dois tiros, um na cabeça e o
outro no braço. O crime aconteceu na Alameda 2, no bairro Coqueiros. Ele foi socorri-
SEGUNDA A SEXTA, DE 9H AO MEIO-DIA
10
ESPORTE
Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016| www.folhadoaco.com.br
[email protected]
Quando a intransigência ganha o jogo
Reprodução da Internet
Por André Pinheiro
Durante três décadas, o Volta Redonda foi o único representante do Sul
Fluminense na elite do futebol Carioca.
O "reforço" aconteceu apenas em 2008,
quando o Resende chegou à Série A do
Estadual. O primeiro clássico na competição envolvendo as duas equipes foi
disputado no dia 22 de março daquele
ano, terminando empatado em 3 a 3.
Em 2015, o auge. A região passou a
contar com três times disputando a
competição. O Barra Mansa, no entanto, esbarrou nos próprios erros, e foi
rebaixado na mesma temporada.
Por motivos óbvios, o palco escolhido para esses confrontos regionais,
na maioria das vezes, foi o Estádio
Raulino de Oliveira. O Resende, aliás,
em diversas ocasiões mandou seus
jogos na cidade do aço. O último, inclusive, válido pela Copa do Brasil, foi
no dia 6 de abril, quando empatou em
2 a 2 com o Ceará. De uma hora para
outra, porém, a diretoria do clube que
tem o Lobo-Guará como mascote resolveu fazer jogo duro. Contrariando o
pedido do Voltaço, o Resende bateu o
pé e não aceitou disputar a final da
Taça Rio no Raulino. A Federação de
Futebol do Estado do Rio de Janeiro
definiu, então, que a partida deste domingo (dia 1º) será realizada às 16h,
em São Januário, na Zona Norte do
Rio, ou seja, a mais de 120 km do Sul
Fluminense.
De acordo com o vice de futebol tricolor, Flávio Horta Júnior, a decisão tirou o brilho da final, uma vez que subtraiu da região uma final inédita e que
ficará marcada na história dos dois clubes. "O pedido não foi aceito pelos representantes do Resende, o que nos
trouxe certa frustração. Como não tivemos sucesso nesse pedido, falei que
o Volta Redonda aceitaria então jogar
no Estádio dos Trabalhadores, mesmo
tendo a melhor campanha, pensando
em prestigiar a nossa região, mas nesse caso houve impossibilidade devido
às restrições técnicas do estádio para
receber público acima de 900 pessoas.
Diretoria do Resende bate o pé e decisão com o Voltaço será disputada em São Januário
Diante deste cenário, não restou a Federação outra alternativa a não ser buscar um estádio para que a partida fosse realizada e, com as opções, certamente São Januário foi a melhor delas",
afirmou o diretor.
Horta lamentou também o dia e o
horário que a partida foi marcada. "Nós
também solicitamos que a final fosse
antecipada para sábado, visando evitar
de coincidir com o horário da final do
Estadual entre Vasco x Botafogo, porém mais uma vez o Resende não aceitou e insistiu que o jogo fosse realizado no domingo", revelou. "Lamentamos
o fato de uma região ter que se deslo-
car até o Rio de Janeiro para assistir
uma final entre Volta Redonda e Resende. Entretanto, independentemente do
local da partida, o Tricolor de Aço espera contar com o apoio do seu torcedor e, sem sombras de dúvidas, fará de
tudo para voltar pra casa com a Taça
Rio", finalizou.
Será conhecido neste sábado
(dia 30) o campeão da Copa
Costa Verde de Ligas Municipais
de Veteranos. No jogo de ida, disputado no último dia 23, Rio Claro e Mangaratiba empataram
em 2 a 2. A partida foi no Campo de Lídice e teve a presença
nas arquibancadas do prefeito
Sebastião Inácio Rodrigues, o
Tico-Tico (PSD). A equipe
rioclarense agora terá que buscar o resultado fora de casa para
garantir a conquista da Taça
Paulo Cândido de Souza.
ESPORTE
SOCIAL
www.folhadoaco.com.br | Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016
11
Nos Embalos
[email protected] • Julio Cesar
Na última segunda-feira (dia 25), o deputado estadual
Edson Albertassi (PMDB) e sua esposa, Alice Albertassi,
completaram 24 anos de casamento. Emilly, Isaque e
Joaquim são frutos da relação do casal.
Sucesso nos anos 80 com a Banda V8,
composta pelos irmãos Carlos Henrique
e Fernandinho, está de volta. Inclusive,
eles se apresentam neste sábado (dia
30), no Rock Grill, no bairro Ponte Alta.
Em tempos de crise, nada melhor do
que comer e beber bem, sem pagar
caro por isso. A sugestão é o Corisco
Rei da Costela. Sob a direção de
Ualace Cesar, o restaurante está
com uma promoção imperdível: de
segunda a sábado as cervejas
Brahma e Skol estão saindo por R$
4,90. De quinta a sábado ainda tem
música ao vivo de excelente
qualidade. Neste sábado (dia 30), por
exemplo, a atração é o cantor Victor
Yuri. O Corisco Rei da Costela fica
localizado na Rua Monteiro Lobato,
nº 47, no bairro São João.
Rafaela Amante em recente
visita a Buenos Aires
Victor Yuri
Vem aí a 27ª edição do Torneio Leiteiro de Antonio Rocha, distrito de Barra
Mansa. A festa acontece entre os dias 2 e 4 de junho. Uma das atrações será a
boate itinerante Dakar .
Está sendo grande a procura por ingressos para o Happy Days especial do Dia
das Mães, programado para o dia 7 de maio, na sede do clube dos
Funcionários na Vila. A atração ficará por conta da Banda Ideologia Cover,
liderada por Fábio Sanchez (Fábio Cazuza), além da participação dos DJs
Sergio Mama, Daniel e Junior Barreiros.
Para quem gosta de poesia, a Academia Volta-Redondense de Letras (AVL)
promove Sarau Poético no dia 13 de maio, às 19h, no Teatro Gacemss 2.
A exposição Arte na Capa será especial no mês de maio. A convite do Instituto
Brasileiro de Museus (Ibram), o Museu da Imagem e do Som de Resende (MIS)
irá comemorar o Dia Internacional de Museus, celebrado no dia 18. A mostra,
promovida pela Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda terá como tema '14ª
Semana de Museus - Museus e Paisagens Culturais'. Serão expostas, de 2 a
31 de maio, 17 capas de discos de vinil que fazem parte do acervo do MIS e
que remetem a temas culturais e paisagens do Brasil. Quem visitar a exposição
poderá também ouvir os discos em uma vitrola do Museu. A visitação gratuita à
mostra acontecerá de segunda a sexta-feira, das 12 às 18h.
12
Volta Redonda, 29 de Abril a 6 de Maio de 2016 | www.folhadoaco.com.br
Fly UP