...

Biologia - Emescam

by user

on
Category: Documents
6

views

Report

Comments

Transcript

Biologia - Emescam
PROCESSO SELETIVO 2013/1 - CPS
PROVA DISCURSIVA DE BIOLOGIA
INSTRUÇÕES
1. Só abra a prova quando autorizado.
2. Veja se este caderno contém 10 (dez)
discursivas. Caso contrário, chame o fiscal.
questões
3. No caderno das questões escreva o seu número de
inscrição no espaço reservado no canto superior
esquerdo de cada página.
4. Em nenhuma hipótese escreva o seu nome em qualquer
das folhas do caderno das questões da prova.
5. Responda a cada questão somente no espaço que lhe foi
reservado e faça o rascunho no verso das folhas
correspondentes, se necessário.
6. As respostas devem ser escritas somente com caneta
esferográfica azul ou preta.
DURAÇÃO DA PROVA - 03 HORAS
CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 1
Inscrição nº
PROVA DE BIOLOGIA
01 –
Em medicina forense, a análise de amostras de DNA constitui-se de valor fundamental
para a elucidação de determinados delitos. A ilustração a seguir, mostra a separação de
fragmentos de DNA (com suas respectivas bandas), obtidos a partir de amostras de
sangue colhidas na cena de um crime (CC), da vítima (V) e de três indivíduos suspeitos
de havê-lo cometido (S1, S2 e S3).
V
a–
CC
S1
S2
S3
Qual dos três indivíduos suspeitos é, provavelmente, o autor do crime?
O indivíduo S3.
b–
Por quê?
Porque as bandas do fragmento de DNA desse indivíduo são semelhantes àquelas
do DNA da amostra de sangue obtida na cena do crime.
c–
Que elementos figurados do sangue podem fornecer esses fragmentos de DNA?
Os leucócitos (glóbulos brancos).
d–
Justifique a sua resposta do item c.
Porque apenas os leucócitos possuem núcleo com material genético.
e–
Do ponto de vista estrutural, qual é a diferença entre uma molécula de DNA de um
cromossomo humano e de uma bactéria?
A molécula de DNA de um cromossomo humano está constituída por um duplo
filamento de desoxirribonucleotídeos (dupla hélice) aberta em ambas extremidades.
Nas bactérias, a dupla hélice é circular e fechada (DNA circular).
Inscrição nº
02 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 2
Na figura a seguir está representado, através de um esquema, o ciclo de vida de uma
planta terrestre - a samambaia. Em relação ao mesmo, pergunta-se:
a–
Como é denominado o indivíduo diploide utilizado como ornamento?
Esporófito.
b–
Como são denominadas as estruturas arredondadas, de cor marrom, encontradas na
parte inferior das folhas ornamentais e que possuem esporângios no seu interior?
Soros.
c–
Como é denominado o indivíduo haploide e menos desenvolvido (seja específico na
denominação)?
Protalo.
d–
Como é denominado o ciclo reprodutivo da samambaia?
Ciclo haplodiplobionte.
e–
Como são denominadas as estruturas produtoras dos gametas masculino e feminino,
respectivamente, presentes no indivíduo haploide?
Anterídio e arquegônio.
Inscrição nº
03 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 3
A coagulação sanguínea ou hemostasia se caracteriza por uma sequência de reações
químicas onde participam diversos fatores, alguns dos quais enzimas, que se inicia quando
as plaquetas aderem à parede de um vaso sanguíneo lesado, liberando uma enzima
denominada tromboplastina. Acerca desse fenômeno:
a–
Explique como são originadas as plaquetas.
As plaquetas são originadas por fragmentação do citoplasma dos megacariócitos.
b–
Cite um íon mineral e uma vitamina que devem fazer parte da dieta humana, por
serem indispensáveis à coagulação do sangue.
Cálcio e vitamina K.
c–
Alguns indivíduos apresentam uma doença, causada por uma anomalia genética
vinculada ao cromossomo X, que afeta seriamente a coagulação do sangue. Qual é a
forma mais comum dessa doença e qual fator da coagulação está ausente nos
indivíduos afetados?
Hemofilia A – Fator VIII.
d–
Por que a doença acima mencionada afeta mais comumente os homens?
Porque para que um homem seja doente (hemofílico) basta que ele possua apenas
um gene mutante recessivo para a doença (XhY).
e–
Em um passado recente, os bancos de sangue não procediam à detecção de agentes
infecciosos que poderiam ser transmitidos aos pacientes com a doença acima, ao
receberem transfusão com os componentes do sangue que necessitavam. Cite duas
doenças infecciosas que poderiam ser contraídas pelos indivíduos transfundidos.
Hepatite C e AIDS.
Inscrição nº
04 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 4
O fenômeno da digestão consiste na quebra de grandes moléculas orgânicas, hidratos de
carbono, lipídios e proteínas, obtidas através da alimentação, em componentes de menor
peso molecular e de mais rápida absorção pelo organismo. Em relação a esse processo,
responda:
a–
Qual é a vantagem evolutiva da digestão extracelular?
Durante a evolução, o advento da digestão extracelular permitiu aos organismos se
beneficiarem de uma maior variedade de alimentos. A quebra de moléculas maiores
em outras menores, fora das células, permitiu a utilização de algumas variedades de
moléculas em relação àquelas, que devido ao seu tamanho, não poderiam ser
interiorizadas por difusão, pinocitose ou fagocitose.
b–
Como você correlaciona as modalidades de digestão intracelular e extracelular com
os animais que possuem um sistema digestório incompleto e aqueles cujo sistema
digestório é completo?
Nos animais com sistema digestório incompleto o fenômeno da digestão é misto,
iniciando no meio extracelular e finalizando no ambiente intracelular. Nos animais
com sistema digestório completo, a digestão extracelular, na luz do tubo digestório,
é predominante.
c–
Qual é o papel bioquímico da água na digestão dos alimentos que ocorre no meio
extracelular?
A água atua como um reagente promovendo a hidrólise das moléculas contidas nos
alimentos.
d–
Que variedade de moléculas orgânicas, liberadas pelas células ao longo do sistema
digestório, são indispensáveis à digestão química dos alimentos?
As enzimas.
e–
Que órgãos, com atividade secretora, anexos ao tubo digestório, contribuem para o
fenômeno da digestão dos alimentos na espécie humana?
As glândulas salivares, o fígado e o pâncreas.
Inscrição nº
05 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 5
Os animais pertencentes ao filo Platyhelminthes (vermes de corpo achatado), podem
apresentar vida livre ou ser parasitas de animais invertebrados e vertebrados. Possuem
representantes de três classes - Turbellaria, Trematoda e Cestoda. São animais cuja
origem evolutiva talvez tenha ocorrido a partir de cnidários primitivos. Acerca desse filo,
responda:
a–
Como está constituído o sistema excretor da planária?
Está constituído pelos protonefrídios com células-flama, que impulsionam o
material absorvido pelas células excretoras para os poros excretores (nefridioporos)
situados na superfície do animal.
b–
Como ocorre a troca de gases nos platelmintos?
Esses animais apresentam respiração cutânea, com troca de gases (CO2 e O2) por
difusão.
c–
Que fenômeno (tendência) evolutivo (a) tornou o sistema nervoso desses animais
mais evoluído do que nos cnidários?
A existência dos gânglios cerebrais caracterizando, assim, uma centralização do
sistema nervoso.
d–
O que é um platelminto monóico e digenético? Exemplifique.
O animal é monóico quando possui sistemas reprodutores de ambos os sexos e é
digenético quando necessita de dois hospedeiros distintos para completar o seu ciclo
de vida. O exemplo é a Taenia solium.
e–
O que é um platelminto dióico? Escreva, corretamente, o nome científico de um
desses platelmintos que é parasita da espécie humana.
Aquele cuja espécie apresenta sexos diferentes. O Schistosoma mansoni agente
causador da esquistossomose.
Inscrição nº
06 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 6
O núcleo, um componente celular bem individualizado nas células eucariotas, representa
uma entidade onde está alojada a maior parte do genoma da célula, contido em filamentos
de DNA e histonas - os cromossomos. No DNA estão contidas diversas instruções em
código, necessárias à síntese de inúmeras proteínas, muitas das quais enzimas, o que
confere ao núcleo um papel fundamental no controle do metabolismo celular. Acerca
desse componente celular, responda:
a–
Quais são os constituintes do núcleo de uma célula eucariota, em interfase, quando
visto ao M.O.?
A carioteca, o suco nuclear, a cromatina e o nucléolo (s).
b–
Que tecido animal e vegetal, respectivamente, pode ser citado como exemplo de
local onde as células estão se dividindo continuamente?
Epitélio intestinal e meristema primário.
c–
Como uma célula que sofre divisões mitóticas sucessivas, após passar por vários
ciclos celulares, pode se transformar em uma célula cancerosa? No caso de
surgimento de um câncer, que variedades de genes foram alterados nessas células?
Através de mutações no DNA. Os genes supressores de tumor e os oncogenes.
d–
O que é uma poliploidia celular? Dê exemplo de uma droga que pode ser utilizada,
experimentalmente, para induzir esse fenômeno.
É a presença em um mesmo núcleo celular de mais do que dois conjuntos haploides
(completos) de cromossomos. A colchicina que impede a formação do fuso mitótico
durante a divisão celular.
e–
Que tipo de evento ocorre no segundo período da interfase? Que variedade de
enzima é indispensável para que esse evento ocorra?
A duplicação (replicação) do DNA. É indispensável a DNA polimerase.
Inscrição nº
07 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 7
O fenômeno da excreção consiste na eliminação de resíduos metabólicos e outras
substâncias tóxicas do organismo, através dos órgãos excretores. Alguns desses excretas
estão representados por compostos nitrogenados originados a partir da metabolização das
proteínas, por transformação química do grupamento amino presente nas moléculas dos
aminoácidos. Acerca do fenômeno da excreção, responda:
a–
Como são denominados os três principais resíduos nitrogenados excretados pelos
seres vivos?
Amônia, ácido úrico e ureia.
b–
Qual deles é o principal excreta nitrogenado dos mamíferos e faz parte da urina? Em
relação à eliminação desse produto, como são denominados os mamíferos?
Ureia. Os mamíferos são animais ureotélicos.
c–
Em que parte do néfron ocorre reabsorção da maior parte da água, glicose e
aminoácidos presentes no filtrado glomerular?
Nos túbulos contorcidos proximais.
d–
Por que os indivíduos diabéticos, sem tratamento, eliminam glicose pela urina
(glicosuria)?
Porque a glicose em excesso no filtrado glomerular excede a capacidade de
reabsorção das células do túbulo contorcido proximal.
e–
Onde atua o hormônio aldosterona, produzido pelo córtex da glândula suprarrenal,
promovendo a reabsorção do sódio do filtrado glomerular?
No túbulo contorcido distal.
Inscrição nº
08 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 8
O esquema a seguir representa um organismo unicelular observado ao microscópio óptico
por um estudante, ao examinar uma amostra de água doce retirada de um lago. O
estudante identificou o organismo como sendo um ser procarionte.
a–
A identificação do estudante está correta? Justifique a sua resposta com base nas
características existentes no esquema.
Não está correta. Observar que está presente um núcleo celular individualizado e
vários plastos.
b–
Que variedade de ser vivo está representado no esquema?
Uma euglena (euglenoide).
c–
Como ocorre a reprodução nessa variedade de ser vivo?
Assexuadamente através de divisão binária.
d–
Por que em determinados sistemas de classificação esses seres vivos são passíveis
de gerar polêmica?
Devido à possibilidade de duas modalidades de nutrição, autótrofa e heterótrofa.
e–
Por que o organismo apresenta vacúolo contrátil?
Porque esses seres vivem em meio hipotônico e a entrada de água na célula, por
osmose, é um fenômeno constante.
Inscrição nº
09 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. . 9
Imagine que um indivíduo necessita fazer um exame do tubo digestório, pois existe a
suspeita da existência de um câncer nessa região do organismo. Ao paciente dá-se para
engolir uma pequena cápsula, contendo uma microcâmera, que transita pelo interior do
tubo, realizando uma sequência de fotos que são transmitidas a um monitor de vídeo,
onde elas são interpretadas por um médico especialista. Acerca do exposto, responda:
a–
Que região do tubo digestório a câmera deve ultrapassar ao passar na transição do
esôfago com o estômago?
Região da cárdia.
b–
E na transição do estômago com o duodeno?
Região do piloro.
c–
Ao atingir o final do intestino delgado, e após penetrar no intestino grosso, que duas
estruturas do tubo digestório, consideradas como “órgãos vestigiais”, aparecem na
imagem do vídeo?
O ceco e o apêndice vermiforme.
d–
Continuando o seu trajeto pelo intestino grosso, que regiões do cólon a câmara
deverá atravessar?
Cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente e cólon sigmoide.
e–
Que variedade de movimentos impulsionam a câmera no seu longo trajeto ao longo
do tubo digestório? Que tipo de tecido é responsável pelos movimentos de impulsão
da câmara?
Os movimentos peristálticos (peristaltismo). O tecido muscular liso.
Inscrição nº
10 –
Processo Seletivo 2013/1 - Medicina - Pág. 10
.
Leia, atentamente, as frases a seguir e se estiverem corretas, as mantenha inalteradas
(nada escreva). Caso não concorde com o texto da frase, por considerá-lo incorreto,
justifique, devidamente, a incorreção da mesma.
a–
Durante a prófase da mitose as fibras cromossômicas tornam-se condensadas
(compactadas) por ação da condensina e, na metáfase, alguns microtúbulos do fuso
mitótico estão fixados aos cromossomos através dos cinetócoros, na região dos
centrômeros.
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
b–
A presença dos lisossomos nos neurônios pode ser explicada pela necessidade
dessas células renovarem as organelas citoplasmáticas “envelhecidas” pelo uso,
caracterizando o fenômeno da heterofagia, já que, normalmente, as células nervosas
possuem uma grande longevidade.
Ao fenômeno de renovação de organelas “envelhecidas” que ocorre em algumas
células denomina-se autofagia e não heterofagia como explicitado no texto.
c–
Numa célula em interfase, o envoltório (envelope) nuclear, visto ao M.E., apresenta
poros constituídos por um complexo de moléculas de proteínas - o complexo do
poro, e na sua face interna um conjunto de filamentos intermediários que constituem
a lâmina nuclear.
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
d–
No interior das mitocôndrias, o mecanismo de transporte dos elétrons através da
cadeia de citocromos, que ocorre na matriz mitocondrial, libera energia que é
utilizada para transferir os íons H+, provenientes do NADH e FADH2, para o espaço
existente entre as duas membranas mitocondriais (espaço intermembranoso).
O transporte dos elétrons na cadeia de citocromos ocorre na membrana das cristas
mitocondriais e não na matriz mitocondrial como explicitado no texto.
e–
Durante o processo de transporte de vesículas contendo proteínas sintetizadas no
retículo endoplasmático granular, para as cisternas do complexo de Golgi, essas
vesículas que brotam do retículo fundem-se com a superfície côncava (face cis ou
de formação) daquela organela.
As vesículas que brotam do retículo endoplasmático granular e se dirigem ao
complexo de Golgi se fundem com os sáculos da superfície (face) convexa ou cis e
não com a superfície côncava (que é a face trans ou de maturação) como
explicitado no texto.
Fly UP