...

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINAS DE COSTURA

by user

on
Category: Documents
23

views

Report

Comments

Transcript

MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINAS DE COSTURA
MANUAL DE INSTRUÇÕES
MÁQUINAS DE COSTURA
JX - 4000
-1-
Caro usuário
Parabéns pela sua escolha. Você adquiriu um produto com a qualidades e
garantia Elgin.
A partir de agora, você contará com todo respaldo, confiança e credibilidade
de uma empresa que está há mais de 50 anos, atuando em diversos segmentos do mercado.
-1-
IMPORTANTE
LEIA COM ATENÇÃO ESTE
MANUAL DE INSTRUÇÕES ANTES DE UTILIZAR SUA MAQUINA:
Recomendações
Úteis
SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA AO
CONSUMIDOR
Caso este produto necessite de
Assistência técnica durante o pra1. Antes ligar o cabo de força na tomada zo de garantia, procure somente
as Oficinas Autorizadas ELGIN
elétrica, verifique se a tensão corresponde á voltagem indicada no produto. (sob pena de ter invalidades a
garantia).
2. Não pressione o reostato se não tiver Vide Certificado de Garantia.
costurando nem coloque nenhum objeto Outrossim, caso queira qualquer
informação ou orientação sobre
sobre o pedal, caso Contrário poderá
este produto ou fazer qualquer
provocar inadvertidamente a queima
comentário referente aos serviços
deste ou do motor ou ainda colocar a
prestados pelas nossas Autormáquina em movimento.
izadas, Centros de Serviços ou
Profissionais Credenciados, tele3. Não puxe o tecido com a agulha
fone ou dirija-se por carta á:
abaixada (dentro do tecido).
PRECAUÇÕES:
4. Não use agulhas tortas ou sem ponta.
5. Nunca gire o volante para trás.
6. Mantenha a máquina sempre limpa e
lubrificada. Use somente óleo ELGIM,
nunca óleo vegetal (óleo de cozinha).
7. Quando a máquina não estiver sendo
usada, retire o plugue da tomada. Proceda da mesma forma quando realizar
a manutenção ou quando abrir a tampa
para substituir a lâmpada.
8. Ao utilizar a máquina pela primeira
vez, costure um retalho por alguns minutos sem linha na agulha. Limpe o óleo
que eventualmente possa aparecer.
-2-
ELGIN S.A
R: Barão de Campinas, 305.
Campos Elíseos
CEP 01201-901 – São Paulo / SP
ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR
0800 7035446
Grande São Paulo 3383-5555
www.elgin.com.br
ÍNDICE
PEÇAS PRINCIPAIS (FRENTE)
PEÇAS PRINCIPAIS (PARTE DE TRÁS)
ACESSÓRIOS
PREPARAÇÃO PARA A COSTURA
UTILIZANDO O BRAÇO LIVRE
COMO ENCHER A BOBINA
COMO RETIRAR A CAIXA DA BOBINA E A BOBINA
COMO RECOLOCAR A CAIXA DE BOBINA
COMO PASSAR A LINHA SUPERIOR
COMO PASSAR A LINHA SUPERIOR
MUDAR A DIREÇÃO OU SEJA A POSIÇÃO DO PANO
NIVELAMENTO DA MÁQUINA
COMO REGULAR A TENSÃO DO FIO
TENSÃO INCORRETA
REGULAGEM DA PRESÃO DO PÉ CALCADOR
PARA REBAIXAR OS DENTES DA MÁQUINA
COMO COLOCAR A AGULHA
LISTA DE TECIDOS, LINHAS E AGULHAS
LISTA DE PONTOS
LISTA DE TECIDOS, LINHAS E AGULHAS
COMO TERMINAR A COSTURA
COSTURA RETA
PONTOS DECORATIVOS
CHULEADO
TRIPLO PONTO ELÁSTICO
BARRA EM PONTO INVISÍVEL
COMO PREGAR BOTÕES
COMO PREGAR ZÍPERS
CASEADO
COMO FAZER BAINHAS
AGULHA DUPLA (Opcional)
BORDADOS
GUIA PARA ACOLCHOADOS
GUIA PARA COSTURA
MANUTENÇÃO (LIMPEZA E LUBRIFICAÇÃO)
COMO CORRIGIR POSSÍVEIS DEFEITOS
CERTIFICADO DE GARANTIA
-3-
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
13
14
15
15
16
16
17
18
19
20
21
22
22
23
23
24
26
27
28
29
30
30
31
31
32
33
34
PEÇAS PRINCIPAIS (FRENTE)
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
Regulador da tensão superior
Seletor de pontos
Porta carretéis
Limitador do enchedor de bobinas
Volante
Botão comprimento do ponto
Botão de retrocesso
Parafuso prendedor da agulha
Base removível (porta acessórios)
Tampa de acesso da caixa de bobina
Sapata
Tampa frontal
Estica fio
-4-
PEÇAS PRINCIPAIS (PARTE DE TRÁS)
1.
2.
3.
4.
5.
Enchedor de bobina
Guia fio e disco de tensão do enrolador de bobina
Alavanca do calcador
Parafuso do suporte da sapata
Chapa da agulha
-5-
ACESSÓRIOS
4 bobinas
2 feltros
Sapata de uso geral
Sapata para bainha
Sapata de pregar botões
Guia para acolchoado
Guia para costura reta
Agulhas
Almotolia
-6-
Sapata de casear
Sapata para ziper
Abridor de casas
Chave de fendas
PREPARAÇÃO PARA A COSTURA
1. Conecte o cabo de força na
tomada da máquina.
2. Conecte o plugue de ligação na
tomada da parede.
3. Acione o pedal. A velocidade
aumentará conforme a pressão
exercida no pedal.
Esta máquina está equipada com um
cabo de força especial que deve ser
subsituido, caso se danifique.
ATENÇÃO
Antes de trocar a lâmpada, antes de efetuar qualquer limpeza ou
lubrificação ou ainda quando a máquina não estiver sendo usada,
retire sempre o plugue da tomada.
TROCA DA LÂMPADA
1. Abra a tampa frontal.
2. Remova a lâmpada girando-a
para a esquerda.
3. Coloque a lâmpada nova girando-a para a direita.
4. Feche a tampa frontal.
Utilize lâmpadas de rosca de 15 w
(máximo).
-7-
UTILIZANDO O BRAÇO LIVRE
Para transformar sua
máquina em Braço Livre
segure a base removível e
puxe-a no sentido da flecha.
CONTURA COM BRAÇO LIVRE
Com o Braço Livre é fácil realizar
costuras em lugares de difícil
acesso.
O uso do Braço Livre é recomendado e, áreas tubulares como na
junção das mangas, nas cavas, ao
pregar punhos em mangas ou ao
fazer barras em calças.
Pode ser usado ainda para fazer
bordados ou aplicação em roupas
já prontas, costurar bolsos, reforços
ou detalhes.
-8-
COMO ENCHER A BOBINA
1. Puxe o volante para deixá-lo
solto.
2. Levante a porta carretel e
coloque a linha.
3. Puxe a linha do carretel e
passe-a em volta do disco de
tensão do enrolador da bobina.
4. Passe a linha através de um dos furos da
bobina, de dentro para fora. Coloque a
bobina com o fio, no eixo do enrolador de
bobina.
5. Empurre o eixo do enrolador (com a bobina)
até encostar-se ao limitador da bobina.
6. Acione a máquina até encher a bobina.
7. Retire a bobina cheia e empurre o eixo do
enrolador até a posição original.
Se a bobina não encher corretamente,
solte o parafuso do guia-fio e ajuste-o
até que o rebobinamento seja correto.
-9-
COMO RETIRAR A CAIXA DA BOBINA E A BOBINA
2. Segure o fecho da caixa da
1. Levante a agulha até sua
bobina e puxe-a em sua direção.
posição mais ala e abra a
tampa de acesso á lançadeira.
3. Solte o fecho da caixa da bobina e a
bobina se soltará, saindo da caixa.
COMO PASAR O FIO DA BOBINA
1. Desenrole uns 10 cm de linha da bobina e introduza a bobina na sua caixa.
2. Puxe a ponta da linha na
frente da caixa da bobina.
3. Puxe a linha para a esquerda,
por baixo da moda de tensão
até que a linha entre na
abertura de saída.
- 10 -
COMO RECOLOCAR A CAIXA DE BOBINA
1. Levante a agulha até sua
posição mais alta e segure a
caixa da bobina pelo fêcho,
com o bico de metal voltado
para cima.
2. Introduza a caixa da bobina
na lançadeira, até o fundo, de
modo que o bico de metal se
encaixa na ranhura superior
do aro da caixa da lançadeira.
Solte o fêcho da caixa da
bobina.
- 11 -
COMO PASSAR A LINHA SUPERIOR
1. Levante o pé calcador e a agulha até a sua posição mais alta.
2. Puxe em dos porta carretéis para cima e coloque a linha (fig. A).
6. Acompanhando o
rasgo da esquerda
estique a linha até
o puxa fio articulado
(fig. E).
3. Passe a linha no
1° guia fio (fig. B).
5. Passe a linha por
baixo do guia fio
inferior (fig. D).
4. Puxe a linha para baixo fazendo com
que ela passe por entre os discos,
acompanhando o rasgo vertical da
direita (fig. C).
7. Traga a linha para baixa
e passe pelo guia fio da
barra da agulha (fig. F).
8. Enfie a linha de frente para trás e puxe-a
para fora cerca de 5 cm de linha (fig. G).
- 12 -
COMO PASSAR A LINHA SUPERIOR
1. Segure a ponta da linha superior com
a mão esquerda e gire o volante com
a mão direita para que a agulha se
mova para baixo e para cima e fique
na posição mais alta.
Puxe a ponta da linha da mão
esquerda da forma que a linha da
bobina suba junto com ela.
2. Passe as pontas de ambas as linhas
por entre a sapata e leve-as para trás,
por baixo da sapata.
MUDAR A DIREÇÃO OU SEJA A POSIÇÃO DO PANO
2. Abaixe a sapata e comece a
costurar nesta nova direção.
1. Pare a máquina com a agulha
enfiada no tecido no lugar
onde irá mudar a direção da
costura. Levante a sapata
e gire o tecido na posição
desejada.
- 13 -
NIVELAMENTO DA MÁQUINA
- 14 -
COMO REGULAR A TENSÃO DO FIO
A tensão correta é importante porque muita ou pouca tensão produzirá costura frágil ou franzirá o tecido. Faça um teste com uma amostra de tecido e
linha que pretender usar.
Para regular a tensão do fio, uso o disco regular de tensão.
Para aumentar a tensão do fio gire o regulador para um número maior e para
diminuir a tensão gire o regulador para um número menor.
TENSÃO INCORRETA
- 15 -
REGULAGEM DA PRESÃO DO PÉ CALCADOR
A pressão insuficiente pode ser a causa do avanço defeituoso do tecido, de
costuras irregulares e da dificuldade em guiar corretamente o tecido.
Para regular a pressão do pé calcador, abra a tampa frontal. Os números
estão impressos na placa da alavanca. Posicione conforme mostra a tabela.
Posição 0: para cerzidos, bordados e monogramas.
Posição 1: para tecidos finos.
Posição 2: para tecidos de espessura média.
Posição 3: para tecidos grossos.
PARA REBAIXAR OS DENTES DA MÁQUINA
Para rebaixar os dentes da máquina, mude a posição da alavanca:
PARA CIMA: costuras normais, quando o tecido deve ser transportado.
PARA BAIXO: para pregar botões, cerzir ou para outros trabalhos onde o
tecido é transportado manualmente.
- 16 -
COMO COLOCAR A AGULHA
1. Levante a agulha até a posição mais alta e abaixe a alavanca
do pé calcador.
2. Afrouxe o parafuso de fixação da agulha e retire a agulha.
3. Coloque em seu lugar a nova agulha, sempre com o lado
achatado para trás, e empurre-a o topo.
4. Aperte firmemente o parafuso de fixação da agulha.
- 17 -
LISTA DE TECIDOS, LINHAS E AGULHAS
Preste atenção as indicações com respeito aos vários tecidos.
Tecido
Linha
Agulha
Pressão
Comprimento
do
ponto
ZigueLer página A direito zague
16
Selector do
comprimento
Leve
Médio
Renda
Voile
Cambraia
Seda
Algodão
Linho
Flanela
Gabardine
Algodão
60-80120 Seda
Sintético
Mercerizado 50-60
9-11
Algodão
50-60
Seda
Sintética
Mercerizado 50-60
14
0.5 - 3 0.5 - 4
16
0.5 - 3 0.5 - 4
Algodão
40-50
Espesso Brim
Seda
Tweed Lã Sintética
Veludoco- Merceritelê
zado:
Reforçado
50-60
- 18 -
1-3
1-4
Tensão
LISTA DE PONTOS
Tipo de ponto
1
Comprimento
do ponto
Ponto reto
2-5 Ponto zig-zag
6
Ponto invisível
7
Ponto concha
8
Três pontinhos
9
Ponto overlock
inclinado
10
Ponto overlock
simples
11
Casinha de abelha
12
Triplo ponto elástico
em zig-zag
13
Triplo ponto elástico
com costura reta
14
15
Pontos decorativos
16
17
18-20 Caseado
- 19 -
Calcador
Rebaixando
os dentes
LISTA DE TECIDOS, LINHAS E AGULHAS
Conselhos importantes:
1. Ao iniciar ou ao termino uma costura, levante a agulha até a posição mais
alta.
2. Puxe uns 10 cm de ambos os fios (superior e inferior), passe-os entre a
sapata e leve-os para trás, por baixo da sapata.
3. Verifique se o tecido está corretamente colocado sob a sapata, antes de
começar a costura.
4. Acione o pedal suavemente e comece a costurar.
5. Faça alguns testes em retalhos do mesmo tecido que será usado para
costurar ajustando o comprimento do ponto e a tensão dos fios de acordo
com o tecido.
Atenção:
1. Quando for necessário acionar o volante, gire-o sempre em sua direção.
2. Não puxe o tecido durante a costura. Guia-o suavemente com as mãos.
3. Ao terminar as costuras deixe sempre a agulha fora do tecido para que
não quebre.
- 20 -
COMO TERMINAR A COSTURA
1. Ao terminar a costura, pressione a alavanca de retrocesso e dê
uns 3 ou 4 pontos para trás (arremate).
2. Levante a agulha na posição mais alta.
3. Levante a sapata e puxe suavemente o tecido para trás.
4. Corte a linha como mostra a figura.
- 21 -
COSTURA RETA
1. A costura reta é mais usada normalmente.
2. A sapata de zig-zag pode ser usada tanto para a costura reta como para
o zig-zag.
3. Para costurar tecidos finos, diminua o tamanho do ponto (veja tabela na
pág. 18).
COSTURA EM ZIG-ZAG
Posição o seletor da costura
reta e da largura do zig-zag.
Com o ponto Zig-zag
podem-se realizar
bordados. Monógamas,
arremates, chuleados,
etc.
PONTOS DECORATIVOS
Estes pontos são ideais para fazer golas, punhos, toalha de mesa, quardanapos e todo tipo de trabalho decorativo.
1. Pontos festonê (cheio)
2. Pontos balãozinhos (cheio)
3. Pontos três posições (cheio)
4. Pontos meia lua (cheio)
- 22 -
CHULEADO
Estes pontos evitam que o
tecido desfie nas beiradas.
TRIPLO PONTO ELÁSTICO
Estes pontos são utilizados para costurar malhas
ou tecidos elásticos. Ele
permite esticar o tecido sem
partir a linha.
- 23 -
BARRA EM PONTO INVISÍVEL
Para fazer barras com pontos invisíveis, recomendamos utilizar
a sapata opcional.
1. Dobre o tecido formando a barra no tamanho
desejado conforme mostra a figura.
2. Coloque a 1° dobra sob a sapata encostando
a 2° dobra no guia da sapata. Gire o parafuso
regulador para regular o guia de forma em que
os pontos maiores peguem o menos possível
no tecido da 2° dobra.
- 24 -
3. Desdobre o tecido. A barra
com pontos invisíveis está
pronta.
ERRADO
ERRADO
(A)
(B)
CERTO
- 25 -
COMO PREGAR BOTÕES
Utilize o calcador de casear.
1. Rebaixe os dentes da máquina.
2. Coloque a sapata para pregar botões.
3. Coloque o botão a ser pregado entre a sapata e o tecido e abaixe o calcador.
4. Gire o volante com a mão e regule a largura do zig-zag de forma que a
agulha entre nos dois furos do botão.
5. Dê aproximadamente uns 7 pontos.
6. Passe os dois fios no avesso do tecido e prenda-os com um nó.
- 26 -
COMO PREGAR ZÍPERS
Utilize a sapara para zíper.
Costura reta.
A sapata e pregar zíperes pode ser encaixada
do lado direito ou esquerda do suporte.
Encaixe a sapata no pino á esquerda ou a
direita, dependendo do lado do zíper que irá
pregar.
Dobre uns 2 cm de tecido e coloque-o sob a
sapata.
1. Para pregar o lado esquerdo do zíper,
coloque a sapata no lado esquerdo da
agulha.
2. Para pregar o lado direito do zíper,
coloque a sapata no lado direito da
agulha.
NOTA:
Quando a costura estiver se aproximando do zíper, levante a sapata e abra o
zíper levando o fêcho para trás.
Termine a costura.
Costurar conforme a amostra da
figura.
- 27 -
CASEADO
Utilize a sapata de casear
Selecione o comprimento do ponto conforme indicado:
Setor pontos
Nível
Regulação
1. Gire o seletor de pontos e selecione
na posição 18.
2. Costure o lado esquerdo.
3. Levante a agulha.
4. Gire o seletor de pontos e selecione
na posição 19.
5. Costure 5 ou 6 pontos.
6. Levante a agulha.
7. Gire o seletor de pontos e selecione
na posição 20.
8. Costure o lado direito.
9. Levante a agulha.
10. Gire o seletor de pontos e selecione
na posição 19.
11. Costure 5 ou 6 pontos.
12. Levante a agulha e retire o trabalho.
Antes de iniciar o caseado,
coloque a sapata de casear
conforme mostra a foto.
Depois de terminado, corte
cuidadosamente a abertura da
casa utilizando o abridor de
casas.
- 28 -
COMO FAZER BAINHAS
Faça uma dobra na orla do tecido com 3 mm de largura. Aperte formando
uma vinco de bainha de aproximadamente 8 cm de comprimento.
Coloque a bainha dobrada sob a sapata e enfie a agulha no início do trabalho.
Segure os dois fios por trás da sapata.
Costure de 3 a 4 pontos. Pare a máquina com a agulha dentro do tecido.
Levante a sapata e introduza a dobra do tecido de tal maneira que a mesma
se enrole no caracol da sapata, conforme a figura acima. Abaixe a sapata.
Continue a costura e, ao mesmo tempo, sustente com a mão o tecido levemente dobrado, oferecendo á sapata sempre a mesma largura de dobra.
NOTA:
Não deixe o tecido deslizar sob a metade direita da sapata. A dobra do tecido
deve deslizar livremente na ranhura existente sob a sapata. Utilize somente
tecidos apropriados. Para obter bons resultados, são necessários alguns
testes.
- 29 -
AGULHA DUPLA (Opcional)
Coloque a agulha dupla conforme as instruções as pág. 17.
Passe as linhas superiores em cada agulha normalmente, uma de cada vez.
NOTA:
A largura do ponto, zig-zag quando se use a agulha dupla, deve ser regulada em um terço da largura máximo normal do ponto, caso contrário poderá
causar a quebra da mesma.
BORDADOS
Retire da máquina a sapata e o suporte da sapata. Rebaixe os dentes da
máquina.
Coloque o tecido bem esticado no bastidor e posicione-o debaixo da agulha.
Abaixe a alavanca do calcador.
Movimento lentamente o bastidor para preencher o motivo desenhado.
- 30 -
GUIA PARA ACOLCHOADOS
1. Coloque o guia para acolchoados no furo existente no suporte do pé
calcador.
2. Ajuste a distância desejada deslocando o guia para um ou para outro
lado.
GUIA PARA COSTURA
1. Use o guia para fazer pespontos a uma distância regular da beirada do
tecido.
2. Coloque o guia no orifício existente á direita da chapa da agulha, ajuste a
distância e fixe-o.
3. Costure deslizando a beirada do tecido no guia.
- 31 -
MANUTENÇÃO (LIMPEZA E LUBRIFICAÇÃO)
1. Leve a agulha para a posição mais
alta.
2. Retire a caixa da bobina.
3. Afaste as alavancas de trava (A)
como mostra a figura.
4. Retire o arco da lançadeira (B).
5. Retire a lançadeira (C) segurando-a pelo pino central.
6. Limpe e lubrifique o arco e a lançadeira e volte a montá-los na ordem
inversa.
Abra a tampa e lubrifique os
pontos indicados.
Retire o pó e os fiapos acumulados
nos dentes das máquinas.
- 32 -
COMO CORRIGIR POSSÍVEIS DEFEITOS
PROBLEMA
CAUSA
1.
2.
A linha está emaranhada no bloco da lançadeira.
Acúmulo de fiapos nos dentes e na lançadeira.
1.
2.
3.
4.
5.
Fio passado erradamente.
A tensão da linha superior está muito apertada.
Agulha torta ou sem ponta.
A agulha está colocada incorretamente.
Linha inadequada para a agulha ou tecido.
A linha inferior se
rompe (bobina)
1.
2.
3.
A passagem do fio inferior está incorreta.
A linha está emaranhada na lançadeira.
A bobina está danificada, não gira normalmente.
Quebra da agulha
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
A agulha está colocada incorretamente.
A agulha está empenada ou torta.
O parafuso de fixação da agulha está frouxo.
A tensão do fio superior está muito apertada.
O tecido está sendo puxado excessivamente.
Agulha e linha incorretas em relação ao tecido.
O selector de pontos/ desenhos foi girado com a
agulha dentro do tecido.
Falha de pontos
1.
2.
3.
4.
A agulha está mal colocada.
A agulha está torta ou sem ponta.
Agulha ou linha não combinando com o tecido.
Agulha especial (ponta de bola – Opcional) não está
sendo utilizada para tecidos elásticos ou sintéticos.
O pé calcador não está com pressão adequada.
Máquina dura,
bloqueada ou
barulhenta
A linha superior se
rompe (agulha)
5.
Franzimento do
tecido
1.
2.
3.
4.
5.
A tensão das linhas está incorreta.
Passagem incorreta da linha.
Linha ou agulha muito grossa em relação ao tecido.
Ponto muito comprido.
A pressão do pé calcador não está corretamente
ajustada em relação ao tecido.
Pontos frouxos no
avesso do tecido
1.
2.
O tecido não é
transportado
1.
2.
3.
A tensão do fio superior está muito frouxa.
A agulha é muito grassa ou muito fina em relação ao
tecido.
Acúmulo de pó ou fiapos nos dentes.
A pressão do pé calcador está incorreta.
O seletor do comprimento do ponto está no zero.
- 33 -
CERTIFICADO DE GARANTIA
Atenção: Este Certificado é uma vantagem adicional oferecida ao Consumidor.
Porém, para que o mesmo tenha validade, é imprescindível que além deste Certificado, seja apresentada a competente NOTA FISCAL de compra do produto, sem a qual
o que neste Certificado está previsto não terá efeitos.
Este produto foi projetado procurando atender o Consumidor. Este é o objetivo fundamental da ELGIN S.A. Para tanto é importante que seja lido o Manual de Instruções de
uso do produto. Assim, ficam expressas as seguintes condições de garantia:
1.
Esta garantia é complementa á legal e estipula que todas as peças, partes e
componentes, com exceção as agulhas e lâmpadas (Vide item 6), ficam garantidas contra eventuais defeitos de fabricação que, porventura venham a apresentar,
pelo prazo de 2 (dois) anos contados a partir da data de entrega do produto ao Sr.
2.
As partes, peças e componentes, objeto da exceção no item anterior, possuem
somente a garantia legal de 90 (noventa) dias, também contados da data de entrega do produto ao Sr. Consumidor.
3.
Constatado o eventual defeito de fabricação, o Sr. Consumidor deverá entrar em
contato com o Posto de Assistência Técnica Autorizada mais próxima, conforme
relação oferecida, pois, somente este está autorizado a examinar e reparar o
produto no prazo de garantia. Caso isto não seja respeitado, o produto terá sido
VIOLADO.
4.
No prazo de garantia as partes, peças e componentes eventualmente defeituosos
serão trocados gratuitamente, sem custo da mão de obra aplicada.
5.
Por ser uma garantia complementar á legal, fica convencionado que esta garantia
perderá totalmente a sua validade se ocorrer uma das hipóteses a seguir:
A. Se o defeito eventualmente apresentado for ocasionado pelo Sr. Consumidor
ou terceiros estranhos ao fabricante.
B. Se o produto foi examina, alterado, adulterado, fraudado, ajustado, corrompido ou consertado por pessoa não autorizada pelo fabricante.
C. Se qualquer peça, parte ou componente agregado ao produto, se caracterizar
como não original, adequado ou novo e ainda, que não mantenha as especificações técnicas da ELGIN S.A.
6.
Estão excluídos desta garantia os eventuais decorrentes do desgaste natural do
produto, ter sofrido danos causados por acidentes ou agentes da natureza ou pela
negligencia do Sr. Consumidor no descumprimento da instruções do manual do
produto.
7.
Esta garantia perderá a validade se o produto não for utilizado em serviço doméstico regular.
8.
Caso o produto apresente eventual defeito, o Sr., Consumidor deverá transportalo até Assistência Técnica Autorizada mais próxima por sua conta e risco, para
que seja realizado o necessário serviço.
- 34 -
Fly UP