...

Cargo 22 - Psicólogo

by user

on
Category: Documents
3

views

Report

Comments

Transcript

Cargo 22 - Psicólogo
De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa. Para as
devidas marcações, use a folha de rascunho e, posteriormente, a folha de respostas, que é o único documento válido para a correção
das suas provas.
PARTE I – CONHECIMENTOS BÁSICOS
Julgue os itens subseqüentes, quanto às idéias, à tipologia textual
Lição de sabedoria
Um cientista muito preocupado com os problemas do
e à grafia do texto Lição de sabedoria.
mundo passava dias em seu laboratório, tentando encontrar meios
de minorá-los.
O título justifica-se porque, em função dos fatos narrados,
depreende-se que o mundo só estará concertado quando
Certo dia, seu filho de 7 anos de idade invadiu o seu
santuário decidido a ajudá-lo.
houver harmonia entre os homens.
O cientista, nervoso pela interrupção, tentou fazer o filho
brincar em outro lugar. Vendo que seria impossível, procurou
um homem diante da esperteza de seu filho.
algo que pudesse distrair a criança. De repente, deparou-se com
o mapa do mundo. Estava ali o que procurava. Recortou o mapa
O texto, predominantemente descritivo, conta o espanto de
em vários pedaços e, junto com um rolo de fita adesiva, entregou
Os vocábulos “laboratório”, “santuário” e “vários” estão
escritos com acento agudo porque são palavras paroxítonas
ao filho dizendo:
terminadas em ditongo.
— Você gosta de quebra-cabeça? Então vou lhe dar o
mundo para consertar. Aqui está ele todo quebrado. Veja se
consegue consertá-lo bem direitinho. Mas faça tudo sozinho.
O pai, cientifico, tomando consciência da impossibilidade de
o filho removê-lo de seu intento de pesquisador, buscou
Pelos seus cálculos, a criança levaria dias para recompor
alguma tarefa que pudesse fazer a criança partilhar de suas
o mapa. Passadas algumas horas, ouviu o filho chamando-o
atividades narrativas.
calmamente. A princípio, o pai não deu crédito às palavras do
filho. Seria impossível na sua idade conseguir recompor um mapa
O cientista, relutante ao erguer os olhos de suas anotações,
certamente julgando que encontraria um trabalho infantil,
que jamais havia visto.
Relutante, o cientista levantou os olhos de suas
admirado constatou que o mapa-múndi estava completo e
anotações, certo de que veria um trabalho digno de uma criança.
que os pedaços tinham sido postos em seus devidos lugares.
Para sua surpresa, o mapa estava completo. Todos os pedaços
haviam sido colocados nos devidos lugares. Como seria possível?
Julgue o emprego do sinal indicativo de crase nos itens que se
Como o menino havia sido capaz?
seguem.
— Você não sabia como era o mundo, meu filho, como
conseguiu?
solução de seus problemas é o intuito maior de qualquer
— Pai, eu não sabia como era o mundo, mas, quando
você tirou o papel da revista para recortar, eu vi que do outro
lado havia a figura de um homem. Quando você me deu o mundo
para consertar, eu tentei, mas não consegui. Foi aí que me lembrei
indivíduo que se dedique à pesquisa científica.
folha e vi que havia consertado o mundo!
Ao constatar que, analisando à contraface da folha, existiam
as partes da figura humana à mostra, a criança conseguiu
Autor anônimo. Mensagem que circulou por e-mail em fev./2004 (com adaptações).
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
Aspirava à participar das atividades científicas do pai àquela
criança esperta.
do homem, virei os recortes e comecei a consertar o homem que
eu sabia como era. Quando consegui consertar o homem, virei a
A busca de soluções capazes de propiciar à humanidade a
desvendar à incógnita do desconserto do mundo.
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–1–
A partir das idéias e da tipologia do texto I, julgue os itens
seguintes.
Texto I – itens de 9 a 30
Substantivo versus adjetivo
1
4
7
10
13
16
19
22
25
28
31
34
37
40
43
46
49
Além das denúncias de tráfico de influência,
lavagem de dólares, prevaricação, sonegação de impostos,
nepotismo, fisiologismo e clientelismo político, outro tema que
se encontra no centro das discussões éticas e políticas no país
é o papel da imprensa.
Acusam, do lado de lá, a imprensa, entre outras
coisas, de sensacionalista, injusta, partidária, tendenciosa,
integrante do ficcional sindicato do golpe ou daqueles
segmentos interessados em destruir as instituições, como a
presidência da República.
Para melhor avaliar o que ocorre hoje nessa relação
entre imprensa e governo, os jornalistas, cientistas políticos,
sociólogos e historiadores de amanhã terão mais isenção e
muito o que pesquisar. Hoje, estamos todos envolvidos como
profissionais, como cidadãos.
O senso profissional do jornalista mistura-se com
sentimentos difusos de patriotismo, ódio, raiva, impotência,
esperança, descrença. O momento apresenta um quadro rico
em detalhes carregados de tensão. O conflito manifesta uma
semântica, mediante a qual se tenta conquistar a opinião
pública.
Os acusados, alvos de denúncias substantivas,
partem para o contra-ataque, na tentativa de atingir seus
acusadores com frases adjetivas. De preferência,
desabonadoras. A tática não é nova. Quando Nero procurou
alguém para responsabilizar pelo incêndio de Roma, não
titubeou. Escolheu os cristãos, vistos pelo imperador e sua
corte como inimigos políticos. Para preservar a instituição
romana e a si próprio, Nero transferiu sua loucura para o
suposto ato dos cristãos.
Sempre se pode colher na história entre dominados
e dominadores, governantes e súditos, situação e oposição,
instituição pública governamental e imprensa, entre outras
divisões maniqueístas, condutas assemelhadas. Na defensiva,
quem tem o poder procura, diante de acusações substantivas,
desqualificar os inimigos com adjetivos.
Na revelação da divergência, do conflito e da ira
pela palavra, procura-se esconder o que mais se manifesta na
realidade do discurso: a verdade. Aí, a imprensa apresenta-se
como veículo mais eficaz para distribuir as informações e as
interpretações factuais. Sem os jornais independentes, há o
discurso político surdo. Uma contradição que nega a essência
e a natureza política, ou seja, o caráter público.
Com erros, até grandes, é a imprensa o canal mais
eficiente para revelar as verdades que se escondem em tantos
discursos, cenas de TV, papéis burocráticos, atos
simbolicamente autoritários e totalitários. A imprensa, ao
contrário do discurso político, em que predomina a locução
adjetiva, tem por fundamento a revelação substantiva do
cotidiano.
O primeiro parágrafo delimita, em um enfoque ético, o
assunto tratado no texto: a discussão do papel social da
imprensa.
Os parágrafos segundo, terceiro e quarto apresentam os
seguintes desdobramentos do problema, respectivamente: a
interpretação dos que detêm o poder, “do lado de lá” (R.6);
a visão dos intelectuais, entre eles o autor, e a compreensão
dos fatos pelo lado dos profissionais de imprensa.
O posicionamento do autor é reforçado no quinto parágrafo,
pela retomada da dicotomia apresentada no título,
exemplificada com dados colhidos da História.
O último período do texto expõe, recuperando as expressões
“locução adjetiva” e “revelação substantiva”, conclusões
acerca do assunto anteriormente delimitado.
Com referência à grafia e à acentuação das palavras do texto I,
julgue os itens a seguir.
Agrupando-se algumas palavras das linhas 1 e 2 em função
das regras pelas quais elas são acentuadas, formam-se dois
grupos: a) “denúncias” e “influência”; b) “tráfico” e
“dólares”.
A vogal “i”, nas palavras “país” (R.5) e “maniqueístas”
(R.34), é acentuada porque está na sílaba tônica, formando
um hiato com a vogal anterior.
O vocábulo “senso” (R.16) admite, sem que ocorra mudança
de sentido, a grafia com a inicial “c”, como na expressão
censo populacional.
A escrita de “contra-ataque” (R.23) poderia ser feita sem
hífen, por analogia com “contradição” (R.42), sem que se
incorresse em erro de grafia.
O vocábulo “cotidiano” (R.50) aceita também a grafia
quotidiano, devido à etimologia da palavra.
Julgue os itens seguintes, referentes ao emprego das classes de
palavras e à sintaxe da oração e do período no texto I.
Na linha 7, os adjetivos “sensacionalista”, “injusta”,
“partidária” e “tendenciosa” referem-se à imprensa televisiva
exclusivamente, a quem é atribuído também o epíteto de
“sindicato do golpe” (R.8).
O período “O senso profissional do jornalista mistura-se com
sentimentos difusos de patriotismo, ódio, raiva, impotência,
esperança, descrença.” (R.16-18) classifica-se como
composto por coordenação.
Ligam-se sintaticamente a “sentimentos difusos” (R.17) os
seguintes substantivos abstratos: “patriotismo”, “ódio”,
“raiva”, “impotência”, “esperança” e “descrença”.
O conector “Quando” (R.25) e o advérbio “Sempre” (R.31)
atribuem circunstância de tempo ao contexto em que estão
empregados.
Marcel Cheida. In: Folha de S. Paulo, 26/7/1992 (com adaptações).
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
Pelo encadeamento das idéias na construção textual,
constata-se que a matéria é apresentada sob a forma de uma
argumentação.
No período “Para preservar a instituição romana e a si
próprio, Nero transferiu sua loucura para o suposto ato dos
cristãos.” (R.28-30), as palavras sublinhadas expressam
circunstâncias adverbiais de finalidade.
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–2–
Julgue a concordância, a regência e a pontuação, além da
manutenção do sentido dos parágrafos sexto e sétimo do texto I,
nas reescrituras apresentadas nos itens a seguir.
O reembolso das despesas com atendimentos prestados por
unidades públicas beneficiárias de planos privados de saúde
constitui fonte adicional de recursos do SUS.
Sempre pode-se retirar da história aspectos semelhantes em
divisões maniqueístas, como nas condutas entre si de
dominados e dominadores, governantes e súditos, situação e
oposição, instituição pública governamental e imprensa.
Quem tem a defensiva do poder, procura diante de acusações
da substância, desqualificar os inimigos com adjetivos
periféricos.
Os recursos de custeio da esfera federal destinados às ações
e aos serviços de saúde configuram o teto de financiamento
global, sendo o valor para cada estado e município definido
com base na PPI e correspondente à soma dos tetos
financeiros de assistência, vigilância sanitária, epidemiologia
e controle de doenças.
Revela-se à divergência da ira à palavra, por intermédio do
conflito, e procura-se, pela verdade, ocultar o que mais se
manifesta no discurso: a realidade.
A imprensa é apresentada, no e ao poder, como o veículo
mais eficiente à distribuição das comunicações e às
interpretações dos fatos.
Os valores financeiros transferidos a estados e municípios,
referentes a pisos, tetos, frações e índices, bem como as suas
revisões, devem ser negociados nas comissões intergestoras
bi e tripartite e aprovados pelos respectivos conselhos de
saúde.
Existe o discurso político surdo, além da contradição
negadora da essência natural e política da coisa pública,
sempre que os jornais apregoam os fatos, com
independências.
Com base nos princípios de redação e correspondência oficiais,
julgue os itens a seguir, relativos ao texto I.
O quinto parágrafo, da forma como se encontra no texto,
grafada entre aspas e indicando a autoria, porém sem a
indicação de parágrafo, comporta a transcrição para o corpo
de uma ata.
O texto, citando a fonte de onde foi retirado, fará parte de
um relatório técnico, desde que transcrito em folha padrão
ofício.
No Brasil, as ações e os serviços públicos de saúde integram uma
rede regionalizada e hierarquizada e constituem o Sistema Único
de Saúde (SUS). Acerca desse sistema, julgue os itens que se
seguem.
Os serviços de saúde privados podem participar do SUS em
caráter complementar.
Compete ao SUS ordenar a formação de recursos na área de
saúde.
Compete ao SUS coordenar a formulação da política de
saneamento básico e a execução das ações nela previstas.
Cabem à direção estadual do SUS o estabelecimento de
normas e a execução da vigilância sanitária de portos,
aeroportos e fronteiras.
A Programação Pactuada Integrada (PPI) é um instrumento
de gestão do SUS, elaborado pelo Ministério da Saúde e
aprovado pelos conselhos municipais e estaduais de saúde.
Com referência à gestão financeira do SUS, julgue os itens a
seguir.
Para receberem os recursos destinados à cobertura das ações
e dos serviços de saúde, municípios, estados e Distrito
Federal não precisam contar necessariamente com conselhos
de saúde.
Os municípios habilitados em gestão plena da atenção básica
ampliada estão também habilitados em gestão plena do
sistema municipal.
A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações
de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade destinado a
assegurar o direito à saúde. Com respeito a essa rede de proteção
social, julgue os itens que se seguem.
Um dos objetivos da seguridade social é a garantia de
universalidade do atendimento de saúde.
Na legislação brasileira, as ações e os serviços de saúde não
são considerados de relevância pública.
Segundo a Constituição Federal, as políticas econômicas
devem garantir redução de riscos de agravos à saúde.
Considerando os Programas de Agentes Comunitários de Saúde
e de Saúde da Família (PACS/PSF), julgue os itens subseqüentes.
Os agentes comunitários de saúde devem ser técnicos de
enfermagem treinados para desenvolver ações básicas de
saúde.
As equipes de saúde da família têm de ser obrigatoriamente
chefiadas por um profissional médico.
O PACS/PSF é uma estratégia de reformulação do modelo
assistencial em saúde no Brasil.
Cinco ações básicas de atenção à saúde da criança
apresentam comprovada eficácia: promoção do aleitamento
materno, acompanhamento do crescimento e
desenvolvimento, imunização, prevenção e controle de
doenças diarréicas e de infecções respiratórias.
As unidades do PACS/PSF atendem, preferencialmente, a
uma demanda populacional espontânea sem delimitação
territorial.
A atenção humanizada à mulher, por ocasião do aborto, parto e
puerpério, compreende um conjunto de conhecimentos, práticas
e atitudes que visa à promoção do parto e nascimento saudáveis
e à prevenção de morbi-mortalidade materna e perinatal. Acerca
desse assunto, julgue os itens seguintes.
A hospitalização no momento do trabalho de parto tem sido,
em grande parte, responsável pela queda da mortalidade
materna e neonatal no Brasil.
O percentual de partos cesarianos no Brasil vem crescendo
de forma alarmante, chegando a ser, em média, na rede do
SUS, maior que o de partos normais.
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–3–
PARTE II — CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
O Programa Girassol, da Santa Casa de Misericórdia
do Pará, atendeu 205 pessoas vítimas de violência sexual,
entre 1997 e maio de 2003. As vítimas são, em sua maioria,
jovens do sexo feminino com 12 a 18 anos de idade e crianças
entre 3 e 8 anos de idade. Os serviços oferecidos incluem
atendimento psicológico, psicossocial, médico-cirúrgico e
contracepção de emergência. Na maioria das vezes, as vítimas
são encaminhadas pelas delegacias dos bairros onde moram e
chegam ao hospital através do pronto-socorro municipal,
delegacias, centro de perícias científicas e postos de saúde.
Internet: <http://www.pa.gov.br/projetos_sociais/p_girassol_01.asp> (com adaptações).
Considerando o texto acima, julgue os itens a seguir.
O número de atendimentos realizados pelo Programa
Girassol é provavelmente inferior, em mais de 50%, ao
número real de abusos ocorridos na região de assistência.
Para a comprovação do crime de abuso sexual, é
imprescindível exame médico que confirme algum tipo de
marca física no corpo da vítima, mesmo que mínimo.
A alta incidência de abuso sexual cometido contra
crianças de três a oito anos de idade deve-se,
provavelmente, ao fato de mães trabalhadoras serem
obrigadas a deixar seus filhos menores aos cuidados de
terceiros fora do lar.
O atendimento a crianças e jovens em programas sociais
deve, sempre que possível, evitar a denúncia do abuso à
justiça, para evitar maiores seqüelas emocionais para a
vítima, já bastante exposta e humilhada.
O aborto é crime no Brasil e a contracepção de
emergência é um recurso extremo, permitido apenas em
casos que envolvam crianças muito jovens, quando a
gravidez coloca sua própria vida em risco.
Abuso sexual na infância e adolescência é expressão
utilizada para denominar o ato perpetrado por um homem
adulto contra uma menina ou adolescente.
O reconhecimento do pedófilo ou abusador sexual é difícil
porque essa pessoa não tem características físicas, psicológicas
ou sociais específicas que possam alertar a criança ou seu
responsável. Por outro lado, as evidências do abuso também
não são claras ou exclusivas da situação. Considerando esse
fato, julgue os itens que se seguem.
Professores são as pessoas mais preparadas para
reconhecer a criança sexualmente abusada.
Quando crianças e adolescentes relatam carícias e toques
em seus genitais e em zonas erógenas do corpo por parte
de padrastos ou dos próprios pais biológicos, na maioria
das vezes estão fantasiando ou disputando com a mãe o
amor da figura masculina.
Ensinar uma criança de três anos a recusar investidas
sexualmente abusivas e a relatar o fato pode ser mais
eficaz na prevenção do abuso sexual do que treinar os
pais a reconhecer possíveis agressores e proteger seus
filhos.
A criança abusada com freqüência apresenta comportamento
sexualizado, embora tenha dificuldade para falar sobre o ato
abusivo.
Geralmente, o agressor, para garantir o acesso à criança, o seu
silêncio e a perpetuação do abuso, seduz a vítima, torna-se seu
cúmplice, faz promessas e carinhos e oferece presentes, mas
pode também ameaçar e usar o poder de autoridade.
Julgue os seguintes itens referentes às conseqüências do abuso
sexual e acerca da intervenção nesses casos.
As conseqüências psicológicas do abuso independem da idade
da criança, duração do abuso, condições em que ocorre, grau de
violência ou ameaças envolvido, grau de relacionamento da
vítima com o agressor e existência de figuras parentais
protetoras.
Em casos de abuso sexual na infância e adolescência, a
intervenção requer proteção à vítima, punição do agressor e
atenção terapêutica à saúde física e mental da criança e da
família, incluindo o agressor quando ele é um familiar.
A criança vitimizada pode entender que está sendo punida ao
ser removida do convívio familiar para um abrigo ou lar
substituto temporário.
Em conseqüência do abuso, podem ocorrer dificuldade de
relacionamento interpessoal e problemas no desempenho do
papel e no funcionamento sexual.
Texto I – itens de 66 a 77
Espaços de acolhimento da FUNCAP
abrigam crianças em situação de risco
O Espaço de Acolhimento Provisório Infantil (EAPI) da
Fundação da Criança e do Adolescente do Pará (FUNCAP) acolhe
e abriga crianças de 0 a 6 anos de idade que vivem em situação de
risco pessoal e social. As crianças são encaminhadas para o EAPI
quando os pais ou parentes próximos as abandonam ou não
apresentam condições financeiras e psicológicas para criá-las.
Depois de esgotadas todas as possibilidades de reintegração da
criança à família, a direção da unidade comunica o juizado da
infância e da juventude, que disponibiliza aquela criança para ser
incluída no processo de adoção. Enquanto permanecem no abrigo,
as crianças ficam sob a guarda dos profissionais daquela instituição.
Do motorista ao cozinheiro, todos ajudam, da maneira que podem,
para fazer com que elas se sintam em casa. Aquelas que estão em
idade escolar freqüentam a escola do bairro do Coqueiro e os pólos
esportivos do estado e do município. Aqueles que ainda não estão
em idade escolar participam das atividades de estimulação precoce
desenvolvidas no abrigo. Para cuidar das crianças, o EAPI conta
com a ajuda de 126 servidores, entre técnicos, equipe de apoio e
psicólogos. Mas a excelência desse trabalho também conta com a
ajuda de voluntários que, além de doar roupas e brinquedos,
auxiliam em atividades como dar mamadeira, contar estórias e
colocar as crianças para dormir.
Mônica Maia. Internet: <http://www.pa.gov.br/projetos_sociais/p_acolhimento_01.asp>.
Acesso em 12/3/2004 (com adaptações).
Considere as informações e situações descritas no texto I e julgue os
itens subseqüentes.
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
A falta de condições financeiras, por si só, não constitui uma
condição de risco para o desenvolvimento da criança, se as
condições psicológicas dos pais forem favoráveis.
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–4–
Experiências traumáticas na infância, como abandono,
negligência ou doença materna, podem alterar a
responsividade comportamental da criança em momentos
posteriores do desenvolvimento.
A intervenção preventiva objetiva remover ou pelo menos
minimizar o nível de risco psicossocial existente antes
que seu efeito ocorra. Isso significa que, para o
adolescente, as medidas do EAPI descritas no texto I não
são preventivas.
Programas como os da EAPI não são úteis para crianças
nascidas com problemas congênitos porque, de acordo
com a perspectiva ecológica de desenvolvimento proposta
no modelo transacional de Sameroff e Chandler,
problemas biológicos não podem ser modificados por
fatores ambientais.
Acerca do processo de adoção, nas condições descritas no
texto I, julgue os itens a seguir.
Até ser adotada, a criança perde o vínculo biológico e
pode reconhecer os indicadores de rejeição pela família.
Ainda assim, a família adotiva pode suprir as
necessidades básicas da criança e resgatar sua
autoconfiança e estabilidade emocional.
A intervenção para favorecer a adaptação em famílias
adotivas deve ser centrada na criança, que perdeu seu
primeiro referencial, e não na família adotiva que, quando
selecionada, está apta para a adoção.
Receber cuidados e atenção de terceiros dedicados, além
de assistência escolar, como acontece com as crianças que
aguardam adoção no EAPI, permite às crianças formar
vínculos afetivos duradouros e estáveis, necessários ao
desenvolvimento saudável.
Considerando o texto I, julgue os itens que se seguem,
referentes à caracterização da clientela assistida e à eficácia
dos procedimentos adotados.
Acerca do uso de entrevistas psicológicas com diferentes finalidades,
julgue os itens que se seguem.
As informações prestadas por pré-adolescentes em uma
entrevista de avaliação de risco ou entrevista diagnóstica só
podem ser modificadas quando são sabidamente inverídicas.
A entrevista clínica estruturada é a técnica indicada para que se
possa colher dados em profundidade sobre peculiaridades de
uma queixa.
Na entrevista para seleção de pessoal, as perguntas que suscitam
respostas longas permitem ao entrevistador avaliar, além da
resposta específica, diferentes características do seu
interlocutor.
Um roteiro de entrevista estruturada, elaborado para colher
informações de uma população de baixa escolaridade, pode
prever o uso variável de palavras pelo entrevistador, conforme
o grau de entendimento do entrevistado.
É provável que pais de crianças violentadas forneçam
informações mais exatas sobre suas condutas em uma entrevista
semi-estruturada do que em um questionário não personalizado
enviado pelos correios.
Testes psicológicos avaliam uma amostra do comportamento e são
medidas auxiliares no conhecimento do indivíduo. Julgue os itens a
seguir, relativos a esses instrumentos.
O uso de medidas sociométricas pode favorecer o planejamento
de programas em abrigos comunitários.
Testes de personalidade do tipo questionário são mais objetivos
que testes do tipo projetivo, o que não significa que tenham
maior validade e fidedignidade.
A validade preditiva de um teste é irrelevante para o processo
de seleção de pessoal.
Dados de entrevista e de observação não acrescentam
informações relevantes para a interpretação dos resultados de
testes padronizados e validados para a população à qual se
destinam.
A utilização de grupo controle e de grupo experimental é
metodologicamente inadequada para investigar o efeito
de programas assistenciais no desenvolvimento de
crianças e adolescentes.
Os estudos descritivos, conduzidos para caracterizar
determinado segmento da população, não permitem o
estabelecimento de relação de causalidade entre variáveis.
Cientificamente, a adolescência é um processo normativo
caracterizado por conflitos interiores e instabilidade emocional.
Pré e pós-testes são técnicas utilizadas para investigar o
efeito de uma ou mais variáveis específicas sobre o
comportamento.
A adolescência termina quando o jovem se ajusta aos padrões
normais de comportamento do adulto e das expectativas da
sociedade, independentemente da idade cronológica.
A flexibilidade do pensamento adolescente sobre o mundo,
como propôs Piaget, surge com o estágio das operações
formais.
Na fase de operações formais, espera-se que os adolescentes
possam raciocinar além de suas próprias experiências, formular
críticas, hipóteses e análises teóricas e fazer julgamentos de
valor. Aqueles que começam a questionar decisões de figuras de
autoridade e a desafiar valores sociais e religiosos seguidos por
eles na infância, provavelmente entraram em desenvolvimento
desviante ou delinqüente.
Caso fosse realizado um estudo sobre características
desenvolvimentais de crianças em condições de risco,
exclusivamente com a clientela do EAPI descrita no
texto I, esse estudo estaria utilizando uma amostra
randomizada.
Julgue os itens subseqüentes, acerca do desenvolvimento durante a
adolescência.
Estudos longitudinais permitem uma clara observação do
processo desenvolvimental, mas são onerosos e costumam
implicar alta taxa de mortalidade da amostra.
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–5–
Durante a puberdade, meninos e meninas observam grandes
transformações em seus corpos, que são fonte de satisfação,
expectativa, medo e dúvidas. No que se refere a esse assunto,
julgue os itens seguintes.
Características sexuais secundárias, como o
desenvolvimento dos ovários e a produção de óvulos, são
as primeiras mudanças do período pré-puberal.
Biologicamente, o período mais favorável à gravidez é
imediatamente após a menarca, quando o organismo é
mais fértil e está melhor preparado.
Problemas emocionais e ambientais podem ser os
principais responsáveis pelo desenvolvimento puberal
tardio.
A ginecomastia observada em meninos de 10 a 12 anos de
idade é, na maioria das vezes, um importante indicador de
hermafroditismo e requer imediata intervenção
psicossocial e médica.
Texto II - itens de 95 a 104
Julgue os itens a seguir, com base no segundo parágrafo do texto II.
Jovens que adotam comportamentos delinqüentes durante a
adolescência serão adultos criminosos porque, segundo Erik
Erikson, a identidade se define conforme as escolhas e papéis
assumidos na adolescência.
Todas as prisões, como instituições disciplinares, deveriam
oferecer mecanismos para a reinserção dos prisioneiros na
sociedade, como a profissionalização e o resgate da auto-estima
mesmo na idade adulta.
A reclusão social durante a adolescência compromete a autoestima e favorece o sentimento de alienação e a permanência no
crime como meio de sobrevivência.
Nas prisões, a agressividade do sujeito facilmente se expressa
sob a forma de violência em defesa própria, e a subjetividade é
moldada de acordo com esse contexto.
Considerando o terceiro parágrafo do texto II, julgue os seguintes
itens.
A formação de gangues acontece, em primeiro lugar, devido a
Jovens mergulham no mundo da criminalidade
De acordo com dados da Superintendência do
Sistema Penal, 42,56% dos criminosos presos nas cadeias do
Pará são rapazes e moças entre 18 e 24 anos de idade
envolvidos com crimes violentos como assaltos e latrocínios.
Boa parte desses rapazes e moças começou a carreira
criminosa ainda na adolescência e chegam às casas penais com
um longo histórico de violência e quase nenhuma disposição
para mudar.
Cerca de 90% dos meninos que passam pela casa que
abriga os adolescentes que cometem crimes graves acabam
chegando, na fase adulta, às cadeias e aos presídios do estado.
Há 20 anos, a maioria dos presos era formada por
adultos vindos da periferia da cidade, que não estudavam e
não tinham emprego. Hoje, muitos presos são pessoas que
passaram a infância e a adolescência nas gangues de rua,
desprovidas das referências familiares.
Chama a atenção a violência e a audácia dos
criminosos mais jovens que, antes dos 15 anos, podem matar
com requintes de crueldade. Os jovens encontram no crime
uma fonte de prazer e se sentem poderosos quando matam ou
torturam suas vítimas.
Rita Soares. Internet: <http://www.oliberal.com.br/policia/default.asp>.
Acesso em 6/3/2004 (com adaptações).
Com relação ao primeiro parágrafo do texto II, julgue os itens
que se seguem.
O quadro de violência descrito decorre do crescimento
demográfico e do conseqüente aumento da pobreza, visto
que a principal forma de agressão apresentada envolve
assalto.
A pouca disposição para mudar que o texto relaciona a
jovens com longa história de violência é mais provável
de ser uma inferência de quem faz o julgamento do que a
determinação consciente dos jovens em permanecer no
mundo do crime.
conflitos familiares.
As gangues de rua podem ser corretamente entendidas como
um espaço de sobrevivência e de formação de vínculos e
identidade grupal para os adolescentes.
Com respeito ao tema tratado no quarto parágrafo do texto II, julgue
os itens subseqüentes.
A violência pode persistir como característica comportamental
pelo fato de garantir ao indivíduo o status e o respeito de seus
pares, os quais ele normalmente não consegue obter por meio
de comportamentos socialmente aceitáveis.
De acordo com os princípios da psicologia social, o grau de
poder adquirido pelo jovem infrator permite a expropriação do
poder do outro e sua conseqüente dominação.
O Projeto Navegar, no Pará, tem o objetivo de promover a
integração social e a saúde de alunos da rede pública de ensino com
idade entre 12 e 15 anos. Os participantes são estimulados à
convivência grupal na realização de ações esportivas, culturais, de
higiene, segurança e meio ambiente. Todas as atividades são ligadas
a três modalidades de esporte náutico: vela, canoagem e remo.
Através do Navegar, os garotos aprendem a manusear embarcações
e a valorizar o meio ambiente.
Também aprendem noções de civismo, primeiros socorros,
sobrevivência, natação, ecologia e tráfego marinho e participam de
palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis. Os moradores
locais ficam à frente do projeto e funcionários da secretaria fazem
monitoramento e avaliações constantes do que está sendo
desenvolvido.
Internet: <http://www.pa.gov.br/noticias2003/08_
2003/03_02.asp>. Acesso em 15/2/2004 (com adaptações).
Considerando o texto acima, julgue os itens que se seguem.
Estimular os jovens a relatar suas próprias vivências em grupo
durante o ensino de civismo permite a troca de experiência e
favorece a percepção de formas adequadas para o exercício da
cidadania.
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–6–
A integração social, como proposta no texto, descreve uma
medida preventiva porque, entre outros motivos, preenche o
tempo livre do jovem com atividades de lazer e favorece a
apropriação dos valores sociais, o compromisso direto com as
questões comunitárias e o sentimento de inclusão.
No que se refere à elaboração de documentos escritos
decorrentes de avaliação psicológica, julgue os itens a
seguir.
O projeto se beneficiaria ainda mais se, em vez de moradores
Ao psicólogo compete desenvolver habilidades de
locais, fossem incluídos nas atividades apenas monitores treinados
para essas atividades e iniciados em questões da adolescência.
redação no estilo popular, simples e direto, que lhe
Um problema secundário desse tipo de programa é que, ao
promover o agrupamento de jovens, o uso de drogas também é
favorecido devido à necessidade de aceitação pelo grupo, que é
sabidamente um dos determinantes da iniciação ao uso de drogas
entre adolescentes.
Em ambientes dirigidos por uma figura pouco autoritária, a
construção da subjetividade fica prejudicada pela ausência do
controle formal que existe em escolas e abrigos.
Julgue os itens seguintes, a respeito dos estudos sobre ideologia na
psicologia social.
O uso de vestimenta diferenciada por parte de alguém que ocupa
permitam a elaboração de laudos psicológicos claros o
suficiente para a compreensão inequívoca.
Um documento deve deixar claro ao destinatário que as
condições descritas são dinâmicas e passíveis de
modificação.
O conteúdo descrito em um laudo psicológico deve
limitar-se aos resultados de testes psicológicos
padronizados e reconhecidos pelo Conselho Federal de
Psicologia.
uma posição de domínio é um exemplo de valorização simbólica
do poder.
Uma declaração deve informar fatos ocorridos, tais
A ideologia é consensualmente o conjunto de valores da classe
como a participação em programas sociais, e não incluir
social dominante.
dados psicológicos. O parecer implica o uso de um
Com base no enfoque histórico-cultural da psicologia social, julgue os
itens subseqüentes.
Uma condição rara de alto risco individual tem mais possibilidade
de aumentar o risco comunitário que uma condição de médio risco
individual e alta prevalência na população.
Uma família ou vizinhança violenta é nociva à criança, pois ela,
por intermédio de suas inter-relações com o meio, assimila o
sistema social criado ao longo de gerações e no qual ela se insere
ao nascer.
A sociedade é como uma rede dinâmica de interações sociais em
que os indivíduos interagem entre si, se adaptam e se
movimentam em função dos movimentos e intenções dos outros.
UnB / CESPE – SESPA/PA / Concurso Público – Aplicação: 21/3/2004
Cargo 22: Psicólogo
referencial
teórico-científico
e
deve
esclarecer
questões de natureza psicológica que servirão como
subsídio para tomadas de decisão.
Ao elaborar parecer judicial que contenha quesitos,
o psicólogo deve apresentar respostas a todos eles.
Quando, na avaliação psicológica de um adolescente,
for evidenciada a necessidade de acompanhamento
psicológico, a solicitação para esse serviço deve ser
incluída no relatório.
É permitida a reprodução apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
–7–
Fly UP