...

concurso público municipal – contador

by user

on
Category: Documents
7

views

Report

Comments

Transcript

concurso público municipal – contador
CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL – CONTADOR
PORTUGUÊS
As questões de números 1 a 3 referem-se ao texto que segue.
Que haja jardins em nosso tempo!!!!
Clara passeava no jardim com as crianças.
[...] Não havia perigo.
Havia jardins, havia manhãs naquele tempo!!!
(Carlos Drummond de Andrade)
A violência tem sido tão explorada pelos meios de comunicação,
tão exibida sem nenhum questionamento e tão banalizada que as pessoas,
“anestesiadas”, passaram a conviver com ela como se fosse algo natural e,
portanto, inevitável.
Procuram, então, enfrentar a violência buscando soluções
meramente individuais e segundo suas próprias possibilidades. Mudam-se
para cidades menores, isolam-se em condomínios fechados e shopping
centers, contratam seguranças ou, mais frequentemente, agarram-se à
religião, como única garantia de salvação.
No entanto, não será dessa forma que iremos resolver situações
que têm origens histórico-culturais, e sim com estratégias racionais e
eficientes que promovam mudanças sociais. Mudanças que só se
processam através de lutas políticas consistentes e de projetos de
educação que reforcem a formação humanística voltada para a cidadania e
a solidariedade. [...]
O autoritarismo na área educacional tem gerado, ao longo de
nossa história, indivíduos revoltados, incapazes de dialogar e intolerantes
em relação às diferenças individuais. Sua preocupação, centrada apenas
no sucesso profissional e econômico – para as altas esferas sociais -, e
num ofício que garanta, no mínimo, o emprego e a sobrevivência – para as
classes mais baixas -, tem sido responsável pela formação de pessoas
mais competitivas e menos solidárias.
A difusão da ideia de que a felicidade está em ter, muito mais do
que em ser, tem criado bloqueios a experiências afetivas mais ricas e a
projetos de vida mais consistentes, que transcendam os limites dos
interesses meramente individuais para atingir os interesses coletivos. [...]
Disso tudo decorre a necessidade de o Estado, as comunidades
religiosas, as escolas, empresas, sindicatos, agremiações esportivas, etc.
investirem mais em centros de convivência, oficinas de arte, lazer
alternativo (mais barato e saudável), esportes cooperativos, terapias de
apoio e tudo o mais que possa propiciar o desenvolvimento da autoestima,
respeito pelo outro, reconhecimento dos direitos e deveres de cidadania, a
predisposição a contatos e relações prazerosas. Em outras palavras, devese investir na construção de uma cultura da paz.
Agindo assim, talvez possamos, amanhã, voltar a passear nos
jardins, como fazia Clara e suas crianças, no poema cheio de saudades de
Carlos Drummond de Andrade.
(Adaptado de:Júlia Falivene Alves. In: Violência em debate. São Paulo:Moderna,1997. p. 59-75.)
01. Considere as seguintes afirmações:
I. O texto critica o crescente individualismo e competitividade das
pessoas, estimuladas, de alguma forma, pela educação.
II. O texto inicia-se com uma epígrafe, cujo conteúdo não contrasta
com a introdução, já que ambos retratam a violência.
III. O texto centra a argumentação nas eventuais estratégias que
poderiam ser adotadas na busca de soluções.
Está de acordo com o texto o que se afirma APENAS em:
(A) I.
(B) II.
(C) III.
(D) I e III.
02. Com base no texto acima, assinale a única com raciocínio incoerente.
(A) Aparece nesse texto um recurso sempre rico de possibilidades
argumentativas: o uso da epígrafe.
(B) Em todo o desenvolvimento dos parágrafos, a autora argumenta a
respeito do mundo caótico em que vivemos hoje.
(C) Estimula a ideia de que a felicidade possível, hoje, está ligada
diretamente ao alto poder aquisitivo.
(D) No parágrafo conclusivo, retoma os dizeres da epígrafe, reforçando
a ideia de que passear nos jardins é possível.
03. A palavra “talvez” (l. 35) pode ser adequadamente substituída, no texto,
por:
(A) decerto
(B) porventura
(C) assaz
(D) sequer
04. Em relação ao período “Concentro-me e ouço qualquer coisa que me
parece música, mas vem de tão longe!”, está correto o que se afirma
em:
(A) contém duas orações coordenadas sindéticas.
(B) contém uma oração subordinada adverbial conformativa.
(C) contém um período composto formado por três orações.
(D) contém uma oração subordinada substantiva subjetiva.
As questões de números 05 a 07 referem-se ao poema que segue.
Vou-me à feira de Trancoso
Logo, nome de Jesu,
E farei dinheiro grosso.
Do que este azeite render
Comprarei ovos de pata,
Que he a cousa mais barata
Qu’ eu de lá posso trazer.
E estes ovos chocarão;
Cada ovo dará um pato,
E cada pato um tostão,
Que passará de um milhão
E meio, a vender barato.
Casarei rica e honrada
Por estes ovos de pata,
E o dia que for casada
Sahirei ataviada
Com hum brial d’escarlata
E diante o desposado
Que me estará namorando:
Virei de dentro bailando
Assi dest’arte bailado
Esta cantiga cantando.
(Apud MAIA, Adhalmir Elias dos Santos. Pequena antologia da língua portuguesa. 2ª ed. São Paulo,
Editora do Brasil, s.d. p. 260.)
05. Leia as afirmativas e assinale a alternativa correta.
I. O texto apresenta uma espécie de devaneio da personagem
principal.
II. O texto apresenta os sonhos de uma moça humilde: ganhar
dinheiro e viver um grande amor.
III. A personagem principal prioriza os valores materiais da Idade
Média.
IV. A intenção do autor é comover o leitor com as ilusões da
personagem.
(A)
(B)
(C)
(D)
Somente I está correta.
Somente II está correta.
I e III estão corretas.
II e IV estão corretas.
06. Segundo o texto, qual é a melhor base para um casamento sólido?
(A) amor
(B) companheirismo
(C) cumplicidade
(D) dinheiro
07. Nos versos: “Casarei rica e honrada / Por estes ovos de pata” existe
uma figura de pensamento. Qual das figuras abaixo é a figura
ocorrente no poema?
(A) sinestesia
(B) antonomásia
(C) ironia
(D) eufemismo
Instruções para as questões de número 08 a 11.
Essas questões referem-se à compreensão de leitura. Leia
atentamente cada uma delas e assinale a alternativa que esteja de
acordo com o texto. Baseie-se exclusivamente nas informações nele
contidas.
08. “Não muito remota é a conquista pedagógica que consiste na
interpretação psicológica da criança como criança, e não como
adulto em miniatura. Até então, a criança tinha sido considerada do
ponto de vista do adulto, olhada como um adulto ante um binóculo
invertido; aquilo que fosse útil ao inútil para o adulto, igualmente o
seria, guardadas as devidas proporções para a criança.”
www.estrategiaconcursos.com.br
1
CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL – CONTADOR
Segundo o texto:
(A) O comportamento da criança é a uma antecipação do
comportamento do adulto.
(B) Atualmente, a pedagogia considera a criança um ser
qualitativamente diferenciado do adulto.
(C) A pedagogia moderna, para interpretar o comportamento do adulto,
tem que reportar-se à infância.
(D) Para a corrente pedagógica moderna, a não ser por uma questão
de grau, a motivação intrínseca da criança é a mesma que a do
adulto.
09. “Para vendermos produtos, mesmos mais baratos, os salários das
classes mais baixas precisariam ser maiores.”
Conclui-se do texto que:
(A) As classes pobres podem comprar apenas os produtos cujo preço
foi sensivelmente reduzido.
(B) O fato de os salários serem baixos induz as classes pobres à
indiferença diante de suas necessidades do consumo.
(C) As classes pobres, em face de seus baixos vencimentos, não se
importam com a qualidade dos produtos que consomem.
(D) A redução do preço dos produtos não é suficiente para colocá-los
ao alcance dos salários das classes mais baixas.
10. “A idéia de que diariamente, a cada hora, a cada minuto e em cada
lugar se realizam milhares de ações que me teriam profundamente
interessado, de que eu deveria certamente tomar conhecimento e que,
entretanto, jamais me serão comunicadas – basta par tirar o sabor a
todas as perspectivas de ação que encontro a minha frente. O pouco
que eu pudesse obter não compensaria jamais esse infinito perdido.”
De acordo com o texto, para o autor:
(A) A consciência da impossibilidade de participar de todos os
acontecimentos diminui a importância de seus atos.
(B) O interesse que o indivíduo manifesta em participar dos
acontecimentos é maior que sua capacidade par dirigi-los.
(C) O mundo não se resolve nos gestos individuais, mas resulta do
conjunto da ação harmoniosa dos indivíduos.
(D) A impotência de participar dos acontecimentos de seu tempo traz,
como consequência, o descaso pela ação humana.
11. “Um dia desta semana, farto de vendavais, naufrágios, boatos,
mentiras, polêmicas, farto de ver como se descompõem os homens,
acionistas e diretores, importadores e industriais, farto de mim, de ti, de
todos, de um tumulto sem vida, de um silêncio sem quietação, peguei
de uma página de anúncios (...)".
Dizendo-se farto "de um tumulto sem vida, de um silêncio sem
quietação”, o cronista permite-nos concluir que ele vê o mundo como:
(A) Incompreensível
(B) Contraditório
(C) Autoritário
(D) Indiferente
12. Assinale a única alternativa que está de acordo com as normas de
regência da língua culta.
(A) Avisei-o de que não desejava substituí-Io na presidência, pois
apesar de ter sempre servido à instituição, jamais aspirei a tal
cargo;
(B) Avisei-lhe de que não desejava substituí-lo na presidência, pois
apesar de ter sempre servido a instituição, jamais aspirei a tal
cargo;
(C) Avisei-lhe de que não desejava substituir-lhe na presidência, pois
apesar de ter sempre servido à instituição, jamais aspirei a tal
cargo;
(D) Avisei-o de que não desejava substituí-lo na presidência, pois
apesar de ter sempre servido a instituição, jamais aspirei tal cargo.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
13. Marque a alternativa incorreta:
(A) Define-se Contabilidade Pública como sendo o ramo da
contabilidade que registra, controla e demonstra a execução dos
orçamentos dos atos e fatos da fazenda pública;
(B) A contabilidade societária tem como foco principal o patrimônio e as
suas avaliações, de forma tal que a principal peça é o Balanço
Patrimonial;
(C) A Contabilidade Pública estuda o patrimônio dos entes públicos e
também é chamada de Contabilidade Governamental, podendo ser
confundida com a Contabilidade Social;
(D) A Contabilidade Pública está intimamente ligada à gestão de
recursos públicos.
14. Classifique as alternativas como Verdadeira ou Falsa e assinale a
correta:
( ) Passivo Exigível quando igual a zero, o Ativo é igual ao Passivo;
( ) Patrimônio Líquido igual a zero, o Ativo é igual ao Passivo
Exigível;
( ) Patrimônio Líquido maior que zero, o Ativo é maior que o
Passível Exigível;
( ) Patrimônio Líquido menor que zero, o Passivo é maior que o
Ativo.
(A) V, V, V, V;
(B) F, F, F, F;
(C) V, F, V, F;
(D) F, V, F, V.
15. Relacione os Princípios Contábeis aos conceitos:
1. Entidade,
2. Continuidade,
3. Oportunidade,
4. Registro pelo valor original,
5. Atualização Monetária,
6. Regime de competência,
7. Prudência.
A. Refere-se à tempestividade e integridade do registro do
patrimônio e suas mutações,
B. O que vale são os preços originais de aquisição ou de
fabricação,
C. Receitas e despesas apropriadas de acordo com o fato gerador
e não pelo recebimento ou pagamento,
D. Adoção pelo menor valor para itens do Ativo e de maior valor os
do Passivo,
E. Contabilidade utilizada pelas entidades como pessoas distintas
dos sócios,
F. Presume-se que a empresa operará indeterminadamente,
G. É o ajustamento dos valores originais para determinada data,
aplicando indexadores.
(A)
(B)
(C)
(D)
1E, 2A, 3F, 4B, 5D, 6C, 7G;
1F, 2A, 3B, 4C, 5G, 6D, 7E;
1E, 2F, 3A, 4B, 5G, 6C, 7D;
1F, 2E, 3A, 4G, 5B, 6C, 7D.
16. Ei + Comp – Ef é a fórmula que tem como igualdade:
(A) CVM;
(B) CMV;
(C) VMC;
(D) MVC.
17. O que significa GANHO?
(A) A diferença positiva e/ou negativa entre receita e despesa/custo;
(B) O resultado líquido favorável resultante de transações ou
eventos não relacionados às operações normais da entidade;
(C) O método para apropriação dos custos, diretos e indiretos, aos
produtos;
(D) A entrada de elementos para o ativo, sob forma de dinheiro,
correspondente à venda de bens.
De acordo com o quadro abaixo, responda as questões 18, 19 e 20:
Caixa
Capital
Móveis
Mercadorias
Contas a Pagar
Fornecedores
Aplicação
13.000,00
20.000,00
5.000,00
10.000,00
8.000,00
2.000,00
2.000,00
18. De acordo com o quadro marque a alternativa correta:
(A) Falta $ 5.000,00 de conta credora para as contas do Ativo serem
iguais às contas do Passivo;
(B) Falta $ 5.000,00 de conta devedora para o total do Ativo ser
igual ao total do Passivo;
(C) O total do Ativo está igual ao total do Passivo;
(D) Se diminuirmos $ 1.000,00 na conta Caixa, as contas fecham.
19. De acordo com o quadro marque a alternativa correta:
(A) O total do Ativo é $ 30.000,00;
(B) O total do Passivo é $ 12.000,00;
(C) As conta de saldo credor é igual a $ 10.000,00;
(D) O PL é igual a $ 30.000,00.
www.estrategiaconcursos.com.br
2
CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL – CONTADOR
20. De acordo com o quadro marque a alternativa correta:
(A) O total das contas de saldo devedor terá que ser igual ao total de
contas de saldo credor;
(B) O total do Ativo tem que ser igual ao total do Passivo,
independentemente do PL;
(C) O total do PL está igual ao total do Ativo;
(D) A conta Aplicação está no mesmo grupo da conta Capital.
21. Relacione a classificação da receita pública e assinale a alternativa
correta:
I. Quanto à natureza
II. Quanto ao poder de tributar
III. Quanto à coercitividade
IV. Quanto às categorias econômicas
V. Quanto à afetação patrimonial
(
(
(
(
(
(A)
(B)
(C)
(D)
)
)
)
)
)
orçamentária extra-orçamentária
derivada e originária
federal, estadual e municipal
receita corrente e de capital
efetivas e por mutação patrimonial
31. Assinale qual das Demonstrações Contábeis tem por objetivo
mostrar a situação financeira e patrimonial de uma entidade, numa
determinada data, representando, portanto, uma posição estática da
mesma:
(A) Demonstração do Resultado do Exercício;
(B) Demonstração de mutações do PL;
(C) Balanço Patrimonial;
(D) Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos.
22. Quanto ao IPTU, é incorreto afirmar:
(A) É de competência municipal;
(B) Quem tributa é o município;
(C) Quem arrecada é o município;
(D) Quem recolhe é o município.
32. Assinale a alternativa que corretamente completa o conceito abaixo,
respectivamente:
23. O município tem competência de tributar:
(A) ICMS, ISS, IPTU e ITR;
(B) ISS, IPTU, Alvará de Localização e ITBI;
(C) INSS, ISS, IPTU e ITBI;
(D) CSLL, IPTU, ITR e ITBI.
(A)
(B)
(C)
(D)
29. Sobre os fatos contábeis Permutativos, é correto afirmar:
(A) Provocam alterações qualitativas;
(B) Representam permutações entre elementos extra-patrimoniais;
(C) Representam o pagamento de uma despesa a vista;
(D) Alteram o Patrimônio Líquido.
30. Não se pode afirmar que os fatos contábeis modificativos:
(A) Provocam alterações quantitativas;
(B) Podem reduzir o valor do PL;
(C) Podem aumentar o valo do PL;
(D) Podem ser representados por uma compra a vista.
I, II, III, IV e V;
V, IV, III, II e I;
V, III, II, IV e I;
I, III, II, IV e V;
24. Classifique as
Resultado:
( )
( )
( )
( )
( )
( )
28. Sobre custos diretos é correto afirmar:
(A) Constituem todos aqueles elementos de custos individualizáveis
com respeito ao produto ou serviço, isto é, se identificam
imediatamente com a produção dos mesmos;
(B) São apropriados aos portadores finais, mediante o emprego de
critérios pré-determinados e vinculados a causas correlatas;
(C) São aqueles que apenas mediante aproximação, podem ser
atribuídos aos produtos por algum critério de rateio;
(D) São os custos que dizem respeito à existência do setor fabril ou
de prestação de serviços, como depreciação, seguros, etc.
“O capital social é a parcela do _____ de uma entidade na forma de
_____ se for S/A ou _____ se for uma LTDA, integralizado pelos
_____ ou _____ “.
contas ou casos, como A - Ativo, P - Passivo e R - de
Salários;
Seguro a pagar;
Adiantamento de aluguel;
Recebimento adiantado de duplicatas;
Aplicação financeira;
Adiantamento de salário.
(A) PL – Ações – Quotas – Próprias Entidades – Terceiros;
(B) PL – Ações – Quotas – Acionistas – Sócios;
(C) Capital Subscrito – Ações – Quotas – Próprias Entidades –
Terceiros;
(D) Capital Subscrito – Quotas – Ações – Próprias Entidades –
Terceiros.
R, P, P, R, P, R
A, P, A, R, P, P
P, R, P, R, P, A
R, P, A, P, A, A
25. Escreva C nas conta de saldo credor e D, nas de saldo devedor:
( ) Capital
( ) Caixa
( ) Cliente
( ) Fornecedor
( ) Prejuízo
( ) Lucro
( ) Capital a Integralizar
( ) Vale transporte
(A)
(B)
(C)
(D)
C, C, D, D, C, C, D, C
D, C, D, C, C, D, C, C
C, D, D, C, D, C, D, D
D, D, C, C, C, D, C, C
26. Assinale a alternativa incorreta:
(A) LOA – Lei Orçamentária Anual;
(B) PLOA – Elaboração da Proposta Orçamentária Anual;
(C) PPA – Plano Pluri Anual;
(D) LDO – Lado Direito do Orçamento
27. Marque a alternativa em que contenha, pelo menos, um custo ou
despesa variável:
(A) Limpeza e conservação;
(B) Salário da Administração, Energia e Água;
(C) Instalações e Aluguéis de Equipamentos;
(D) Segurança e Vigilância.
www.estrategiaconcursos.com.br
3
Fly UP