...

Apresentações dos oradores 5.ª Parte

by user

on
Category: Documents
2

views

Report

Comments

Transcript

Apresentações dos oradores 5.ª Parte
A Robótica Marinha: novas tecnologias para o
estudo e exploração do oceano
António Pascoal
http://www.isr.ist.utl.pt
[email protected]
ISR-Lab Associado
IST, Lisboa, Portugal
Hypercluster do Mar - Que Futuro? Cascais, 24/09/09
A Robótica e os Oceanos
Sumário
1-
É crucial conhecer o oceano e as suas fronteiras
2- Para observar e intervir no mar é necessária
tecnologia (Engenharia Oceânica-uma nova era).
3- Temas aliciantes multidisciplinares. Impacte
no ensino e investigação. Produtos inovadores.
Estudo e Exploração dos Oceanos
Objectivos:
Conhecer o planeta Terra
Promover a exploração racional
dos recursos marinhos
Conseguir o desenvolvimento
sustentável
Laboratório Associado – IST/ISR, Uçores, FCUL
Objectivos Científicos
Estudo dos
fenómenos
físicos,
químicos,
biológicos
e geológicos
que ocorrem no seio do
oceano
e nas suas fronteiras
com a
atmosfera e o interior
da Terra
A Junção Tripla dos Açores
Encontro de três placas tectónicas
Rainbow 2300 m
Campos Hidrotermais
Lucky Strike 1700 m
Menez Gwen 850m
A Junção Tripla dos Açores
“Chaminé”
Vulcânica
Grande variedade de
montes submarinos,
vulcões activos, ecosistemas peculiares
e formas “estranhas” de vida.
A Junção Tripla dos Açores
Fontes Hidrotermais:
Foco da atenção dos cientistas e do
público em geral
Grande potencial para a indústria biotecnológica
Exploração de depósitos minerais
Janelas para a estudo da origem da vida
Espectaculares!
Desbruyeres – IFREMER]
A necessidade da tecnologia
Observações difíceis:
Grande profundidade (pressão
elevada)
Ambiente corrosivo
Ausência de “visibilidade”
(óptica)
Localização difícil (ausência de
GPS)
Submersíveis: vidas humanas em
risco.
A Junção Tripla dos Açores
Desafios:
Mapeamentos em 3D,
Monitorização da actividade
biológica e físico-química
junto das fontes hidrotermais
High-resolution 3D mapping of a
hydrothermal vent (Fuca Ridge [Yoerger
et al., Woods Hole, USA. ] ) using a
Mesotech horizontal scanner.
Lucky Strike, 2006
Acoustic image of hydrothermal vent
Lucky
Strike,
August
(Fuca Ridge
[Yoerger
et al.,
Woods2006
Hole,
USA. ] ) usingISR
a Mesotech
horizontal
/ VICTOR
ROV
scanner.
O Monte Submarino D. João de Castro
Hidrotermais de pequena profundidade
M
Actividade hidrotermal no monte submarino D. João de Castro
Desafios
•Mapeamento exaustivo do banco D. João de Castro
•Estudo das comunidades existentes
Profundidade: 35m
Actividade Hidrotermal
Colheita de bactérias
Colheita de gás
Detalhe (bolha de
gás)
Actividade Hidrotermal
Locais detectados
Detectem-se as FONTES!
Detecção activa utilizando sensores acústicos e análises química
Desafios
Equipar os cientistas com instrumentação
sofisticada para aquisição automática de
dados marinhos
Ciência
Tecnologia
Mapas de Habitats
Gestão Marinha Racional
Oceanografia
Aquisição automática de
dados –
Oceanografia Operacional
Ciência e Tecnologia-Simbiose
Fornecer aos cientistas
INSTRUMENTOS e METODOLOGIAS para
Marine Board,
European Science
Foundation, Dec. 2000
Aquisição de dados
(mundo tri-dimensional)
http://www.esf.org/marineboard
Comunidade Científica;
Autoridades Civis
Geração e Disseminação
de Informação
Fusão
de
Dados
Aquisição de Dados Marinhos
Mar Aberto
Oceano
Profundo
Áreas costeiras
Métodos “Clássicos”
Mergulhadores
Perigoso. Autonomia limitada.
Falta de Geo-Referenciação!
Métodos “Clássicos”
Navios de Investigação
Ferramenta “nobre”; custos elevados de operação;
Limitações na cobertura espacial / temporal.
Métodos “Semi-Clássicos”
Submersíveis Tripulados
(observação directa do mar
profundo)
Nautile, IFREMER, FR
LULA, Rebikoff Foundation,
Açores, PT
Métodos “Modernos”
TITANIC
ROVs – “Remotely Operated
Vehicles” - Veículos operados
remotamente
Métodos “Modernos”
M
ROVs – “Remotely
Operated Vehicles”
Romeo (IT)
Métodos “Modernos”
AUVs - Autonomous Underwater Vehicles
VSAs- Veículos Submarinos Autónomos
(corte-se o umbilical!)
Grande poder de manobra
Autonomia
Execução automática de tarefas fastidiosas e
perigosas
Métodos “Modernos”
ASC - Autonomous Surface Craft
Veículos de Superfície Autónomos
Métodos “Modernos”
Freesub
Network, EC
ALIVE (FR)
2 back thrusters
2 bow planes
2 stern planes
2 stern rudders
AUVs de
INTERVENÇÃO
O “Futuro”
Redes de Aquisição de Dados –
unidades fixas e móveis (células de um
rede vasta)
As gloriosas máquinas nadadoras
Uma aventura
portuguesa
MARIUS (AUV)
MARIUS AUV
MAST II
EC Project
IST (PT)
MARIDAN (DK)
ORCA (FR)
THOMSON (FR)
AUV SIRENE
Vaivém Submarino
MAST II EC Project
AUV SIRENE
Testes
TOULON, France
1997
VSA INFANTE
Projecto e construção nacionais
RINAVE
ISR-IST
IMAR/DOP/UAç
2002
DELFIM
DELFIMx
Operações no Mar
Em trânsito para o BDJC
The Arquipélago
Operações
DELFIM
Fiadas Automáticas
650
North [m]
600
550
500
450
400
300
350
400
450
500
East [m]
550
600
650
Dados acústicos
Sonar de Varrimento Lateral / Mapas
VSA INFANTE
Aquisição automática de dados marinhos
Equipado com sistemas de navegação,
condução e controlo.
Operações nos Açores / 2002-2004
Início de Missão
Lançamento
Em direcção ao Peter ...
Encontro com a Índia (1999-)
MAYA-Sub
Trabalho e testes na India
Dona Paula, Goa
MAYA-Sub
Projecto e desenvolvimento
conjunto: testes na India
Protótipo I
Missão em Idukki, Kerala, India
AUV com sensores de Oxigénio,
Clorofila, Pressão, Turbidez,
Temperatura
Missão em Idukki, Kerala, India
Primeira detecção de hepóxia utilizando um AUV!
Sensores para detecção e mapeamento remotos
S. Acústico 1
S. Acústico 2
Visão
Dados geo-referenciados
Mechanically scanned
pencil beam sonar
Sidescan sonar
Subbottom profiler
Multibeam sonar
Magnetometer
Still / Video camera
Mapeamento acústico (Sonda multifeixe)
Imagem acústica de molhe
portuário – Sesimbra, 2007
Example of high resolution results obtained
Faial, Azores – August 2008
Example of high resolution results obtained
Faial, Azores – August 2008
Sesimbra, Portugal
Operações com veículos autónomos
Sesimbra, Portugal
Veículos autónomos
Tecnologias para o Estudo e Exploração dos Oceanos
MEDIRES: um instrumento para a monitorização
de estruturas sei-submersas (AdI)
109800
109600
109400
109200
109000
108800
108600
108400
108200
133400
133600
133800
Telemetria Acústica e a Robótica Marinha
IMAR/DOP/
Univ. Açores
A Robótica Marinha: novas tecnologias para o
estudo e exploração do oceano
Estudo e Exploração
do Oceano
Tecnologia
Ensino, I&D
Transferência de
Tecnologia
Ciência
FUTURO
Explorar a simbiose entre as ciências e as tecnologias
do mar (incluindo a componente de arqueologia
marinha)
Operação automática de frotas de veículos robóticos
marinhos
Operação conjunta de veículos
aéreos / marinhos
“Autonomous sampling networks”
Redes marinhas de
aquisição de dados
O Futuro
Assuntos excitantes para investigação.
Produtos com forte impacte
nas ciências do mar, estudos
ambientais, e indústria.
Potencial para o
desenvolvimento de sistemas
para o estudo do mar
profundo
Área de excelência para atrair
jovens cientistas (tarefas
multidisciplinares)
A Robótica Marinha: novas tecnologias para o
estudo e exploração do oceano
António Pascoal
http://www.isr.ist.utl.pt
[email protected]
ISR-Lab Associado
IST, Lisboa, Portugal
Hypercluster do Mar - Que Futuro? Cascais, 24/09/09
Fly UP