...

Dados gerais Geometria Descrição da armadura Verificação

by user

on
Category: Documents
2

views

Report

Comments

Transcript

Dados gerais Geometria Descrição da armadura Verificação
Dados gerais
Cota do Térreo: 0.00 m
Altura do muro sobre a rasante: 0.00 m
Facejamento: Intradorso
Comprimento do muro em planta: 20.00 m
Espaçamento entre juntas: 5.00 m
Tipo de fundação: Sapata corrida
Geometria
MURO
Altura: 4.50 m
Espessura sup.: 25.0 cm
Espessura inf.: 25.0 cm
SAPATA CORRIDA
Sem balanço externo
Altura: 40 cm
Balanço no tardoz: 70.0 cm
Concreto magro: 10 cm
Descrição da armadura
COROAMENTO
Armadura superior: 2 Ø12.5
Ancoragem intradorso / tardoz: 16 / 16 cm
TRAMOS
Intradorso
Núm.
1
Vertical
Ø10c/30
Tardoz
Horizontal
Ø10c/30
Emendas: 0.45 m
Vertical
Ø10c/20
Horizontal
Ø10c/30
Emendas: 0.9 m
SAPATA
Armadura Longitudinal
Superior
Ø12.5c/30
Transversal
Ø12.5c/25
Dobra Intradorso / Tardoz: 17 / - cm
Inferior
Ø12.5c/30
Ø12.5c/30
Dobra intradorso / tardoz: 17 / - cm
Comprimento de dobra no arranque: 30 cm
Verificação
Referência: Verificações geométricas e de resistência (Muro): MURO CATANDUVAS
Verificação
Valores
Estado
Verificação aos esf. tangenciais na base do muro:
Máximo: 11.82 t/m
Calculado: 1.92 t/m
Passa
Mínimo: 20 cm
Calculado: 25 cm
Passa
Espessura mínima do tramo:
Jiménez Salas, J.A.. Geotecnia y Cimientos II, (Cap. 12)
Espaçamento livre mínimo armaduras horizontais:
Norma NBR 6118:2003. Artigo 18.3.2.2 (pag.102).
Mínimo: 3.6 cm
Referência: Verificações geométricas e de resistência (Muro): MURO CATANDUVAS
Verificação
Valores
Estado
- Tardoz:
Calculado: 29 cm
Passa
- Intradorso:
Calculado: 29 cm
Passa
Espaçamento máximo armaduras horizontais:
Norma EC-2, artigo 5.4.7.3.2
Máximo: 30 cm
- Tardoz:
Calculado: 30 cm
Passa
- Intradorso:
Calculado: 30 cm
Passa
Taxa geométrica mínima horizontal por face:
Norma EHE, artigo 42.3.5
Mínimo: 0.0008
- Tardoz (-4.50 m):
Calculado: 0.00106
Passa
- Intradorso (-4.50 m):
Calculado: 0.00106
Passa
Quantidade mínima mecânica horizontal por face:
Critério J.Calavera. Muros de contención y muros de sótano. (Quant. horizontal > 20% Quant.
vertical)
Calculado: 0.00106
- Tardoz:
Mínimo: 0.00032
Passa
- Intradorso:
Mínimo: 0.00021
Passa
Mínimo: 0.0009
Calculado: 0.0016
Passa
Mínimo: 0.00131
Calculado: 0.0016
Passa
Mínimo: 0.00027
Calculado: 0.00106
Passa
Mínimo: 1e-005
Calculado: 0.00106
Passa
Máximo: 0.04
Calculado: 0.00266
Passa
Quant. mínima geométrica vertical face tracionada:
- Tardoz (-4.50 m):
Norma EHE, artigo 42.3.5
Quantía mínima mecânica vertical face tracionada:
- Tardoz (-4.50 m):
Norma EHE, artigo 42.3.2 (Flexão simples ou composta)
Quant. mínima geométrica vertical face comprimida:
- Intradorso (-4.50 m):
Norma EHE, artigo 42.3.5
Quant. mínima mecânica vertical face comprimida:
- Intradorso (-4.50 m):
Norma EHE, artigo 42.3.2 (Flexão simples ou composta)
Quantidade máxima geométrica de armadura vertical total:
- (0.00 m):
EC-2, art. 5.4.7.2
Espaçamento livre mínimo armaduras verticais:
Artigo 18.3.2.2 da norma NBR 6118:2003
Mínimo: 2 cm
- Tardoz:
Calculado: 18 cm
Passa
- Intradorso:
Calculado: 28 cm
Passa
Espaçamento máximo entre barras:
Norma EC-2, artigo 5.4.7.2.3
Máximo: 30 cm
- Armadura vertical Tardoz:
Calculado: 20 cm
Passa
- Armadura vertical Intradorso:
Calculado: 30 cm
Passa
Referência: Verificações geométricas e de resistência (Muro): MURO CATANDUVAS
Verificação
Valores
Estado
Verificação à flexão composta:
Verificação realizada por unidade de comprimento de muro
Verificação ao cortante:
Passa
Máximo: 8.02 t/m
Calculado: 1.37 t/m
Capítulo 19.4 (NBR 6118:2003)
Verificação de fissuração:
Passa
Máximo: 0.4 mm
Calculado: 0.023 mm Passa
Artigo 17.3.3 da norma NBR 6118:2003
Comprimento de trespasse:
Artigo 9.5 da norma NBR 6118:2003
- Base tardoz:
- Base intradorso:
Mínimo: 0.87 m
Calculado: 0.9 m
Passa
Mínimo: 0.43 m
Calculado: 0.45 m
Passa
Verificação da ancoragem da armadura base no coroamento:
Critério J.Calavera. Muros de contención y muros de sótano.
Calculado: 16 cm
- Tardoz:
Mínimo: 16 cm
Passa
- Intradorso:
Mínimo: 0 cm
Passa
Área mínima longitudinal face superior viga de coroamento:
Mínimo: 2.2 cm²
Calculado: 2.5 cm²
Passa
J.Calavera (Muros de contención y muros de sótano)
Todas as verificações foram cumpridas
Informação adicional:
- Cota da seção com a mínima relação 'quantidade horizontal / quantidade vertical' Tardoz: -4.50 m
- Cota da seção com a mínima relação 'quantidade horizontal / quantidade vertical' Intradorso: -4.50 m
- Seção crítica à flexão composta: Cota: -4.50 m, Md: 0.92 t·m/m, Nd: 2.53 t/m, Vd: 1.93 t/m, Tensão
máxima do aço: 0.839 t/cm²
- Seção crítica ao esforço cortante: Cota: -4.29 m
- Seção com a máxima abertura de fissuras: Cota: -4.50 m, M: 0.65 t·m/m, N: 2.81 t/m
Referência: Verificações geométricas e de resistência (Sapata corrida): MURO CATANDUVAS
Verificação
Valores
Estado
- Coeficiente de segurança ao reviramento:
Mínimo: 1.8
Calculado: 4.2
Passa
- Coeficiente de segurança ao deslizamento:
Mínimo: 1.5
Calculado: 4.52
Passa
Mínimo: 15 cm
Calculado: 40 cm
Passa
Verificação de estabilidade:
Valor introduzido pelo usuário.
Altura mínima:
- Sapata:
Critério da CYPE Ingenieros.
Tensões sobre o terreno:
Valor introduzido pelo usuário.
- Tensão média:
Máximo: 1.3 kgf/cm²
Calculado: 1.134 kgf/cm² Passa
Referência: Verificações geométricas e de resistência (Sapata corrida): MURO CATANDUVAS
Verificação
- Tensão máxima:
Valores
Estado
Máximo: 1.625 kgf/cm²
Calculado: 1.582 kgf/cm² Passa
Flexão na sapata:
Verificação baseada em critérios de resistências
- Armadura superior tardoz:
Mínimo: 0.48 cm²/m
Calculado: 5 cm²/m
Passa
- Armadura inferior tardoz:
Mínimo: 0 cm²/m
Calculado: 4.16 cm²/m
Passa
Máximo: 15.49 t/m
Calculado: 1.22 t/m
Passa
Mínimo: 13 cm
Calculado: 32 cm
Passa
Mínimo: 13 cm
Calculado: 32 cm
Passa
Mínimo: 0 cm
Calculado: 0 cm
Passa
Mínimo: 17 cm
Calculado: 17 cm
Passa
- Armadura superior tardoz (Dobra):
Mínimo: 0 cm
Calculado: 0 cm
Passa
- Armadura superior intradorso (Dobra):
Mínimo: 17 cm
Calculado: 17 cm
Passa
Esforço cortante:
- Tardoz:
Norma NBR 6118:2003. Artigo 19.4 (pag.11).
Comprimento de ancoragem:
Norma NBR 6118:2003. Artigo 9.4 (pag.27).
- Arranque tardoz:
- Arranque intradorso:
- Armadura inferior tardoz (Dobra):
- Armadura inferior intradorso (Dobra):
Cobrimento:
Norma NBR 6118:2003. Artigo 7.4 (pag.15).
Mínimo: 3 cm
- Inferior:
Calculado: 5 cm
Passa
- Lateral:
Calculado: 5 cm
Passa
- Superior:
Calculado: 5 cm
Passa
Diâmetro mínimo:
J. Calavera, 'Cálculo de Estructuras de Cimentación' 4ª edición, INTEMAC. Capítulo 3.16
(pag.129).
Mínimo: Ø10
- Armadura transversal inferior:
Calculado: Ø12.5
Passa
- Armadura longitudinal inferior:
Calculado: Ø12.5
Passa
- Armadura transversal superior:
Calculado: Ø12.5
Passa
- Armadura longitudinal superior:
Calculado: Ø12.5
Passa
Espaçamento máximo entre barras:
Critério da CYPE Ingenieros.
Máximo: 30 cm
- Armadura transversal inferior:
Calculado: 30 cm
Passa
- Armadura transversal superior:
Calculado: 25 cm
Passa
Referência: Verificações geométricas e de resistência (Sapata corrida): MURO CATANDUVAS
Verificação
Valores
Estado
- Armadura longitudinal inferior:
Calculado: 30 cm
Passa
- Armadura longitudinal superior:
Calculado: 30 cm
Passa
Espaçamento mínimo entre barras:
J. Calavera, 'Cálculo de Estructuras de Cimentación' 4ª edición, INTEMAC. Capítulo 3.16
(pag.129).
Mínimo: 10 cm
- Armadura transversal inferior:
Calculado: 30 cm
Passa
- Armadura transversal superior:
Calculado: 25 cm
Passa
- Armadura longitudinal inferior:
Calculado: 30 cm
Passa
- Armadura longitudinal superior:
Calculado: 30 cm
Passa
Quantidade geométrica mínima:
Critério da CYPE Ingenieros.
Mínimo: 0.001
- Armadura longitudinal superior:
Calculado: 0.00104
Passa
- Armadura transversal superior:
Calculado: 0.00125
Passa
Mínimo: 0.00115
Calculado: 0.00125
Passa
Quantidade mecânica mínima:
- Armadura transversal superior:
Norma NBR 6118:2003. Artigo 17.3.5.2 (pag.90).
Todas as verificações foram cumpridas
Informação adicional:
- Momento fletor desfavorável na seção de referência do tardoz: 0.70 t·m/m
Fly UP