...

lentes esféricas – construções

by user

on
Category: Documents
3

views

Report

Comments

Transcript

lentes esféricas – construções
LENTES ESFÉRICAS – CONSTRUÇÕES
1. (G1 - cps 2012) Nas plantações de verduras, em momentos de grande insolação, não é
conveniente molhar as folhas, pois elas podem “queimar” a não ser que se faça uma irrigação
contínua.
Observando as figuras, conclui-se que a “queima” das verduras ocorre, porque as gotas
depositadas sobre as folhas planas assumem formatos de objetos ópticos conhecidos como
lentes
a) biconvexas, que têm a propriedade de dispersar a radiação solar.
b) bicôncavas, que têm a propriedade de dispersar a radiação solar.
c) plano-convexas, que têm a propriedade de concentrar a radiação solar.
d) plano-côncavas, que têm a propriedade de concentrar a radiação solar.
e) convexo-côncavas, que têm a propriedade de concentrar a radiação solar.
2. (G1 - ifpe 2012) Analisando os três raios notáveis de lentes esféricas convergentes,
dispostas pelas figuras abaixo, podemos afirmar que:
a) Apenas um raio está correto.
b) Apenas dois raios são corretos.
c) Os três raios são corretos.
d) Os raios notáveis dependem da posição do objeto, em relação ao eixo principal.
e) Os raios notáveis dependem da posição da lente, em relação ao eixo principal.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 1 de 14
3. (Espcex (Aman) 2012) Um objeto é colocado sobre o eixo principal de uma lente esférica
delgada convergente a 70 cm de distância do centro óptico. A lente possui uma distância focal
igual a 80 cm. Baseado nas informações anteriores, podemos afirmar que a imagem formada
por esta lente é:
a) real, invertida e menor que o objeto.
b) virtual, direita e menor que o objeto.
c) real, direita e maior que o objeto.
d) virtual, direita e maior que o objeto.
e) real, invertida e maior que o objeto.
4. (Epcar (Afa) 2012) A figura 1 abaixo ilustra o que um observador visualiza quando este
coloca uma lente delgada côncavo-convexa a uma distância d sobre uma folha de papel onde
está escrita a palavra LENTE.
Justapondo-se uma outra lente delgada à primeira, mantendo esta associação à mesma
distância d da folha, o observador passa a enxergar, da mesma posição, uma nova imagem,
duas vezes menor, como mostra a figura 2.
Considerando que o observador e as lentes estão imersos em ar, são feitas as seguintes
afirmativas.
I. A primeira lente é convergente.
II. A segunda lente pode ser uma lente plano-côncava.
III. Quando as duas lentes estão justapostas, a distância focal da lente equivalente é menor do
que a distância focal da primeira lente.
São corretas apenas
a) I e II apenas.
b) I e III apenas.
c) II e III apenas.
d) I, II e III.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 2 de 14
5. (Ufsm 2011) Na figura a seguir, são representados um objeto (O) e a sua imagem (I)
formada pelos raios de luz
Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas.
A lente em questão é _________________, porque , para um objeto real, a imagem é
_________ e aparece________________ que o objeto.
a) convergente - real - menor
b) convergente - virtual - menor
c) convergente - real - maior
d) divergente - real - maior
e) divergente - virtual - menor
6. (Upe 2011) A figura a seguir apresenta um objeto real o e sua imagem i produzida por uma
lente delgada. Considere f como sendo a distância focal entre o centro óptico da lente O e o
foco principal objeto F.
Analise as afirmações a seguir e conclua.
( ) A imagem é real, invertida e menor, e o centro óptico O encontra-se no eixo principal, a
3cm à esquerda da imagem i.
( ) A imagem é real, invertida e menor, e o foco principal objeto F encontra-se no eixo
principal, a 8cm à direita do objeto o.
( ) A imagem é virtual, invertida e menor, pois, com certeza, essa lente delgada é
divergente.
( ) O aumento linear transversal da lente vale – 0,5cm, e a distância do objeto em relação ao
centro óptico da lente vale 12cm.
( ) A intersecção do eixo principal com a reta que une a extremidade do objeto o à
extremidade da imagem i determina exatamente o ponto antiprincipal, objeto da lente
delgada.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 3 de 14
7. (G1 - ifsc 2011) Analise as proposições abaixo:
I. Classificamos as lentes em relação ao seu formato e em relação ao meio em que elas estão
imersas.
II. Quando desejamos concentrar os raios luminosos que vêm do Sol em um único ponto,
podemos utilizar lentes de bordas grossas desde que elas estejam imersas em um meio de
índice de refração maior que o seu.
III. Para que a imagem conjugada por uma lente seja nítida, devemos levar em consideração a
espessura da lente e a maneira como os raios incidentes chegam a ela.
IV. Lentes esféricas são usadas em instrumentos ópticos para aumentar ou diminuir o tamanho
da imagem, devido ao fato da luz sofrer dispersão ao atravessá-las.
V. Uma lente convergente possui sempre os raios de curvatura de suas faces iguais.
Assinale a alternativa correta.
a) Apenas as proposições I, II e IV são verdadeiras.
b) Apenas as proposições I, II e III são verdadeiras.
c) Apenas as proposições II, III e V são verdadeiras.
d) Apenas as proposições II, IV e V são verdadeiras.
e) Apenas as proposições III, IV e V são verdadeiras.
8. (Mackenzie 2010) A lupa é um instrumento óptico conhecido popularmente por Lente de
Aumento, mas também denominada microscópio simples. Ela consiste de uma lente
______________________ de pequena distância focal e, para ser utilizada com o seu fim
específico, o objeto a ser observado por meio dela deverá ser colocado sobre o eixo principal,
entre o seu ______________________ e o seu ______________________.
As lacunas são preenchidas corretamente quando se utilizam, na ordem de leitura, as
informações
a) convergente, centro óptico e foco principal objeto.
b) convergente, ponto antiprincipal objeto e foco principal objeto.
c) divergente, centro óptico e foco principal objeto.
d) divergente, ponto antiprincipal objeto e foco principal objeto.
e) convergente, ponto antiprincipal imagem e foco principal imagem.
9. (Upe 2010) A figura a seguir representa uma lente delgada convergente. O ponto o é o
centro óptico, F é o foco principal objeto, f é a distância focal e A é o ponto antiprincipal, que
dista em relação ao centro óptico 2f.
Em referência ao posicionamento do objeto e à respectiva imagem, analise as proposições que
se seguem.
(1) Quando a distância do objeto ao centro óptico é maior que o dobro da distância focal, a
imagem obtida é real, invertida e menor.
(2) Quando o objeto se encontra sobre o ponto antiprincipal, a imagem é real, invertida e de
mesmo tamanho.
(3) Quando a imagem é real, invertida e menor, o objeto encontra-se entre A e F.
(4) Quando o objeto encontra-se entre o foco e o centro óptico, a imagem é real, direita e
maior.
(5) Quando a imagem é imprópria, o objeto encontra-se na metade do ponto antiprincipal.
A soma dos números entre parênteses que corresponde aos itens errados é igual a
a) 15
b) 7
c) 6
d) 8
e) 4
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 4 de 14
10. (Fuvest 2009) Na montagem de uma exposição, um decorador propôs a projeção, através
de uma lente pendurada em um suporte fixo, da imagem de duas bandeirinhas luminosas, B 1 e
B2, sobre uma tela. Em sua primeira tentativa, no entanto, apenas a imagem de B 1 pôde ser
vista na tela (primeira montagem). Para viabilizar, então, sua proposta, o decorador deslocou a
lente para baixo, obtendo, assim, as imagens das duas bandeirinhas sobre a tela (segunda
montagem).
As bandeirinhas encontram-se reproduzidas na folha de respostas, assim como, em linhas
tracejadas, a posição da lente e a imagem obtida na primeira montagem. Para visualizar as
imagens que passam a ser observadas na segunda montagem, utilizando o esquema a seguir:
a) Determine, a partir da imagem correspondente à primeira montagem (em linha tracejada), a
posição do foco da lente, identificando-a na figura pela letra F.
b) Construa a imagem completa que a bandeirinha B2 projeta sobre a tela, na segunda
montagem, traçando as linhas de construção necessárias e indicando as imagens de C e D,
por C' e D', respectivamente.
c) Construa a imagem completa que a bandeirinha B1 projeta sobre a tela, na segunda
montagem, traçando as linhas de construção necessárias e indicando as imagens de A e B, por
A' e B', respectivamente.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 5 de 14
11. (Unifesp 2008) Considere as situações seguintes.
I. Você vê a imagem ampliada do seu rosto, conjugada por um espelho esférico.
II. Um motorista vê a imagem reduzida de um carro atrás do seu, conjugada pelo espelho
retrovisor direito.
III. Uma aluna projeta, por meio de uma lente, a imagem do lustre do teto da sala de aula sobre
o tampo da sua carteira.
A respeito dessas imagens, em relação aos dispositivos ópticos referidos, pode-se afirmar que
a) as três são virtuais.
b) I e II são virtuais; III é real.
c) I é virtual; II e III são reais.
d) I é real; II e III são virtuais.
e) as três são reais.
12. (Pucsp 2008) Na figura a seguir, em relação ao instrumento óptico utilizado e às
características da imagem nele formada, é possível afirmar que é uma imagem
a) real, formada por uma lente divergente, com o objeto (livro) colocado entre o foco objeto e a
lente.
b) virtual, formada por uma lente convergente, com o objeto (livro) colocado entre o foco objeto
e a lente.
c) virtual, formada por uma lente divergente, com o objeto (livro) colocado entre o foco objeto e
a lente.
d) real, formada por uma lente convergente, com o objeto (livro) colocado entre o foco objeto e
o ponto anti-principal objeto da lente.
e) virtual, formada por uma lente convergente, com o objeto (livro) colocado sobre o foco objeto
da lente.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 6 de 14
13. (Ueg 2008) O filme publicitário ''Copo'' foi criado pela Lew Lara para o Grupo Schincariol
como propaganda de caráter social, já que sua temática chama a atenção dos perigos da
combinação de álcool com direção. Considere que o copo cheio de cerveja se comporte como
uma lente convergente com índice de refração maior que o índice do ar.
COPO. Filme publicitário. Lew Lara Publicidade. Disponível em:
<www.portaldapropaganda.com> Acesso em: 20 set. 2007. [Adaptado].
Com relação à imagem formada pelo copo de cerveja, é CORRETO afirmar:
a) Não passa de uma montagem computacional, sem nenhuma justificativa física.
b) Independe da posição do objeto em relação à lente convergente.
c) É necessário que o objeto se encontre atrás do foco da lente convergente.
d) É necessário que o objeto fique entre o foco e o vértice da lente convergente.
14. (Ufrgs 2007) A figura a seguir representa um objeto real O colocado diante de uma lente
delgada de vidro, com pontos focais F 1 e F2. O sistema todo está imerso no ar.
Nessas condições, a imagem do objeto fornecida pela lente é
a) real, invertida e menor que o objeto.
b) real, invertida e maior que o objeto.
c) real, direta e maior que o objeto.
d) virtual, direta e menor que o objeto.
e) virtual, direta e maior que o objeto.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 7 de 14
15. (Ufmg 2007) Tânia observa um lápis com o auxílio de uma lente, como representado na
figura:
Essa lente é mais fina nas bordas que no meio e a posição de cada um de seus focos está
indicada na figura.
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que o ponto que melhor representa
a posição da imagem vista por Tânia é o
a) P.
b) Q.
c) R.
d) S.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 8 de 14
Gabarito:
Resposta da questão 1:
[C]
As gotas assumem a forma de um hemisfério, formando uma lente plano-convexa, imersa no
ar. Como o índice de refração da água é maior que o do ar, essas lentes tornam-se
convergentes, concentrando a radiação solar.
Resposta da questão 2:
[C]
Os três raios são corretos, pois satisfazem perfeitamente às propriedades dos raios luminosos
ao passarem pelas lentes esféricas convergentes.
Resposta da questão 3:
[D]
Através das informações do enunciado: lente convergente, posição do objeto (70 cm) e
distância focal (80 cm), conseguimos montar a figura abaixo:
Analisando a formação da imagem através dos raios de luz emitidos pelo objeto, neste caso
foram utilizados o raio que emerge do objeto paralelamente ao eixo principal e o raio que atinge
o centro óptico da lente, conseguimos obter a imagem, conforme figura abaixo:
Analisando a figura, teremos uma imagem: virtual, pois foram utilizados os prolongamentos dos
raios refratados pela lente, direita e maior que o objeto.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 9 de 14
Resposta da questão 4:
[A]
A figura abaixo mostra que a lente deve ser convergente
Ao justapor a segunda lente, vemos que a ampliação diminui. Concluímos que a distância focal
aumenta e, portanto, a convergência diminui.
Para lentes justapostas, a convergência equivalente é igual à soma das convergências.
Portanto, a segunda lente deve ter convergência negativa, isto é, ser uma lente divergente.
A associação de uma lente divergente diminui a convergência do sistema, isto é, aumenta a
distância focal.
Resposta da questão 5:
[A]
Somente lente convergente conjuga imagem real para um objeto real.
Resposta da questão 6:
F V F F F.
(F) Verifique o esquema;
(V) Verifique o esquema;
(F) Verifique o esquema;
(F) Verifique o esquema;
(F) Determina o centro óptico.
Resposta da questão 7:
[B]
I. Correta.
II. Correta.
III. Correta.
IV. Incorreta. Se a lente é delgada, praticamente não ocorre dispersão.
V. Incorreta. As faces não têm necessariamente raios iguais, podendo, inclusive, uma das
delas ser plana.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 10 de 14
Resposta da questão 8:
[A]
Observe o esquema:
Resposta da questão 9:
[B]
(1) Quando a distância do objeto ao centro óptico é maior que o dobro da distância focal, a
imagem obtida é real, invertida e menor.
Verdadeira. Observe a construção.
(2) Quando o objeto se encontra sobre o ponto antiprincipal, a imagem é real, invertida e de
mesmo tamanho.
Verdadeira. Observe a construção.
(3) Quando a imagem é real, invertida e menor, o objeto encontra-se entre A e F.
Falsa. Observe a construção.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 11 de 14
(4) Quando o objeto encontra-se entre o foco e o centro óptico, a imagem é real, direita e
maior.
Falsa. Observe a construção.
(5) Quando a imagem é imprópria, o objeto encontra-se na metade do ponto antiprincipal.
Verdadeira. Observe a construção.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 12 de 14
Resposta da questão 10:
a) Determinação da posição do foco F da lente
• Um raio luminoso que incide no centro óptico da lente refrata-se sem sofrer desvio.
• Um raio luminoso que incide paralelamente ao eixo óptico, refrata-se passando pelo foco.
b) Utilizando-se raios que incidem no centro óptico da lente, a partir dos pontos C e D,
construímos a imagem pedida.
c) Novamente, utilizando-se os raios que incidem no centro óptico da lente, a partir dos pontos
A e B, esboçamos a imagem da bandeirinha B1.
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 13 de 14
Resposta da questão 11:
[B]
Resposta da questão 12:
[B]
Resposta da questão 13:
[C]
Note que a imagem está invertida.
Resposta da questão 14:
[D]
Resposta da questão 15:
[B]
www.nsaulasparticulares.com.br
Página 14 de 14
Fly UP