...

Lista de exercícios de química sobre soluções – Discente em

by user

on
Category: Documents
10

views

Report

Comments

Transcript

Lista de exercícios de química sobre soluções – Discente em
Lista de exercícios de química
sobre soluções – Discente em
Química Licenciatura: Rebecca
2. (Ufg) Os sistemas, a seguir,
contêm soluções aquosas de NaCØ
em três diferentes situações,
mantidas a temperatura constante:
Oliveira.
1.
(Fuvest) A recristalização consiste em
dissolver uma substância a uma dada
temperatura, no menor volume de
solvente possível e a seguir resfriar a
solução, obtendo-se cristais da
substância.
Duas amostras de ácido benzóico, de
25,0g cada, foram recristalizadas em
água segundo esse procedimento, a
seguir:
a) Calcule a quantidade de água
necessária para a dissolução de cada
amostra.
b) Qual das amostras permitiu obter
maior quantidade de cristais da
substância? Explique.
Dados: curva de solubilidade do ácido
benzóico em água (massa em
gramas de ácido benzóico que se
dissolve em 100g de água, em cada
temperatura).
a) Indique qual(is) sistema(s) está(ão)
em equilíbrio. Justifique sua resposta.
b) O que ocorrerá, em cada sistema,
se for adicionada uma quantidade
muito pequena de NaCØ sólido?
3.
(Ufpe) Uma solução saturada de
NH„CØ foi preparada a 80°C
utilizando-se 200g de água.
Posteriormente, esta solução sofre
um resfriamento sob agitação até
atingir 40°C. Determine a massa de
sal depositada neste processo. A
solubilidade do NH„CØ varia com a
temperatura, conforme mostrado no
gráfico abaixo.
4. (Ufrrj) Observe o gráfico a seguir e
responda às questões que se
seguem
.
56°C contêm aproximadamente 10g
de KNOƒ.
a) Qual a menor quantidade de água
necessária para dissolver
completamente, a 60°C, 120g de B?
b) Qual a massa de A necessária
para preparar, a 0°C, com 100g de
água, uma solução saturada (I) e
outra solução insaturada (II)?
5
(Unesp) O gráfico a seguir mostra as
curvas de solubilidade em água, em
função da temperatura, dos sais
KNOƒ e MnSO„.
a) a massa do sal que precipitou.
b) a massa do sal que permaneceu
em solução.
A seguir, o gráfico da solubilidade do
nitrato de potássio em função da
temperatura.
Com base neste gráfico, discuta se
as afirmações a e b são verdadeiras
ou falsas.
a) O processo de dissolução dos dois
sais é endotérmico.
b) 100 mL de solução saturada a
6.
(Unicamp) Uma solução saturada de
nitrato de potássio (KNOƒ)
constituída, além do sal, por 100g de
água, está à temperatura
de 70°C. Essa solução é resfriada a
40°C, ocorrendo precipitação de parte
do sal dissolvido. Calcule:
7.
(Unicamp) Preparou-se uma solução
dissolvendo-se 40g de Na‚SO„ em
100g de água a uma temperatura
60°C. A seguir a solução foi resfriada
a 20°C, havendo formação de um
sólido branco.
a) Qual o sólido que se formou?
b) Qual a concentração da solução
final (20°C)?
Dados: as curvas de solubilidade do
Na‚SO„.10H‚O e do Na‚SO„, no
gráfico a seguir; a solubilidade está
indicada, nos dois casos, em "g de
Na‚SO„/100g de H‚O".
8.
(Fuvest) O processo de
recristalização, usado na purificação
de sólidos, consiste no seguinte:
1 ) Dissolve-se o sólido em água
quente, até a saturação.
2 ) Resfria-se a solução até que o
sólido se cristalize.
Os gráficos a seguir mostram a
variação, com a temperatura, da
solubilidade de alguns compostos em
água.
O método de purificação descrito
acima é mais eficiente e menos
eficiente, respectivamente, para:
a) NaCØ e KNOƒ
b) KBr e NaCØ
c) KNOƒ e KBr
d) NaCØ e KBr
e) KNOƒ e NaCØ
9.
(Fuvest 89) A curva de solubilidade
do KNOƒ em função da temperatura é
dada a seguir.
Se a 20°C misturarmos 50g de KNOƒ
com 100g de água, quando for
atingido o equilíbrio teremos
a) um sistema homogêneo.
b) um sistema heterogêneo.
c) apenas uma solução insaturada.
d) apenas uma solução saturada.
e) uma solução supersaturada.
10.
(Uel) A 10°C a solubilidade do nitrato
de potássio é de 20,0g/100g H‚O.
Uma solução contendo 18,0g de
nitrato de potássio em 50,0g de água
a 25°C é resfriada a 10°C.
Quantos gramas do sal permanecem
dissolvidos na água?
a) 1,00
b) 5,00
c) 9,00
d) 10,0
e) 18,0
(Unifesp) Uma solução contendo 14g
de cloreto de sódio dissolvidos em
200mL de água foi deixada em um
frasco aberto, a 30°C. Após algum
tempo, começou a cristalizar o soluto.
Qual volume mínimo e aproximado,
em mL, de água deve ter evaporado
quando se iniciou a cristalização?
Dados:
solubilidade, a 30°C, do cloreto de
sódio = 35g/100g de água; densidade
da água a 30°C = 1,0g/mL.
a) 20.
b) 40.
c) 80.
d) 100.
e) 160.
12.
(Cesgranrio) A curva de solubilidade
de um sal hipotético é:
11.
A quantidade de água necessária
para dissolver 30 gramas do sal a
35°C será, em gramas:
a) 45
b) 60
c) 75
d) 90
e) 105
13.
(Cesgranrio) A curva de solubilidade
de um dado sal é apresentada a
seguir. Considerando a solubilidade
deste sal a 30°C, qual seria a
quantidade máxima (aproximada) de
soluto cristalizada quando a
temperatura da solução saturada (e
em agitação) fosse diminuída para
20°C?
a) 5 g
b) 10 g
c) 15 g
d) 20 g
e) 30 g
14.
(Fei) Tem-se 500g de uma solução
aquosa de sacarose (C‚H‚‚O),
saturada a 50°C. Qual a massa de
cristais que se separam da solução,
quando ela é resfriada até 30°C?
Dados: Coeficiente de solubilidade
(Cs) da sacarose em água:
Cs à 30°C=220g/100g de água
Cs à 50°C=260g/100g de água
a) 40,0 g
b) 28,8 g
c) 84,25 g
d) 55,5 g
e) 62,5 g
15.
(Fuvest) 160 gramas de uma solução
aquosa saturada de sacarose a 30°C
são resfriados a 0°C. Quanto do
açúcar cristaliza?
Temperatura °C
sacarose
Solubilidade da
g/100 g de H‚O
0
180
30
220
a) 20 g. b) 40 g.
e) 90 g.
16.
c) 50 g. d) 64 g.
(Fuvest) O gráfico adiante mostra a
solubilidade (S) de K‚Cr‚O‡ sólido em
água, em função da temperatura (t).
Uma mistura constituída de 30g de
K‚Cr‚O‡ e 50g de água, a uma
temperatura inicial de 90°C, foi
deixada esfriar lentamente e com
agitação. A que temperatura
aproximada deve começar a
cristalizar o K‚Cr‚O‡?
a) 25°C
d) 70°C
b) 45°C
e) 80°C
c) 60°C
17.
(Mackenzie) A partir do diagrama a
seguir, que relaciona a solubilidade
de dois sais A e B com a temperatura
são feitas as afirmações:
I - existe uma única temperatura na
qual a solubilidade de A é igual à de
B.
II - a 20°C, a solubilidade de A é
menor que a de B.
III - a 100°C, a solubilidade de B é
maior que a de A.
IV - a solubilidade de B mantém-se
constante com o aumento da
temperatura.
V - a quantidade de B que satura a
solução à temperatura de 80°C é
igual a 150g.
Somente são corretas:
a) I, II e III.
b) II, III e V.
c) I, III e V.
d) II, IV e V.
e) I, II e IV.
18.
(Puccamp) Considere o gráfico,
representativo da curva de
solubilidade do ácido bórico em água
Adicionando-se 200g de HƒBOƒ em
1,00kg de água, a 20°C, quantos
gramas do ácido restam na fase
sólida?
a) 50,0
b) 75,0
c) 100
d) 150
e) 175
19.
(Ufes) Ao se adicionar cloreto de
amônio a uma certa quantidade de
água a 25°C, observa-se um
resfriamento na solução. Com base
nessa informação, pode-se afirmar:
a) O processo é exotérmico e a
solubilidade do NH„CØ aumenta com
o aumento da temperatura.
b) O processo é endotérmico e a
solubilidade do NH„CØ aumenta com
o aumento da temperatura.
c) O processo é exotérmico e a
solubilidade do NH„CØ diminui com o
aumento da temperatura.
d) O processo é endotérmico e a
solubilidade do NH„CØ diminui com o
aumento da temperatura.
e) O processo é endotérmico e a
solubilidade do NH„CØ independe da
temperatura.
20.
(Ufrrj)
Ao analisar o gráfico acima, percebese que
a) a solubilidade do KCØ é maior que
a do KBr.
b) à medida que a temperatura
aumenta a solubilidade diminui.
c) a solubilidade do KBr é maior que
a do KCØ.
d) quanto menor a temperatura, maior
a solubilidade.
e) o KCØ apresenta solubilização
exotérmica
GABARITO
1. a) Amostra 1 ë 500g de H‚O
Amostra 2 ë 1087g de H‚O
(cálculo aproximado)
b) Amostra 1: a 20°C o ácido
benzóico é menos solúvel.
2. a) Sistema I
C:\SPRXP\SUPERPRO\TEMP\SSPA RIA L\R5127.bmp
b) I - continuará uma solução
saturada com precipitado.
II - haverá a formação de um
precipitado.
III - continuará uma solução
insaturada.
3. 40
4. a) 300g H‚O
b) Para a solução saturada, a 0°C,
100g de água dissolve, no máximo,
10g de A.
Para a solução insaturada, a 0°C,
100g de água dissolve uma massa de
A inferior a 10g.
5. a) Falsa.
O aumento da temperatura favorece
a solubilidade do KNOƒ. O processo
é, portanto, endotérmico, ou seja
absorve calor.
A solubilidade do MnSO„ cai com o
aumento da temperatura. Isso indica
que o processo de dissolução é
exotérmico, isto é, libera calor.
b) Verdadeira.
Pelo gráfico observa-se que, a 56°C,
existem aproximadamente 10g de
KNOƒ em 100 mL de solução
saturada.
6. a) m = 80 g
b) m = 60 g
7. a) Na‚SO„ . 10 H‚O
b) p = 16,7 %
8. [E]
9. [B]
10. [D]
11. [E]
12. [B]
13. [E]
14. [D]
15. [A]
16. [D]
17. [C]
18. [D]
19. [B]
20. [C]
Fly UP