...

estratégias tecnológicas nas empresas

by user

on
Category: Documents
2

views

Report

Comments

Transcript

estratégias tecnológicas nas empresas
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
1
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Nosso último assunto foi:
 Construção de Capacidades Tecnológicas
Nesta aula veremos:
 Estratégias Tecnológicas.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
2
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Serão comentados os tipos Estratégias Tecnológicas, como:
 Ofensiva;
 Defensiva;
 Imitadora;
 Dependente;
 Tradicional;
 Oportunista.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
3
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Compreender o estudo de estratégias tecnológicas das empresas, se faz
necessário, devido ao grande valor competitivo no sucesso dos negócios,
podendo ser dividido em 6 tipos críticos:
 Produtividade;
 Qualidade;
 Preço;
 Flexibilidade;
 Tempo;
 Marketing.
Os quatros primeiros itens impulsionam diretamente a tecnologia.
Os dois últimos estão cada vez mais importantes para o sucesso dos negócios.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
4
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
AULA 06
No mercado globalizado, a inovação vem sendo a principal fonte de
competitividade das empresas.
Entretanto, a aquisição de capacidades para desenvolver novos
produtos ou processos depende de um conjunto de esforços
diferenciados por parte da empresa, entre os quais destacam-se
investimentos em capital físico, humano, novos conhecimentos,
aprendizado Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e em gestão de todo
seu portfolio de ativos.
Nesse processo de criação de competências para inovar, Empresas
Multinacionais ocupam posição de liderança.
Eliane Cristina Franco - Estratégias Tecnológicas de Empresas Multinacionais no Brasil - 2004 - UNICAMP
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
5
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
AULA 06
Suas vantagens de transnacionalização e de integração em redes,
permitem-lhes explorar recursos existentes em diversas partes do
globo, formando um sistema cada vez mais racionalizado de produção
e de gestão em nível global.
Essa estrutura organizacional facilita a captação de recursos para
financiar atividades tecnológicas, em especial aquelas de maior custo e
risco.
Como resultado as Empresas Multinacionais tendem a apresentar alto
desempenho inovador nas diversas regiões em que atuam, obtendo
taxas de retorno crescentes com o lançamento de um grande número
de inovações no mercado em um curto espaço de tempo.
Eliane Cristina Franco - Estratégias Tecnológicas de Empresas Multinacionais no Brasil - 2004 - UNICAMP
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
6
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
A necessidade da empresa desenvolver uma estratégia
tecnológica eficiente é essencial para sua sobrevivência.
Entretanto, não existem fórmulas gerais ou mágicas prontas para
isso e, na prática, poucas empresas chegam a desenvolver tal
estratégia.
FREEMAN, 1982
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
7
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Vídeos:
 Estratégias de TI
o http://www.youtube.com/watch?v=BBipr02ucd4
 Alinhamento de TI e Negócios: uma questão acadêmica
o http://www.youtube.com/watch?v=uGdvi7CNhFo&featu
re=relmfu
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
8
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
AULA 06
Vamos fazer uma análise dos vídeos e dos assuntos apresentados
nos reunindo em grupos.
Iremos formulando um debate entre os integrantes de cada
grupo com base no assunto “Estratégicas Tecnológicas” da pág.
83 à 87 do material didático “Gestão da Inovação Tecnológica”.
Assunto do debate:
Qual a principal funcionalidade de Inovação relacionados com
Estratégias de TI nas empresas?
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
9
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Detalhamentos das seis (6) Estratégias de TI:
 Ofensiva;
 Defensiva;
 Imitadora;
 Dependente;
 Tradicional;
 Oportunista.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
10
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Estratégia Ofensiva
AULA 06
 Usada por um número pequeno de empresas;
 A empresa esta a procura de uma posição de liderança técnica e de
mercado, tendo a iniciativa de inovar e de disputar com suas concorrentes;
 O departamento de P&D da empresa possui importância fundamental;
 As pequenas empresas são as que mais apresentam essa característica de
inovação ofensiva;
 As empresas possuem vantagens e mais facilidades para desenvolver
pesquisas fundamentais e orientada, embora não seja regra geral;
 Tendência a contratação de técnicos qualificados e até cientistas;
 Valor ao sistema de patentes;
 Essa estratégia não é usada pelas empresas continuamente.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
11
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Estratégia Defensiva
AULA 06
 Predominante em mercados oligopólios - Situação de mercado em
que a oferta é controlada por um pequeno número de vendedores,
e em que a competição tem por base, não as variações de preços,
mas a propaganda e as diferenças de qualidade.
o Exemplo: As montadoras de automóveis no Brasil.
 As empresas não estão relacionadas aos tipos originais de inovação,
prende-se a eventuais erros dos pioneiros e de não ficar defasada
em termos de mudanças técnicas;
 Também realizam atividades de P&D, mas diferem das ofensivas,
quanto à natureza e ao ritmo de introdução das inovações;
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
12
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Estratégia Defensiva
AULA 06
 Atividades de P&D levam-nas a reunir capacidade de resposta e de
adaptação às inovações introduzidas pelas concorrentes;
 Procuram diferenciar seus produtos;
 Utilizam as patentes como forma de enfraquecer a posição e
liderança técnica das empresas pioneiras.
 Também contratam pessoal de elevada qualidade técnica e
científica.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
13
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Estratégia Imitadora
AULA 06
 Não disputam posições com os líderes, apenas limitam-se a acompanhá-los
à distância, convertendo-se em alguns casos em inovadores defensivos;
 Um eventual crescimento de procura pelo mercado poderá provocar uma
mudança substancial no seu produto;
 Adquirem patentes secundárias como subproduto de suas atividades.
 Possuem forte capacidade de engenharia e desenho de produção.
 Normalmente apoiam-se em custos mais baixos de produção ou em
vantagens organizacionais;
 A informação é um item fundamental para a decisão do que imitar (copiar)
as fontes de aquisição de know-how ou conhecimento processual
(conhecimento de como executar uma tarefa).
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
14
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
ESTRATÉGIAS TECNOLÓGICAS NAS EMPRESAS
Estratégia Dependente
AULA 06
 Geralmente são subcontratadas que respondem às flutuações que afetam
as empresas de maior porte;
 Basicamente seguem rotinas e são conservadoras.
Estratégia Tradicional
 Diferencia-se da estratégia dependente apenas pela natureza do seu
problema;
 Nem o mercado e a concorrência levam-nas a mudar o seu problema.
Estratégia Oportunista
 São as que sobrevivem em espaços de mercado muito específicos e
particulares.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
15
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
BIBLIOGRAFIA
1. FREEMAN, C. The economics of industrial innovation. Londres, Pinter
Publisher, 1982.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
16
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
LEITURA DA APOSTILA
Para um melhor entendimento faça uma leitura do conteúdo das
páginas de 83 a 87 da apostila Gestão da Inovação Tecnológica, 2ª
Edição, de Dálcio Roberto dos Reis. Editora Manole, 2008.
Após a leitura caso tenha dúvidas anote e discutiremos em sala.
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
17
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
AULAS DE APOIO
Estarão disponibilizadas nos descritos a baixo para downloads os
arquivos nos formatos: PowerPoints ou Word das aulas. Alguns
estarão disponíveis para impressão, outros, somente para leitura,
mas não para edição. Em alguns casos em que se fizer necessário a
impressão, o professor estará liberando para um melhor
desenvolvimento dos trabalhos a ser solicitados.
Sites do professor:
www.aulasprof.6te.net
www.profcelso.orgfree.com
Contato:
[email protected]
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
18
I N O VAÇ ÃO T E C N O L Ó G I C A
AULA 06
FIM
ADS / REDES / ENGENHARIA
Prof. Celso Candido
19
Fly UP