...

Matador da Baixada é transferido Polícia resgata

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

Matador da Baixada é transferido Polícia resgata
SÁBADO, 13 DE DEZEMBRO DE 2014
policia
7
ATAQUE À CORPORAÇÃO
PM morre em tentativa de assalto
Adelson da Conceição Júnior foi morto na saída da festa da filha em Nova Iguaçu
Antonio Carlos
[email protected]
Assassinado
num
confronto com quatro
bandidos que estavam em duas motos,
em Nova Iguaçu, na
noite da última quinta-feira, o policial militar
Adelson da Conceição Júnior, de 34 anos,
foi sepultado na tarde
de ontem, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na
Zona Oeste do Rio.
Lotado na Unidade
de Polícia Pacificadora (UPP) Camarista
Méier, na Zona Norte,
o cabo tinha deixado
uma casa de festas na
Avenida Governador
Portela, onde comemorou o aniversário
JORNAL BELFORD ROXO
O soldado Adelson enfrentou quatro bandidos. A mulher dele também foi ferida
de sua filha, quando
foi surpreendido pelos
criminosos. O PM ainda chegou a ser levado por policiais do 20º
BPM (Mesquita) para
o Hospital Geral de
Nova Iguaçu (HGNI),
na Posse, mas não resistiu aos ferimentos.
Na troca de tiros, sua
esposa, foi atingida no
ombro. Ela foi encaminhada para a Casa
de Saúde Nossa Senhora de Fátima, também em Nova Iguaçu.
A vítima não corre risco de vida. Outras três
que estariam no carro
não ficara feridas.
Um dos ladrões foi
baleado no olho e
está internado sob
custódia na HGNI. O
estado de saúde de
Israel Campos Ângelo Júnior, 19, é grave.
Um menor de 15 anos
e um revólver calibre
38 foram apreendidos.
Os outros dois conseguiram fugir levando a
arma do policial.
CARRO DOS
LADRÕES FOI
APREENDIDO
Agentes da Divisão
de Homicídios da Baixada Fluminense apreenderam o carro do
policial e a moto usada pelos criminosos
para serem periciados.
Os agentes procuram
imagens de câmeras
de segurança instaladas na região para
análise.
Mais de 100 policiais assassiandos
Desde o início do ano
até o final de novembro, 107 militares foram
mortos no Rio. Destes, 90
estavam de folga. Outros
272 foram baleados. En-
tre os casos mais recentes estão o do soldado
Geraldo Luiz da Silva, de
27 anos, que estava de
folga e lavava o seu carro perto da comunidade
Cosme e Damião, em Sulacap, na Zona Oeste.
Ele era lotado na UPP
da Vila Kennedy e foi
morto no sábado da
semana passada.
Polícia resgata jovem torturado Matador da Baixada é transferido
Um jovem que teria sido torturado por
criminosos no Morro
da Covanca, na Zona
Oeste do Rio, foi resgatado na manhã de
ontem por agentes do
Batalhão de Choque
(BPChq). Rubens Ferreira da Silva, de 18 anos,
estava amarrado. A
PM informou que ele
não tem passagem na
polícia.
A vítima foi levado
por uma ambulância
DIVULGAÇÃO
Vítima foi encontrada com fermentos pelo corpo
do Bope para o Hospital Carlos Chagas, em
Marechal Hermes, e se
recupera bem.
Britânicas assaltadas elogiam polícia
Assaltadas na última
quinta-feira no Aterro do
Flamengo, na Zona Sul do
Rio, as atletas britânicas
agradeceram na internet
as mensagens de preocupação e elogiaram o trabalho dos policiais. Segundo Hannah e Saskia, como
em qualquer cidade, o Rio
tem locais mais vulneráveis
e disseram que estavam
ansiosas para passar mais
tempo na cidade, mas
com precauções de segurança para determinadas
áreas.
A Polícia Civil vai analisar as câmeras de segurança da região do Aterro
do Flamengo na tentativa
de conseguir pistas dos suspeitos que assaltaram as
atletas. Elas foram rendidas
por dois homens armados
com facas. Elas estão no
Rio para treinamento e se
preparam para disputar as
Olimpíadas em 2016.
Elas foram abordadas
por criminosos quando voltavam a pé do treino para
o hotel onde estão hospedadas. Hannah e Saskia
fizeram o registro na Delegacia Especial de Apoio
ao Turismo (Deat). A polícia
pede a ajuda da população e diz que as denúncias
podem ser feitas pelo serviço 190 ou Disque-denúncia
2253-1177.
Mais de 120 são presos em festa
SSPMA / DIVULGAÇÃO
MARANHÃO
Uma denúncia anônima
terminou com a prisão e a
detenção de 128 pessoas que seriam integrantes
de uma facção criminosa que atua em São Luís.
No local, onde acontecia
uma festa, foi encontrada
uma grande quantidade
de maconha e cocaína.
Todos foram levados num
ônibus para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).
A festa, de acordo com
o comandante do policiamento metropolitano,
Responsável pelas investigações da Operação
Lava Jato na primeira instância, o juiz Sérgio Moro
aceitou ontem denúncia
contra 36 investigados
na sétima fase da Operação, deflagrada pela
Polícia Federal para inves-
CRISTINA BOECKEL / G1
Sailson deixa a DHBF em direção à Polínter
e moravam todos juntos
na mesma casa, no bairro
de Corumbá.
Agentes da especializada tentam identificar
novas vítimas de Sailson.
Em um novo depoimento
prestado na manhã de
ontem, ele contou detalhes do primeiro crime que
cometeu. A polícia já identificou sete pessoas que
podem ter sido mortas por
ele.
Raimundo Basílio da Silva, de 60 anos, morreu no
dia 30 de novembro, no
bairro Santa Rita. Dias antes, em 12 de novembro,
Paulo Vasconcelos, de
52 anos, morreu no bairro
Amaral, e Francisco Carlos Chagas, de 49 anos, foi
assassinado no bairro Corumbá, no dia 23 de outubro.
O delegado responsável pelo caso não divulgou os nomes de uma
mulher, morta em janeiro
deste ano, e da mãe e do
Apesar de ter confessado os assassinatos, todos
na Baixada Fluminense, o
serial killer nunca foi descoberto na região. Segundo o delegado titular da
DHBF, Pedro Medina, o fato
de os crimes terem sido
cometidos em épocas diferentes e registrados em
diversas distritais contribuíram para isso. “O criminoso
nunca foi descoberto pelo
lapso temporal e também
por serem casos distribuídos por algumas distritais,
como Duque de Caxias,
Belford Roxo e Nova Iguaçu’, declarou.
Para o delegado Marcelo Machado, responsável pelo caso, investigadores tentam identificar
uma testemunha que teria
sobrevivido ao ataque do
suspeito, além de parentes
de vítimas para prestarem
depoimento e ajudar na
investigação.
UPP Jacarezinho apreende muita droga
Os detidos seriam integrantes de facção criminosa
coronel Pedro Ribeiro ocorreria para celebrar os crimes praticados pelo grupo.
Entre os presos e detidos
estavam 91 homens e 37
mulheres.
Juiz aceita denúncia contra acusados na Lava Jato
PARANÁ
Sob os gritos de “assassino”, o suposto serial Killer
da Baixada, que confessou
ter matado 43 pessoas, nos
últimos nove anos, sendo
38 mulheres, três homens e
uma criança, Sailson José
das Graças, de 26 ano, foi
transferido da Divisão de
Homicídios da Baixada Fluminense, em Belford Roxo,
para a Polínter, na Cidade
da Polícia, na manhã de
ontem. As pessoas chegaram cercar o carro da polícia, que levou o homem
para o Instituto Médico-Legal (IML) antes de seguir
para a prisão.
A companheira dele,
Cleusa Balbina de Paula,
e o ex-marido José Messias também foram transferidos, cerca de uma horas antes. Sailson foi preso
em flagrante na manhã
da última quinta-feira no
bairro Corumbá suspeito
de matar, na última terça-feira, Fátima Miranda, de
62 anos, a facadas. Com
frieza, contou como planejava os crimes e disse
à polícia que quatro pessoas foram assassinadas a
pedido da companheira
dele, Cleusa - ela, em troca, lhe dava casa e comida. “Ela bancava, me
bancava. Em troca disso
era água, comida, teto,
roupa nova, dinheiro para
eu comprar as necessidades”, disse Sailson. O casal
e Messias mantinham um
relacionamento amoroso
tigar lavagem de dinheiro
e evasão de divisas e que
resultou na descoberta de
um esquema de desvio de
dinheiro e superfaturamento de obras da Petrobras.
Ségio Moro aceitou denúncia do Ministério Público Federal contra os
seguintes suspeitos de par-
ticipação no esquema:
Alberto Youssef, Paulo Roberto Costa, Waldomiro
de Oliveira, Carlos Alberto Pereira da Costa; ,Enivaldo Quadrado, Gerson
de Mello Almada, Carlos
Eduardo Strauch Albero,
Newton Prado Júnior, Luiz
Roberto Pereira.
Uma grande quantidade de drogas foi
apreendida por policiais
da Unidade de Polícia
Pacificadora (UPP) Jacarezinho na noite da última quinta-feira, dentro
da comunidade. A Coordenadoria de Polícia
Pacificadora (CPP) informou que os agentes encontraram 36 quilos de
maconha e mais 5.148
da droga já embalada,
2.650 papelotes de cocaína, três balanças de
precisão e 16 ampolas
de éter, na localizade
conhecida como Rua Esperança.
O material foi localiza-
DIVULGAÇÃO
O material foi encontrado na Rua Esperança
daa após os PMs desconfiare de um forte cheiro
deixado pelo material
entorpecente, que esta-
va dentro de uma casa
abandonada. O caso foi
registrado na 25ªDP (Engenho Novo).
Fly UP