...

Estabelecimento de Metas

by user

on
Category: Documents
5

views

Report

Comments

Transcript

Estabelecimento de Metas
Estabelecimento de Metas
Prof. Ms. Jaqueline F. de O. Neiva
Laboratório de Comportamento Motor (EEFE–USP)
Grupo de Estudos e Pesquisa em Capacidades e Habilidades
Motoras (EACH–USP)
Estabelecimento de metas

O que é?

Para que serve?

Como usá-lo?
Pense em quantas vezes você se viu
traçando metas e objetivos
Parece que criar metas é mais fácil
do que cumpri-las...
Situação problema

Você é um educador físico.

Precisa estabelecer metas para que seu
aluno corra a corrida de São Silvestre
deste ano.

Como você estabeleceria estas metas?
O que é?
É um processo de estabelecer alvos para
performance futura.
Para que serve?
Para atingir uma performance futura.
Como usá-lo?
Como surgiu o estudo?
Psicologia Empresarial
Locke & Latham (1985) - revisaram mais de 400
estudos realizados no contexto de desempenho
industrial e organizacional.
Locke & Latham (1985)

Perceberam o fato de estabelecer metas tem um efeito
consistente e forte sobre o comportamento da pessoa.

Verificaram que há uma semelhança entre atividades
industriais e esportivas, pois ambas envolvem ações
mentais e físicas direcionadas a uma meta.

Propuseram 10 hipóteses específicas sobre a utilização do
estabelecimento de metas
Síntese das hipóteses

Metas específicas regularão a ação mais precisamente do que
metas gerais;

Metas específicas e difíceis (mas alcançáveis) levarão à
melhor performance do que metas gerais do tipo “faça o
melhor”;

O estabelecimento de metas é mais efetivo quando há
feedback mostrando o grau de progresso em relação à meta;

Metas de curto prazo associadas às metas de longo prazo
são mais eficaz do que metas de longo prazo sozinhas;
Síntese das hipóteses
 Metas
direcionam a atividade, mobilizando o esforço,
aumentando a motivando a busca de estratégias de
tarefa apropriadas para alcançar o objetivo;
A
competição melhorará a performance porque leva
ao estabelecimento de metas mais altas e/ou ao
aumento no comprometimento com a meta;
O
treinamento por meio de incentivos e prêmios
afetaria o comprometimento com a meta.
Estabelecimento de metas no esporte
e exercício
Killo e Landers (1995) - Revisaram 36 estudos
e concluíram que o estabelecer metas é
positivo para uma boa performance.
Burton et al. (2001) – Verificaram em 44 de 56
estudos revisados que o estabelecimento de
metas funciona bem no esporte, embora não
tão bem nos negócios.
Definição
Estratégia motivacional que direciona
a atenção do executante ao
objetivo proposto
Locke e Latham (1985)
Tipos de metas
1 - Generalidade e especificidade da meta.
2 – Temporalidade.
3 – Procedência.
4 – Nível de dificuldade.
Tani, Freudenheim, Meira Junior e Corrêa, 2004
Generalidade e especificidade da meta
META
GERAL
ESPECÍFICA
“faça o melhor
possível”
“acerte 7 em 10
Arremessos”

Meta genérica ou subjetiva.: não é mensurável, geralmente é uma
declaração de intenção, do tipo “faça o melhor possível”.

Meta específica ou objetiva: focaliza-se em atingir um padrão específico
de competência em uma tarefa.
Estudo com metas de acordo com a generalidade
 BOYCE (1990)
Amostra: 90 universitários sem experiência
Tarefa: Tiro com Rifle na posição ajoelhada
 1- grupo de estabelecimento de metas que deveria ter como meta alcançar os
seguintes resultados: 25, 30, 32, 35 e 38 pontos consecutivamente em cada sessão;
2 – grupo sem estabelecimento de metas com a instrução de “faça o seu melhor”.
OBJETIVO
Investigar os efeitos de
RESULTADOS
Sujeitos
CONCLUSÕES
Obteve-se um aumento do
estabelecer metas
para um submetidos a metas desempenho na habilidade de tiro
grupo e não estabelecer para específicas
com
rifle
do
grupo
de
outro com o objetivo de verificar obtiveram resultados estabelecimento de metas em
qual dessas formas seria mais superiores
aos relação ao desempenho do grupo
eficaz
a submetidos a metas sem estabelecimento de metas.
aprendizagem de habilidades genéricas.
motoras.
para
melhorar
Temporalidade da meta
 Meta
de longo prazo
 Meta
de curto prazo
 Meta
de longo e curto prazos associadas
Estudo com metas genéricas; específicas de curto
prazo, específicas de longo prazo, grupo sem metas
 CORRÊA, SOUZA JUNIOR e SANTOS (2006)
Amostra: 44 adolescentes praticantes de voleibol
Tarefa: Passe de manchete no voleibol direcionado a um alvo
1 – controle, sem meta estabelecida;
2 – metas genéricas “faça o seu melhor”;
3 – metas específicas de longo prazo;
 4 – metas específicas de curto prazo.
OBJETIVO
Investigar os efeitos do
RESULTADOS
Sujeitos
estabelecimento de metas na submetidos
aquisição
de
CONCLUSÕES
a
Os grupos não melhoraram
habilidades metas
específicas do pré para o pós-teste e não
motoras em sujeitos com de longo prazo houve diferença entre os
estágios
avançados
da obtiveram
mesmos nos pós-teste. Os
aprendizagem.
desempenho
resultados foram atribuídos ao
superior
demais grupos.
aos nível de dificuldade da meta.
Procedência da meta
 Auto
estabelecida
 Estabelecida
por outra pessoa
Estudo com metas autoestabelecidas, estabelecidas pelo
instrutor e grupo controle
 BOYCE e WAYDA (1994 )
Amostra: 252 universitárias sem experiência
Tarefa: duas séries de 10 repetições de leg press (força de perna).
1 – auto-estabelecimento de metas; 2 – estabelecimento de metas atribuído por
um instrutor e 3 – controle “faça o seu melhor”.
OBS: Duração de12 semanas, com pré-teste, nove sessões de aquisição e após
sete dias um teste de retenção.
OBJETIVO
Investigar
o
efeito
do
RESULTADOS
CONCLUSÕES
Sujeito submetidos
O grupo em que a meta
estabelecimento de metas na a metas estabelecidas foi
aprendizagem
habilidade
de
utilizando
uma pelo instrutor obtiveram instrutor
uma resultados
controle.
um
superior
aos
que autoestabelecimento
autoestabeleceram
metas
foi
por
superiores demais grupos. O grupo de
tarefa diferente das utilizadas aos
anteriormente.
estabelecida
e
ao
de
metas também foi superior ao
grupo grupo controle.
Dificuldade da meta
 Meta
difícil
 Meta fácil
 Meta moderada
Estudo com metas fáceis, metas difíceis
 DUTRA (2007)
Amostra: 24 adolescentes do sexo masculino
Tarefa: recepção de saque com rotação do voleibol
G1: meta específica a 10% (G10%)
G2:30% (G30%) além do desempenho inicial
 OBS: O experimento constou de três fases: avaliação de entrada (27 tentativas),
fase de aquisição (810 tentativas) e teste de retenção (27 tentativas) uma semana após
o término da fase de aquisição.
OBJETIVO
Investigar
o
efeito
RESULTADOS
G30%
CONCLUSÕES
apresentou Apesar dos dois grupos apresentarem
do desempenho superior e melhoras no desempenho, o percentual
estabeleciment menor variabilidade do de 30% de meta de grupo influenciou de
o de 10 e 30 que o G10%. na fase de maneira significante e foi superior na
por cento de aquisição e no teste de aprendizagem da tarefa.
meta.
retenção.
Problemas metodológicos

Autoestabelecimento de metas

Rejeição a atribuição de metas

Existência de competição inerente ao esporte e ao exercício

O uso de feedback

Os participantes já estariam intrinsecamente motivados pela
prática esportiva, anulando o efeito do estabelecimento de metas

Testes estatísticos inadequados para a interpretação de
resultados

Falta de testes de retenção e transferência.
Retomando...
O
que é?
É um processo de estabelecer alvos para performance
futura.
 Para
que serve?
Para organizar ações com objetivo de atingir uma meta
futura.
Retomando...
É estudada
de acordo com:
Generalidade e especificidade da meta;
Temporalidade;
Procedência;
Nível de dificuldade.
Retomando...

Como usar ?
Preferindo estabelecer metas ao invés de não estabelecê-las;
Estabelecendo metas difíceis, realistas e atingíveis;
Estabelecendo metas de longo prazo combinadas com metas de
curto prazo;
Registrando as metas;
Mantendo um compromisso firme com as metas;
Fazendo reavaliações periódicas das metas.
Importante
A meta deve ser:
Atingível
Realista
Desafiadora
Específica
(SCHIMIDT & WRISBERG, 2001)
Exemplo prático: aula de natação
atividade

Pinos bolas / Dardo

Monte a tarefa para os 4 tipos de metas

Cada grupo deve elaborar metas dentro
dos tipos estudados e observar o
processo de aprendizagem.
Fly UP