...

View

by user

on
Category: Documents
3

views

Report

Comments

Description

Transcript

View
Enciclopédia da Conscienciologia
38
MÁGOA
(AUTASSEDIOLOGIA)
I. Conformática
Definologia. A mágoa é o estado emocional imaturo de suscetibilidade, frustração, desgosto, amargura, descontentamento, pesar e / ou ressentimento manifesto pela consciência, intra
ou extrafísica, em geral, motivado pela expectativa de afeto ou reconhecimento de supostos trafores pessoais, valores intraconscienciais e / ou materiais.
Tematologia. Tema central nosográfico.
Etimologia. A palavra mágoa procede do idioma Latim, macula, “mancha; malha;
marca natural; nódoa; desonra; infâmia”. Surgiu no Século XIV.
Sinonimologia: 1. Cotoveloma. 2. Melindre. 3. Rancor.
Cognatologia. Eis, na ordem alfabética, 7 cognatos derivados do vocábulo mágoa: magoada; magoado; magoar; magoativa; magoativo; magoante; magoável.
Neologia. As 3 expressões compostas mágoa superficial, mágoa mediana e mágoa profunda são neologismos técnicos da Autassediologia.
Antonimologia: 1. Fraternismo. 2. Compreensão. 3. Empatia. 4. Perdão. 5. Autodesprendimento; sobrepairamento.
Estrangeirismologia: o heartache.
Atributologia: predomínio dos sentidos somáticos, notadamente do autodiscernimento
quanto ao emocionalismo ancestral pré-humano.
Megapensenologia. Eis 5 megapensenes trivocabulares relativos o tema: – A mágoa
corrói. A mágoa magoa. A mágoa ofusca. Mágoa é autengano. Mágoa: emoção camaleoa.
Coloquiologia: a emoção enferrujada; a má digestão emocional.
Citaciologia: – Ninguém pode magoar você sem o seu consentimento (Eleanor Roosevelt, 1884–1962). A expectativa é a raiz de toda mágoa (William Shakespeare, 1564–1616).
O perdão cria feedback positivo.
II. Fatuística
Pensenologia: o holopensene pessoal da imaturidade emocional; a autopensenização
irracional; os egopensenes; a egopensenidade; os patopensenes; a patopensenidade; o bagulho
autopensênico cronicificado; o holopensene da incompreensão; o holopensene pessoal da reconciliação; os ortopensenes; a ortopensenidade; os conviviopensenes; a conviviopensenidade; os pensenes altruístas; a pensenidade interassistencial.
Fatologia: a mágoa; a emoção contida; a emoção dissipadora ou bloqueadora das energias conscienciais; a emoção redutora do autodiscernimento; a emoção dificultadora da autopercepção; o acriticismo; os queixumes; a necessidade de reconhecimento; a autovitimização impedindo a percepção da verdadeira razão da mágoa; o esquecimento do motivo original da mágoa
e manutenção do padrão de angústia; a repressão das emoções favorecendo o fortalecimento da
mágoa; o orgulho ferido; o encobrimento da insatisfação; a vontade não satisfeita; a carência por
trás da mágoa; a rejeição sentida; a ingenuidade de considerar a mágoa ser extrafisicamente despercebida; a mágoa impedindo as escolhas assertivas; o egocentrismo bloqueando a percepção da
dificuldade do outro; a mágoa impedindo o aprofundamento dos laços afetivos sadios; o monoideísmo de amargura provocando a interprisão grupocármica; a ação discordante de outrem aflorando suscetibilidades; a ruminação mental camuflada pelo silêncio do laringochacra; a sensação
de opressão no cardiochacra; o bloqueio do prazer; a falta de alegria; a apatia; o comodismo;
a melin; a mágoa dificultando a consecução da proéxis; a relação da mágoa com as doenças holossomáticas; a mágoa cultivada fortalecendo o ressentimento; a evitação da mágoa pela acareação interconsciencial imediata; a compreensão para perdoar o outro; a falsa ideia de considerar
Enciclopédia da Conscienciologia
39
a tolerância como perdão; o perdão para superação da mágoa; o altruísmo; a sensação de plenitude; o direito à liberdade conquistada pelo desprendimento dos elos emocionais da mágoa; a pacificação íntima ao liberar-se da mágoa; a serenidade sendo consequência da compreensão do
conflito intraconsciencial; a descoberta de novos horizontes após o perdão e a reconciliação; o redirecionamento evolutivo seriexológico.
Parafatologia: a falta da autovivência do estado vibracional (EV) profilático; a sensação
de exaurimento energético; a energia da mágoa impregnando os ambientes; a mágoa sentida pela
consciex; a evocação de consciências com padrão nostálgico; a vingança planejada da consciex
magoada; a mágoa impressa no psicossoma; a inimizade secular decorrente do ressentimento;
a iscagem inconsciente com padrão de mágoa; a ausência da projetabilidade lúcida (PL) devido
à mágoa sentida; a assistência ao bolsão de consciexes com mágoa; a quebra do elo patológico
com a consciex magoada a partir do entendimento do parafato provocador da mágoa.
III. Detalhismo
Sinergismologia: o sinergismo nocivo mágoa-culpa; o sinergismo patológico inveja-mágoa.
Principiologia: o princípio da inseparabilidade grupocármica; o princípio cosmoético
do não acumpliciamento com a mágoa do outro; o princípio de o menos doente assistir ao mais
doente; o princípio do perdão; o princípio da convivialidade sadia.
Codigologia: o código pessoal de Cosmoética (CPC) incluindo a cláusula antimágoa;
o código grupal de Cosmoética (CGC).
Teoriologia: a teoria das interprisões grupocármicas.
Tecnologia: a técnica de autopesquisa; as técnicas da Autoconsciencioterapia; a técnica
do EV profilático; a técnica da autorreflexão; a técnica da desdramatização emocional; as técnicas de reeducação autopensênica; a técnica do perdão.
Voluntariologia: a mágoa desencadeada pela imaturidade do voluntário em Instituição
Conscienciocêntrica (IC); o engajamento do voluntariado conscienciológico libertário.
Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico da Autocosmoeticologia; o laboratório conscienciológico da Autopensenologia; o laboratório conscienciológico da Autorretrocogniciologia.
Colegiologia: o Colégio Invisível da Grupocarmologia; o Colégio Invisível da Autoconsciencioterapia; o Colégio Invisível da Interassistenciologia; o Colégio Invisível da Desassediologia; o Colégio Invisível da Homeostaticologia; o Colégio Invisível da Paraprofilaxia; o Colégio Invisível da Holomaturologia.
Efeitologia: o efeito da mágoa na pessoa magoada; o efeito da mágoa no magoante;
o efeito da ruminação mental da pessoa magoada; o efeito da mágoa nos conflitos intergrupais;
o efeito da autopesquisa na superação da mágoa; o efeito da comunicação assertiva na superação da mágoa; o efeito do perdão no sobrepujamento da mágoa; o efeito da auto e heterassistência na superação da mágoa.
Neossinapsologia: a mágoa dificultando a criação de neossinapses; as neossinapses adquiridas após a reciclagem pensênica.
Ciclologia: o ciclo da mágoa cultivada; o impacto seriexológico do ciclo magoado-magoante; o ciclo de autopesquisa.
Enumerologia: o infantilismo; o emocionalismo; o irracionalismo; o ansiosismo; o acriticismo; o egocentrismo; o antifraternismo.
Binomiologia: o binômio amuo-birra; o binômio suscetibilidade-fossa; o binômio ressentimento-fofoca; o binômio mágoa-vingança; o binômio autestima-perdão; o binômio condescendência-perdão; a premência do binômio altruísmo-interassistência.
Interaciologia: a interação vitimização-mágoa; a interação egocentrismo-mágoa; a interação mágoa-desamor.
40
Enciclopédia da Conscienciologia
Crescendologia: o crescendo danoso perda-mágoa-ressentimento; o crescendo positivo
arrependimento-perdão-libertação.
Trinomiologia: o trinômio defesas-couraças-vulnerabilidades; o trinômio mágoa-isolamento-desprazer; o trinômio dependência–mágoa–medo da perda; o trinômio ciúmes-ira-rancor;
o trinômio ódio-mágoa-autoculpa; o trinômio mágoa-compreensão-perdão; o trinômio perdão-reciclagem-assistência.
Polinomiologia: o polinômio ausência de novas perspectivas vitimização–monoideísmo–mágoa; o polinômio mágoa–malícia–desejo de vingança–ressentimento; o polinômio ansiedade-mágoa-raiva-culpa-depressão; o polinômio mágoa-compreensão-perdão-assistência.
Antagonismologia: o antagonismo egoísmo / altruísmo; o antagonismo decepção / confiança; o antagonismo mágoa / perdão.
Paradoxologia: o paradoxo de a mágoa poder ser mais frequente entre os amigos.
Politicologia: a egocracia; a discernimentocracia; a assistenciocracia.
Legislogia: a lei de talião; a lei do menor esforço evolutivo; a lei da ação e reação; a lei
da inseparabilidade grupocármica.
Filiologia: a fantasiofilia; a carência de raciocinofilia.
Fobiologia: a fobia às perdas.
Sindromologia: a síndrome do infantilismo; a síndrome da vitimização; a síndrome de
Cinderela; a síndrome de Peter Pan; a síndrome da dispersão consciencial; a síndrome da autossantificação; a síndrome da ectopia afetiva (SEA); a síndrome do justiceiro; a síndrome do ostracismo.
Maniologia: a egomania.
Mitologia: o mito de o magoante ser o único responsável pelo desconforto da pessoa
magoada; o mito de a mágoa ser considerada atitude digna.
Holotecologia: a conflitoteca; a belicoteca; a patopensenoteca; a egoteca; a comunicoteca; a recexoteca; a pensenoteca; a assistencioteca.
Interdisciplinologia: a Autassediologia; a Autoconsciencioterapia; a Consciencioterapia; a Autodiscernimentologia; a Criticologia; a Compreensiologia; a Comunicologia; a Conviviologia; a Interassistenciologia; a Harmoniologia.
IV. Perfilologia
Elencologia: a consciênçula; a conscin subcognitiva; a conscin monoideica; a conscin
autoperdoadora; a consréu arrependida; a conscin sensível; a consener; a isca humana lúcida.
Masculinologia: o magoado; o ofendido; o ressentido; o melindrado; o autovitimizado;
o irado; o vaidoso; o narcisista; o orgulhoso; o rancoroso; o inseguro; o minidissidente; o pesquisador; o escritor; o verbetógrafo; o reciclante existencial.
Femininologia: a magoada; a ofendida; a ressentida; a melindrada; a autovitimizada;
a irada; a vaidosa; a narcisista; a orgulhosa; a rancorosa; a insegura; a minidissidente; a pesquisadora; a escritora; a verbetógrafa; a reciclante existencial.
Hominologia: o Homo sapiens egocentricus; o Homo sapiens immaturus; o Homo sapiens acriticus; o Homo sapiens narcissus; o Homo sapiens autassediator; o Homo sapiens pathopensenicus; o Homo sapiens autobsessus.
V. Argumentologia
Exemplologia: mágoa superficial = o descontentamento pela reprovação na seleção para
novo emprego; mágoa mediana = o desgosto pelo tratamento recebido na infância; mágoa profunda = o ressentimento multisseriexológico impedindo o perdão.
Enciclopédia da Conscienciologia
41
Culturologia: a cultura patológica da dependência; a cultura da desrepressão facilitando a comunicação interpessoal.
Motivações. Sob a ótica da Psicopatologia, eis, por exemplo, em ordem alfabética, duas
principais condições predisponentes à manifestação da mágoa:
1. Autocobrança: a mágoa motivada pela falta ou erro cometido; o desprezo por si
mesmo; o arrependimento; a prevalência da postura do trinômio omissão-arrependimento-autassédio.
2. Heterocobrança: a mágoa motivada pela suposta falta ou erro do comportamento
alheio, pela incompreensão e desconsideração da condição evolutiva do outro; a prevalência da
postura do trinômio controle-exigência-heterassédio.
Comorbidade. No estado emocional da mágoa estão envolvidos várias outras emoções,
a exemplo de raiva, ódio, vingança, pesar, culpa, vaidade, orgulho ou inveja, manifestos em
percentuais diferentes em cada microuniverso consciencial. Importa identificar e nomear os sentimentos envolvidos em episódios de mágoa, verificando e compreendendo as reações pessoais.
Causas. Eis, por exemplo, em ordem alfabética, 9 causas ou suscetibilidades da conscin
afetada pela mágoa:
1. Acriticidade. Aceitação aparente da situação incômoda decorrente da falta de avaliação dos fatos e parafatos.
2. Arrogância. Dificuldade em reconhecer o erro decorrente do egocentrismo.
3. Autengano. Desleixo com a autevolução decorrente da autossabotagem.
4. Autodesconhecimento. Falta de compreensão do outro decorrente do desconhecimento intraconsciencial.
5. Dessoma. Inconformismo vivenciado decorrente da perda das energias conscienciais
ante a dessoma iminente de conscin afim.
6. Ignorância multidimensional. Desconhecimento dos fatos e parafatos decorrente da
insipiência parapsíquica.
7. Perda. Sensação de prejuízo decorrente da expectativa de afeto frustado.
8. Preconceito. Rejeição sofrida decorrente de códigos culturais anacrônicos.
9. Vitimização. Evitação dos autenfrentamentos decorrente do fato de considerar-se
com a razão.
Adoecimentos. Sob a ótica da Autopesquisologia, a manutenção da mágoa poderá
predispor o holossoma a sinais de adoecimentos, a exemplo dos 4 enumerados a seguir, de acordo
com os veículos de manifestação da consciência, dispostos em ordem lógica:
1. Soma: dermatites; alergias; doenças autoimunes; obesidade; anorexia; tabagismo; alcoolismo; drogadição; colites; infarto agudo do miocárdio; diabetes; câncer, entre outras.
2. Energossoma: retração das energias; bloqueios de chacras; intoxicação energética;
monopólio de chacras básicos; vampirismo energético; encapsulamento patológico.
3. Psicossoma: dificuldade de autoconscientização multidimensional; emocionalidade
descompensada; agressividade; queixume; depressão; busca de emoções e processos instintivos
compensatórios; autorrepressão emocional; culpa.
4. Mentalsoma: baixa recuperação de cons; baixa ou ausência de produtividade saudável; dificuldade de entendimento do Universalismo e Cosmoética.
Terapeuticologia. Sob a ótica da Autoconsciencioterapia, eis, por exemplo, em ordem
alfabética, 10 atitudes prescritivas à conscin para a autossuperação da mágoa:
01. Altruísmo. O desapego do egocentrismo.
02. Assistência. A abdicação ao ato de ter sempre razão.
03. Autenticidade. A sinceridade facilitando o entendimento da circunstância do fato.
04. Autoconhecimento. A autopesquisa para a superação do personalismo.
Enciclopédia da Conscienciologia
42
05.
06.
07.
08.
09.
10.
Autodesassedialidade. A autanálise das emoções.
Concessão cosmoética. A ampliação do autodiscernimento assistencial.
Cosmovisão. A compreensão do contexto gerador da mágoa.
Perdão. A libertação da condição de algoz ou vítima.
Priorização da razão. A eliminação das paixonites.
Teática. A vivência do binômio admiração-discordância.
VI. Acabativa
Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabética, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas centrais, evidenciando relação estreita com a mágoa, indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
01. Acídia: Parapatologia; Nosográfico.
02. Alegria: Conviviologia; Neutro.
03. Altruísmo: Policarmologia; Homeostático.
04. Binômio admiração-discordância: Conviviologia; Neutro.
05. Ciclo persecutório: Interprisiologia; Nosográfico.
06. Ciúme: Psicossomatologia; Nosográfico.
07. Conscin monoideica: Parapatologia; Nosográfico.
08. Crescendo perdão-libertação: Conviviologia; Homeostático.
09. Inveja: Parapatologia; Nosográfico.
10. Mito do amor romântico: Psicossomatologia; Neutro.
11. Orgulho: Psicossomatologia; Nosográfico.
12. Paradoxo do autengano: Autolucidologia; Neutro.
13. Paradoxo patológico da vingança: Assediologia; Nosográfico.
14. Raiva: Parapatologia; Nosográfico.
15. Retroafeto deslocado: Psicossomatologia; Nosográfico.
A SUPERAÇÃO DA MÁGOA FAZ-SE ATRAVÉS DO PERDÃO E DA RECICLAGEM DE ATITUDES EGOCÊNTRICAS,
FAVORECENDO A ASSISTÊNCIA FRATERNA E A LIBERAÇÃO DA CONSCIN DE INTERPRISÕES GRUPOCÁRMICAS.
Questionologia. Você, leitor ou leitora, ainda alimenta mágoa de alguma natureza? Ou
investe no fraternismo, na compreensão, no perdão e na superação dessa condição patológica
estagnante?
Filmografia Específica:
1. Bem-vindo à Vida. Título Original: People like us. País: EUA. Data: 2012. Duração: 125 min. Gênero:
Drama. Idade (censura): 14 anos. Idioma: Inglês. Cor: Colorido. Legendado: Português (em DVD). Direção: Alex
Kurtzman. Elenco: Chris Pine; Elizabeth Banks; Jon Favreau; Michelle Pfeiffer; Olivia Wilde; Barbara Eve Harris; Mark
Duplass; & Philip Baker Hall. Produção: Alex Kurtzman; & Roberto Orci. Roteiro: Alex Kurtzman; Jody Lambert;
& Roberto Orci. Fotografia: Salvatore Totino. Companhia: Dream Works Pictures; Reliance Entertainment; Touchstone
Pictures; & Kurtzman Orci Paper Products. Distribuidora: Walt Disney Pictures. Sinopse: Após a morte do pai, Sam
recebe a incumbência de entregar parte da herança para Frankie, irmã até então não conhecida. Ao iniciar a convivência,
sem revelar o parentesco, Sam acaba mudando a forma de viver, incluindo as relações com a mãe e com a namorada.
2. Minhas Adoráveis ex-namoradas. Título Original: Ghosts of Girlfriends Past. País: EUA. Data: 2009.
Duração: 100 min. Gênero: Comédia. Idade (censura): 12 anos. Idioma: Inglês. Cor: Colorido. Legendado: Português
(em DVD). Direção: Mark Waters. Elenco: Jon Lucas; Scott Moore; Matthew McConaughey; Jennifer Garner; Emma
Stone; Lacey Chabert; Anne Archer; Breckin Meyer; Robert Foster & Michael Douglas. Produção: Marci Liroff.
Roteiro: Jon Lucas; & Scott Moore. Fotografia: Sa. Música: Rolfe Kent. Distribuidora: Playarte Pictures. Sinopse:
Connor Mead é fotógrafo famoso afeito a liberdade, diversão e mulheres, seguindo o exemplo do tio Wayne. Ao ser
Enciclopédia da Conscienciologia
43
chamado para padrinho de casamento do irmão, é alertado pelo tio da visita de três fantasmas representando as namoradas
do passado, do presente e do futuro. Juntas tentarão descobrir porque Connor transformou-se em pessoa insensível.
Bibliografia Específica:
01. Balona, Málu; Autocura através da Reconciliação: Um Estudo Prático sobre a Afetividade; pref. Daniel
Muniz; revisores Alexander Steiner; et al.; 342 p.; 2 seções; 11 caps.; 18 E-mails; 1 entrevista; 56 enus.; 125 expressões
e ditos populares; 1 foto; 6 ilus.; 1 microbiografia; 5 quadros sinópticos; 4 questionários; 2 tabs.; 17 técnicas; 5 teorias;
5 websites; glos. 86 termos; posf.; 20 infografias; 20 cenografias; 56 filmes; 265 refs.; 2 apênds.; alf.; 21 x 14 cm; br;
2ª Ed. rev. e aum.; Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC); Rio de Janeiro, RJ; 2004; páginas
189 a 204 e 246 a 260.
02. Couto, Cirlene; Contrapontos do Parapsiquismo: Superação do Assédio Interconsciencial Rumo
à Desassedialidade Permanente Total; pref. Waldo Vieira; revisoras Helena Araújo; & Erotides Louly; 208 p.; 2 seções;
18 caps.; 18 E-mails; 102 enus.; 48 estrangeirismos; 1 foto; 1 microbiografia; 1 tab.; 17 websites; glos. 300 termos;
45 refs.; alf.; 21 x 14 cm; br.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2010; páginas 33 e 47.
03. Haymann, Maximiliano; Síndrome do Ostracismo: Mecanismos e Autossuperação; pref. Waldo Vieira;
revisoras Erotides Louly; Helena Araujo; & Julieta Mendonça; 218 p.; 5 seções; 24 caps.; 17 E-mails; 134 enus.; 2 fluxogramas; 1 foto; 1 microbiografia; 2 tabs.; 16 websites; glos. 152 termos; 5 filmes; 202 refs.; 2 apênds.; alf.; geo; ono;
23,5 x 16 cm; enc.; Associação Internacional Editares; Foz do Iguaçu, PR; 2011; paginas 94 a 101e 57 a 64.
04. Kehl, Maria Rita; Ressentimento; 247 p.; 4 caps.; 18 x 12 cm; Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda;
São Paulo, SP; 2004; páginas 19 a 21.
05. Lipp, Marilda; Org.; Sentimentos que Causam Stress: Como Lidar com eles; 172 p.; 13 caps.; 1 gráf.;
3 ilus.; 3 tabs.; 86 refs.; 21 x 14 cm; br.; 3ª Ed.; Papirus Editora; Campinas, SP; 2012; páginas 159 a 167.
06. Vieira, Waldo; Homo sapiens reurbanisatus; revisores Equipe de Revisores do Holociclo; 1.584 p.; 24
seções; 479 caps.; 139 abrevs.; 12 E-mails; 597 enus.; 413 estrangeirismos; 1 foto; 40 ilus.; 1 microbiografia; 25 tabs.;
4 websites; glos. 241 termos; 3 infográficos; 102 filmes; 7.665 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21 x 7 cm; enc.; 3ª Ed. Gratuita;
Associação Internacional do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2004; páginas
436 e 531 a 535.
07. Idem; Manual dos Megapensenes Trivocabulares; revisores Adriana Lopes; Antonio Pitaguari; & Lourdes Pinheiro; 378 p.; 3 seções; 49 citações; 85 elementos linguísticos; 18 E-mails; 110 enus.; 200 fórmulas; 2 fotos;
14 ilus.; 1 microbiografia; 2 pontoações; 1 técnica; 4.672 temas; 53 variáveis; 1 verbete enciclopédico; 16 websites; glos.
12.576 termos (megapensenes trivocabulares); 9 refs.; 1 anexo; 27,5 x 21 cm; enc.; Associação Internacional Editares;
Foz do Iguaçu, PR; 2009; página 236.
08. Idem; Máximas da Conscienciologia; 164 p.; 1 E-mail; 1 enu.; 1 foto; 150 ilus.; 1 microbiografia; 450
minifrases; 1 website; 15 x 10 cm; br.; Instituto Internacional de Projeciologia; Rio de Janeiro, RJ; 1996; página 13.
09. Idem; 700 Experimentos da Conscienciologia; 1.058 p.; 40 seções; 100 subseções; 700 caps.; 147
abrevs.; 1 cronologia; 100 datas; 1 E-mail; 600 enus.; 272 estrangeirismos; 2 tabs.; 300 testes; glos. 280 termos; 5.116
refs.; alf.; geo.; ono.; 28,5 x 21,5 x 7 cm; enc.; Instituto Internacional de Projeciologia; Rio de Janeiro, RJ; 1994; página 505.
10. Viscott, David; A Linguagem dos Sentimentos (The Language of Feelings); trad. Luis Roberto Malta; 136
p. 7 caps.; posf.; 21 x 14 cm; br.; Summus Editorial; São Paulo; SP; 1982; páginas 17 a 41.
R. H. N.
Fly UP