...

ARARIBÁ MATEMÁTICA | 6º ANO

by user

on
Category: Documents
251

views

Report

Comments

Transcript

ARARIBÁ MATEMÁTICA | 6º ANO
ARARIBÁ MATEMÁTICA | 6º ANO
Competência Socioemocional
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Persistir
Pensar com flexibilidade
Persistir
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Escutar o outro com atenção e empatia
Controlar a impulsividade
Escutar o outro com atenção e empatia
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Persistir
Pensar com flexibilidade
Seção
Parte 1 -­‐ Números Naturais e Operações.
Vamos aplicar
Atividades integradas
Vamos aplicar
Pág.
Onde encontro
Vamos aplicar
143 Questão 13
Educação Financeira
173 O que você faria?
Vamos aplicar
228 Questão 2
Vamos aplicar 204 Questão 5
11
Para começar...
42
Questão 6
51
Questão 9
60
Questão 14
Educação 262 O álbum de figurinhas
Financeira
Educação 263 Reflita
Financeira
Parte 6 -­‐ Medidas e 269 Para começar...
Geometria
Vamos aplicar
272 Questão 2
Vamos aplicar
Vamos Aplicar 291 Questão 7
297 Questão 7
ARARIBÁ MATEMÁTICA | 7º ANO
Competência Socioemocional
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Persistir
Persistir
Pensar com flexibilidade
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Controlar a impulsividade
Escutar o outro com atenção e empatia
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Escutar o outro com atenção e empatia
Pensar com flexibilidade
Pensar com flexibilidade
Controlar a impulsividade
Escutar o outro com atenção e empatia
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Questionar e levantar problemas
Pensar com flexibilidade
Seção
Parte 1 -­‐ Números Inteiros
Vamos aplicar
Vamos aplicar
Atividades integradas
Vamos aplicar
Educação Financeira Educação Financeira Pág.
Onde encontro
11
Para começar...
29
32
Questão 9
Questão 8
37
Questão 7
44
Questão 10
55
O que você faria?
55
Reflita
Vamos fazer
105 Questão 4
Vamos aplicar
108 Questão 3
Vamos aplicar
Educação Financeira Educação Financeira Educação Financeira
Parte 4: Equações e Inequações.
Inequações do 1° grau com uma incógnita
Inequação do 1° grau com uma incógnita
112 Questão 7
120 Diferentes formas de pagamento.
121 O que você faria?
121 Reflita
131 Para começar...
152 Desigualdades
155 Inequação do 1° grau com uma incógnita
Pensar com flexibilidade
Pensar com flexibilidade
Controlar a impulsividade
Atividades integradas
Atividades integradas
Educação Financeira
200 Questão 7
201 Questão 12
204 Comprar mais ou comprar menos?
ARARIBÁ MATEMÁTICA | 8º ANO
Competência Socioemocional
Persistir
Controlar a impulsividade
Persistir
Pág.
21 Questão 4
Escutar o outro com atenção e empatia
Seção
Vamos aplicar
Atividades integradas
Educação Financeira
Educação Financeira
Educação Financeira
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Parte 3: Monômios 105 Para começar...
e polinômios
Persistir
Escutar o outro com atenção e empatia
Controlar a impulsividade
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Vamos aplicar
118 Questão 12
Vamos aplicar
126 Questão 6
Vamos fazer
132 Questão 3
Vamos aplicar
137 Questão 8
Vamos aplicar
Educação Financeira
Educação Financeira
146 Questão 5
Vamos aplicar
75
Controlar a impulsividade
Pensar com flexibilidade
Controlar a impulsividade
Pensar com flexibilidade
Escutar o outro com atenção e empatia
32
Questão 3
44
Está na hora de trocar?
45
O que você faria?
45
Reflita
157 Calcule
157 Reflita
Questão 7
Onde encontro
Persistir
Vamos aplicar
91
Questionar e levantar problemas
Controlar a impulsividade
Educação Financeira
230 Decisões a tomar
Questão 5
ARARIBÁ MATEMÁTICA | 9º ANO
Competência Socioemocional
Assumir riscos com responsabilidade
Comunicar-­‐se com clareza
Questionar e levantar problemas
Pág.
Seção
Onde encontro
Educação 44 Por que eu tenho que fazer isso?
Financeira
Trabalhando com a 65 Média aritmética, mediana e moda
informação
Sistemas de 70 Situação 1
equação
Pensar com flexibilidade
O teorema de Esforçar-­‐se por exatidão e precisão Pitágoras
Controlar a impulsividade
Questionar e levantar problemas
Educação Financeira
A ideia de funções
104 Demonstração do teorema de Pitágoras
128 Quando o barato sai caro
136 Noção de função
Pensar com flexibilidade
Vamos fazer
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
137 Questão 2
Questionar e levantar problemas
139 Valor de uma função
A notação f(x)
Pensar com flexibilidade
A notação f(x)
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
139 Vamos fazer
Pensar com flexibilidade
Vamos fazer
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
142 Questão 1
Pensar com flexibilidade
Vamos fazer
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
143 Questão 2
Pensar com flexibilidade
Questionar e levantar problemas
144 Questão 1
Vamos aplicar
Pensar com flexibilidade
Atividades Esforçar-­‐se por exatidão e precisão integradas
145 Todas as questões
Escutar o outro com atenção e empatia
202 O que você faria?
Controlar a impulsividade
Educação Financeira
Educação Financeira
203 Reflita
ARARIBÁ HISTÓRIA | 6º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Pág.
Questionar e levantar problemas
Pense e responda
18
Comunicar-­‐se com clareza
Compreender um texto argumentativo
35
Pensar com flexibilidade
Questionar e levantar problemas
Dialogando com Língua Portuguesa
54
Pensar com flexibilidade
Questionar e levantar problemas
Abertura de Unidade
61
Pensar com flexibilidade
Assumir riscos com responsabilidade
Atividades
73
Onde encontro
Imagine que você seja um historiador. Que outras questões, dúvidas ou interesses do presente poderiam estimulá-­‐lo a fazer uma pesquisa do passado? Formule uma questão para ser respondida pos seus colegas.
Pense e responda. Como é sua relação com o tempo presente? Você sente que dá a devida importância a ele? Reflita sobre sua resposta, organize suas ideias e avalie se seus argumentos são coerentes.
Imagine que o seu estado está passando por um verão quase sem chuvas. Há notícias de que pode haver racionamento de água e, mesmo assim, você observa pessoas lavando calçadas e carros com a mangueira aberta o tempo todo. Indignado, você decide denunciar essa atitude. Redija, então:
Agora, imagine que você esteja diante da pintura reproduzida nesta página. Que pergunta você faria ao observá-­‐la?
Imagine a seguinte situação: no processo de construção de uma estação de metrô no seu estado, pesquisadores encontram um conjunto de vestígios arqueológicos importantes. Eles solicitam a interrupção das obras e a alteração do traçado original da linha para que o local seja tombado e transformado em um sítio arqueológico. As autoridades do estado, no entanto, insistem em manter as obras alegando que grandes investimentos já foram feitos e que milhares de pessoas seriam prejudicadas pela interrupção do trabalho e a alteração do traçado original do projeto. Reflita sobre essa situação, avaliando os prós e os contras. • Que decisão você acha que os governantes devem tomar? Interromper ou continuar os trabalhos? Considere as necessidades imediatas da população e o valor daquele patrimônio arqueológico para o nosso país.
Escutar o outro com atenção e empatia
Controlar a impulsividade
Comunicar-­‐se com clareza
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Comunicar-­‐se com clareza
Persistir
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Apresentem o resultado da pesquisa para os colegas e debatam sobre a importância do conhecimento das condições climáticas para a vida na Terra. De que forma isso se Questões
88 relaciona com a sua vida? Lembrem-­‐se de que para a troca de ideias é importante escutar os colegas com atenção, refletir sobre o que foi dito e comunicar suas conclusões com clareza.
Construa uma linha do tempo identificando os principais acontecimentos das civilizações chinesa e indiana na Antiguidade. Você pode construir duas linhas paralelas Atividades
98 ou, em uma única linha, diferenciar os dados de cada civilização por cores diferentes. Elabore um rascunho para organizar as ideias e confira com atenção todas as informações antes de passar a limpo.
A pintura analisada conta uma história, como vemos nas histórias em quadrinhos modernas. Vários deuses estão na narrativa: Anúbis, protetor dos mortos; Thot, o escriba dos deuses; Osíris, o rei do mundo dos mortos; Ísis, sua esposa; além de Hórus, filho do casal. Com base na pintura e no estudo do tema 3 desta unidade, redija uma De olho na imagem 115 narrativa contando a história mostrada na imagem. Não se esqueça: é importante, antes de começar a escrever a história, organizar mentalmente a narrativa. Procure escolher as palavras mais adequadas para inserir no texto e se esforce para combiná-­‐las na construção de uma história clara e coerente. Ao final, releia o texto e faça os ajustes que forem necessários.
Note que grifamos algumas expressões e tempos verbais utilizados no texto pelo autor (por exemplo, “é possível que” e “seria”). a) O que explica o uso recorrente desses Compreender um termos no texto? b) Retorne ao texto e tente substituir cada expressão grifada por texto 127
outra que tenha o mesmo sentido. Se tiver dificuldade, não desista. Veja se a expressão argumentativo
substituta dá sentido ao texto. Se não der, tente outra. Se achar necessário, consulte um dicionário.
O lugar em que você mora apresenta o problema tratado na charge? O que pode ser feito individual e coletivamente para solucionar esse problema? Discuta com os colegas Atividades
145
sobre o tema. Durante a atividade, escute com atenção e avalie o ponto de vista dos colegas. Questione-­‐os sobre a aplicabilidade das sugestões apresentadas.
Pensar com flexibilidade
Em foco
149
Questionar e levantar problemas
Pense e responda
165
Controlar a impulsividade
Atividades
173
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Persistir
compreender um texto argumentativo
175
Pensar com flexibilidade
Atividades
193
Com um colega, você irá pesquisar dados sobre a situação dos árabes palestinos que vivem hoje em Israel. Levantem informações sobre as principais cidades onde eles vivem, a situação da saúde, da educação, das condições de trabalho e moradia e dos seus direitos como cidadãos. Com as informações obtidas, redijam um texto concordando ou discordando do professor Ali Al-­‐Azhari, que se refere ao ano de 1948 como a “tragédia palestina”. Podem, também, defender uma terceira posição. Coloquem-­‐se no lugar dos palestinos e dos israelenses que vivem no território e procurem avaliar a situação dos dois lados.
Qual é a questão filosófica sugerida pelo personagem Calvin nessa tira? Pensando na vida ou na existência humana, formule outra questão filosófica e a apresente a um colega.
Ao contrário da democracia atual, em que os cidadãos elegem pessoas para representá-­‐
los no governo e no Poder Legislativo, a democracia grega era direta. Você acha que esse sistema funcionaria numa grande cidade brasileira dos dias de hoje, com milhares – ou até mesmo milhões – de habitantes? Pense bem antes de responder. Considere as vantagens e as desvantagens que esse sistema acarretaria e quais ações seriam necessárias para que ele pudesse ser adotado.
Você percebe alguma semelhança na educação escolar do Brasil atual com a educação de Esparta? Discuta essa questão na classe. Lembre-­‐se de escutar os colegas com atenção e de refletir sobre o que eles dizem. Ser um bom ouvinte, porém, não significa deixar de ser questionador. Indague seus colegas sobre os fatos em que se baseiam para defender suas opiniões e se eles são confiáveis ou não. Sinta-­‐se seguro para manter sua opinião ou, caso seja convencido pelos argumentos de algum colega, a admitir a mudança.
Você estudou que os irmãos Tibério e Caio Graco tentaram realizar uma reforma agrária na Roma antiga, mas sem sucesso. Apesar de antigo, esse problema continua muito atual. No Brasil, por exemplo, existem inúmeros conflitos pela distribuição de terras. Você já ouviu falar de algum deles no seu estado? Pesquise uma reportagem sobre o assunto e responda: se você fosse governante, como resolveria o problema apresentado? Lembre se de considerar as diferentes possibilidades. Coloque-­‐se no lugar daqueles que lutam por uma reforma agrária e pense quais seriam seus anseios e por quê. Depois, imagine que você é o grande proprietário das terras reivindicadas. Quais seriam seus interesses?
Questionar e levantar problemas
Em foco
Fonte 5 Os padrões de beleza são muito antigos na história humana. Podem variar ao longo do tempo, mas dificilmente deixam de existir. • Em grupo, discutam a respeito das principais características do padrão de beleza imposto pela sociedade atual, as exigências que esse modelo impõe para as pessoas e se ele é importante ou não para você e para seus colegas.
197 Formulem questões procurando descobrir a quem interessa impor padrões de beleza para a sociedade, por que temos de nos submeter a esses padrões e como seria o mundo se as pessoas desconsiderassem os modelos estabelecidos como ideais. • Depois de finalizada a discussão, preparem uma exposição de cartazes com frases criadas pelo grupo destacando a importância de respeitar e valorizar o próprio corpo e o dos colegas.
ARARIBÁ HISTÓRIA | 7º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Pág.
Comunicar-­‐se com clareza
Atividades
37
Persistir
Compreender um texto narrativo
39
Pensar com flexibilidade
Escutar o outro com atenção e empatia
Abertura de unidade
40
Comunicar-­‐se com clareza
Atividades
58
Onde encontro
Pense agora na sociedade em que você vive. Ela também se divide em grupos sociais distintos? Se sim, quais são eles? Você se sente parte de algum desses grupos sociais? Por quê? Discuta essas questões com os colegas. Organize suas ideias e avalie se seus argumentos são coerentes.
Nos versos reproduzidos aqui, o mouro Ferrabrás desafiou os pares de França para a luta e os acusou de fugirem da briga. Considerando os valores da cavalaria medieval, em grupo, criem mais duas estrofes para concluir o cordel. Procurem preservar a melodia, o padrão de rimas e o estilo simples e popular da narrativa. Se, ao final de cada verso, o grupo não estiver contente com o resultado, não desistam. Pensen num novo desfecho, experimentem outras palavras, recorram ao dicionário. Leiam em voz alta várias vezes para sentirem o efeito sonoro dos versos e fazerem os ajustes necessários.
Ao debater essas questões, coloque-­‐se no lugar daqueles que sofrem com a intolerância. Lembre-­‐se de escutar com atenção a opinião de seus colegas antes de expressar a sua.
Meca, Medina, islã, Alcorão, Maomé, Península Arábica, Hégira. Qual a relação existente entre essas palavras? Redija um texto utilizando todos esses termos. Fique atento com a pontuação, a linguagem e o encadeamento do texto, para que ele fique claro e coerente. Consulte a seção Aprenda a fazer: um texto expositivo, no começo do livro. Ao final, releia o texto antes de entregá-­‐lo.
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Em foco
85
Persistir
Atividades
106
Persistir
Comunicar-­‐se com clareza
Compreender um texto narrativo
109
Assumir riscos com responsabilidade
Pense e responda
116
Escutar o outro com atenção e empatia
Questões
124
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Compreender um texto narrativo
Dialogando com...
131
Assumir riscos com responsabilidade
Atividades
153
Os idosos são uma biblioteca de conhecimento. • Em grupo, descubram um griot entre os idosos conhecidos por vocês. Procurem uma pessoa que desenvolva alguma manifestação cultural (artesanato, música, dança etc.). Em seguida, entrevistem essa pessoa. Perguntem sobre o conhecimento relacionado ao ofício que ela exerce, a função dele e sua importância para a nossa sociedade. • Lembrem-­‐se de escutar com atenção o relato do griot. A partir da narrativa, montem um painel, de maneira clara e organizada, para ser exposto para o restante da sala.
Agora, elabore uma nova frase concluindo o texto ou introduzindo uma nova ideia relacionada ao assunto. Não se esqueça de garantir, com a nova frase, o sentido do texto. Depois de finalizado o trabalho, releia o texto. Caso perceba que existe alguma incoerência entre as ideias, procure localizar o problema e corrigi-­‐lo. Você chega lá!
Com base na resposta da questão anterior, elabore um final para essa história. Não se esqueça de reler o texto antes de começar a escrever o final da narrativa. Procure manter o estilo e a linguagem do texto, esforçando-­‐se para criar um final coerente. Depois, releia a história toda e faça os ajustes que forem necessários.
Imagine que você é um pensador humanista acusado de defender ideias que iam contra os princípios da Igreja Católica, como a teoria heliocêntrica proposta por Copérnico. O que você faria diante do Tribunal da Inquisição? Manteria as suas ideias, como fez Giordano Bruno, ou negaria suas descobertas, como Galileu Galilei? Lembre-­‐se de avaliar o contexto da época, as consequências dessa decisão e os valores em que você acredita.
Atualmente, existe tolerância religiosa? Debata essa questão com seus colegas. Não se esqueça de escutá-­‐los com atenção, procurando refletir sobre os argumentos que eles apresentarem.
Galileu expõe uma teoria a Andrea por meio de um experimento, feito com o uso de uma cadeira e uma bacia de ferro. Considerando o que você já estudou e, se possível, com o auxílio do professor de ciências, forme um grupo com seus colegas e, juntos, pensem em outra forma criativa e simples de explicar essa mesma teoria. Em seguida, apresentem o resultado para o restante da turma.
b) Imagine que você é um soldado que foi capturado em combate por um dos povos guerreiros mesoamericanos, levado como prisioneiro para a cidade inimiga e escravizado. O que você faria? Tentaria reagir ou procuraria obedecer e sobreviver? Considere e reflita sobre todas as possibilidades antes de formular sua resposta.
Questionar e levantar problemas
Questões
Comunicar-­‐se com clareza
Atividades
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Compreender um texto expositivo
Pensar com flexibilidade
Escutar o outro com atenção e empatia
Atividades
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Atividades
Você concorda com a visão de Daniel Munduruku? Por quê? Discuta com os colegas sobre o assunto e, em seguida, produza um texto de opinião. Se você for a favor, 171
apresente outras ideias para defender seu ponto de vista. Se for contra, formule argumentos que justifiquem sua posição.
O período da escravidão no Brasil foi marcado pela violência e por intensos conflitos. Observe como os escravos foram representados na pintura: eles não parecem desconfortáveis na cena. O que essa forma de representá-­‐los revela sobre o artista e o 205 seu tempo? Reflita sobre essa questão e redija um texto com a sua opinião. Lembre-­‐se de organizar suas ideias com clareza, utilizar os termos mais adequados e reler a redação antes de entregá-­‐la. Para auxiliá-­‐lo na produção do texto, releia a seção Aprenda a fazer – um texto expositivo, no começo deste livro.
Em duplas, releiam o roteiro da seção Aprenda a fazer – uma pesquisa, no início deste livro. Orientados por esse roteiro, façam uma pesquisa na internet sobre casos atuais de prática de trabalho escravo rural ou urbano. Identifiquem e relacionem as semelhanças entre os casos e as informações fornecidas pelo texto. A partir de sua 207 análise, respondam: quais seriam os motivos principais para as pessoas se submeterem a essas condições de trabalho? Qual seria a razão para os empregadores escravizarem seus empregados? Em seguida, apresentem aos colegas o resultado de seu trabalho e façam um debate sobre o que poderia ser feito para eliminar o trabalho escravo. Não se esqueçam de escutar os colegas com atenção e de se comunicar de forma clara.
c) Imaginem a continuação do diálogo entre os dois personagens e se coloquem no lugar deles. Cada um de vocês deve criar argumentos para defender as ideias e os interesses de um dos grupos representados. Lembrem-­‐se do que aprenderam sobre os 230 conflitos entre espanhóis e indígenas na América. Depois de escreverem os argumentos, simulem um diálogo, apresentem para os colegas e escutem com atenção o que eles criaram. Ao final das exposições, realizem um debate para escolher os argumentos mais convincentes e expressem suas opiniões e conclusões sobre o tema.
a) Descreva a situação, as pessoas, os animais e os objetos representados nessa iluminura. Preste atenção aos trajes, à postura e às figuras que aparecem. Seja 231
cuidadoso na descrição, esforçando-­‐se para associar as imagens ao que você aprendeu nesta unidade.
ARARIBÁ HISTÓRIA | 8º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Pág.
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Comunicar-­‐se com clareza
Atividades
59
Controlar a impulsividade
Escutar o outro com atenção e empatia
Abertura de unidade
62
Persistir
Pensar com flexibilidade
Atividades
Em foco
Onde encontro
Considerando o que você já estudou sobre as reformas religiosas na Europa e sobre a arte barroca, qual seria a função de pinturas como essa no interior das igrejas? Você acredita que elas conseguiam atingir esse objetivo? Relacione seus conhecimentos anteriores ao que você estudou nesta unidade para elaborar uma explicação clara e coerente.
• Qual é a ideia de progresso apresentada no texto e na imagem dessa abertura? Você concorda com essa visão?
• Qual é a ironia presente no diálogo entre o patrão e o operário nesses quadrinhos?
• É possível estabelecer alguma relação entre os problemas ambientais da atualidade e os representados nesses quadrinhos? Quais? Discuta essas questões com os colegas. Lembre-­‐se de refletir antes de manifestar sua opinião e de escutar com atenção e respeito as ideias dos seus colegas.
81
Imagine que você é o garoto representado nessa pintura e decidiu escrever uma petição ao Parlamento inglês expondo sua condição de vida e reivindicando a proibição do trabalho infantil e a garantia de instrução pública e gratuita para todas as crianças, entre outros direitos necessários ao desenvolvimento da criança. Depois de escrever a carta, releia-­‐a com atenção, faça os ajustes necessários e entregue-­‐a ao professor.
85
Em grupo, pesquisem em sites informações sobre o trabalho infantil na atualidade. • Montem cartazes com informaçõesrelativas à regulamentação do trabalho infantil, aosmotivos mais comuns que levam as crianças a trabalhar, as diferenças entre o trabalho no campo e na cidade e seus impactos para a saúde e o desenvolvimento da criança. • Façam uma exposição na escola com o resultado da pesquisa. Para finalizar, coloque-­‐se no lugar de uma criança que trabalha e discuta com os colegas quais são os riscos e os prejuízos do ingresso precoce no mercado de trabalho, avaliando os possíveis impactos dessa experiência para a vida adulta.
Questionar e levantar problemas
Controlar a impulsividade
Persistir
Abertura de unidade
87
Comunicar-­‐se com clareza
Persistir
Atividades
108
Assumir riscos com responsabilidade
Abertura de unidade
112
Questionar e levantar problemas
De olho na imagem 116
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Abertura de unidade
137
• Segundo Michel Vovelle, qual é a mensagem da Revolução Francesa para os dias atuais?
• Você se lembra de alguma manifestação que tenha ocorrido recentemente? Qual? O que ela reivindicava?
• O que você pensa sobre os protestos populares da atualidade? Você concorda com essa forma de organização? Existem outras formas possíveis? Quais? Converse com seus colegas sobre o assunto. Questione as ideias apresentadas, defenda o seu ponto de vista e reflita sobre todos os argumentos levantados. Sinta-­‐se seguro para discordar ou para reavaliar sua opinião.
1. Em seu caderno, redija um texto utilizando as palavras do quadro a seguir. Procure organizar o texto de forma clara e coerente, utilizando os termos adequados. Antes de entregar a redação, revise-­‐a e corrija os
possíveis erros ou frases sem sentido.
• De acordo com Hobsbawm, no que se baseia o mito de Napoleão? Que relação pode ser estabelecida entre o texto e a pintura reproduzida nesta abertura?
• Por que Napoleão representava a força dos novos tempos?
• Napoleão Bonaparte foi bem-­‐sucedido em muitas de suas ações. E você, o que considera sucesso? Que qualidades você deve desenvolver para conquistar o que deseja? Converse com seus colegas sobre o assunto. Avalie qual é a melhor conduta para atingir seus objetivos, considerando os pontos positivos e os negativos.
3. Você percebe alguma semelhança entre a construção da imagem do político atual por meio de propagandas eleitorais e o uso da pintura feito por Napoleão? Qual? O que você pensa sobre isso? Discuta essa questão com os seus colegas apresentando evidências para sustentar suas opiniões.
• Para você, o que significa ser brasileiro?
• Que características do Brasil são exaltadas na canção de Ary Barroso?
• O futebol pode ser considerado um exemplo de manifestação da identidade nacional de um país? Por quê?
• Que símbolo nacional brasileiro você conhece? Você sabe o significado dos símbolos nacionais para um país ou para um povo?
Discuta essas questões na classe. Lembre-­‐se de escutar os colegas com atenção e de refletir sobre o que eles dizem. Ser um bom ouvinte, porém, não significa deixar de ser questionador. Indague seus colegas sobre os fatos em que se baseiam para defender suas opiniões e se eles são confiáveis ou não.
Questionar e levantar problemas
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
5. Com base na análise da obra de Pedro Américo, responda: por que podemos dizer De olho na imagem 151 que a pintura é uma construção simbólica do real? Reflita sobre isso e formule uma questão para o quadro O grito do Ipiranga sobre esse aspecto.
Essas revoltas foram chamadas pela imprensa de “Primavera Árabe”, em referência às jornadas revolucionárias de 1848 na Europa, que você estudará nesta unidade.
• Considerando o que você sabe sobre a primavera, qual seria o sentido de nomear as Abertura de 164 revoltas populares do Oriente Médio de "Primavera Árabe"?
unidade
• De que forma o texto de Cecília Meireles se relaciona à ilustração?
• Você consegue identificar os personagens que foram caricaturados nessa ilustração? Quem seriam eles?
6. Atualmente, com o agravamento da crise econômica na Europa, o nacionalismo tem assumido uma feição exacerbada e racista. Na França e na Itália, por exemplo, tem crescido a atuação de grupos nacionalistas de extrema-­‐direita que apoiam políticas anti-­‐
imigratórias em seus respectivos países. Segundo eles, os imigrantes seriam os responsáveis pela falta de emprego e pelos baixos salários pagos pelas empresas. Também acusam os imigrantes pelos males da sociedade, como o aumento da pobreza e da violência.
a) Você concorda com essa mentalidade? Por quê?
Atividades
183
b) Que medidas poderiam ser tomadas para diminuir o preconceito contra os imigrantes?
c) No Brasil também existe xenofobia? Se sim, de que forma ela está presente no nosso país?
• Discuta essas questões com os colegas. Lembrem-­‐se de refletir antes de solicitar a fala e de escutar com atenção e respeito às ideias dos seus colegas. Caso você discorde de alguma posição, questione-­‐a e avalie as novas considerações, sem ter medo de concordar ou não.
4. Segundo a autora, sabendo que os escravos são os verdadeiros sujeitos do dia 13 de maio de 1888, as comunidades negras são as únicas que comemoram essa data nos dias de hoje. Com base nas ideias desse texto, produza, com um colega, um cartaz De olho na imagem 206
comemorativo do dia 13 de maio. Ele deve conter imagens e informar, com frases curtas, o que está sendo celebrado.
Não se esqueçam: a mensagem do cartaz deve ser clara e persuasiva. Caprichem!
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Em foco
Pensar com flexibilidade
Pense e responda
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Comunicar-­‐se com clareza
Compreender um texto argumentativo
6. Durante muitos séculos, as mulheres foram consideradas inferiores aos homens. Na sua opinião, as mulheres ainda sofrem algum tipo de preconceito? Quais? Anote as 215 reflexões em seu caderno e em seguida debata o assunto com a classe. Não se esqueça de escutar atentamente seus colegas, levantar questionamentos e reavaliar seus argumentos.
O que você pensa sobre o racismo? Coloque-­‐se no lugar de uma autoridade pública que precisa criar uma campanha de combate à intolerância racial. O que você faria? Que 225
meios você utilizaria (vídeo, cartaz, panfleto, redes sociais etc.)? Qual seria sua frase de impacto?
4. No século XXI, pela primeira vez um negro foi eleito presidente dos Estados Unidos. Mesmo assim, a questão racial ainda divide o país. Em agosto de 214, um jovem negro de 18 anos foi morto com dez tiros por um policial branco na cidade de Ferguson, no estado do Missouri, desencadeando uma série de protestos e acirrando as tensões raciais no país, como registra a foto na página anterior. Com base no estudo desta 233 unidade, nas informações desta seção e nos seus conhecimentos sobre o assunto, elabore um texto argumentativo sobre o seguinte tema: o preconceito racial no Brasil e nos Estados Unidos. Antes de iniciar, retome a seção Aprenda a fazer – um texto argumentativo, no início do livro, para orientar a produção do seu texto. Releia cada frase ao longo da escrita e faça os ajustes necessários. Ao final, revise o texto, avaliando a clareza e a coerência das ideias e dos argumentos apresentados.
ARARIBÁ HISTÓRIA | 9º ANO
Competência Socioemocional
Comunicar-­‐se com clareza
Seção
Pense e responda
Pág.
40
Onde encontro
Em sua opinião, atualmente o cinema pode ser considerado um veículo de propagação de valores de expor os seus argumentos. Procure utilizar palavras que expressam, de maneira clara e precisa, o seu ponto de vista.
Questionar e levantar problemas
Escutar o outro com atenção e empatia
Atividades
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Compreender um texto narrativo
Controlar a impulsividade
Pense e responda
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Atividades
Assumir riscos com responsabilidade
Pense e responda
43
Em grupo, elaborem propostas de solução para os problemas denunciados nessa charge. Depois, escrevam ao lado de cada uma dessas propostas a ação que teria de ser tomada para que essa solução se efetivasse. Se acharem necessário, respondam por meio de um esquema ou de um organograma. Apresentem as propostas para os demais grupos e escutem com atenção as sugestões que eles apresentarem. Reflitam sobre elas e avaliem se são pertinentes ou não.Indaguem os colegas sobre a viabilidade das propostas,levantem problemas relacionados à sua execução, avaliando os prós e os contras. Ao final, produzam um relatório sintetizando as conclusões da classe.
5. No meio científico e na sociedade, muito se discute acerca das pesquisas científicas. Existe um limite para elas? Levando em consideração o papel da pesquisa no progresso 45 da ciência, você diria que todas as formas de pesquisa científica são válidas? Em grupo, avaliem e discutam o assunto. Ouça a posição dos colegas e os questione caso considere que seus argumentos são frágeis ou incoerentes.
No início da industrialização no Brasil, as condições de trabalho nas fábricas eram péssimas. Em sua opinião, essas condições precárias de trabalho ainda existem no Brasil 68
atual? Discuta com a classe. Avalie e reflita sobre todas as possibilidades de resposta antes de emitir a sua opinião.
d) Debata com seus colegas a pergunta apresentada pelo texto: na sua opinião, Gavrilo 97 Princip foi um herói ou um terrorista? Ouça com atenção a resposta de seus colegas e apresente seus argumentos de maneira clara e precisa.
Imagine que você seja Ivan Martinouchkin, o jovem comandante da unidade de Infantaria do Exército Vermelho, da União Soviética, que libertou os prisioneiros do campo de concentração e extermínio de Auschwitz, na Polônia. São 4 horas da madrugada do dia 27 de janeiro de 1945 e você se encontra, com sua unidade, a 10 quilômetros de Auschwitz. Neste exato momento, você recebe um comunicado de 118 Moscou ordenando o recuo das tropas e o avanço imediato em direção a Viena. O que você faria diante dessa situação? Se decidir acatar as ordens de Moscou, cerca de 20 mil prisioneiros serão executados em Auschwitz. Caso decida avançar e enfrentar os alemães que cercam o campo, correrá o risco de perder muitos homens na operação e, se sobreviver, certamente será punido por desobediência. Avalie a situação e as consequências do seu ato e exponha aos colegas a decisão que tomaria.
Assumir riscos com responsabilidade
Comunicar-­‐se com clareza
De olho na imagem 121
Pensar com flexibilidade
Escutar o outro com atenção e Pense e responda
empatia
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
138
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Controlar a impulsividade
Comunicar-­‐se com clareza
Atividades
204
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Pense e responda
220
Assumir riscos com responsabilidade
Em foco
235
3. Agora imagine que você seja Paul Tibbets, o piloto do Enola Gay, o B-­‐29, que lançou a bomba atômica em Hiroshima. Até o dia de sua morte, em novembro de 206, ele não cessou de repetir: “Sempre dormi tranquilo, apenas cumpri ordens”. O que
você faria na situação de Paul? Acataria as ordens de seus superiores ou, ao contrário, recusaria a tarefa, mesmo sabendo que perderia o posto e seria punido por desacato? Organize as ideias para defender seu ponto de vista, avalie se seus argumentos são coerentes e depois debata com a classe o assunto.
Você conhece empresas estatais que foram privatizadas? Faça uma lista dessas empresas, indique os setores em que elas atuam e avalie os prós e os contras gerados por sua privatização. Exponha a sua lista para a classe e, com os demais colegas, organizem uma lista geral da classe. Ao final, promovam um debate sobre o seguinte tema: “ Os prós e os contras das privatizações”. No debate, escute os seus colegas com atenção e reflita sobre os argumentos deles. Esforce-­‐se para expor suas opiniões com clareza e com argumentos objetivos.
c) Qual é a posição da autora sobre as razões que explicam as desigualdades sociais e o quadro de pobreza extrema que caracterizam grande parte do continente africano? Você concorda com ela? Com base no estudo feito nesta unidade e nos conhecimentos que você já tinha sobre o assunto, formule argumentos para defender sua posição, a favor ou contra a posição da autora. Procure controlar o impulso de expressar uma opinião sem antes avaliar com calma o assunto e ter clareza sobre os argumentos.
Em sua opinião, as competições esportivas podem servir de instrumento eficiente de propaganda política? Utilize seus conhecimentos sobre esportes e cite exemplos que você conheça de competições utilizadas para esse fim.
6. Pouco antes do início da Copa do Mundo de 1978, algumas seleções ameaçaram boicotar o torneio por causa das denúncias de violações dos direitos humanos por parte do governo argentino. Na sua opinião, o boicote deveria ter sido levado adiante? Que outros casos de boicote você conhece? Em grupo, escolham alguma situação internacional de violação dos direitos humanos que justificaria a adoção do boicote como forma de protesto. Avaliem os riscos e os benefícios dessa medida e exponham para a classe como esse boicote seria organizado.
Persistir
Controlar a impulsividade
Escutar o outro com atenção e empatia
Atividades
7. Ao longo deste ano, você leu, em seu livro de história, vários textos argumentativosb e elaborou também argumentações ao responder às questões propostas ao longo do estudo. Agora, você produzirá um texto sobre um dos temas a seguir, tomando como 267 exemplo os manifestos apresentados na seção Aprenda a fazer – um texto argumentativo, no início deste livro. Retome o roteiro sugerido naquela seção para elaborar seu texto. Se sentir dificuldade, não desista. Releia o roteiro e verifique se os argumentos apresentados são coerentes e objetivos.
Compreender um texto argumentativo
Imagine que você seja um idoso, não tenha carro e precise se locomover sozinho usando transporte público para a casa de parentes que moram na rua da sua escola. Pensando nessa situação, responda. a) Que dificuldades você enfrentaria? Descreva em seu caderno o trajeto que teria de fazer, destacando os pontos de maior dificuldade.
269 b) Como os idosos são tratados no seu bairro ou na sua cidade? O que é preciso fazer para melhorar a sua qualidade de vida? Reflita sobre essas questões e faça um debate com a classe, buscando apresentar soluções para os eventuais problemas apontados. Lembre-­‐se de controlar sua impulsividade durante o debate e de escutar os colegas com atenção.
ARARIBÁ CIÊNCIAS | 6º ANO
Pág.
Competência Socioemocional
Seção
Questionar e levantar problemas
Vamos fazer
23
Pensar com flexibilidade
Tecnologia em Pauta
31
Explore
49
Onde encontro
Questionar e propor novos problemas é um hábito importante daquele que está constantemente aprendendo. essa atividade simples da seção Vamos fazer oferece diversas possibilidades de ampliação. Proponha aos alunos que leiam novamente os procedimentos e criem novas questões ou novas propostas de investigação, como verificar quais materiais sofrem ou não sofrem decomposição, sugerir outras condições para deixar o frasco, entre outras possibilidades.
Neste texto, vimos que o besouro foi a fonte de inspiração para um projeto de captação de água do ar. Esse é um exemplo de pensamento inovador. Pessoas flexíveis olham para as coisas de formas diferentes, buscando soluções em situações que podem não ser muito óbvias. Que tal observar o mundo de forma mais original?
Tema 4
Vamos Fazer
53
O Velho Chico
Pensar com flexibilidade
Pensar com flexibilidade
Assumir riscos com responsabilidade
Comunicar-­‐se com clareza
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Comunicar-­‐se com clareza
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Pensar com flexibilidade
Persistir
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Controlar a impulsividade
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Por uma nova atitude
63
Compartilhar
Vulcões 75
De olho no tema
Vamos fazer
97
Observando os solos
De olho no tema
Compreendendo um texto Vamos fazer
Por uma nova atitude Unidade 6: O ar.
109 De olho no tema
De olho no tema
173 De olho no tema
Por uma nova atitude
Compreendendo um texto 115 Refletir e Compartilhar
131 Registre em seu caderno
139 Trocar ideia sobre o tema
143 Começando a Unidade
205 Trocar ideia sobre o tema
207 Refletir
ARARIBÁ CIÊNCIAS | 7º ANO
Competência Socioemocional
Escutar o outro com atenção e empatia
Seção
Pág.
Onde encontro
De olho no tema
17
De olho no tema
Questionar e levantar problemas
Por uma nova atitude
33
Trocar ideia sobre o tema
Questionar e levantar problemas
Questionar e levantar problemas
41
A seleção natural
Explore
77
Atividades
Saiba mais!
Por uma nova atitude
85
Alexander Fleming e a descoberta da Penicilina
91
Trocar ideias sobre o tema
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Questionar e levantar problemas
Comunicar-­‐se com clareza
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Pensar com flexibilidade
Controlar a impulsividade
Comunicar-­‐se com clareza
Pensar com flexibilidade
Controlar a impulsividade
Questionar e levantar problemas
Pensar com flexibilidade
Compreendendo um texto
De olho no tema
De olho no tema
Por uma nova atitude
Por uma nova atitude
Começando a unidade.
De olho no tema
Coletivo Ciências
99
Refletir
128 De olho no tema
137 De olho no tema
179 Compartilhar
207 Refletir
211 Começando a Unidade
217 De olho no tema
227 Confeitaria e preservação ambiental
ARARIBÁ CIÊNCIAS | 8º ANO
Competência Socioemocional
Pensar com flexibilidade
Comunicar-­‐se com clareza
Questionar e levantar problemas
Controlar a impulsividade
Pensar com flexibilidade
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Comunicar-­‐se com clareza
Pensar com flexibilidade
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Assumir riscos com responsabilidade
Comunicar-­‐se com clareza
Seção
Coletivo Ciências
Tema 5 -­‐ A comunicação humana
Coletivo Ciências
Saiba mais!
Pensar Ciência
Vamos Fazer Por uma nova atitude Compreender um texto
Atividades
Por uma nova atitude Por uma nova atitude Pág.
20 Pele Artificial
Onde encontro
28
A linguagem falada e corporal
47
49
51
As calorias dos alimentos
Alimentação saudável
Evolução do estudo do corpo humano
72
Questão 2
87
Compartilhar
89
A Revolta da Vacina
104 Questão 6
107 Pesquisar e compartilhar
131 Questão 5
Comunicar-­‐se com clareza
Pensar com flexibilidade
Escutar o outro com atenção e empatia
Escutar o outro com atenção e empatia
Pensar com flexibilidade Controlar a impulsividade
Pensar Ciência Por uma nova atitude Por uma nova atitude Compreender um texto
Tema 5 -­‐ As contribições de Mendel para a Genética
Compreendendo um tema 155 Atividades
161 Tomar uma decisão
183 Trocar ideias sobre o tema
185 Questão 5
199 Os cruzamentos realizados por Mendel
211 Compartilhar
ARARIBÁ CIÊNCIAS | 9º ANO
Competência Socioemocional
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Persistir
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Assumir riscos com responsabilidade
Questionar e levantar problemas
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Escutar o outro com atenção e empatia
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Seção
Por uma nova atitude Por uma nova atitude
Compreender um texto
Explore
Por uma nova atitude
Por uma nova atitude
Pág.
Onde encontro
33
Trocar ideias sobre o tema
55
Compartilhar
57
Atividades
73
Procedimento
75
Compartilhar
99
Discutir ideias
Explore
111 Atividades
Por uma nova atitude
125 Trocar ideias sobre o tema
Explore
145 Procedimento
Questionar e levantar problemas
Controlar a impulsividade
Questionar e levantar problemas
Assumir riscos com responsabilidade
Assumir riscos com responsabilidade
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Comunicar-­‐se com clareza
Comunicar-­‐se com clareza
Pensar com flexibilidade
Por uma nova atitude
147 Trocar ideias sobre o tema
Por uma nova atitude
173 Trocar ideias sobre o tema
Pensar Ciência
187 Atividades
Explore
197 Procedimento
Por uma nova atitude
Atividades
Por uma nova atitude
199 Trocar ideias sobre o tema
224 Questão 7
227 Trabalho de campo -­‐ obter dados
EXPEDIÇÕES GEOGRÁFICAS | 6º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Pág.
Questionar e levantar problemas
Outras rotas
19
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Ciências
28
Comunicar-­‐se com clareza
Encontros
29
Pensar com flexibilidade
Estação Socioambiental
55
Estação Socioambiental
55
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Outras rotas
67
Onde encontro
Argumente -­‐ Imagine que você tenha sido convidado a visitar Oymyakon durante os meses de inverno. Que cuidados e ações seriam importantes para a sua saúde e segurança?
Argumente -­‐ Como a descoberta de Tales e, posteriormente, as de
outros estudiosos do magnetismo contribuíram para o desenvolvimento das sociedades humanas? Viaje sem preconceitos -­‐ Em sua opinião, quais são as diferenças entre a observação dos astros feita pelos indígenas e a que ocorre atualmente em nossa sociedade?
Viaje sem preconceitos -­‐ Muitas pessoas no Brasil ainda se opõem ao direito de os povos indígenas terem suas terras demarcadas, conforme assegura a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Discuta a questão com seus colegas e seu professor. Argumente -­‐ De que maneira as imagens de satélite podem auxiliar na preservação do parque?
Argumente -­‐ Qual é a representação gráfica mais adequada para mostrar as características do relevo? Por quê?
Escutar o outro com atenção e empatia
Estação Cidadania
71
Comunicar-­‐se com clareza
Estação História
79
Pensar com flexibilidade
Encontros
87
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Socioambiental
18
Outras rotas
117
Percurso 15
121
Infográfico
139
Comunicar-­‐se com clareza
Outras rotas
151
Comunicar-­‐se com clareza
Infográfico
177
Pensar com flexibilidade
Estação História
185
Questionar e levantar problemas
Estação Cidadania
21
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Socioambiental
29
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Ciências
227
Questionar e levantar problemas
Estação Socioambiental
231
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Questionar e levantar problemas
Viaje sem preconceitos -­‐ Discuta com seu (sua) professor(a) e colegas
outras formas de desigualdades entre mulheres e homens na sociedade brasileira e quais ações individuais e coletivas ajudariam a combatê-­‐las.
Argumente -­‐ Quais argumentos você utilizaria para explicar a um colega a frase dita pelo astronauta estadunidense Neil Armstrong ao pisar em solo lunar: “Um pequeno passo para um homem, um gigantesco salto para a humanidade”?
Argumente -­‐ Em sua opinião, por que, para os iorubás, o nosso calendário não era importante?
Argumente -­‐ Explique por que é importante a criação de parques nacionais
Argumente -­‐ Como você explica a relação de dependência entre as culturas de cereais e a criação de animais nos altos planaltos?
Argumente -­‐ Que argumentos você utilizaria para explicar que as falhas resultam de agentes do modelado terrestre de origem interna?
Argumente -­‐ Que elemento da paisagem pode impedir as voçorocas? Justique.
Argumente -­‐ Você acha essa iniciativa importante? Por quê? Explique por que esse lugar foi escolhido. Argumente -­‐ Se você tivesse de explicar a um colega as diferenças climáticas entre a região da Floresta do Congo e a dos Montes Ruwenzori, na África, que argumentos utilizaria?
Argumente -­‐ Como o problema da fome é tratado atualmente? Na sua opinião, o que pode ser feito para resolver esse problema?
Argumente -­‐ Você concorda com a afirmação “É mais difícil fazer arborização urbana do que recuperar uma mata”? Por quê?
Argumente -­‐ Que argumentos você utilizaria se precisasse convencer seus familiares a combater o tráfico de animais silvestres?
Argumente -­‐ Explique por que o conhecimento científico foi fundamental para o combate eficiente das pragas que atacaram as plantações de limão e de laranja na Califórnia.
Argumente -­‐ Proponha algumas atitudes que o poder público poderia adotar para reduzir o avanço da pecuária na Amazônia.
EXPEDIÇÕES GEOGRÁFICAS | 7º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Pág.
Onde encontro
Argumente -­‐ Que argumentos você utilizaria para explicar a um colega o objetivo prático para o IBGE em fazer a divisão regional do Brasil em cinco Macrorregiões?
Argumente -­‐ Você acredita que é possível que ocorram novas divisões regionais no território brasileiro?
Argumente -­‐ Qual é sua opinião sobre a seguinte questão: “A assistência à saúde de boa qualidade é um direito de todos”?
Argumente -­‐ Em sua opinião, como é possível elevar o rendimento da população pobre, seja ela afrodescendente ou não, para reduzir as
condições de pobreza no país?
Argumente -­‐ Dos critérios estabelecidos pela Unesco para que um sítio histórico seja considerado Patrimônio Mundial da Humanidade, qual deles chamou mais sua atenção? Por quê?
Argumente -­‐ Escolha um problema urbano de uma cidade que você conheça e discuta com os seus colegas como ele poderia ser resolvido.
Argumente -­‐ Você acha importante a atividade industrial? Por quê?
Comunicar-­‐se com clareza
Estação História
31
Questionar e levantar problemas
Estação História
31
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Cidadania
51
Pensar com flexibilidade
Estação Cidadania
70
Questionar e levantar problemas
Estação História
81
Questionar e levantar problemas
Infográfico
89
Pensar com flexibilidade
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Percurso 11
93
Infográfico
115 Argumente -­‐ A água é um recurso vital e estratégico. Você sabe por quê?
Questionar e levantar problemas
Estação Socioambiental
124
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Encontros
137
Questionar e levantar problemas
Encontros
149
Comunicar-­‐se com clareza
Encontros
149
Questionar e levantar problemas
Estação Ciências
Estação Socioambiental
155
Questionar e levantar problemas
Outras rotas
165
Comunicar-­‐se com clareza
Estação História
187
Questionar e levantar problemas
163
Argumente -­‐ Em sua opinião, a implantação de projetos governamentais, e até mesmo de fazendas, deve respeitar o território indígena?
Argumente -­‐ No que este texto contribuiu para seu conhecimento da Amazônia brasileira? Cite pelo menos duas contribuições.
Argumente -­‐ Você conhece ou já ouviu falar de mulheres pescadoras ou marisqueiras? Por que elas se dedicam a essa atividade?
Argumente -­‐ Dê sua opinião sobre a seguinte a rmação: é possível conciliar as atividades pesqueiras e industriais sem danos ao meio ambiente.
Argumente -­‐ Você cultivaria algodão colorido? Por quê?
Argumente -­‐ Você acha que a extinção do uso comum dos fundos de pasto representaria uma melhora nas condições das famílias que deles usufruem?
Argumente -­‐ Em sua opinião, por que o Parque Nacional Serra da Capivara é importante para a arqueologia e para a humanidade?
Argumente -­‐ Qual a importância em reconhecer a Estrada
Real como Patrimônio da Humanidade?
Argumente -­‐ Por que o uso dessas tecnologias é importante para os
agricultores que a aplicam?
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Ciências
21
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Socioambiental
215 Argumente -­‐ Por que o aquífero Guarani contribui para a prática da agricultura?
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Socioambiental
Questionar e levantar problemas
Encontros
Questionar e levantar problemas
Estação História
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Infográfico
253 Argumente -­‐ Por que é possível afirmar que o bioma do Pantanal é complexo?
Comunicar-­‐se com clareza
Outras rotas
259
Questionar e levantar problemas
Estação Socioambiental
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Cidadania
Questionar e levantar problemas
Estação História
Argumente -­‐ A união de famílias em uma área comum para o desenvolvimento 227 conjunto foi uma das maneiras encontradas pelos imigrantes no Sul do país para desenvolverem sua subsistência. Como isso ocorre nos faxinais?
231 Argumente -­‐ Qual é a sua opinião sobre o trabalho dos cipozeiros?
Argumente -­‐ Em sua opinião, qual é a importância atual da hidrogra a para as cidades 249
localizadas na Região Hidrográfica do Paraguai? Argumente -­‐ Qual é a importância da regulamentação de áreas para preservação do patrimônio histórico, cultural e ambiental?
Argumente -­‐ Você acha possível conciliar a preservação do meio ambiente com o 274
avanço da fronteira agropecuária em direção à Região Centro-­‐Oeste?
Viaje sem preconceitos -­‐ Imagine que você tenha sido convidado a defender os direitos 25
de povos indígenas ou de outras minorias. O que você diria?
Argumente -­‐ Por que é importante reconhecer as identidades
23
nacionais e permitir que povos fundem seu Estado ou país?
EXPEDIÇÕES GEOGRÁFICAS |8º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Pág.
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Outras rotas
27
Comunicar-­‐se com clareza
Outras rotas
27
Comunicar-­‐se com clareza
Encontros
55
Onde encontro
Argumente -­‐ Em 213, o Distrito Federal, localizado no estado de Goiás, tinha 2.789.761 habitantes e um território de 5.779 km2. Com essas características, o Distrito Federal pode ser consideradoum Estado ou país? Por quê?
Viaje sem preconceitos -­‐ Muitas pessoas não respeitam ou têm dificuldades para conviver compessoas de outras crenças religiosas.
E você, o que pensa e como age a respeito disso?
Argumente -­‐ O avanço dos meios de comunicação tem exercido papel fundamental na democratização e na integração dos povos, e esse avanço também pode gerar aculturação de algumas populações, como é o caso dos indígenas. Qual é sua opinião a esse respeito?
Pensar com flexibilidade
Encontros
55
Comunicar-­‐se com clareza
Infográfico
11
Escutar o outro com atenção e empatia
Encontros
123
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Encontros
229
Escutar o outro com atenção e empatia
Encontros
229
Estação Socioambiental
17
Estação Cidadania
68
Estação Ciências
73
Estação História
15
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Cidadania
131
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Infográfico
141
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Outras rotas
161
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Viaje sem preconceitos -­‐ Um trecho do texto faz referência a um estereótipo, ou seja, uma visão simplificada e falsa, formada por
ideias preconcebidas e por falta de conhecimento a respeito de indivíduos pertencentes a determinado grupo social. Identifique o trecho em questão e reflita sobre como evitar estereótipos no seu dia a dia.
Viaje sem preconceitos -­‐ Observa-­‐se que muitas pessoas não se importam com os povos do passado, como os mostrados nesse infográfico. Inclusive, demonstram indiferença e preconceito em relação a seus descendentes, desrespeitando suas culturas ou ignorando-­‐os. Qual é a sua opinião sobre isso?
Viaje sem preconceitos -­‐ O texto revela diferentes maneiras de pensar e de agir em relação à natureza. Você tem por hábito respeitar pessoas que não pensam como você, procurando compreendê-­‐las por meio do diálogo?
Argumente -­‐ Por que o reggae foi um instrumento importante de conscientização política da população mais pobre da Jamaica? Explique.
Viaje sem preconceitos -­‐ Qual a sua atitude diante de pessoas ou grupos de pessoas que não pensam ou agem como você e têm gosto diferente do seu, como estilos musicais? Argumente -­‐ Que argumentos você utilizaria para convencer a população da necessidade de preservar mares e oceanos?
Argumente -­‐ Quais argumentos você utilizaria para convencer pessoas a economizar água ou usá-­‐la de forma sustentável?
Argumente -­‐ Considerando a questão ambiental, que argumentos você utilizaria para justificar a utilização da energia eólica?
Argumente -­‐ Se você tivesse que explicar a um colega a importância da arqueologia, quais argumentos utilizaria?
Argumente -­‐ Se você tivesse que explicar a vantagem e as desvantagens
para os trabalhadores das indústrias maquiadoras implantadas no México, quais argumentos utilizaria?
Argumente -­‐ Qual é a importância de identificar os grupos minoritários na população de um país?
Argumente -­‐ As cidades históricas conservam características, especialmente na arquitetura, que remontam a um ou mais contextos históricos. Nesse sentido, a Cidade do México pode ser considerada
uma cidade histórica? Explique.
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Comunicar-­‐se com clareza
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Socioambiental
Argumente -­‐ Se você tivesse que explicar para um colega as vantagens do uso da 171 bicicleta como meio de transporte em substituição aos veículos automotores, que argumentos utilizaria?
Infográfico
29
Estação Ciências
Estação Socioambiental
211 Argumente -­‐ Por que as pesquisas científicas são importantes?
Argumente -­‐ Em sua opinião, como a população e os governos locais podem reduzir a 282
degradação dos corpos de água da região?
Argumente -­‐ Relacione a Corrente de Humboldt à formação do Deserto de Atacama.
EXPEDIÇÕES GEOGRÁFICAS | 9º ANO
Competência Socioemocional
Seção
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Cidadania
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Cidadania
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Cidadania
Comunicar-­‐se com clareza
Encontros
Comunicar-­‐se com clareza
Estação História
Comunicar-­‐se com clareza
Estação História
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação História
Questionar e levantar problemas
Estação Socioambiental
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Ciências
Comunicar-­‐se com clareza
Outras rotas
Pág.
Onde encontro
Viaje sem preconceitos -­‐ Se você fosse o criador de uma campanha em prol da não 39
violência contra as mulheres, que título daria a ela? Justifique.
Viaje sem preconceitos -­‐ Em sua opinião, de que maneira é possível
68
reproduzir no dia a dia o respeito e a tolerância à diversidade religiosa e cultural?
Viaje sem preconceitos -­‐ Em sua opinião, a cidadania comunitária
98
estimula o respeito à diversidade cultural?
Viaje sem preconceitos -­‐ Elabore uma pequena carta ou petição ao
169
governo chinês em defesa dos uigures.
Argumente -­‐ Em sua opinião, quais são as consequências sociais de um regime como o 221
apartheid?
Viaje sem preconceitos -­‐ Diante de um regime de segregação
221
racial, ou de qualquer outro tipo de opressão, qual seria a sua postura?
Argumente -­‐ Por que uma base popular ampla é importante
29
para a formação de um Estado?
Argumente -­‐ Em sua opinião, de que forma a cooperação internacional é importante 53
para minimizar os efeitos de fenômenos naturais de grande proporção? Explique.
Argumente -­‐ Considerando o exemplo do texto, indique de que maneira o 87 conhecimento científico pode contribuir para estimular a integração de diferentes locais.
Argumente -­‐ Alguns afirmam que, para ouvir uma música em sua plenitude, é 99 necessário que se conheça a região em que ela foi composta. Você concorda com essa afirmação? Por quê?
Argumente -­‐ Se você tivesse de explicar para algum colega a expressão irônica “muito humanitária”, utilizada pelo autor no penúltimo parágrafo, como faria?
147 Argumente -­‐ Você acha importante a existência de museus? Justifique.
Argumente -­‐ Se você tivesse que justificar a importância da construção de uma ponte, 150
quais argumentos utilizaria?
Comunicar-­‐se com clareza
Estação História
135
Comunicar-­‐se com clareza
Outras rotas
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Ciências
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Socioambiental
168 Argumente -­‐ Aponte a importância de uma cidade sustentável.
Estação Ciências
195
Estação Ciências
195
Pensar com flexibilidade
Estação Cidadania
24
Comunicar-­‐se com clareza
Outras rotas
223
Comunicar-­‐se com clareza
Estação Cidadania
238
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Estação Socioambiental
259
Argumente -­‐ Caso precisasse explicar a um colega o que são placas
tectônicas, como o faria?
Argumente -­‐ Atualmente é correto dizer que a disputa nessa região não
é mais pelo solo e sim pelo subsolo? Explique sua resposta.
Argumente -­‐ Se você fosse Nagib Khatib, que argumentos usaria para
justificar que o vilarejo de Ghajar pertence à Síria e que seus habitantes, portanto, são sírios?
Argumente -­‐ Você acha importante a existência de bibliotecas? Por quê?
Argumente -­‐ Explique por que o autor do texto afirma que o que foi
denominado de “primavera” tornou-­‐se “inverno”.
Argumente -­‐ Por que o gerenciamento local da Grande Barreira de
Corais não é suficiente para preservá-­‐la? Explique.
ESTUDAR HISTÓRIA | 6º ANO
Competência Socioemocional
Controlar a impulsividade
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Comunicar-­‐se com clareza
Comunicar-­‐se com clareza
Questionar e levantar problemas
Persistir
Seção
Pág.
Onde encontro
Aluno cidadão
33
Tempo e patrimônio histórico
Aluno cidadão
95
Água doce: um recurso ameaçado
Comunicar-­‐se com clareza
Escutar o outro com atenção e Aluno cidadão
empatia
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
131 Centenas de países, milhares de culturas
Comunicar-­‐se com clareza
Questionar e levantar problemas
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Escutar o outro com atençãoe empatia
Aluno cidadão
147 Cidadania: substantivo feminino
ESTUDAR HISTÓRIA | 7º ANO
Competência Socioemocional
Esforçar-­‐se por exatidão e precisão
Assumir riscos com responsabilidade
Comunicar-­‐se com clareza
Comunicar-­‐se com clareza
Controlar a impulsividade
Questionar e levantar problemas
Persistir
Comunicar-­‐se com clareza
Questionar e levantar problemas
Escutar o outro com atenção e empatia
Persistir
Seção
Pág.
Onde encontro
Aluno cidadão
45
Humor contra o preconceito
Aluno cidadão
147 O patrimônio linguístico dos indígenas brasileiros
Aluno cidadão
217 Açúcar, de herói a vilão
ESTUDAR HISTÓRIA | 8º ANO
Competência Socioemocional
Comunicar-­‐se com clareza
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Pensar com flexibilidade
Seção
Aluno cidadão
Pág.
67
Onde encontro
Viver nas cidades
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Questionar e levantar problemas
Persistir
Aluno cidadão
183 A situação do trabalho na sua cidade
Aluno cidadão
227 O grafite como expressão artística e política
ESTUDAR HISTÓRIA | 9º ANO
Competência Socioemocional
Comunicar-­‐se com clareza
Escutar o outro com atenção e empatia
Controlar a impulsividade
Questionar e levantar problemas
Comunicar-­‐se com clareza
Escutar o outro com atenção e empatia
Questionar e levantar problemas
Aplicar conhecimentos prévios a novas situações
Questionar e levantar problemas
Persistir
Questionar e levantar problemas
Escutar o outro com atenção e empatia
Comunicar-­‐se com clareza
Assumir riscos com responsabilidade
Seção
Pág.
Aluno cidadão
107 A prática do bullying
Aluno cidadão
163 Consumo consciente
Aluno cidadão
215 Conquistas da democracia
Aluno cidadão
273 Lixo e cidadania
Onde encontro
Fly UP