...

Crystal Reports - MBTI.rpt

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

Crystal Reports - MBTI.rpt
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo
para Organizações
Elaborado por Sandra Krebs Hirsh e Jean M. Kummerow
Relatório preparado para
MODELO
12 de janeiro de 2010
Instrumentos de Desenvolvimento Humano | 55 11 3956.7100 | www.fellipelli.com.br
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 1
Introdução
Este relatório foi elaborado para ajudá-lo a entender os seus resultados no instrumento Myers-Briggs Type
Indicator® (MBTI®) e como eles podem ser usados nos ambientes corporativos. A avaliação MBTI oferece um
método útil para entender as pessoas com base nas oito preferências de personalidade que todas as pessoas
usam em momentos diferentes. Essas oito preferências são organizadas em quatro dicotomias, cada uma
composta por um par de preferências opostas. Ao fazer a avaliação, as quatro preferências que você
identificar como sendo as que mais se assemelham com sua personalidade são combinadas em um tipo. As
quatro dicotomias são mostradas no quadro abaixo.
Seu foco de atenção
Sua maneira de processar informações
Sua maneira de tomar decisões
Como você lida com o mundo exterior
Extroversão (E) __ ou `` Introversão (I)
Sensação (S) __ ou `` Intuição (N)
Pensamento (T) __ ou `` Sentimento (F)
Julgamento (J) __ ou `` Percepção (P)
O instrumento MBTI foi elaborado por Katharine Briggs e Isabel Briggs Myers e baseia-se no trabalho
de Carl Jung e sua teoria dos tipos psicológicos. Para entender os seus resultados do MBTI, lembre-se
que a ferramenta MBTI
•
Descreve em vez de prescrever e por isso é usada para abrir possibilidades, não para limitar opções
•
Identifica preferências, não habilidades, aptidões ou capacidades
•
Considera que todas as preferências são igualmente importantes e podem ser usadas por todas as
pessoas
•
É bem documentada com milhares de estudos científicos realizados durante um período de 50 anos
•
Tem o apoio de pesquisa contínua
Como o Relatório de Informações de Interpretação para empresas do MBTI® está organizado
• Resumo dos seus resultados do MBTI®
• Seu estilo de trabalho
Perfil
Tabela de estilo de trabalho
Preferências na tabela de trabalho
Tabela de estilo de comunicação
• Seqüência de suas preferências
• Seu método de solucionar problemas
Tabela de métodos de solucionar problemas
• Conclusão
Myers-Briggs Type Indicator® Interpretive Report for Organizations Copyright 2007 de Peter B. Myers e Katharine D. Myers. Todos os direitos reservados.
Este relatório está baseado no trabalho de Hirsh, S. K., & Kummerow, J. M., Introduction to Type® in Organizations (3a. edição) Copyright 1998 de CPP,
Inc. Indicador de Tipos Myers-Briggs, MBTI, Myers-Briggs,Apresentação do Tipo e a logomarca MBTI são marcas comerciais ou marcas registradas do
Myers-Briggs Type Indicator Trust nos Estados Unidos e em outros países. A logomarca CPP é uma marca registrada da CPP, Inc.
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 2
Resumo dos seus resultados do MBTI®
A maneira como você responde a cada item na avaliação MBTI determina o tipo que lhe é atribuído no
MBTI. Cada uma das preferências pode ser representada por uma letra, por isso o tipo indicado é
representado por um código de quatro letras. Quando as quatro dicotomias são combinadas de todas as
formas possíveis, resultam 16 diferentes tipos. Seu tipo MBTI indicado é ENFJ.
Tipo de personalidade: ENFJ
Onde você
concentra
sua atenção
E
A forma
como capta
informações
S
A forma
de tomar
decisões
T
Como você
lida com o
mundo
J
Extroversão
Introversão
I
Preferência para assimilar energia do mundo
exterior das pessoas, atividades e coisas
Sensação
Preferência para assimilar energia do mundo interior das
idéias, emoções e impressões da própria pessoa
N
Preferência para captar informações através dos cinco
sentidos e observar o que é real
Pensamento
F
Preferência por informações organizadas e
estruturadas para decidir de forma lógica e objetiva
Julgamento
P
Preferência por ter uma vida planejada e organizada
Intuição
Preferência por captar informações através do“sexto
sentido” e observar o que poderia ser
Sentimento
Preferência por informações organizadas e estruturadas
para decidir de forma pessoal, baseada em valores
Percepção
Preferência por ter uma vida espontânea e flexível
O índice de clareza de preferências (icp) indica a clareza com que você selecionou uma preferência em vez
da sua oposta. O gráfico de barras abaixo demonstra seus resultados. Quanto mais longa a barra, maior é
sua certeza na preferência.
Clareza das preferências relatadas: ENFJ
Muito clara
Extroversão E
Sensação S
Clara
Moderada
Leve
Leve
Moderada
Clara
Muito clara
I Introversão
N Intuição
Pensamento T
F Sentimento
Julgamento J
P Percepção
Como os resultados do MBTI estão sujeitos a diversas influências, tais como tarefas do trabalho,
compromissos da família e outros fatores, eles precisam ser verificados individualmente. Se o seu tipo
identificado não corresponder, é possível determinar o tipo que mais se aproxima de sua descrição. Um
profissional com experiência em tipos psicológicos pode ajudá-lo neste processo.
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 3
Seu estilo de trabalho: ENFJ
Uma série de descrições relacionada às suas preferências e comportamentos no trabalho é apresentada
para o seu tipo. Quando examiná-las, lembre-se de que a avaliação MBTI identifica preferências, não
habilidades ou aptidões, portanto não há tipos “bons” ou “ruins” para as funções em uma empresa.
Cada pessoa tem algo a oferecer e a aprender que aprimora sua contribuição à empresa. O perfil para
seu tipo é mostrado abaixo, seguido nas próximas páginas por três gráficos que destacam como seu
tipo influencia seu estilo de trabalhar, suas preferências e estilo de comunicação no trabalho.
ISTJ
ISFJ
INFJ
INTJ
ENFJ Perfil
ISTP
ISFP
INFP
INTP
ESTP
ESFP
ENFP
ENTP
ESTJ
ESFJ
ENFJ
ENTJ
ENFJs são sociáveis, compreensivos, tolerantes, sensatos e facilitadores de boa
comunicação. Gostam de trabalhar com os outros em uma variedade de tarefas
que incentivam o desenvolvimento das pessoas. Embora as descrições abaixo
geralmente descrevam ENFJs, algumas podem não corresponder exatamente a
você devido às diferenças individuais em cada tipo.
Apreciativo
Apropriado
Diplomático
Energético
Entusiástico
Expressivo
Idealista
Leal
Organizado
Sociável
Responsável
Incentivador
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
Seu estilo de trabalho
CONTRIBUIÇÕES PARA A EMPRESA
• Traz ideais fortes sobre como as empresas devem tratar as pessoas
• Gosta de facilitar e liderar equipes
• Incentiva a cooperação
• Comunica valores da empresa
• Gosta de oferecer conclusões proveitosas para problemas
ESTILO DE LIDERANÇA
• Lidera através do entusiasmo e apoio pessoal
• Assume uma posição participativa ao gerenciar pessoas e projetos
• Atende as necessidades dos subordinados e deixa todos à vontade
• Desafia a empresa a agir de acordo com os valores
• Inspira mudança que é benéfica às pessoas
AMBIENTES DE TRABALHO PREFERIDOS
• Contam com pessoas direcionadas a mudar coisas para a melhoria dos outros
• Voltados a pessoas e ao social
• Incentivam o apoio e o reconhecimento
• Possuem um clima de harmonia e empatia
• Incentivam a auto-expressão
• Organizados e sólidos
• Buscam prontidão e ordem
ESTILO DE APRENDIZAGEM PREFERIDO
• Interativo e cooperativo, com muitas oportunidades de falar sobre o que lhe é importante
• Bem-estruturado, com muito estímulo
DIFICULDADES EVENTUAIS
• Pode idealizar os outros e sofrer por causa da lealdade cega
• Quando em conflito, pode varrer os problemas para baixo do tapete
• Pode dar mais importância às questões de relacionamento do que às tarefas
• Pode levar as críticas no nível pessoal e ser excessivamente autocrítico
SUGESTÕES PARA DESENVOLVIMENTO
• Precisa reconhecer as limitações das pessoas e evitar lealdade inquestionável
• Precisa aprender a gerenciar conflitos de forma produtiva
• Precisa prestar atenção aos detalhes das tarefas como às pessoas nelas envolvidas
• Precisa deixar de lado a autocrítica e ouvir atentamente a informação objetiva
MODELO / ENFJ
Página 4
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 5
Suas preferências no trabalho
Extroversão
• Gosta de participar ativamente de diversas tarefas
• Comumente, é impaciente para tarefas longas e demoradas
• Interessa-se pelas atividades de seu trabalho e por como os outros realizam essas atividades
• Age de forma rápida, às vezes sem pensar
• Considera que ligações telefônicas durante uma tarefa são uma distração bem-vinda
• Desenvolve idéias discutindo-as com os outros
• Gosta de ter pessoas à sua volta e de trabalhar em equipes
Intuição
• Gosta de resolver problemas novos e complexos
• Gosta do desafio de aprender algo novo
• Dificilmente ignora discernimentos, mas pode omitir alguns fatos
• Gosta de fazer as coisas de uma forma inovadora
• Gosta de apresentar primeiro uma visão geral de seu trabalho
• Prefere a mudança, algumas vezes radical, à continuação das coisas como estão
• Comumente age explosivamente, seguindo suas inspirações
Sentimento
• Segue valores para tirar conclusões
• Trabalha melhor em harmonia com outros, concentrando-se nas pessoas
• Gosta de suprir as necessidades dos outros, mesmo em pequenos assuntos
• Deixa com que suas decisões sejam influenciadas por seus gostos e desgostos
• É solidário e evita dizer coisas desagradáveis às pessoas
• Observa os valores presentes por trás das situações
• Quer ter apreciação durante todo o processo de trabalhar em uma tarefa
Julgamento
• Trabalha melhor quando pode planejar seu trabalho e cumprir o planejado
• Gosta de organizar e de finalizar tarefas
• Concentra-se no que precisa ser feito, deixando de lado o restante
• Sente-se mais confortável depois que é tomada uma decisão sobre alguma coisa, situação ou pessoa
• Decide-se de forma rápida, por seu desejo por resolução
• Busca estrutura e planejamento
• Utiliza listas para organizar ações em tarefas específicas
Fonte: Adaptado de Myers, I.B. (1962), Introduction to Type® (1a ed.). Mountain View, CA: CPP, Inc. Todos os direitos reservados.
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 6
Seu estilo de comunicação
Extroversão
• Comunica-se com energia e entusiasmo
• Responde rapidamente, sem longas pausas para pensar
• Conversa sobre pessoas, coisas e idéias do mundo afora
• Precisa moderar sua expressividade
• Procura oportunidades para se comunicar com grupos
• Prefere comunicação face a face à escrita, e mensagens de voz a e-mails
• Em reuniões, gosta de falar alto para colocar suas idéias
Intuição
• Gosta de esquemas gerais, e que as questões amplas sejam apresentadas em primeiro lugar
• Gosta de considerar desafios e possibilidades futuras
• Usa perspicácia, relatos pessoais e imaginação para transmitir informações
• Aborda as questões indiretamente nas conversas
• Quer que as sugestões sejam inovadoras e diferentes
• Faz referência a conceitos gerais
• Em reuniões, usa a agenda como ponto de partida
Sentimento
• Prefere ser amável e concordar
• Gosta de saber o impacto de uma alternativa nas pessoas e seus valores
• Consegue ser receptivo e compreensivo nas relações interpessoais
• Convence-se por autenticidade pessoal
• Apresenta primeiro os pontos acordados
• Considera a lógica e a objetividade como dados secundários
• Em reuniões, busca primeiramente envolver-se com as pessoas
Julgamento
• Quer participar na definição de programações, horários e prazos razoáveis
• Não gosta de surpresas e quer ser avisado com antecedência
• Espera que os outros cumpram o que deve ser feito e conta com isso
• Coloca suas posições e decisões como palavra final
• Quer saber de resultados e objetivos atingidos
• Concentra-se na meta e nos objetivos
• Em reuniões, concentra-se na realização das tarefas
Fonte: Adaptado de Kummerow, J. M. (1985), Talking in Type. Gainesville, FL: Centro de Aplicações do Tipo Psicol
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 7
Ordem de suas preferências
Seu código tipológico de quatro letras representa um conjunto complexo de relações dinâmicas. Todas
as pessoas preferem algumas das alternativas a outras. Realmente, é possível prever a ordem em que uma
pessoa irá gostar, desenvolver e usar suas preferências.
Como ENFJ, sua ordem é:
1º
2º
3º
4º
Sentimento
Intuição
Sensação
Pensamento
Sentimento é sua primeira função, ou dominante. As qualidades do
sentimento dominante servem para:
•
•
•
•
•
Ter empatia com as pessoas
Preocupar-se com os sentimentos dos outros
Levar em conta circunstâncias atenuantes
Saber o que é realmente importante
Apreciar as contribuições de cada pessoa
Sob estresse, você pode:
• Parar de escutar e se adequar aos outros
• Tornar-se tão sensível a conflitos que você os ignora ou evita
• Ser exageradamente crítico, encontrando defeitos em quase tudo de uma
maneira ilógica
• Agir de forma dominadora, tomando a frente sem escutar os demais
De forma geral, quando estiver frente a um problema, você provavelmente irá querer considerar
valores e o impacto sobre as pessoas (1o Sentimento), identificando uma visão futura (2o Intuição).
Entretanto, se quiser melhores resultados, você precisa incluir mais dados reais (3o Sensação),
e então analisá-los de forma lógica e imparcial (4o Pensamento).
Os possíveis problemas e as sugestões para desenvolvimento listados na tabela da página 4 de seu
resultado também se relacionam à ordem de suas preferências, em que os possíveis problemas podem
ser resultado do uso não desenvolvido das preferências.
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 8
Sua abordagem para resolução de problemas: ENFJ
Ao resolver problemas, você pode usar as preferências de seu tipo caracterológico para ajudar a guiá-lo
durante o processo. Ainda que pareça simples, isso pode ser difícil de aplicar porque as pessoas tendem a
pular as partes da resolução de problemas que requerem o uso de suas funções menos preferidas.
Normalmente, as decisões são tomadas baseadas na função dominante (1o) e ignorando a função menos
preferida (4o). Provavelmente, será tomada uma melhor decisão se todas as suas funções forem usadas. A
tabela abaixo, assim como as dicas destacadas na próxima página, ajudarão a orientá-lo nestas situações.
Talvez você queira consultar pessoas com preferências opostas às suas ao tomar decisões importantes, ou
prestar atenção especial no uso de suas funções menos preferidas.
Sua abordagem para resolução de problemas
1. Ao resolver um problema ou tomar uma decisão, você tem a tendência de começar por sua função
dominante, SENTIMENTO, perguntando:
•
•
•
•
•
Como as conseqüências afetarão as pessoas, o processo e/ou a organização?
Qual é minha reação pessoal (meus gostos e desgostos) a cada alternativa?
Como os demais reagirão e responderão às opções?
Quais são os valores fundamentais envolvidos em cada alternativa?
Quem será responsável por levar a cabo a solução?
2. Você pode então seguir para sua 2a função, INTUIÇÃO, e perguntar:
•
•
•
•
•
Que interpretações podem ser feitas dos fatos?
Que percepções e pressentimentos vêm à mente sobre essa situação?
Quais seriam as possibilidades se não houvessem restrições?
Que outros campos ou direções podem ser explorados?
Com que este problema é parecido?
3. Você não terá tanta tendência de fazer perguntas relacionadas à sua 3a função, SENSAÇÃO, como:
•
•
•
•
•
Como eu entrei nesta situação?
Quais são os fatos verificáveis?
Qual é exatamente a situação agora?
O que foi feito, e por quem?
O que já existe e funciona?
4. Você terá menos probabilidade de fazer perguntas relacionadas à sua 4a função, PENSAMENTO, como:
•
•
•
•
•
Quais são os prós e os contras de cada alternativa?
Quais são as conseqüências lógicas das opções?
Quais são os critérios objetivos que devem ser satisfeitos?
Quais são os custos de cada alternativa?
Qual é a ação mais racional?
Myers-Briggs Type Indicator®
Relatório Interpretativo para Organizações
MODELO / ENFJ
Página 9
• Usar a Introversão para dar tempo para refletir em cada passo ao longo do
caminho
• Usar a Extroversão para discutir cada passo antes de seguir adiante
• Usar a Percepção em cada passo para manter as discussões e opções abertas,
sem descartar alternativas prematuramente
• Usar o Julgamento para tomar uma decisão e determinar um prazo e uma
programação
Conclusão
Embora os indivíduos de qualquer tipo possam desempenhar qualquer papel em uma organização, cada
tipo tende a gravitar em um estilo particular de trabalho, aprendizagem e comunicação. Você funciona
melhor quando consegue adotar um estilo que lhe permita expressar suas preferências. O uso forçado de
um estilo que não reflete suas preferências, durante longo tempo, pode resultar em ineficiência e
exaustão. Ainda que possa adotar um estilo diferente quando necessário, você contribuirá mais quando
estiver usando suas preferências e aproveitando suas qualidades.
Há mais de 60 anos o instrumento MBTI vem ajudando milhões de pessoas no mundo todo a obter um entendimento mais
profundo de si mesmas e de como elas interagem com as demais, ajudando-as a melhorar sua forma de se comunicar, de
trabalhar e de aprender. Para informações que o ajudem a aprofundar seu conhecimento, visite www.cpp.com para
descobrir ferramentas práticas de aprendizado e desenvolvimento para toda a vida.
Instrumentos de Desenvolvimento Humano | 55 11 3956.7100 | www.fellipelli.com.br
Fly UP