...

alberto caeiro

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

alberto caeiro
MultiPessoa
http://multipessoa.net/labirinto/alberto-caeiro/10
ALBERTO CAEIRO
10. FILOSOFIA
Caeiro tem como filosofia não ter filosofia.
Eduardo Nery.
«Expectativa».
Fotomontagem.
«Sei que compreendo a natureza por fora, e
não a compreendo por dentro.»
XXVIII
Li hoje quase duas páginas
Do livro dum poeta místico,
E ri como quem tem chorado muito.
Os poetas místicos são filósofos doentes,
E os filósofos são homens doidos.
Porque os poetas místicos dizem que as flores sentem
E dizem que as pedras têm alma
E que os rios têm êxtases ao luar.
Mas as flores, se sentissem, não eram flores,
Eram gente;
E se as pedras tivessem alma, eram coisas vivas, não eram pedras;
E se os rios tivessem êxtases ao luar,
Os rios seriam homens doentes.
É preciso não saber o que são flores e pedras e rios
Para falar dos sentimentos deles.
1/2
Obra Aberta · 2015-06-08 05:32
MultiPessoa
http://multipessoa.net/labirinto/alberto-caeiro/10
Falar da alma das pedras, das flores, dos rios,
É falar de si próprio e dos seus falsos pensamentos.
Graças a Deus que as pedras são só pedras,
E que os rios não são senão rios,
E que as flores são apenas flores.
Por mim, escrevo a prosa dos meus versos
E fico contente,
Porque sei que compreendo a Natureza por fora;
E não a compreendo por dentro
Porque a Natureza não tem dentro;
Senão não era a Natureza.
s. d.
“O Guardador de Rebanhos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa. (Nota explicativa
e notas de João Gaspar Simões e Luiz de Montalvor.) Lisboa: Ática, 1946 (10ª ed. 1993): 53.
“O Guardador de Rebanhos”. 1ª publ. in Athena, nº 4. Lisboa: Jan. 1925.
2/2
Fly UP