...

As orações reduzidas de particípio

by user

on
Category: Documents
10

views

Report

Comments

Transcript

As orações reduzidas de particípio
Orações reduzidas
Orações reduzidas
de infinitivo
Orações reduzidas
de gerúndio
Orações reduzidas
de particípio
Orações reduzidas
São orações construídas com as formas nominais do verbo
infinitivo (terminação em -r), gerúndio (terminação em -ndo) e
particípio (terminação em -ado/ -ido), sem a necessidade de
conjunções ou pronomes relativos para introduzi-las.
Para facilitar a classificação de uma oração subordinada
reduzida, é recomendado, antes, desenvolvê-la. Para isso,
deve-se introduzir no período a conjunção adequada.
A oração reduzida começa com o verbo no
gerúndio, no particípio ou no infinitivo.
Reduzidas de Infinitivo
• Substantivas
• Subjetivas
- É necessário gostar de frutas e verduras. (que se goste de frutas e
verduras.)
• Objetivas Diretas
- O técnico assegurou serem seguras as máquinas. (que eram seguras as
máquinas)
• Objetivas Indiretas
- Gosto de ficar sozinho. (de que eu fique sozinho)
• Predicativas
- O melhor seria fazerem a viagem. (que fizessem a viagem)
• Completivas Nominais
- Eu estou disposto a arriscar tudo. (a que eu arrisque tudo)
• Apositivas
- Ele nos fez um convite: comparecermos ao seu casamento. (que
comparecêssemos ao seu casamento)
Com os verbos "deixar, mandar, fazer" e "ver, sentir, ouvir,
perceber" ocorre um tipo interessante de oração subordinada
substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo.
Observe:
Deixe-ME REPOUSAR.
Mandei-OS SAIR.
Ouvi-O GRITAR.
Nos casos acima, as orações destacadas são todas objetivas diretas
reduzidas de infinitivo e os pronomes oblíquos atuam todos como sujeitos
dos infinitivos verbais. Essa é a única situação da língua portuguesa em que
um pronome oblíquo pode atuar como sujeito. Para perceber melhor o que
ocorre, vamos transformar as orações reduzidas em orações desenvolvidas:
Deixe que eu repouse.
objeto direto
Mandei que eles repousassem.
objeto direto
Ouvi
que ele gritava.
objeto direto
Reduzidas de Infinitivo
• Adjetivas
• Restritiva
- Ela foi a única a apreciar o show. (que apreciou o show)
• Explicativas
- Aquele, a cantar no palco, é meu amigo. (que canta no
palco)
Orações subordinadas adverbiais reduzidas
As orações adverbiais, em geral, vêm precedidas
de preposição.
As proporcionais e as comparativas são sempre
desenvolvidas.
Reduzidas de Infinitivo
• Adverbiais
• Causal
- Eu lamento por ter chegado atrasado. (porque cheguei atrasado)
• Temporal
- Não podem ir embora sem cumprimentar o casal. ( sem que cumprimentem o
casal)
• Final
- Fiz um empréstimo para comprar um carro. (para que eu comprasse um
carro)
• Concessiva
- Apesar de estar triste ela continua sorridente. (apesar de que esteja triste)
• Condicional
- Se cumprirem a promessa eu cumpro a minha. (caso cumpram a promessa)
• Consecutiva
- Ela se distraiu tanto a ponto de esquecer a discussão. (que esqueceu a
discussão)
Reduzidas de Gerúndio
• Adjetivas
• Restritiva
- Gosto de crianças correndo pela casa. (que corram pela casa)
• Explicativas
- Encontrei Maria, saindo de férias. (que saía de férias)
Reduzidas de Gerúndio
• Adverbiais
• Causal
- Não cumprindo a promessa, sentiu remorsos. (porque não
cumpriu a promessa)
• Temporal
- Faltando alguns minutos para o final da prova, eu terminei.
(quando faltavam alguns minutos para o final da prova)
• Concessiva
- Mesmo estando doente assisti aos jogos. (mesmo que
estivesse doente)
• Condicional
- Mentindo assim você ficará em uma situação difícil. (caso
você minta assim)
Não há consecutiva e final reduzida de gerúndio.
Orações reduzidas de particípio
As orações reduzidas de particípio serão sempre adverbiais ou
adjetivas, nunca substantivas.
O gás natural importado, / distribuído no país, / não atende a todos.
Oração subordinada adjetiva
explicativa reduzida de particípio
Recebemos carne congelada / vinda do exterior.
Oração subordinada adjetiva
restritiva reduzida de particípio
Reduzidas de Particípio
• Adjetivas
• Restritiva
- Temos apenas um carro comprado com muito sacrifício. (que
compramos com muito sacrifício)
• Explicativas
- Fiquei surpresa com a casa, pintada de branco. (que pintaram de
branco)
Reduzidas de Particípio
• Adverbiais
• Causal
- Ferido na perna, ele não pode mais jogar. (porque se feriu na
perna)
• Temporal
- Concluído o jogo, o time foi descansar. (quando concluíram o
jogo)
• Concessiva
- Vencido o campeonato, permanecerão treinando. (mesmo
que vençam o campeonato)
• Condicional
- Excluídas as doações, como funcionaremos? (caso excluam
as doações)
Nos vestibulares...
1. (Fuvest) MESMO SEM VER quem está do outro lado da
linha, os fãs dos bate-papos virtuais viram amigos,
namoram e alguns chegam até a casar. (Revista "Época",
a) O segmento destacado constitui uma oração reduzida.
Substitua-a por uma oração desenvolvida (introduzida por
conjunção e com o verbo no modo indicativo ou
subjuntivo), sem produzir alteração do sentido.
b) Reescreva a oração "os fãs dos bate-papos virtuais
viram amigos" sem mudar-lhe o sentido e sem provocar
incorreção, apenas substituindo o verbo.
2. (PUC) Para Eduardo Natalino dos Santos, professor especializado em
Mesoamérica da Universidade de São Paulo(USP), há uma conjunção de
motivos. "Eles decaíram em dois séculos, devido a fatores como limitação da
região em produzir alimentos, problemas climáticos e competições dos grandes
centros pelo domínio de cidades menores", conta. "Para manter a competição,
os governantes construíram templos cada vez maiores e cobravam da
população mais impostos. Acredita-se que a pressão entre as cidades maias foi
ficando cada vez maior, levando a um colapso do sistema". Mas ele salienta que
ainda há maias que habitam a região. Houve a decadência dos grandes centros,
mas ainda há 2 ou 3 milhões de maias que mantêm a sua cultura, vivendo na
Guatemala.("Galileu História: passado e presente". Edição Especial n¡. 1, maio de 2005, p.31.)
PARA manter a competição, os governantes construíram templos cada vez
maiores E cobravam da população impostos.
Os termos destacados estabelecem no texto relações, respectivamente, de:
a) explicação e concessão.
b) conformidade e comparação.
c) causa e exclusão.
d) condição e proporção.
e) finalidade e adição.
3. (UERJ) TEXTO III
LADAINHA I
Por se tratar de uma ilha deram-lhe o nome
de ilha de Vera Cruz.
Ilha cheia de graça.
Ilha cheia de pássaros.
Ilha cheia de luz.
"POR SE TRATAR DE UMA ILHA deram-lhe o nome de ilha de Vera Cruz:"
(texto III - versos 1 e 2)
A oração em destaque introduz uma circunstância de:
a) Causa
b) condição
c) concessão
d) comparação
4. (Ufscar 2000) O cajueiro já devia ser velho quando nasci. Ele vive nas mais
antigas recordações de minha infância: belo, imenso, no alto do morro, atrás de casa.
Agora vem uma carta dizendo que ele caiu. Eu me lembro do outro cajueiro que era
menor, e morreu há muito mais tempo. Eu me lembro dos pés de pinha, do cajámanga, da grande touceira de espadas-de-são-jorge (que nós chamávamos
simplesmente "tala") e da alta saboneteira que era nossa alegria e a cobiça de toda a
meninada do bairro, porque fornecia centenas de bolas pretas para o jogo de gude.
Lembro-me da tamareira, e de tantos arbustos e folhagens coloridas, lembro-me da
parreira que cobria o caramanchão, e dos canteiros de flores humildes, "beijos",
violetas. Tudo sumira; mas o grande pé de fruta-pão ao lado de casa e o imenso
cajueiro lá no alto eram como árvores sagradas protegendo a família. Cada menino
que ia crescendo ia aprendendo o jeito de seu tronco, a cica de seu fruto, o lugar
melhor para apoiar o pé e subir pelo cajueiro acima, ver de lá o telhado das casas do
outro lado e os morros além, sentir o leve balanceio na brisa da tarde. Rubem Braga: Cajueiro.
In: O VERÃO E AS MULHERES. 5 ed. Rio de Janeiro: Record, 1991, p.84-5.)
Há no texto orações reduzidas de gerúndio e de infinitivo. Assinale a alternativa em
que a forma verbal da oração reduzida está DESENVOLVIDA corretamente, entre
parênteses.
a) ... protegendo a família (QUE PROTEGIAM A FAMÍLIA).
b) ... para apoiar o pé... (PORQUE APOIARIA O PÉ).
c) ... e subir pelo cajueiro acima... (E QUE SUBIRIA PELO CAJUEIRO ACIMA).
d) ... ver de lá o telhado das casas do outro lado e os morros além... (PARA QUE
VEJA DE LÁ O TELHADO DASCASAS DO OUTRO LADO E OS MORROS ALÉM).
e) ... sentir o leve balanceio da brisa da tarde (QUANDO SENTISSE O LEVE
BALANCEIO DA BRISA DA TARDE).
Fly UP