...

Auditoria comprova rombo de R$ 266 milhões deixado por Auricchio

by user

on
Category: Documents
5

views

Report

Comments

Transcript

Auditoria comprova rombo de R$ 266 milhões deixado por Auricchio
Distribuição Gratuita
ABC, 06 de setembro de 2013 | ANO XXII - Edição 568
www.jregiao.com.br
jregiao
Diretor: Leandro Formigari
S. André
S.Caetano
Música
Santo André garantiu mais
uma vez a manutenção de
seu certificado do Sistema de
Gestão da Qualidade no atendimento presencial da Praça de
Atendimento e dos postos SIM
(Sistema Integrado Municipal).
Para comemorar os 191 anos
de um dos fatos históricos mais
importantes do País, a Prefeitura
de São Caetano do Sul promove
o tradicional Desfile Cívico-Militar. O evento será sábado,
na Av. Presidente Kennedy.
O teatro Paulo Machado de
Carvalho (Alameda Conde de
Porto Alegre, 840 - Bairro Santa
Maria), recebe neste domingo
(08/09), às 19 horas, o cantor
Pedro Mariano, que apresenta
canções do seu oitavo álbum.
Pág. 06
Pág. 05
Pág. 07
Auditoria comprova
rombo de R$ 266 milhões
deixado por Auricchio
Arquivo JR
Relatório da comissão mista destaca que em 2012 o Tribunal de Contas alertou
cinco vezes a Administração do ex-prefeito sobre o déficit nas contas públicas
A auditoria realizada pela comissão
especial mista do Executivo e Legislativo
de São Caetano do Sul, que contou com
a participação de técnicos do Tribunal
de Contas do Estado (TCE), comprovou
o valor de mais de R$ 266 milhões
em dívidas deixadas pelo governo do
ex-prefeito José Auricchio Júnior. O
valor havia sido revelado no início do
ano pelo prefeito Paulo Pinheiro, mas
foi contestado por José Auricchio, que
alegava ter deixado dívidas em torno de
R$ 100 milhões. O Ministério Público do
Estado de São Paulo, através do setor
Crimes de Prefeitos de sua Assessoria
Jurídica, instaurou procedimento interno para investigar o caso.
A investigação detalhada realizada
pela comissão mista e os técnicos do
TCE revela que as quantias deixadas
pelo ex-prefeito José Auricchio Júnior
totalizam R$ 233.536.812,05, além de
R$ 33.021.832,67 em valores devidos
ao Instituto Nacional de Seguridade
Social (INSS) – a soma se refere aos
meses de maio a dezembro de 2012,
quando a Administração Auricchio parou de recolher os tributos, inclusive o
13º salário dos servidores municipais.
Página 3
Avenida dos Estados estará
interditada neste fim de semana
Número de famílias com
idosos cresce 38% no ABC
Arquivo JR
No dia 14 de fevereiro a ponte sofreu afundamento em sua estrutura
As obras da nova ponte sob
a Avenida dos Estados entram
na reta final. Na noite desta
sexta-feira, a partir das 23h, a
Secretaria de Obras e Serviços
Públicos iniciará a parte de
elevação da ponte localizada
na Avenida Antonio Cardoso.
Neste fim de semana – sábado
(7) e domingo (8) –, os serviços
serão realizados durante todo
o dia, interditando totalmente
a Avenida dos Estados, sentido
São Caetano/Mauá, entre os
viadutos Castelo Branco e Antônio Adib Chammas. No próximo
fim de semana, o outro lado da
pista será fechado para conclusão do alteamento.
O DST (Departamento de
Terceira Idade: Em São Caetano do Sul, número de idosos supera o de crianças
Segurança e Trânsito) dará
suporte aos motoristas, mas
pede que a região seja evitada.
Só serão liberados veículos
para trânsito local. Desta forma, será realizada ida e volta
no trecho interditado. Do lado
oposto da Avenida dos Estados, sentido São Paulo, não
haverá interdição.
O Ataque é um filme de ação
com invasão da Casa Branca
Arquivo JR
Divulgação
Estreia neste final de semana nas telonas da região o filme O Ataque. A trama conta uma invasão
militar à Casa Branca e tem no elenco os atores Channing Tatum e Jamie Foxx. Página 7
Desde o início da década, o
ABC passa por um aumento substancial na proporção de domicílios com presença de idosos. Este
crescimento é uma característica
mundial, porém no ABC os dados
apresentam destaque.
Além do crescimento significativo do número de idosos
nas famílias do ABC nos últimos anos (38,4%, de 2002 a
2012, segundo o Instituto de
Pesquisas da USCS-Inpes), a
região destaca-se com cidades
nas quais a porcentagem de
idosos (60 anos ou mais) é mais
próxima ou mesmo supera a de
crianças (15 anos ou menos),
contrário do perfil, por exemplo, da cidade de São Paulo, do
Estado e país em geral. Página 4
Obras de corredores previstos no PAC
ABC podem começar ainda este ano
As obras dos corredores
Leste/Oeste e Alvarenga/
Robert Kennedy/Couros, beneficiando os municípios de
São Bernardo do Campo e
Diadema, serão as primeiras
do pacote de investimentos
anunciado pela presidenta
Dilma Rousseff a se iniciarem, possivelmente ainda
este ano. A previsão foi feita
pelo presidente do Consórcio
Intermunicipal Grande ABC,
Luiz Marinho, durante assembleia de prefeitos.
O encontro mensal foi
dedicado ao detalhamento
dos projetos que receberão
recursos da ordem de R$ 2,1
bilhões aprovados pelo governo federal. Página 4
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
02
ABC Político
Saúde é tema de reunião entre
representantes da Ouvidoria
O diretor administrativo do
Hospital de Emergências Albert
Sabin, Mario Chekin, esteve
reunido com representantes
das ouvidorias das secretarias
municipais de São Caetano do
Sul, a pedido do ouvidor geral
do município, Roberto Martins.
Chekin apresentou as estratégias e mudanças aplicadas
desde julho, quando assumiu a
direção da unidade de Saúde.
“Temos uma média de 54 mil
atendimentos por mês e conseguimos reorganizar a casa”,
explicou Chekin.
Eric Romero/PMSCS
A Câmara de Santo André aprovou, por unanimidade, o
projeto de Ficha Limpa Municipal, que barra a nomeação de
servidores condenados para cargos comissionados na Prefeitura, autarquias, fundações e Legislativo. Proposta semelhante,
de autoria do vereador Almir Cicote (PSB), tinha sido rejeitada
pelos vereadores há duas semanas. Cicote não gostou nada da
manobra da bancada do PT, que reapresentou o projeto com
uma única alteração. Na Tribuna, o vereador destacou a repercussão negativa na cidade com a rejeição da sua proposta e
atacou alguns colegas de Legislativo por terem “plagiado” o seu
texto. Cicote também disse que faltou ética dos parlamentares.
Nos bastidores, comenta-se que a ação da bancada petista pode
estar relacionada com as eleições do próximo ano. À conferir.
Reunião integra as ações da Ouvidoria de São Caetano do Sul
Editorial
Hora de correr atrás do prejuízo
A Prefeitura de São Caetano do Sul
inicia nessa semana o programa de
incentivo ao pagamento de débitos municipais. O projeto, aprovado na Câmara
Municipal, prevê descontos de até 80%
nas multas e juros e 100% dos honorários advocatícios ou o parcelamento
em até 12 vezes de tributos municipais
inscritos na dívida ativa, como Imposto
Sobre Serviço (ISS) e Imposto Predial e
Territorial Urbano (IPTU).
É inquestionável a relevância da
proposta, que dará ao contribuinte a
possibilidade de regularizar suas pendências com a administração municipal
e, por consequência, evitar demandas
judiciais que são custosas para ambas
as partes. Para a Prefeitura, representa
uma boa oportunidade de recuperar
dinheiro, algo fundamental para manter
a alta qualidade dos seus serviços.
Porém, antes do projeto de negociação das dívidas municipais chegar
ao Legislativo, foi necessária muita
conversa. Destaca-se a atuação de
alguns vereadores, que se empenharam sobremaneira para convencer
o prefeito Paulo Pinheiro a enviar a
proposta para votação e aprovação na
Câmara. Eles ressaltaram que era uma
cobrança recorrente da população,
interessada em quitar seus débitos
com o município.
Também é verdade que a proposta
de descontos e parcelamentos de dívidas sofreu resistência dos técnicos da
administração municipal. O argumento
é que os grandes devedores dificilmente iriam aderir ao programa de
negociação. E pode ser verdade. Mas,
para esses inadimplentes a cobrança
judicial deve continuar, com a Prefei-
tura lançando mão de todos os meios
legais para receber o que lhe é devido.
Mas, com certeza, o programa
é válido, pois a grande maioria dos
contribuintes comuns não deseja ficar
devendo impostos para o município.
Muito pelo contrário, deseja quitá-los.
Porém, não dispõe de condições para fazer o pagamento integral, acrescido de
juros e multas, mais as custas judiciais.
Do lado da Prefeitura, é do conhecimento de todos que a cidade
herdou uma enorme dívida da gestão anterior, o que tem impedido o
atual Governo de investir em setores
fundamentais para a população do
município. Por isso, todo dinheiro é
muito bem-vindo nesse momento de
dificuldade financeira. E, como se diz
na linguagem do futebol: “é hora de
correr atrás do prejuízo”.
Pio Mielo volta a debater segurança pública
Medidas postas em prática
pelos órgãos municipais e estaduais para melhorar a segurança em São Caetano do Sul, bem
como em suas divisas, parecem
precisar novamente de reforço.
Munícipes têm fiscalizado e levado à Câmara Municipal uma
série de relatos recentes que
indicam a necessidade de ação
urgente. Na terça-feira, dia 3,
o vereador Professor Pio Mielo
(PT) levou o tema à tribuna.
“Temos sido procurados com
frequência pela população, que
nos relata uma série de fatos que
têm colocado em risco a vida e
o bem estar da sociedade. De
fato, precisamos reforçar esse
setor”, afirmou o vereador.
Segundo munícipes, a falta de
policiamento nas ruas tem dado
espaço para assaltos e clima de
insegurança dentro da cidade.
Na divisa de São Caetano
do Sul com São Paulo (Avenida
Almirante Delamare) ações
recentes de violência volta-
O
IR
HE
IN
P
O
L
U
PA
sujeira
ram a pautar os noticiários.
“Não adianta pensarmos em
ações pontuais. Essas, devem
ocorrer e ser frequentes, mas
um trabalho maior tem de ser
prioridade, algo diferenciado,
que integre as forças em prol de
soluções rápidas e eficientes”,
afirmou o vereador.
Segundo Pio Mielo, a necessidade de se criar um plano de
carreira da Guarda Civil Municipal
(GCM), fundamentado em um
estatuto da classe, é eminente.
Divulgação
Vereador pede mais segurança
Lição
A reforma administrativa
anunciada pelo prefeito Paulo
Pinheiro, de São Caetano do
Sul, deve ser efetivada nas
próximas semanas. Porém, o
assunto já está tirando o sono
de alguns secretários que, segundo comentários do Paço,
não teriam atingido a meta de
economia de 30% dos gastos,
determinada pelo chefe. Há
também quem, além de não
ter feito corretamente a “lição
de casa”, teria aumentado as
despesas da sua pasta. O prefeito já deixou claro que alguns
colaboradores não teriam correspondido e, por isso, serão
substituídos. Em tempo: no
quesito contenção de gastos
têm secretários que cumpriram à risca as determinações
do Governo. Estão rindo à toa.
Divisão
Se forem confirmadas todas
as pré-candidaturas a deputado
que são dadas como certas nos
bastidores políticos, São Caetano do Sul terá um número recorde de candidatos em 2014.
Dos atuais 19 vereadores, ao
menos seis já manifestaram interesse em concorrer. Somam-se a eles dois suplentes, que já
estão em ritmo de campanha,
e o ex-vereador Gilberto Costa
(PEN), que já anunciou que
concorrerá a uma cadeira na
Assembleia Legislativa. Todos
disputando os pouco mais
de 100 mil votos da cidade. E
ainda terão que dividir o bolo
com candidatos vindos de outros municípios. Ou seja: se
os pretendentes não tiverem
uma grande votação fora, São
Caetano pode continuar sem
nenhum deputado.
Adiada
Muitos acreditavam que
a sessão da última terça-feira
na Câmara de São Caetano do
Sul seria de despedida para um
ou até dois vereadores, que
estariam de saída para ocupar
uma secretaria no Governo
Municipal. Na reunião dos vereadores com o prefeito Paulo
Pinheiro, onde foi apresentado
o relatório final da Comissão
Mista sobre a dívida do município, alguns parlamentares
chegaram a parabenizar os
colegas pela nova empreitada.
Mas o assunto não foi tratado
no encontro. Ansiedade maior
só a dos possíveis suplentes,
que estão há, ao menos, dois
meses esperando a tão sonhada oportunidade de assumir
uma vaga no Legislativo.
Pauta
O espaço destinado aos
vereadores de São Caetano
do Sul para “comunicado relevante” tem sido utilizado
com frequência para comentar
matéria publicada nos jornais
regionais. Sempre com a afirmação “não me preocupo com
o que sai nos jornais”. Imagina
se eles se preocupassem.
O PREFEITO RESPONDE
Por que as pequenas empresas que devem tributos para a Prefeitura não podem
renegociar suas dívidas? Muitas vezes o valor das multas são tão altos que fica quase
impossível para um pequeno comerciante regularizar sua situação.
Érico Filipe Merlício - Bairro Santa Paula
“Caro Érico.
S a n c i o n e i n e sta s e m a n a u m a l e i
que criou o Programa de Incentivo de
Pagamento de Débitos Inscritos em
Dívida Ativa e Ajuizados. Ele concede
descontos nas multas e juros devidos
por contribuintes que possuem dívidas
com a Prefeitura. Os interessados em
regularizar a situação têm até o dia 26
de dezembro para aderir ao programa,
no Atende Fácil (Rua Major Carlo Del
Prete, 651, Centro)”.
Envie sua pergunta, que o prefeito responde!
Expediente
Editora de Jornais e Revistas AF Ltda-ME
Fundado em 08/04/1991 por PAULO ROBERTO (1938 - 2002)
Diretor e Jornalista: Leandro Formigari MTB 32.463
Diagramação: Jornal da Região - Revisão: Luciana Anaia
Redação e Administração: Rua Santo Antonio, 253 - Centro
São Caetano do Sul - CEP: 09521-160 - Fone: (11) 4221-6682
Site: www.jregiao.com.br - E-mail: [email protected]
TIRAGEM CERTIFICADA
PELA GRÁFICA
Artigos assinados são de
responsabilidade de seus
autores e não expressam,
necessariamente, a
opinião deste jornal.
Aproxime seu leitor de
QR Code e acesse o site
Morador de São Caetano, se você tem alguma pergunta sobre a sua cidade envie através do
e-mail [email protected] que o prefeito Paulo Pinheiro irá responder.
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
03
Auditoria comprova rombo de
R$ 266 milhões deixado por Auricchio
O relatório final da comissão especial mista do Executivo e Legislativo foi lido na sessão de terça-feira
Zig-Zag
Disque ajustes e
consertos de roupas

ATENDIMENTO
2ª a 6ª das
08 às 18 horas
Sábado das
08 às 15 horas
Ex-prefeito José Auricchio não quis comentar o assunto

Barra simples,
original, italiana e a mão
Ajustes e reparos em geral
Rua Santo Antonio, 257
Centro - São Caetano
Telefone: 4226-4842
Com estacionamento
para clientes
São Caetano
inicia curso de
Inglês para
preparar setor
de serviços
A Prefeitura abriu na segunda-feira (2/9), em cerimônia no auditório da Escola
Municipal de Ensino (EME)
Prof.ª Alcina Dantas Feijão, o
programa São Caetano Speaks
English, que vai ensinar Inglês
gratuitamente a comerciantes,
profissionais dos transportes e
agentes da área de segurança,
entre outros trabalhadores que
mantêm contato direto com o
público. A iniciativa surgiu da
necessidade de tornar a cidade
receptiva para os estrangeiros
que podem visitá-la por conta
dos grandes eventos esportivos que o Brasil abrigará nos
próximos anos.
Durante o lançamento do
projeto da Secretaria Municipal de Educação, dezenas
de alunos conheceram os
professores que vão ministrar
as aulas – haverá turmas nos
períodos da manhã e noite,
durante a semana, e aos sábados. A coordenadora do São
Caetano Speaks English, Mary
Beatriz Ceccato, deu boas-vindas aos novos estudantes e
desejou sucesso no curso. “Espero que todos vocês estejam
motivados para o aprendizado
de um novo idioma.”
A grande procura dos munícipes pela formação gratuita
em Inglês fez com que o número de vagas ofertadas fosse
ampliado para 140. “Este
projeto inovador lançado
pelo prefeito já é um sucesso.
Abrimos até uma turma nova
aos sábados para atender à
demanda. Nosso desejo é que
todos vocês aproveitem muito
as aulas e que isso signifique
um ganho na vida profissional de todos”, afirmou Ivone
Braido Voltarelli, diretora de
Educação da cidade.
Vereadores ainda não votaram as contas de 2012 do ex-prefeito
A auditoria realizada pela
comissão especial mista do
Executivo e Legislativo de São
Caetano do Sul, que contou com
a participação de técnicos do
Tribunal de Contas do Estado
(TCE), comprovou o valor de
mais de R$ 266 milhões em dívidas deixadas pelo governo do
ex-prefeito José Auricchio Júnior.
O valor havia sido revelado no
início do ano pelo prefeito Paulo
Pinheiro, mas foi contestado
por José Auricchio, que alegava
ter deixado dívidas em torno de
R$ 100 milhões. O Ministério
Público do Estado de São Paulo,
através do setor Crimes de Prefeitos de sua Assessoria Jurídica,
instaurou procedimento interno
para investigar o caso.
A investigação detalhada
realizada pela comissão mista
e os técnicos do TCE revela que
as dívidas deixadas pelo ex-prefeito José Auricchio Júnior
totalizam R$ 233.536.812,05,
além de R$ 33.021.832,67 em
valores devidos ao Instituto
Nacional de Seguridade Social
(INSS) – a soma se refere aos
meses de maio a dezembro de
2012, quando a administração
Auricchio parou de recolher os
tributos, inclusive o 13º salário
dos servidores municipais. O
rombo inédito corresponde a
mais de 30% do Orçamento de
São Caetano para 2013. “Considerando o resultado financeiro
apurado (...), verifica-se que a
Prefeitura não possui liquidez
frente seus compromissos de
curto prazo”, informam os
técnicos do Tribunal de Contas.
No ano passado, último do
governo Auricchio, a Seção de
Controle Interno da Prefeitura
de São Caetano não elaborou
relatório, violando os preceitos
constitucionais e fragilizando a
fiscalização. A administração
do ex-prefeito também lançou
de forma incorreta, no sistema
de controle do Tribunal de
Contas, os empenhos de 2012.
O relatório da comissão mista
destaca que em 2012 o Tribunal
de Contas alertou cinco vezes a
administração Auricchio sobre
o déficit nas contas públicas.
Exagero - A aceleração dos
gastos da Prefeitura em 2012,
ano eleitoral em que o prefeito José Auricchio Júnior
investiu para buscar a eleição
de sua correligionária Regina
Maura Zetone, é evidente. Os
técnicos do TCE explicam em
seu relatório que a Prefeitura
abriu créditos adicionais ao
Orçamento no valor de quase
R$ 480 milhões, ou 43,94% a
mais do que as despesas previstas. “Constata-se, diante deste
percentual elevado, a existência
de falhas no planejamento e na
elaboração da lei orçamentária”, ressaltam.
Por conta dos gastos excessivos realizados em 2012, o
prefeito Paulo Pinheiro assumiu
São Caetano do Sul com enormes desafios. De acordo com o
relatório final da comissão mista,
o desacerto administrativo gerou um déficit elevado “a ponto
de prejudicar sobremaneira a
atuação da atual gestão”.
O governo do prefeito Paulo
Pinheiro está realizando um
grande esforço para sanear as
dívidas públicas de São Caetano. No ano, já foram pagos
mais de R$ 78 milhões em
débitos herdados do governo
Auricchio. A administração
também parcelou os débitos
com o INSS e já obteve algumas
vitórias, como a liberação da
Certidão Negativa de Débitos
(CND), documento necessário
para a obtenção de repasses e
convênios com o Governo Estadual e Federal e a liberação de
emendas parlamentares.
Comissão - O relatório final
da comissão especial mista do
Executivo e Legislativo de São
Caetano do Sul foi lido na sessão
de terça-feira (03/09) da Câmara,
pelo vereador Eder Xavier (PC
do B). Também participaram da
comissão de análise os secretários municipais Sallum Kalil
Neto (Saúde), Marco Antonio
Santos Silva (Governo) e Jarbas
Zuri (Planejamento e Gestão),
os assessores Gislaine Pinheiro e
Moacir Guirão, e os vereadores
Beto Vidoski (PSDB), Chico Bento
(PP) e Pio Mielo (PT). Os técnicos
enviados pelo Tribunal de Contas
do Estado para fazer as auditorias das contas foram Meire
Naomi Yoshimire, Fernando
Uchoa Gomes e Iago Fernando
de Carvalho Soutello.
Procurado pela reportagem
do Jornal da Região, o ex-prefeito José Auricchio Júnior não
comentou o assunto.
Prefeitura tem programa de incentivo ao pagamento de dívidas
O prefeito Paulo Pinheiro sancionou,
dia 4, a lei que cria o Programa de Incentivo de Pagamento de Débitos Inscritos
em Dívida Ativa e Ajuizados. A legislação concederá aos contribuintes que a
ela aderirem descontos nas multas e
juros devidos em decorrência do atraso
no pagamento de tributos municipais,
como o Imposto Sobre Serviço (ISS) e
Imposto Predial e Territorial Urbano
(IPTU). A lei terá vigência até o dia 26
de dezembro de 2013.
“Esta ação vai permitir que o contribuinte inadimplente pague os tributos
atrasados com desconto nas multas.
Isso será bom tanto para os contribuintes, que terão um estímulo maior para
regularizar sua situação, quanto para a
cidade, pois a Prefeitura poderá dispor
destes recursos para investir em áreas
como Saúde e Educação”, explicou o
prefeito Paulo Pinheiro.
O pagamento à vista das dívidas resultará em um desconto de 80% dos juros e
da multa moratória, além de exclusão de
100% dos honorários advocatícios; Em seis
parcelas, o desconto será de 60% dos juros
e multa e de 75% nos honorários, desde
que o valor mínimo de cada parcela não
seja inferior a R$ 150. Já o parcelamento
máximo em 12 vezes prevê desconto de
40% dos juros e multa moratória e 50%
de honorários advocatícios, com valor
mínimo por parcela de R$ 100.
Os interessados em participar devem
comparecer pessoalmente ou através de
representante legal munido de procuração
com firma reconhecida no Atende Fácil
(Rua Major Carlo Del Prete, 651, Centro).
O telefone para informações é 4227-7600.
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
04
Número de famílias com idosos cresce
38% no ABC, diz pesquisa da USCS
Dados mostram que São Caetano do Sul tem mais idosos do que crianças
Rápidas
Poupatempo
não funciona
no feriado de
Independência
No próximo sábado, 7 de
setembro, os postos do Poupatempo não funcionarão
devido ao feriado nacional
em comemoração à Independência do Brasil.
As 32 unidades do Governo do Estado voltam a
operar normalmente a partir
de segunda-feira, dia 9. Para
consultar os endereços e
horários de atendimento,
acesse o site www.poupatempo.sp.gov.br.
Informações sobre os
órgãos e serviços disponíveis
em cada posto, bem como
documentos necessários,
prazos e taxas, podem ser
consultados pelo Disque
Poupatempo, no 0800 772
36 33 – a ligação é gratuita.
Licenciamento:
mês dos veículos
com placas
de final 7
Proprietários de veículos
com placas de final 7 devem
realizar durante o mês de
setembro o licenciamento
do exercício 2013. O serviço
poder ser solicitado de forma eletrônica, com entrega
do Certificado de Registro
e Licenciamento de Veículo
(CRLV) pelos Correios, ou
diretamente nos postos do
Detran.SP e Poupatempo.
Quem conduzir veículo que
não esteja devidamente
licenciado estará sujeito às
penalidades previstas no
artigo 230 do CTB: multa de
R$ 191,54, inserção de sete
pontos no prontuário do
condutor (infração gravíssima), além de apreensão e
remoção do veículo.
Desde o início da década,
o ABC passa por um aumento
substancial na proporção de
domicílios com presença de
idosos. Este crescimento é
uma característica mundial,
porém no ABC os dados apresentam destaque.
Além do crescimento significativo do número de idosos nas
famílias da região do ABC nos
últimos anos (38,4%, de 2002
a 2012, segundo o Instituto de
Pesquisas da USCS-Inpes), a
região destaca-se com cidades
nas quais a porcentagem de
idosos (60 anos ou mais) é mais
próxima ou mesmo supera a de
crianças (15 anos ou menos),
contrário do perfil, por exemplo, da cidade de São Paulo, do
Estado e país em geral.
Enquanto a cidade de
São Paulo apresenta 20% de
crianças e 12,8% de idosos
(IBGE/2010), em Santo André,
a porcentagem é de 18,2 para
14,6%, respectivamente. Já em
São Caetano a porcentagem de
idosos ultrapassa a de crianças: 14,9% de crianças para
20,1% de idosos.
O ABC ainda se destaca
pela diferença de perfil quando a pesquisa se estende às
demais cidades que integram
o Grande ABC. Enquanto Santo
André, São Bernardo e São
Caetano apresentam a média
de 18,6% de crianças para
14,7% de idosos, As cidades de
Diadema, Mauá, Ribeirão Pires
e Rio Grande da Serra apresentam, no geral, 21,6% de
crianças para 9,1% de idosos.
Proporção - Em 2002, a re-
gião do ABC apresentava 30,2%
dos domicílios com a presença
de idosos; em 2012, este número chega a 41,8%. A pesquisa
mostra que este crescimento
deu-se, principalmente onde
o idoso é o chefe da família
(aumento de 47,7%, tendo passado de 24,5% em 2002 para
36,2%, em 2012) na região. Já
o número de domicílios onde os
idosos não são representados
como chefes de família tiveram
uma queda de 1,8% no mesmo
período. Na região do Grande
ABC, o número atual é de 30,2%
de residências com idosos chefes de família.
Mais informações sobre o
Instituto e as pesquisas desenvolvidas podem ser obtidas no
site http://www.uscs.edu.br/
pesquisa/inpes.php
Arquivo/JR
Curso de pintura em São Caetano: qualidade de vida na Terceira Idade
David Uip é empossado Obras de corredores previstos no PAC
secretário da Saúde de SP ABC podem começar ainda este ano
Kleber Vicente
Divulgação
Uip espera cumprir seu maior desafio profissional
O infectologista David Uip,
61 anos, tomou posse na quinta-feira, 5 de setembro, no
Palácio dos Bandeirantes, como
secretário de Estado da Saúde.
Em discurso para os convidados, o novo secretário
defendeu as conquistas da
pasta nos últimos anos, como
a implantação de 32 novos
hospitais estaduais e dos 50
AMEs (Ambulatórios Médicos
de Especialidades), custeados
com recursos do Estado.
Ele também destacou a recuperação da Furp (Fundação
para o Remédio Popular), que
se transformou em um dos
maiores laboratórios públicos
da América Latina, com fornecimento de remédios para o SUS
(Sistema Único de Saúde) de
todo o Brasil e mais de 1,5 bilhão de unidades farmacêuticas
produzidas anualmente.
dilma responde
David Uip lembrou que a cada
30 minutos, em média, um paciente de outro estado é atendido
em hospitais públicos paulistas,
em razão da excelência e da qualidade dos serviços. E afirmou que
o modelo de Organizações Sociais
de Saúde (OSS) para a gestão de
hospitais públicos, implantado de
forma pioneira em São Paulo, foi
replicado em dezenas de municípios brasileiros.
O secretário disse, no entanto, que se muito foi feito,
há ainda muito por fazer. “São
inúmeros os problemas a serem enfrentados em uma rede
gigantesca como o SUS de São
Paulo, que diariamente realiza
dois milhões e seiscentos mil
procedimentos, entre consultas, exames, cirurgias, internações, coletas, curativos, suturas
e distribuições de medicamentos”, observou.
Prefeitos planejaram estratégias visando concretização dos investimentos anunciados pela presidenta Dilma
As obras dos corredores
Leste/Oeste e Alvarenga/Robert Kennedy/Couros, beneficiando os municípios de
São Bernardo do Campo e
Diadema, serão as primeiras
do pacote de investimentos
anunciado pela presidenta
Dilma Rousseff a se iniciarem,
possivelmente ainda este
ano. A previsão foi feita pelo
presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, Luiz
Marinho, durante assembleia
de prefeitos.
O encontro mensal foi
dedicado ao detalhamento
dos projetos que receberão
recursos da ordem de R$
2,1 bilhões aprovados pelo
governo federal e anunciados
pela presidenta Dilma Rousseff
no último dia 19. Desse total,
a maior parte, ou R$ 793 milhões, virá para a Mobilidade
Urbana do ABC, a partir de
propostas apresentadas nos
últimos meses pelo Consórcio
de forma articulada.
Os chefes dos Executivos
analisaram as estratégias e o
andamento técnico que cada
município precisa dar para
que as obras e os projetos
sejam agilizados. “Todos precisam dar conta da sua lição
de casa. Estamos discutindo
o planejamento das ações
de forma que as primeiras
fases de obras serão as que já
tinham projetos, e as que não
tinham projetos ficam para
a segunda etapa”, lembrou
Luiz Marinho. A verba federal
prevê a destinação de R$ 31,6
milhões para projetos que poderão alavancar uma segunda
etapa de obras em 2014, estimada em R$ 1,1 bilhão.
As obras de Mobilidade
acontecerão em quatro eixos
prioritários, todos priorizando o transporte coletivo:
o corredor Guido Aliberti /
Lauro Gomes / Taioca (Santo André, São Bernardo do
Campo e São Caetano do
Sul), com R$ 162,5 milhões; o
corredor Alvarenga / Robert
Kennedy / Couros (Diadema e
São Bernardo), com R$ 306,3
milhões; o corredor Leste-Oeste, também beneficiando
Diadema e São Bernardo,
com investimento previsto de
R$ 181,2 mi; e o corredor Sudeste, com R$ 137,8 milhões
envolvidos e benefício direto
para Santo André, São Caetano, Mauá, Ribeirão Pires
e Rio Grande da Serra. Além
disso, está prevista verba de
R$ 5 milhões para o Consórcio
iniciar o projeto de um Centro
de Controle Operacional.
Coluna semanal da presidenta Dilma Rousseff
Esther Fróes Brocchetto, 53 anos, jornalista
de Sorocaba (SP) – Muita gente está tendo
mais filhos para poder receber benefícios
como o Bolsa Família. A senhora não acha
que um país pobre como o nosso deveria,
ao contrário, incentivar a paternidade e a
maternidade responsáveis?
Presidenta Dilma – Esther, muita gente acha
isso, mas o que tem acontecido é exatamente o contrário em nosso país. A taxa de
fecundidade caiu em todo o Brasil e recuou
ainda mais entre a população de baixa renda,
especialmente do Norte e Nordeste, onde há
mais pessoas recebendo o benefício do Bolsa
Família. O Censo 2010 do Instituto Brasileiro
de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que a
taxa de fecundidade, que é o número médio
de filhos nascidos vivos por mulher ao final de
seu período fértil, caiu no Brasil de 2,38, no
Censo 2000, para 1,86 dez anos depois. Pelas
estatísticas, o número médio de filhos tende
a cair com o aumento de renda, educação
e inclusão social, aspectos reforçados pelo
programa. Não podemos esquecer, também,
Esther, que o Bolsa Família, além de trazer um
alívio imediato à situação de pobreza, tem
tido sucesso em manter nossas crianças na es-
cola. O abandono escolar caiu muito e hoje é
menor entre os alunos do Bolsa Família. Também está provado que o Bolsa Família teve
impacto na redução da mortalidade infantil
graças à exigência de manter a vacinação em
dia e o cuidado da alimentação das crianças.
Quase 20% da redução da mortalidade infantil
se deve ao Bolsa Família. Queremos ir além,
apoiando as famílias para melhorar suas
condições. O Pronatec Brasil Sem Miséria,
por exemplo, tem 1 milhão de vagas de cursos
de qualificação profissional, e já matriculou
640 mil alunos que recebem o Bolsa Família
ou estão inscritos no Cadastro Único dos
programas sociais. Isso mostra que os brasileiros carentes são lutadores e conscientes, e
que precisam apenas de oportunidades para
seguir seu próprio destino. Esther, você pode
ter certeza, continuaremos lutando para criar
essas oportunidades. Outras informações
sobre o Bolsa Família estão na internet, no
endereço: www.mds.gov.br/bolsafamilia.
Presidenta, quem entra para o programa
Minha Casa, Minha Vida tem algum tipo
de facilidade para comprar móveis e eletrodomésticos novos também? (*)
Presidenta Dilma – Sim, todos os beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida
têm direito também ao Minha Casa Melhor,
um financiamento de até R$ 5 mil destinados
à compra de móveis e utensílios domésticos
para equipar a nova residência da família.
O Minha Casa Melhor foi criado em 12 de
junho, e em menos de três meses já concedeu
crédito de R$ 1 bilhão, beneficiando 220 mil
famílias que podem realizar o sonho de ter
uma casa arrumada, após terem realizado o
sonho maior de ter a casa própria. O crédito é
concedido por meio de um cartão, que pode
ser usado em 13 mil lojas credenciadas em
todo o Brasil. Podem ser comprados lavadora de roupa automática, fogão, geladeira,
TV digital, computador, mesa com cadeira
e sofá, guarda-roupa, cama de casal e de
solteiro, com colchão ou não. Cada produto
tem um valor máximo. A lavadora de roupa,
por exemplo, não pode passar de R$ 850,00.
Os beneficiários têm um ano após o recebimento do cartão para fazer as compras. É
tempo suficiente para pesquisar os preços,
os modelos, escolher o item que a família
mais precisa e se assegurar que a prestação
cabe no orçamento familiar. O prazo para
pagamento é de até quatro anos e os juros
são baixinhos, de 5% ao ano. Os clientes do
Minha Casa Melhor têm ainda direito a um
desconto de pelo menos 5% sobre o preço
anunciado, e esse desconto tem que aparecer
na nota fiscal. Os interessados em receber o
cartão devem ligar para a Caixa Econômica
Federal no telefone 0800-7268068. Há mais
informações no site www.minhacasamelhor.
com.br. O Minha Casa Melhor significa mais
conforto para as famílias, mais produção
e investimentos para a nossa indústria, e
mais empregos. O Minha Casa Minha Vida
é o maior programa habitacional que esse
país já teve, com 1,3 milhão de moradias já
entregues em todo o Brasil. Há mais 1,560
milhão de casas em construção e até o final
do ano de 2014 serão contratadas mais 890
mil moradias. Cada chave entregue no Minha
Casa Minha Vida significa um novo começo
para uma família em algum lugar do Brasil e
a casa equipada e mais confortável torna este
recomeço ainda melhor.
(*) Esta pergunta, que precede a Mensagem,
foi formulada pela Secretaria de Imprensa
para melhor entendimento do conteúdo.
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
05
São Caetano prepara adesão aos
programas Segundo Tempo e Vida Saudável
Após a liberação da CND, Executivo busca recursos junto ao Ministério do Esporte
Especialista de
Harvard em
negociação
de paz visita
São Caetano
Divulgação
Na terça-feira (3/9), o prefeito Paulo Pinheiro manifestou
oficialmente o interesse da
cidade em aderir aos programas
Segundo Tempo e Vida Saudável, mantidos pelo Ministério
do Esporte. O chefe do Executivo assinou o protocolo de participação em reunião no Palácio
da Cerâmica com o secretário
nacional de Esporte, Educação,
Lazer e Inclusão Social, Ricardo
Capelli, e com o secretário municipal de Esporte e Turismo,
Gilmar Tadeu Ribeiro Alves.
O Segundo Tempo visa promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e
jovens, como fator de formação
da cidadania e melhoria da
qualidade de vida. Já o Vida
Saudável é direcionado à terceira idade e oferece atividades
esportivas que contribuam para
o bem-estar desta faixa etária.
A partir da formalização da
intenção, a Prefeitura cadastrará seus projetos no governo
federal, que avaliará o pedido.
Eric Romero/PMSCS
Prefeito Paulo Pinheiro se reuniu com o secretário nacional de Esporte, Ricardo Capelli
Inicialmente é planejada a
formação de 30 núcleos do
Segundo Tempo (em escolas e
clubes), com a prática esportiva
desempenhada no contraturno
escolar durante dois anos, e
outros seis núcleos do Vida Saudável (nos Centros da Terceira
Idade e Parques), com duração
de 14 meses.
Nesta formatação, o investi-
Desfile Cívico-Militar
será na Av. Kennedy
mento do Ministério do Esporte
seria de aproximadamente R$ 2
milhões, incluindo a contratação
e a capacitação de 74 profissionais (professores de Educação
Física, estagiários e coordenadores) e a compra de materiais
esportivos. Como contrapartida,
a Prefeitura cederá os espaços
para a prática das atividades.
“Temos uma boa estrutura
de centros esportivos. Mas,
quanto mais ampliarmos estes
atendimentos, como para dentro
das escolas, conseguiremos contemplar uma quantidade maior
de moradores. Consequentemente, afastamos os jovens de
coisas ruins e promovemos saúde ao pessoal da terceira idade”,
afirmou Paulo Pinheiro.
Ricardo Capelli revelou que
municípios inseridos em regiões
metropolitanas que sediarão a
Copa do Mundo de 2014, como
São Caetano, têm prioridade
na captação de recursos dos
programas. “Muito se fala em
consolidar legado de obras
estruturantes, mas queremos
também que a Copa deixe uma
herança no desenvolvimento
do esporte local”, justificou.
Fundo Social forma mais
de 80 alunos em agosto
Helber Aggio/PMSCS/Arquivo
Robson de Almeida/PMSCS
William Ury vem dia 19
O antropólogo e consultor americano William
Ury, fundador e diretor do
Programa de Negociação da
Universidade Harvard, visitará São Caetano do Sul no
dia 19 de setembro, às 19
horas, para falar sobre Cultura de Paz a autoridades e
educadores no auditório do
Centro de Capacitação dos
Profissionais da Educação
(Cecape) Dra. Zilda Arns
- Rua Tapajós, 300, Bairro Barcelona. Há 30 anos
o palestrante atua como
mediador em cenários de
conflitos internacionais em
locais como Afeganistão,
Venezuela, Tchechênia e
Oriente Médio.
William Ury defende
conceitos como a participação da comunidade,
chamada por ele de “terceiro lado”, na resolução
de situações conflituosas
envolvendo os outros dois
lados de uma questão.
“Este terceiro lado também é afetado pelos conflitos e é importante para
encorajar as duas partes
a sentar, a encontrar uma
solução melhor”. O estudioso americano ressalta
ainda, em sua prática de
negociação, da importância de não reagir emocionalmente aos debates.
“Quando furioso, você fará
o melhor discurso do qual
irá se arrepender”, brinca.
O americano é co-autor,
junto com Roger Fisher
e Bruce Patton, do livro
Como Chegar ao Sim - A
Negociação de Acordos Sem
Concessões. A obra foi traduzida para mais de 30
idiomas e vendeu mais de
oito milhões de exemplares,
tornando William Ury um
consultor requisitado para
diversas palestras concedidas a líderes políticos, advogados, empresários e outros
formadores de opinião. No
link www.williamury.com/
events/video é possível
assistir um trecho de uma
palestra onde William Ury
descreve algumas de suas
técnicas de negociação.
Desfile Cívico-Militar será neste sábado
Ouviram do rio Ipiranga,
em 7 de setembro de 1822,
o grito do imperador Dom
Pedro I que decretou a Independência do Brasil. E, para
comemorar os 191 anos de
um dos fatos históricos mais
importantes do País, a Prefeitura de São Caetano do Sul
promove o tradicional Desfile
Cívico-Militar. O evento será
neste sábado (7/9), às 9h, na
Avenida Presidente Kennedy,
com o palanque das autoridades armado na altura do
nº 2.100.
Farão parte do evento 37
Alunos aprendem na prática as receitas de drinks sofisticados
instituições de ensino e corporações, como a Polícia Militar, o
Corpo de Bombeiros, a Guarda
Civil Municipal (GCM) e o Tiro
de Guerra. O prefeito, Paulo Pinheiro, fará a revista das tropas
e saudará as associações civis.
Bandas e fanfarras também
representarão as entidades.
Em virtude do desfile, a
Avenida Presidente Kennedy
será interditada para o tráfego
de veículos nos dois sentidos,
no trecho compreendido entre
a Rua Arlindo Marchetti e a Praça dos Imigrantes. O bloqueio
ocorrerá das 7h às 13h.
Temos Convênio
com a ARESM
O Fundo Social de Solidariedade de São Caetano do Sul
capacitou, somente em agosto,
mais de 80 alunos nos cursos
para padeiros, bartenders,
maquiadoras e designers de
sobrancelha. Os participantes
das oficinas de cozinha doméstica e festival de tortas também
foram certificados.
Um dos primeiros alunos
a receber a certificação, Valdir
Montoni mostrou-se satisfeito
com as aulas de panificação.
“A professora passou informações fundamentais sobre as
matérias-primas e dosagens,
que não encontramos em cursos
do mercado. Quero colocar em
prática tudo que aprendi, pois já
trabalho na copa de uma padaria
e espero conquistar uma promoção para padeiro”, revelou.
Luzvani Batista Arantes participou do curso Festival de Tortas
e não descartou a possibilidade
de trabalhar profissionalmente na
área. “A princípio, vim aprimorar
meus conhecimentos culinários.
Tenho vontade de aprender e essa
é minha motivação. No futuro,
quem sabe, posso utilizar para
fins comerciais”, considerou.
Segundo Willians Giorgi, pro-
fessor do Fundo Social, alguns cursos foram remodelados para melhor atender os alunos. “Alguns
munícipes não têm o objetivo de
trabalhar na área, mas recorrem a
nós por outros motivos. Pensando
nisso, adaptamos algumas oficinas para esse público e tornamos
outras mais profissionalizantes
para quem deseja seguir carreira.”
Inscrições - Os interessados
em participar das capacitações
devem se dirigir à sede da entidade, na Rua Antonio Bento,
140, Bairro Santa Paula, com
comprovante de residência e
documento de identificação.
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
06
Praça de Atendimento e Postos SIM
renovam certificação de qualidade
Auditoria contratada para avaliar atendimento analisou diversos itens, entre eles satisfação dos munícipes
Cidade pode
ganhar novos
corredores
de ônibus
A Prefeitura de Santo
André apresentou à Comissão de Financiamentos
Externos, do Ministério do
Planejamento, um plano
para a implantação de 13
novos corredores de ônibus
na cidade, no final do mês
de agosto. O projeto, que já
está tramitando no Banco
Interamericano de Desenvolvimento (BID), está nas mãos
de um grupo técnico de análise do próprio banco, que vai
avaliar sua viabilidade.
Caso o projeto saia do
papel, ônibus ganharão corredores exclusivos nas avenidas
dos Estados, Giovanni Batista
Pirelli, Santos Dumont e Dom
Pedro II. A Avenida das Nações Unidas, a Rua Carijós e
a Estrada do Pedroso também
devem ser contempladas
com novos corredores, entre
outras vias da cidade.
Em Santo André, algumas
linhas já circulam em corredores exclusivos – o chamado
Corredor ABD. São 33 km de
extensão, com 110 paradas
e 11 linhas operadas pela
Metra Sistema Metropolitano de Transportes, que tem
uma frota de 270 veículos.
Diariamente, são atendidos
aproximadamente 250 mil
passageiros pela empresa.
A Prefeitura de Santo André garantiu mais uma vez a
manutenção de seu certificado do Sistema de Gestão da
Qualidade no atendimento
presencial da Praça de Atendimento – localizada no Prédio
Executivo – e dos postos SIM
(Sistema Integrado Municipal), após auditoria concluída
na última semana pelo Instituto Falcão Bauer. A certificação NBR ISO 9001/2008, da
ABNT (Associação Brasileira
de Normas Técnicas), analisou
diversos requisitos, focados
em resultados, desempenho,
além de satisfação dos moradores e fornecedores.
O auditor da empresa
acompanhou os trabalhos dos
servidores no atendimento
aos munícipes, destacando, no
relatório final, a “maturidade
e comprometimento da alta
direção na manutenção do sistema”. “A política de eficiência
e qualidade está enraizada na
cultura do nosso atendimento”, justifica o coordenador de
Modernização Administrativa,
Rubens Gallino Junior.
“Temos reuniões quinzenais para treinar nossa equipe
e corrigir pequenas eventualidades. Isso demonstra o
compromisso da prefeitura
Miguel Denser
Praça de Atendimento conta com 54 funcionários para atender o público
com o cidadão e o padrão de
qualidade atingido”, complementa o coordenador. Para o
Secretário de Administração e
Modernização, Antonio Leite,
a certificação ISO 9001/2008
foi um marco no serviço público municipal. “O Sistema de
Gestão de Qualidade do atendimento presencial completa
cinco anos em 2013. Nosso
objetivo principal é atender
as necessidades e garantir a
em parceria com o Semasa.
Entre os serviços prestados
estão a solicitação e emissão
de certidões, protocolo de documentos e acompanhamento
de processos, requerimento
de alvarás, abertura, transferência e encerramento de
empresas, emissão de guias,
recebimento de tributos, além
de solicitação de serviços e
informações gerais.
ISO - A certificação NBR ISO
9001/2008 determina a aplicação de normas que auxiliam
na melhoria dos processos
internos, incentivam a capacitação dos colaboradores, aprimoram o monitoramento do
ambiente de trabalho e criam
ferramentas para a verificação
da satisfação dos munícipes,
colaboradores e fornecedores,
em um processo continuo de
melhorias do sistema de gestão
da qualidade.
Chácara Baronesa será revitalizada
Evento marcou a assinatura de contrato para início das obras
Grana entrega PPA para vereadores
Diego Barros/PSA
Prefeito Carlos Grana entrega projeto do PPA ao presidente da Câmara, Donizete Braga
Depois de um longo processo de diálogo com a sociedade,
que contou com reuniões com
diferentes segmentos representativos, 20 plenárias regionais e
formação do Conselho Municipal de Planejamento Participativo, a Prefeitura de Santo André
entregou à Câmara Municipal,
o PPA (Plano Plurianual) Participativo para apreciação dos
vereadores. Foram colhidas
692 diretrizes orientadoras de
trabalho e 1.361 demandas, todas sugeridas pelos moradores.
Ao todo, 87% dos apontamentos foram incorporados à peça
– os itens não incluídos foram
definidos em consenso.
O PPA é um instrumento de
satisfação dos munícipes, buscando sempre uma melhoria
contínua e excelência”.
PRAÇA E POSTOS SIM - Em
Santo André estão certificados
os Postos SIM dos bairros
Santa Terezinha, Parque das
Nações e Vila Palmares, além
da Praça de Atendimento, que
contam com 54 funcionários
para atender o público. A
rede de Postos SIM compõe
o atendimento da Prefeitura
planejamento de médio prazo,
previsto no artigo 165 da Constituição Federal, regulamentado
pelo Decreto 2.829, de 29 de outubro de 1988. O plano estabelece
diretrizes, objetivos e metas da
administração pública para um
período de quatro anos, com a
organização das ações governamentais por meio de programas.
No documento apresentado, a estimativa da receita do
governo para o próximo quadriênio (administração direta
e indireta) é de: R$ 3,1 bilhões
para 2014, R$ 3 bilhões para
2015, R$ 2,9 bilhões para 2016
e R$ 2,9 bilhões para 2017.
O prefeito explicou que a expectativa está maior para os
dois primeiros anos por conta
de vários projetos que foram
aprovados ou estão em análise
pelo Governo Federal.
Ao fim da consolidação
do plano, 51% das metas do
PPA foram organizadas no interior das políticas sociais,
44% associadas às políticas
de infraestrutura urbana e 5%
agregados a temas ligados ao
desenvolvimento econômico.
Em relação às demandas ou
recomendações, das 1.361
apontadas, 718 (53%) cobravam mais investimentos, 356
(26%) pediam manutenção em
equipamentos públicos e 287
(21%) solicitavam mais serviços
de infraestrutura.
A área verde de 340 mil
m 2 , chamada de Chácara
Baronesa, começou a ser revitalizada. Em parceria com
a administração municipal e
governo do Estado, foi firmada a assinatura de contrato de
R$ 1,6 milhão para execução
da ordem de serviço de revitalização do espaço.
As obras contemplam ainda a construção e cercamento
por muros de bloco de concreto, gradis nas áreas limítrofes,
banheiros com acessibilidade,
quadra poliesportiva, conjunto
de academia ao ar livre, brinquedoteca, playground, e campo de futebol gramado. A conclusão das obras está prevista
para o mês de dezembro. Uma
empresa de segurança também
foi contratada para a instalação
de bases fixas e profissionais em
rondas diuturnamente.
O secretário de Meio Ambiente do Estado, Bruno Covas,
citou todas a melhorias que
serão executadas pelo governo estadual, transformando a
antiga Chácara Baronesa em
um parque. “Este espaço é
preservado e metropolitano.
Com o anúncio desta ordem
de serviço, a partir de agora,
acompanharemos sua execução para entregarmos esta
revitalização o mais breve possível, que vai beneficiar não
só os moradores de todo ABC
paulista no que será o Parque
Baronesa”, completou.
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
07
O Ataque é um filme de ação
com invasão da Casa Branca
Longa chega às telonas do Grande ABC neste final de semana
Divulgação
Santo André
recebe muito
rock and roll
neste feriado
A Prefeitura de Santo André realiza no feriado de 7 de
setembro (sábado), na Craisa,
a partir das 12h, o evento “7
de Setembro Pátria Amada”,
que contará com grandes
nomes do rock nacional,
como Inocentes, Detonautas,
Kiara Rocks, Plebe Rude e
Raimundos, com os grupos
emergentes ALF, Reata e
Pânico X. O evento é gratuito.
Apresentações: Reata 12h00 ; Panico X - 13:00; Kiara Rocks - 14h00; Alf - 15h00;
Detonautas - 16h15; Plebe
Rude - 17h45; Inocentes 19h15 e Raimundos - 20h30.
A Craisa fica na Avenida dos
Estados, 2195, Vila Metalúrgica, Santo André.
A trama conta uma invasão militar à Casa Branca e tem no elenco os atores Channing Tatum e Jamie Foxx
Na produção, o policial do
Capitólio, John Cale (Channing
Tatum), foi recusado para o emprego dos seus sonhos no Serviço
Secreto na guarda do presidente
James Sawyer (Jamie Foxx). Sem
querer decepcionar a sua filha
com essa notícia, ele a leva numa
visita à Casa Branca, quando o
local é invadido por um grupo
paramilitar armado. Agora, com
a sede do governo do país imersa
no caos e o tempo se esgotando,
caberá a Cale salvar o presidente,
a própria filha e o país.
Embora a trama da história
em si possa ser ficcional, o mundo no qual ela se passa é muito
real, com uma cultura muito real
e um conjunto de regras bem
real. Os cineastas queriam que
ele se alicerçasse na realidade,
porque isso tornaria a narrativa
ainda mais crível.
Para fazer ‘O Ataque’, Roland Emmerich e sua equipe se
comprometeram a reproduzir o
cenário da maneira mais realista
possível. “A Casa Branca é a estrela do filme”, afirma o diretor.
“Trabalhar lá ou ir lá numa visita
não é como ir a qualquer outro
lugar no mundo. Muitos países
têm palácios presidenciais, onde o
presidente não vive a maior parte
do tempo, é apenas um prédio
representativo. O Estados Unidos
é um país único nesse sentido - a
Casa Branca é a nossa casa, a
casa do povo e o presidente mora
nela”, completa o diretor.
A escalação de Jamie Foxx
para viver o presidente dos EUA
foi parte do segredo que definiu
o tom do filme. “Todo mundo
torcia para que encontrássemos o ator certo para viver o
presidente - alguém que criasse
um personagem um pouco
desconcertante. Queríamos um
ator que trouxesse o peso da
presidência, mas também seu
elemento cômico - não piadas,
mas momentos divertidos”, afirma o produtor Bradley J. Fischer.
Pedro Mariano apresenta turnê do
disco “8” no Paulo Machado
Divulgação
Apresentação será no próximo domingo
O teatro Paulo Machado de
Carvalho (Alameda Conde de
Porto Alegre, 840 – Bairro Santa
Maria), recebe neste domingo
(08/09), às 19 horas, o cantor
Pedro Mariano.
Dois anos depois de conquistar sua independência dentro do
universo fonográfico, o oitavo
álbum do cantor, “8”, é o primeiro totalmente realizado sob
o Selo Nau. No repertório, estão
músicas de novos compositores,
como “Pra você dar o nome”, de
Tó Brandileone e “Miragem” de
Dani Black, além de Pedro Altério, Pedro Viáfora (integrantes
do grupo paulistano “5 a Seco”)
e ainda Luiza Possi, Dudu Falcão
e Alexandre Grooves.
As baladas, uma das marcas
do trabalho de Pedro, também
estão presentes, como “Perdoa” e “Sei de Mim”, outro
momento marcante do disco.
Pedro Mariano é acompanhado
no palco pelo trio Conrado Goys
(violões), Pedro (voz e bateria)
e Bruno Lopes (baixo).
Os ingressos custam R$80
(inteira); R$70 (antecipado – até
um dia antes) e R$40 (meia).
Estão à venda pelo telefone
2093-3176 e na bilheteria do
teatro, das 14h às 19h. Duração
90 minutos e classificação livre.
Espetáculo ‘6 Aulas de Dança
em Seis Semanas’ em Santo André
Comédia de sucesso na
Broadway, 6 Aulas de Dança em
Seis Semanas chega a Santo André. No divertido e emocionante
espetáculo, Dona Lily (Suely
Franco) é uma senhora vaidosa
e elegante e Michael (Tuca Andrada) é um professor de dança
atrevido, irreverente e gay.
A peça será apresentada no
sábado, dia 7, às 21 horas e domingo, 8, às 19 horas no Centro
de Formação de Professores
(Rua Tirol, 05 - Vila Matarazzo
- Santo André). Informações e
vendas: compreingressos.com
ou pelo telefone: 2122-4070.
Divulgação
Dona Lily (Suely Franco) é uma senhora vaidosa e elegante
ABC, 06 de setembro de 2013
Jornal da Região
08
Jogos Escolares de São Caetano
completam 30 anos com festa
Nesta edição serão 37 instituições de ensino participantes
DISQUE
DENÚNCIA
181
SIGILO ABSOLUTO
Uma grande festa para os
alunos e a comunidade esportiva de São Caetano do Sul. Esta
foi a síntese da abertura dos
Jogos Escolares, que chegam
à 30ª edição movimentando
aproximadamente 7 mil estudantes das redes pública e
privada de ensino. A abertura
foi realizada no Ginásio Milton
Feijão, no Bairro Olímpico.
Momentos de destaque da
cerimônia foram o acendimento da pira, protagonizado pela
judoca de São Caetano Samanta
Soares, e o juramento do atleta,
conduzido por Heloíse de Carvalho Campos, estudante do
Colégio Fênix Santa Paula e competidora de ginástica rítmica.
O prefeito Paulo Pinheiro
exaltou o envolvimento dos
alunos nos Jogos Escolares, que
concentram disputas em 14 mo-
dalidades. As competições vão
até 14 de setembro. “Vocês, o futuro de São Caetano, estão aqui
divulgando a vida que almejam.
O esporte traz saúde e integração, além de formar cidadãos de
bem e participativos.”
Uma das surpresas do evento foi a participação musical do
vice-prefeito de São Bernardo
do Campo, Frank Aguiar. Com
os alunos perfilados no ginásio, o Cãozinho dos Teclados
apanhou o violão para entoar
o clássico É Preciso Saber Viver,
de Roberto e Erasmo Carlos.
O secretário municipal de
Esporte e Turismo, Gilmar Tadeu
Ribeiro Alves, reforçou o espírito
dos Jogos Escolares, lembrando
que “o importante é competir”.
“Esta competição é um grande
fator de estímulo ao desenvolvimento esportivo e social.”
Parque da Juventude recebe 2ª etapa
do ‘Circuito de Skate Street’
O Parque da Juventude Ana
Maria Brandão receberá domingo
(8), a partir das 9h, a disputa da 2ª
etapa do Circuito de Skate Street.
A competição oferecerá um total
de 140 vagas e será realizada com
disputa nas modalidades mirim
(20 vagas), feminino (20 vagas),
iniciante (50 vagas) e amador (50
vagas). Para participar, os interessados deveram se inscrever no dia
do evento, mediante a entrega de
1 kg de alimento não perecível
(exceto açúcar e sal).
Para entreter os visitantes, o
evento contará com locução, além
de muita música. Outro atrativo
ficará por conta da distribuição de
prêmios relacionados ao esporte
para os melhores colocados da
etapa, como shapes e truck de
skate, rodinhas, rolamento, capacetes, luvas, entre outros.
Durante o intervalo do almoço
Robson de Almeida/PMSCS
Cerimônia de abertura teve apresentações artísticas e o tradicional desfile das escolas
São Caetano recebe 1.271 artigos
esportivos do Ministério do Esporte
Du Merlino/PMSCS
- das 13h às 14h - serão realizados
cinco Best Trick (melhor manobra), que premiará cada um deles
com um vale-compras no valor
de R$ 150,00. O valor, poderá ser
trocados por mercadorias dos seguintes apoiadores: Local beach,
Perfect Line e Ratos skate shop.
Mais informações: 44330197 ou 4433-0413. O Parque da
Juventude fica na Avenida Procópio Ferreira - Jardim Silvana.
Prefeito Paulo Pinheiro destacou o empenho na formação de atletas e de cidadãos de bem
São Caetano do Sul recebeu
1.271 artigos esportivos doados
pelo Ministério do Esporte, entre eles jogos de damas, redes
e bolas de futsal, handebol,
vôlei e basquete. Os materiais
foram cedidos pelo governo
federal por meio dos programas
Pintando a Liberdade e Pintando
a Cidadania. Aproximadamente
5.000 pessoas de todas as idades
inscritas no Programa Esportivo
Comunitário (PEC) de São Caetano serão beneficiadas. Os artigos
foram distribuídos aos diretores
de 16 centros esportivos.
Diante de público formado
por dirigentes da área e de crianças matriculadas no PEC, Paulo
Pinheiro ressaltou o empenho da
atual administração em oferecer
atividades que façam os jovens
seguirem os caminhos da honradez. “Queremos formar não só
atletas, mas cidadãos de bem.
E, para São Caetano voltar a ser
referência no esporte, o primeiro passo é a estruturação dos
clubes, com espaços e materiais
adequados aos nossos atletas e
à nossa comunidade.”
Os itens entregues são mais
um fruto do relacionamento
estreito estabelecido no início
do ano entre a Prefeitura e
Ministério do Esporte. Entre
os projetos conjuntos estão as
reformas do Estádio Municipal
Anacleto Campanella e da pista
do Clube BM&F de Atletismo; as
construções de um centro de referência em ginástica artística e
de um alojamento para atletas; e
a aplicação de gramado sintético
no campo do Abrevb Barcelona.
“Protocolamos o pedido de
R$ 29 milhões no Ministério
do Esporte para a viabilização
de projetos na cidade. Se não
temos verba, buscamos recursos na iniciativa privada, no governo federal e confederações.
Usamos a criatividade e nos
apoiamos nos parceiros para
reestruturar o Esporte em São
Caetano”, explicou o secretário
de Esporte Gilmar Tadeu.
Fly UP