...

fiOperação Divisafl reforça policiamento para evitar que marginais

by user

on
Category: Documents
1

views

Report

Comments

Transcript

fiOperação Divisafl reforça policiamento para evitar que marginais
Polícia Militar do Paraná -
“Operação Divisa” reforça policiamento para evitar que marginais de outros
estados entrem no Paraná
Interior
Postado em: 31/10/2012
Mais de 370 pessoas e 120 carros foram abordados durante 11 dias da "Operação Divisa",
desempenhada pela Polícia Militar, por meio dos 2º e do 3º Comandos Regionais da PM (2º e 3º
CRPM). Sete armas, cerca de 1,6 kg de maconha e 24 pedras de crack também foram apreendidos.
Entre os abordados, cinco carros foram recolhidos e 20 pessoas foram detidas, apreendidas ou
assistidas. Além disso, uma carteira de habilitação foi recolhida e oito autos de infração de trânsito
foram expedidos.
Por Marcia Santos
Jornalista PMPR
Mais de 370 pessoas e 120 carros foram abordados durante 11 dias da "Operação Divisa",
desempenhada pela Polícia Militar, por meio dos 2º e do 3º Comandos Regionais da PM (2º e 3º
CRPM). Sete armas, cerca de 1,6 kg de maconha e 24 pedras de crack também foram apreendidos.
Entre os abordados, cinco carros foram recolhidos e 20 pessoas foram detidas, apreendidas ou
assistidas. Além disso, uma carteira de habilitação foi recolhida e oito autos de infração de trânsito
foram expedidos.
Realizada entre os dias 19/10 e 18/11, a "Operação Divisa" tem o objetivo de reforçar o
policiamento nas cidades que fazem divisa com os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo. A
ideia é apreender armas e drogas, além de prender ou apreender suspeitos e cumprir mandados de
prisão. Por este motivo, os policiais militares estão presentes nas cidades fronteiriças do norte, do
noroeste, do oeste e do sudoeste do estado.
De acordo com o Subcomandante Geral da PM, coronel Cesar Alberto Souza, a "Operação Divisa"
complementa diversas outras operações desencadeadas pela Polícia Militar no Estado, bem como
ações da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, além de ações da Receita Federal e do
Exército Brasileiro, atuantes no estado.
"A operação fronteira, por exemplo, está fazendo a limpeza da área fronteiriça desde o dia 26 de
julho, após a implantação do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), com isso os marginais
adotaram uma nova estratégia, começaram a tentar entrar pelas divisas do Mato Grosso do Sul, dali
seguindo para São Paulo, ou descendo para o restante do nosso estado", explicou.
Entre as 372 pessoas abordadas neste período, 14 foram detidas, três apreendidas e outras três
assistidas em 17 ocorrências de flagrantes, três deles de ato infracional. Além disso, dos 120
veículos revistados, cinco foram apreendidos por conter irregularidades. Vinte e três locais também
foram vistoriados.
Das sete armas apreendidas, quatro eram carabinas e três foram encontradas somente na última
http://www.pmpr.pr.gov.br
6/7/2016 14:57:02 - 1
segunda-feira (29/10). A quarta foi localizada em posse de uma pessoa em Maria Helena, oeste do
estado. As outras armas são uma garrucha, uma espingarda e uma pistola, que foi encontrada já no
primeiro dia de operação. Naquele dia 19/10, também foram localizadas 24 munições, exatamente a
metade de todo o saldo do reforço policial nestes 11 dias.
"Os resultados até agora foram excelentes, já tivemos apreensão de armamento e contrabando na
região de Guaíra e na divisão com o estado de São Paulo. Com este reforço na divisa evitaremos,
acima de tudo, que marginais dos outros estados entrem aqui. Em São Paulo, por exemplo, a polícia
iniciou uma contraofensiva contra a criminalidade e poderia ocorrer de algum marginal querer se
refugiar no nosso estado", explica o coronel Cesar.
Em uma única ação dentro da "Operação Divisa", ocorrida no dia 24/10, os policiais militares
apreenderam 1 kg de maconha. Quatro dias depois, mais 628g da droga foram encontrados com um
adolescente, de 16 anos, em Marechal Cândido Rondon, oeste do Paraná. Além disso, também
foram encontradas quatro pedras de crack nestas áreas.
RESULTANTES - Além das prisões, apreensões e detenções, seis termos circunstanciados e oito
autos de infração de trânsito foram expedidos, seis destas multas também no dia 24/10. Uma
Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi recolhida.
ALGUMAS AÇÕES - No domingo (28/10), um casal de adolescentes, de 17 anos, foi apreendido
por suspeita de tráfico de drogas. A menina tinha 20 pedras de crack e o garoto estava com R$
158,60 em Guaíra, oeste do estado. Aos policiais militares, ela chegou a assumir que vendia cada
pedra do entorpecente por R$ 5,00.
No último dia 24/10, uma pessoa foi presa em Maria Helena, por porte ilegal de arma de fogo. De
acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, ela estava com uma espingarda, calibre 32,
municiada com cinco munições. No dia seguinte (25/10), outras duas pessoas foram presas em
Santa Mônica, por prática de pesca amadora com utilização de materiais proibidos.
Na noite de sexta-feira (19/10), duas pessoas foram presas e um veículo com alerta de furto foi
apreendido em Cascavel. Segundo a apuração feita pelos policiais, o filho do condutor havia trocado
sua Caravan pelo Corsa Millenium.
Foto Ilustrativa: Arquivo PMPR
http://www.pmpr.pr.gov.br
6/7/2016 14:57:02 - 2
Fly UP